Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for vila and 220,976 records were found.

Série composta por documentos referentes à receita e despesa do bazar realizados todos os anos na Paróquia de S. João Evangelista, cujas receitas revertiam a favor da igreja e da Escola do Torne.
Copiador de correspondência enviada pelo Diretor da Escola do Torne, D. António Ferreira Fiandor, ao sub-delegado regional da Mocidade Portuguesa com os movimentos dos filiados na Escola Primária, respostas a circulares, fardamentos, eventos.
Relação dos alunos com menos de 10 anos de idade que se encontram matriculados na Escola do Torne e que, nos termos das disposições contidas no Regulamento da Mocidade Portuguesa, ficam a ser considerados com a categoria de "Luzitos".
Alvará concedido pelo Ministério da Instrução Pública/Inspecção-Geral do Ensino Particular à Escola do Prado para ensino primário de alunos do sexo masculino e feminino, em regime de planos e programas oficiais.
O fundo da Escola do Torne é constítuido pelas seguintes secções, subsecções e séries: Secção COR: Constituição, organização e regulamentação; Secção – Gestão Escolar; SR CRE: Correspondência recebida e enviada; SR FE: Frequência Escolar; SR PIE: Processos de inscrição de alunos da Escola de Torne; SR TE: Termos de exames e passagem de alunos da Escola do Torne; SR RM: Registo de matrículas na Escola do Torne; SR PRVP: Provas de passagem da 2ª à 3ª classes da Escola do Torne; SR EFE: Exames e festas escolares; SR DIP: Diplomas; SR PO: Provas de Ortografia; SR BIB: Biblioteca; SR ETE: Estatísticas de Exames; SR DEI: Documentos da Escola do Torne para a Inspeção-Escolar; SR DPR: Distribuição de prémios; Secção GF: Gestão Financeira; Secção GP: Gestão de Património; Secção RI: Relações Institucionais; Subsecção CE: Conselho Escolar; Secção RH: Recursos Humanos
Regulamento e Bases do Grémio e grupo musical evangélico da igreja do Prado: - Meios para aingir os fins; membros e suas categorias; deveres, divisa e distintivos; fundos e seu destino; corpo administrativo, seus cargos e deveres;
Registo dos benfeitores da Escola do Torne iniciado por Diogo Cassels: contém recortes de jornais sobre distribuição de prémios escolares; registos sobre os alunos; registos com os nomes das empresas benfeitoras; relatórios das escolas do Torne e do Prado.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Novembro de 1945: - Apelo, pelos jovens da "Juventude"; - Despedida, da autoria de Maria Rosa Moura; - Deserto, da autoria de Isabel Maria Teles Fernandes Gomes; - Pobres de espírito, da autoria de Fernando Júlio Santos Silva; - Poema Contraste; - Consolação, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Passatempo.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Dezembro de 1945: - Alívio, da autoria de Isabel Maria Teles Gomes; - Hisória Exemplar, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Poema "Ano que vais", da autoria de Joaquim Teles Gomes; - Certeza, da autoria de Maria Rosa Moura; - Passatempo.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Maio de 1946: - Poema "Às mães", da autoria de Joaquim Teles Fernandes Gomes; - Um conto, da autoria de Daniel de Pina Cabral; - Inconstância, da autoria de Maria Rosa Moura; - Carta berta, da autoria de Arnaldo de Oliveira Pinto; - Songi, contou; - Diversos.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Abril de 1946: - Graças a Deus; - Aos jovens, da autoria de Fernando Santos Silva; - Páscoas Felizes, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Um apontamento sobre o 2º mandamento, da autoria de Carlos Almeida; - Páscoa, da autoria de Maria Rosa Moura; - Diversos.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Novembro e Dezembro de 1946: - A Diogo Cassels, benemérito da educação popular; - Natal, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Consoada, da autoria de Maria Rosa Moura; - A propósito da palavra reflexão, da autoria de José Alberto Lucas; - Diversos; - Síntese - Cristianismo Social; - Você ó jovem; - Passatempo.
Francisco Mário Varela da Silva era natural da freguesia da Sé - Porto onde nasceu em 30/11/1916. Profissão: técnico de contas Percurso religioso: - Ordenado diácono em 15/03/1964 - Foi nomeado Ministro auxiliar em 29/09/1989 - Foi ordenado presbítero em 11/10/1990 Exerceu funções na paróquia de S. João Evangelista, Vila Nova de Gaia, e na Missão de S. Tiago Apóstolo, Gondomar.
Nasceu em Vila Franca de Xira em 1908. Em 1932 após estudos em Lisboa, licenciou-se em Medicina. No ano de 1948 ingressa na Igreja Lusitana como pregador licenciado, é instituído diácono na Catedral de S. Paulo, pelo Arcebispo de Armagh em 1949 e a 8 de Outubro de 1950 é ordenado presbítero. Foi Bispo da Igreja Lusitana entre 1962 e 1981.
Diogo Cassels publica no jornal "The Guardian" com notícias sobre a congregação do Espírito Santo, em Setúbal, a congregação de S. João Evangelista, igreja do Bom Pastor, em Vila Nova de Gaia, e as escolas. Também refere a eleição de Joaquim dos Santos Santos, pelo Sínodo, como bispo-eleito da Igreja Lusitana.
Coleção de fotografias do arquivo fotográfico da Igreja Lusitana composta por fotografias da Igreja de Jesus (Lisboa), fotografias de D. António Ferreira Fiandor, galeria de ministros da Igreja Lusitana, fotografias do aniversário dos 115 anos da paróquia do Salvador do Mundo (Prado, Vila Nova de Gaia) e fotografias da sagração do Bispo D. Jorge de Pina Cabral.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - Leitura de correspondência; - aprovação do orçamento proposto para reparação e transformação do relógio público desta vila; - deliberação para demissão do Zelador interino da freguesia da Guia e sua substituição; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por António Alexandre Pereira de Paiva e secretariada por Albino Correia Tomé.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - leitura de correspondência; - pagamento de fatura da Sociedade Portuguesa de Engenharia Lª; - deferimento de pedidos para aquisição de terreno no cemitério da vila, - pagamento ao empreiteiro da estrada de Paderne; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por António Alexandre Pereira de Paiva e secretariada por Albino Correia Tomé.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deliberação para elevar a vinte escudos mensais a importância para o posto da Guarda Nacional Republicana nesta vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Francisco de Paula Batista e secretariada por Albano José Vieira.
Principais assuntos abordados nesta ata: - sessão extraordinária do Conselho Municipal; - aprovação de deliberação camarária de 30 outubro último respeitante a empréstimo para execução de obra de abastecimento de àgua da Vila; - ata de sessão presidida por Henrique Gomes Vieira e lavrada por Manuel da Cruz.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deliberação para aumentar a quantia mensal enviada ao sub-posto da Guarda Nacional Republicana de Paderne; - nomeação interina de carcereiro da cadeia da vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Francisco de Paula Batista e secretariada por Herculano Alexandre de Melo.
Principais assuntos abordados nesta ata: - sessão extraordinária do Conselho Municipal; - deliberação para aprovação para contrair um empréstimo para financiamento das obras da rede de águas da vila de Albufeira; - ata de sessão presidida por José António Martins Junior e lavrada por José Jesus Cabrita.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deferimento de requerimentos para licença de construção de casas, para bardar uma propriedade e pedidos de cedência de terreno no cemitério público da vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Albano José Vieira e secretariada por Carlos Rosa da Fonseca.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deferimento de requerimentos de licença para gado caprino e venda de terreno no cemitério público da vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Albano José Vieira e secretariada por Carlos Rosa da Fonseca.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deferimento de requerimento para concessão de terreno no cemitério público da vila; - assinatura pela Comissão de cadernos de eleitores; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por José Crisóstomo Pereira de Paiva e secretariada por Albano José Vieira.
Principais assuntos abordados nesta ata: - sessão extraordinária do Conselho Municipal; - aprovação de deliberação de 14 junho último sobre a criação de uma Federação de Municípios de Albufeira, Faro, Loulé, Olhão, S. Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila Real de Santo António; - ata de sessão presidida por Henrique Gomes Vieira e lavrada por Manuel da Cruz.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - atribuição de guia de tratamento hospitalar; - demissãodo carcereiro da cadeia da vila e nomeação interina para sua substituição; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Albano José Vieira e secretariada por Herculano Alexandre de Melo.
Assuntos abordados nesta ata: - Leitura e aprovação da ata da sessão de 19 de Janeiro de 1916; - indeferimento de subsídio de lactação; - deliberação para mandar levantar a planta da vila, incluindo orçamento de despesa de obra requerida pela Santa Casa da Misericórdia; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Joaquim Manuel de Mendonça Gouveia e lavrada por António Honorato Alves Sousa.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deferimento de requerimento para compra de terrenono cemitério público da vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por José Crisóstomo Pereira de Paiva e secretariada por Albano José Vieira.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - deferimento de requerimento para pedido de compra de terreno no cemitério público da vila; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por José Crisóstomo Pereira de Paiva e secretariada por Albano José Vieira.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Sessão extraordinária da Comissão Executiva; - leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - convocação de reunião extraordinária para análise das propostas para adjudicação da rede elétrica e respetiva central na vila; - ata de sessão presidida por Albano José Vieira e secretariada por Herculano Alexandre de Melo.
Principais assuntos abordados nesta sessão: - Leitura e aprovação da ata da sessão anterior; - nomeação interina do carcereiro da cadeia desta vila; - apresentação de requerimentos; - autorização de pagamentos; - ata de sessão presidida por Albano José Vieira e secretariada por Herculano Alexandre de Melo.
Ofício expedido do Presidente da Câmara Municipal de Albufeira,Joaquim de Sousa Guerreiro, para o Sr. J. E. Michaelis de Vasconcelos a informar que os desenhos a que o caderno de encargos referido contam no projecto de abastecimento de águas da Vila.
Ofício da Câmara Municipal de Albufeira dirigido ao Delegado de Saúde do Concelho de Albufeira, no âmbito da necessidade urgente de se fazer na parte oriental da vila de Albufeira, mais um depósito para o lixo e dejectos, solicita-se ao Delegado a escolha para o local mais adequado para o efeito.
"Há-de servir este livro para nele se copiarem os registos antigos da Câmara desta Vila a fim de se conservarem as determinações superiores necessárias para a administração e Economia pública segundo o que determinou em Vereação de 20 de Junho de 1807 (...).
Movimento de contabilidade da Escola do Torne: curso de arte e encargos inerentes, matrículas,ofertas dos alunos das escolas primárias, ocupações de tempos livres, ofertas de entidades particulares e oficiais, receitas da secção de ginástica e encargos, receitas de anúncios, ballet, energia e aquecimento, encargos bancários, expediente, franquias postais, fundo de desemprego, seguros; pré-primário; depósitos à ordem, contas a regularizar, impostos.
Livro de registo de celebrações litúrgicas composto pela data, dia da semana, hora, oficiante, nome do pregador e assunto do sermão. Contém também o número de assistentes adultos, crianças e comungantes com registo da coleta dos últimos. Nas observações são registadas algumas festividades, funerais, confirmações, casamentos.
Livro com um índice de membros da Igreja não contribuintes para o Fundo Paroquial; índice de pessoas que assistem ao culto mas que não são membros da Igreja; índice de contribuintes para a Igreja; donativos para o Fundo Paroquial dos Pobres; contribuintes para a Escola do Torne; Fundo para as obras; cotização dos alunos da escola
Livro de matrícula na Escola do Torne com indicação do nome do aluno ou aluna; data de nascimento; naturalidade; data da matrícula; classe em que entrou; classe em que saiu (por preencher); destino que tomou (por preencher); pai, tutor ou outra pessoa a cujo cargo esteja a educação da criança (nome, residência e ocupação); observações.
Livro composto pelos seguintes registos:pessoas que assistem aos cultos e reuniões da Igreja mas não são membros; contribuintes para a Escola do Torne; quotas dos alunos da Escola do Torne; contribuintes para a Igreja; fundo Pastoral; fundo paroquial dos pobres; fundo para obras; Corpo de Evangelização do Torne; fundo de reserva pastoral; membros da Missão de Cristo em Oliveira do Douro.
Livro de registo de pessoas confirmadas na paróquia de S. João Evangelista. Contém 10 documentos avulsos: 4 notas com nomes, duas a lápis e uma a caneta; 2 diplomas de confirmados, de 1957; 3 cópias de diplomas de confirmados, de 1992; 1 folha dactilografada inacabada, de 1957, sobre uma reunião na paróquia de S. João Evangelista.
Livros de registo de receita e despesa da paróquia de S. João Evangelista: fundo de reserva especial, fundo de obras, fundo missionário, escola do Torne, cantina beneficente do Torne, caixa, bancos, papéis de crédito, bazar da escola, fundo paroquial, fundo paroquial dos pobres, caução amortizável, bairro Diogo Cassels.
Registo de contas a regularizar, aluguer do pavilhão gino-desportivo, movimento paroquial, rendas do bairro Diogo Cassels, Fundo Paroquial dos Pobres - Torne; Banco Português do Atlântico, Montepio Geral, Totta & Açores, Caixa Geral de Depósitos - depósitos à ordem, depósitos a prazo - Caixa Geral de Depósitos, Banco Português do Atlântico, Montepio Geral; impostos estatais (Caixa de Previdência e Abono de Família).
Livro de atas da Comissão Permanente: - Assuntos administrativos, financeiros e religiosos; - Eleição de novos reverendos; - Contactos com a Inglaterra por membros do Comité Spanish and Portuguese Church Aid Society; - Relações com as Igrejas Brasileira, espanhola, moçambicana e angolana; - Missões da Igreja. 18 de Julho de 1965 - notícia do nascimento de uma nova congregação em Luanda, Igreja de Cristo Rei.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Abril de 1945, sob o tema da Páscoa: - Redenção, da autoria de Joaquim Teles Gomes; - Páscoa Florida, da autoria de Arnaldo de Oliveira Pinto; - Sonho, da autoria de Maria Isabel Gomes; - Orando, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Ressureição, da autoria de Maria Rosa Moura; - Felicidade, da autoria de Vitor Manuel Pinheiro.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Junho de 1945: - Prosseguindo, da autoria de Maria Rosa Moura; - Os 2 bairros da minha rua José Manuel Pina Cabral; - Arrependimento e perdão, da autoria de Isabel Maria Teles Gomes; - Correspondência do jornal (permutas, agradecimento, representantes); - Um filho achado, da autoria de António Tomás Simões Santos; - Poema "Paz, da autoria de Joaquim Teles Gomes.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Fevereiro de 1945, sob o tema da parábola do Bom Samaritano: - O nosso jardim, da autoria de José Manuel de Pina Cabral; - Perigos, da autoria de Maria Rosa Moura; - Recordando o passado, Joaquim Teles Gomes; - Futuro previsto, da autoria de Isael Maria Gomes; - Passatempo, da autoria de António Tomás Simões dos Santos; - Bom-humor de capacho.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Fevereiro de 1946: - O Exemplo de um Rei, daautoria de Felícia Fiandor Santos; - O Senhor sabe, da autoria de Maria Rosa Moura; - A vida... O mar, da autoria de Joaquim Teles Gomes; - O velho castelo, da autoria de José Alberto Lucas; - Analogias, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Diversos.
Exemplar do jornal "A juventude" de Novembro e Dezembro de 1947: - Natal, da autoria de Daniel de Pina Cabral; - Sonhos, luar e silêncio, da autoria de Isabel Maria Teles Fernandes Gomes; - Fantasias, da autoria de Maria Rosa Moura; - Natal previsto; - A bíblia; - O amor para com o próximo, da autoria de João Mogrão de Melo; - A propósito, da autoria de Fernando Júlio Santos Silva; - Passatempo.
Livro de registo de membros contribuintes da igreja de S. João Evangelista: indicação do nome do contribuinte, morada e contribuição mensal; fundo pastoral; contribuintes para a cantina; contribuintes para Frederico Gomes da Silva de Fiães; Liga do Esforço Cristão de Gaia; pessoas que assitem aos cultos e reuniões da igreja, mas não são membros;
Movimentos contabilísticos da Escola do Torne: matrículas, matrículas - pré-primário: cantina e encargos de manutenção, expediente diverso, franquias postais, fundo de desemprego, jardins e conservação, jornais e revistas, material didáctico, medicamentos e assistência médica, máquinas, ferramentas e reparações, publicidade e anúncios, quotas da associação de classe, seguros, selos fiscais e valores selados, vencimentos; depósitos à ordem; contas a regularizar; impostos estatais.
A Comissão Instaladora da Associação de Escolas do Torne e do Prado foi constítuida como uma instituição particular de solidariedade social, presidida pelo Bispo D. Fernando da Luz Soares, o reverendo Octávio Guedes Coelho, o professor Dr. José Manuel de Pina Cabral, o engenheiro Joaquim Armindo, D. Arminda Araújo, Samuel Lopes Apura e José Jorge de Pina Cabral. Constituiu-se para distribuição de cargos da referida comissão e abertura de conta bancária.
1 livro com registo de movimento de caixa da paróquia de S. Salvador do Mundo. Contém três documentos avulsos: registo de contribuições de membros da paróquia, com os respectivos nomes e valores; movimento dos fundos de 1980 (fundo paroquial, fundo órgão, fundo social, fundo pastoral, fundo de beneficência, fundo de obras). - lista de donativos recebidos durante o ano 1980 com os nomes dos contribuintes e fundo a que eram destinados.
Livro composto pelo fundo de preparação ministerial; fundo do arciprestado; fundo do arciprestado do sul; fundo do bispo; fundo de aproveitamento imobiliário; fundo do livro de oração comum; fundo de publicações; cooperação ecuménica; fundo de auxílio ao clero; fundo do trabalho da juventude; movimento do carro ao serviço do Torne; fundo de reservas; fundo da campanha dos 1000 contos; depósitos a prazo;
Livro de receita e despesa com registos de: Fundo Pastoral da Igreja de S. João Evangelista; Liga do Esforço Cristão de Gaia; Corpo de Evangelização do Torne; contas gerais da igreja de S. João Evangelista; contas gerais da Escola do Torne; contas gerais da cantina beneficente do Torne; receita e despesa da Escola Dominical do Torne; receita do Fundo para obras; fundo paroquial dos pobres.
Livro referente à contabilidade da igreja de S. João Evangelista, ano de 1981, com registos de: António Jorge Gaspar Guedes Coelho, (contas a regularizar), aluguer do pavilhão desportivo; bazar do Natal (movimento paroquial); associação dos antigos alunos das escolas do Torne e do Prado; rendas do Bairro Diogo Cassels; Banco Português do Atlântico (depósitos à ordem).
Livro de atas da Comissão Permanente do Sínodo Geral: Momento devocional; Informações e expediente; Gestão financeira (Pulvertaft); Gestão patrimonial (edifícios das paróquias); Relações internacionais (Angola, bolsas para estudantes angolanos; Timor-Leste, Indonésia, Estados Unidos da América, Brasil, Inglaterra, Canadá); Protocolo com a RTP; Presença na Expo 1998; Informações sobre os Sínodos de 1996, 1997; - Missões; - Ordenações.
A Juventude nº 1 de Janeiro de 1945 composto pelos seguintes artigos: - Ao que vimos, da autoria de Maria Rosa Moura; - Futuro previsto, da autoria de Isabel Maria Gomes; - Origem de Janeiro, da autoria de Maria Odett; - Aos que sofrem, da autoria de Joaquim Teles Gomes; - Ano Novo e Juventude, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Passatempo; - Bom-humor de capacho.
Exemplar do jornal "A Juventude", de Março de 1945, sob o tema da Primavera: - Avé Primavera, da autoria de António Tomás Simões dos Santos; - Jesus te fala, da autoria de Daniel de Pina Cabral; - A pequena Esmeralda, da autoria de José Manuel Pina Cabral; - Um apontamento sobre o 1º mandamento, da autoria de Carlos Almeida; - Notícia do Conjunto Artístico Portuense; - Passatempo.
Unidade de instalação
Unidade de instalação
Contrato de parceria comercial entre Miguel Luís Vilas Boas, morador em Vila do Conde, e Diogo Velho, morador na Ribeira da Vila de Atouguia da Baleia, ambos mercadores.
Vila Chã é uma localidade na costa a sul de Vila do Conde, a cujo concelho pertence, sendo a sede da freguesia do mesmo nome. O barco da faneca de Vila Chã pertence à família do barco poveiro, tendo uma construção mais aligeirada e dimensões reduzidas com comprimento da ordem dos 3,60m. A sua área de difusão é a Costa Norte entre a Póvoa de Varzim e o Douro. Propulsão por vela poveira e remos. Tripulação de 1 a 4 pessoas.
Vila Chã é uma localidade na costa a sul de Vila do Conde, a cujo concelho pertence, sendo a sede da freguesia do mesmo nome. O barco da faneca de Vila Chã pertence à família do barco poveiro, tendo uma construção mais aligeirada e dimensões reduzidas com comprimento da ordem dos 3,60m. A sua área de difusão é a Costa Norte entre a Póvoa de Varzim e o Douro. Propulsão por vela poveira e remos. Tripulação de 1 a 4 pessoas.
Vila Chã é uma localidade na costa a sul de Vila do Conde, a cujo concelho pertence, sendo a sede da freguesia do mesmo nome. O barco da faneca de Vila Chã pertence à família do barco poveiro, tendo uma construção mais aligeirada e dimensões reduzidas com comprimento da ordem dos 3,60m. A sua área de difusão é a Costa Norte entre a Póvoa de Varzim e o Douro. Propulsão por vela poveira e remos. Tripulação de 1 a 4 pessoas.
Vila Chã é uma localidade na costa a sul de Vila do Conde, a cujo concelho pertence, sendo a sede da freguesia do mesmo nome. O barco da faneca de Vila Chã pertence à família do barco poveiro, tendo uma construção mais aligeirada e dimensões reduzidas com comprimento da ordem dos 3,60m. A sua área de difusão é a Costa Norte entre a Póvoa de Varzim e o Douro. Propulsão por vela poveira e remos. Tripulação de 1 a 4 pessoas.
Vila Chã é uma localidade na costa a sul de Vila do Conde, a cujo concelho pertence, sendo a sede da freguesia do mesmo nome. O barco da faneca de Vila Chã pertence à família do barco poveiro, tendo uma construção mais aligeirada e dimensões reduzidas com comprimento da ordem dos 3,60m. A sua área de difusão é a Costa Norte entre a Póvoa de Varzim e o Douro. Propulsão por vela poveira e remos. Tripulação de 1 a 4 pessoas.
Contém três cópias de um ofício enviado pela Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) para o Departamento de Gestão dos Recursos Educativos (DEGRE) remetendo o envio de duas candidaturas ao Programa de Preservação e Salvaguarda do Património Escolar Português apresentadas pela Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia. Duas dessas cópias destacam a candidatura da escola primária de Outeiro- Serzedo e escola primária de Monte, São Félix da Marinha, respectivamente. Incluí ainda o original e duas cópias da primeira análise e parecer do júri do Programa relativo a ambas as escola. Em anexo contém o resumo das candidaturas e imagens de outras escolas primárias, de Capela, Cabanões e Arcozelo, que poderiam também integrar o Programa. Incluí também o original e cópia da homologação da candidatura da escola do Monte, São Félix da Marinha. Contém ainda uma cópia de um ofício enviado pelo DEGRE para a DREN onde consta uma lista das candidaturas, aprovadas e eliminadas, da região norte. Incluí sete fotografias impressas, a preto e branco, das escolas de Arcozelo, Cabanões e Arcozelo, concelho de Vila Nova de Gaia.
"A 28 de Junho de 1536; na Igreja de São João Baptista de Vila do Conde, o padre Amador Gonçalves, realizou o baptizado de Isabel."
A 28 de Julho de 1595 faleceu Maria Afonso, da rua da Cruz (Vila do Conde). Deixou testamento, sendo testamenteiro e herdeiro seu filho, Manuel Álvares
A 17 de Novembro de 1596 faleceu Justa Pires, da rua da Torre (Vila do Conde). Não deixou testamento. É herdeira, Isabel Pires, sua filha.
A 5 de Janeiro de 1597 faleceu Paulo Vicente, da Fonte das Donas (Vila do Conde), cunhado de Belchior Gonçalves, clérigo. Não deixou testamento.
A 4 de Maio de 1596 faleceu Francisca Carneira. Foi enterrado na igreja da Misericórdia de Vila do Conde. Deixou testamento, sendo testamenteiro, Gaspar Manuel, piloto
A 2 de Agosto de 1596 faleceu a mulher de Francisco João, o Verguinhas, da rua dos Arcos (vila do Conde). Deixou testamento, sendo testamenteira a sua mãe.
A 26 de Julho de 1596 faleceu a Ramos, da rua de Sobmosteiro (Vila do Conde), casada com o Oliveira. Não deixou testamento.
A 1 de Dezembro de 1597 faleceu Gaspar Gonçalves, licenciado. Foi enterrado na igreja Matriz de Vila do Conde. Não deixou testamento. É herdeira, Catarina Álvares, sua irmã.
A 3 de Setembro de 1597 faleceu a mulher de Gaspar Gonçalves, pedreiro, da rua de São Sebastião (Vila do Conde). Não deixou testamento.
A 24 de Maio de 1597 faleceu Francisca Fernandes, da rua de São Sebastião (Vila do Conde). Deixou testamento. É herdeira Francisca, criada.
A 21 de Maio de 1611 faleceu Ana Gonçalves, pobre, de Cimo de Vila. São celebradas missas por alma do defunto.
A 29 de Fevereiro de 1628 faleceu uma menina filha do genro do Grande, de Cimo de Vila. Foi enterrada no adro da igreja Matriz.
A 18 de Dezembro de 1632 faleceu a mulher do cardador, do Cimo de Vila. Foi enterrada no adro da Igreja Matriz. É herdeiro Pedro Simões, genro.
A 28 de Novembro de 1618 faleceu um francês, pobre, que estava na vila como condestável do Castelo, por mandado do Duque e que morreu afogado no rio.
A 17 de Novembro de 1613 faleceu Pedro, pintor, pobre, filho de Maria Gonçalves Vila Nova. São celebradas missas por alma do defunto
A 12 de Agosto de 1629 faleceu Ana de Oliveira, casada com Rui Borges. Faleceu na sua quinta de Vila Nova.
A 8 de Janeiro de 1625 faleceu Ana Vaz, muito pobre, da rua da Fonte da Vila. Foi enterrada no adro da Igreja.
A 24 de Maio de 1618 faleceu Manuel Luís de Lima, da Vila Cabeceira. São celebradas missas por alma do defunto e ofertados legados de alma.
A 12 de Fevereiro de 1639 faleceu João de Coimbra, sapateiro, da rua de São Bento, o qual morreu no hospital da vila.
A 1 de Novembro de 1640 faleceu a mulher de Manuel de Maris, da Quinta de São Tomé a 4/5 léguas de Vila do Conde. Não deixou testamento.
A 25 de Maio de 1640 faleceu Pedro Eanes, o Lopo, do Cimo de Vila. Não deixou testamento São ofertados legados de alma.
A 26 de Dezembro de 1637 faleceu a Delgada, sogra de Lucas Fernandes, do Cimo de Vila. Não deixou testamento. São ofertados legados de alma.
Sediada no lugar da Aldeia Nova, freguesia de Vila Caiz em Amarante. Contém os estatutos de constituição de 16 de março de 1983.
Sediada na Rua do Outeiro, nº 1010, Aveleda em Vila do Conde. Contém os estatutos de constituição de 8 de julho de 1995.
Sediada no lugar de Aspro, freguesia de Vila Cova em Penafiel. Contém os estatutos de constituição de 12 de novembro de 1993.
Sediada na Rua 5 de Outubro, Vila Meã, freguesia de Ataíde em Amarante. Contém os estatutos de constituição de 16 de novembro de 1999.
Fotografia de grupo/família com inscrição de "Recordação de Vila do Conde visitada pelo fotografados no dia 6 de Outubro de 1929".
As fotografias nrs. 000313 a 000315 foram tiradas num passeio à cidade Vila Real, na companhia da mãe, Zélia Bastos, da tia Aurora, dos primos e outros familiares.
Procissão em Esposende. Apanha do sargaço nas Marinhas, Esposende. Casa e edifício projetados pelo arquiteto Octávio Lixa Filgueiras e ainda arquitetura de Vila do Conde.