Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for vila and 357,981 records were found.

Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Chã, concelho de Macieira de Cambra e distrito de Aveiro, constando de: Igreja Paroquial de Vila Chã; Capela de Santo António; Capela de Lordelo.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Seca, distrito de Braga, concelho de Barcelos, constando de: Igreja Paroquial de Vila Seca; Capela da Senhora da Consolação; Capela de Santa Maria Madalena.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Boa, concelho de Sabugal, distrito da Guarda, constando de: Igreja Paroquial de Vila Boa; Capela de São Gregório; Capela de Santo Antão; Capela da Ascenção.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Boim, concelho de Elvas, distrito de Portalegre, constando de: Igreja Paroquial de Vila Boim; Capela de Nossa Senhora dos Remédios; Capela da Ordem Terceira de São Francisco.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Franca, concelho e distrito de Viana do Castelo, constando de: Igreja Paroquial de Vila Franca; Capela da Senhora da Conceição; Confraria da Senhora da Lapa; Confraria da Senhora do Rosário.
Trata-se do empréstimo de 4.000 contos destinado a obras de beneficiação e ampliação da rede de esgotos da sede do concelho. Foi autorizado por portaria publicada no Diário do Governo n.º 282, II série, de 2 de Dezembro de 1971.
Limões, Telões, Guiães, Vilarinho dos Freires, Vilar de Perdizes, Alijó, Vila Real, Salvado, Tourem, Nossa Senhora de Porto de Ave
Menção ao Decreto de 19 de outubro de 1759, através do qual foi criada a Vila de Azeitão.
Visita a Vila Real do Ministro das Obras Públicas, Eng. Arantes e Oliveira e do Presidente da República, Américo Tomás.
Recortes de jornais com notícias fazendo referência, entre outras, à vista da família real a Vila Viçosa, e descrevendo o palácio de Vila Viçosa. Menção ao pedido feito pelo Marquês de Marialva no sentido da fortificação de Vila Viçosa. Contém referências datadas do século XVII e do século XIX.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Fernando, concelho e distrito da Guarda, constando de: Igreja Matriz de Vila Fernando; Capela de São Sebastião; Capela do Roto; Capela de São Julião; Capela da Quinta do Meio; Capela do Monte Carreto; Capela de Vila Mendo.
Trata-se do pedido de empréstimo de 100 contos destinado à aquisição de um imóvel, situado no n.º 34 da Rua Alexandre Herculano, em Vila Real, e respectivo mobiliário, para habitação dos magistrados. Desconhece-se se o empréstimo foi concedido.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Chã, concelho de Fornos de Algodres, distrito da Guarda, constando de: Igreja Matriz da Senhora das Boas Novas.
Visita do Ministro das Obras Públicas, Eng. Arantes e Oliveira a Vila Viçosa. Visita ao Paço Ducal com a presença do Arcebispo de Évora, D. Manuel Trindade Salgueiro.
Taracenas de Vila Nova de Gaia
Avenida Diogo Leite, Vila Nova de Gaia.
Avenida Diogo Leite, Vila Nova de Gaia.
Moçambique / Sofala (vila) / Planta urbana / [ca. 1830].
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Nova, distrito de Coimbra, concelho de Miranda do Corvo, constando de: Igreja Paroquial de São João Baptista; Capela da Senhora de Nazaré; Capela da Senhora do Bom Sucesso; Capela de São Gens; Capela da Senhora da Piedade; Capela de Santa Ana; Igreja de Vila Nova; Capela de Santo António.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Verde, concelho de Alijó, distrito de Vila Real, constando de: Igreja Matriz de Santa Marinha; Capela de São Gonçalo; Capela no lugar de Perafita; Capela no lugar do Freixo; Capela no lugar de Junjais.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Cã, distrito de Leiria, concelho de Pombal, constando de: Igreja Matriz de Vila Cã; Capela de Nossa Senhora das Virtudes; Capela do Vale; Capela de Chão do Urmeiro; Capela de Trás os Matos.
Trata-se do empréstimo de 500 contos destinado à construção de um novo edifício para os Paços do Concelho e o alargamento da vila pela construção de um novo bairro. Foi autorizado por despacho do Subsecretário de Estado das Finanças de 1 de Fevereiro de 1934.
Trata-se do pedido de prorrogação do prazo de amortização de um empréstimo de 500 contos, contraído a 18 de Outubro de 1934 e destinado à construção de um bairro de casas económicas em Vila Viçosa. Foi autorizado por despacho ministerial de 25 de Janeiro de 1927.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Alva, distrito de Beja, concelho de Cuba, constando de: Igreja de Nossa Senhora da Visitação; Capela de Nossa Senhora dos Passos; Capela de São João; Capela de Santo António.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Garcia, concelho de Trancoso, distrito da Guarda, constando de: Igreja Matriz de Nossa Senhora dos Prazeres; Capela de Santa Bárbara; Igreja Matriz de Nossa Senhora das Neves de Freixial.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Facaia, distrito de Leiria, concelho de Pedrógão Grande, constando de: Igreja Matriz de Santa Catarina; Capela de Santo António; Capela da Senhora da Piedade; Confraria do Santíssimo Sacramento.
Arrolamento dos bens cultuais da freguesia de Vila Seca, concelho de Armamar, distrito de Viseu, constando de: Igreja Paroquial da Senhora da Assunção; Capela da Senhora das Neves; Capela da Senhora do Leite.
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Vila Ruiva, concelho de Fornos de Algodres, distrito da Guarda, constando de: Igreja de Nossa Senhora da Graça; Capela de Santo António; Capela do Anjo.
Referência aos cavaleiros de Vila de Rei no Foral desta Vila, dado por D. Dinis.
Documentação produzida no âmbito da atribuição de pensões aos ministros da religião católica que a elas tivessem direito e que as tivessem requerido, de acordo com a Lei da Separação do Estado das Igrejas de 20 de Abril de 1911, referente ao distrito de Vila Real. Contempla os concelhos de Alijó, Boticas, Chaves, Mondim de Basto, Montalegre, Murça, Peso da Régua, Ribeira de Pena, Sabrosa, Santa Marta de Penaguião, Valpaços e Vila Real.
Esta vila Nova de Portimão pertencia à comarca de Lagos, e no juizo desta vila eram, pelo escrivão da Câmara e Sisas, arrecadados os direitos devidos que posteriormente seriam remetidos à Provedoria das Comarcas do Algarve, também designada de Juízo da Provedoria e Contadoria do Algarve, sita na cidade de Tavira, a quem pertencia a sua arrecadação.
Embora os concelhos de Penamacor, São Vicente da Beira, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão constem no índice, não há registo de informação sobre os mesmos, razão por que se excluíram as respectivas folhas em branco da cópia digital disponível on-line.
Trata-se do empréstimo de 1.369.500$00 destinado ao abastecimento de água à sede do concelho. Foi autorizado por portaria publicada no "Diário do Governo" n.º 113, II série, de 17 de Maio de 1948. O pedido inicial montava a 1.875.150$00 e destinava-se também ao abastecimento de água à praia de Monte Gordo.
Trata-se do empréstimo de 620 contos destinado ao abastecimento de água à sede do concelho. Foi autorizado por portaria publicada no Diário do Governo n.º 138, II série, de 17 de Junho de 1941.
Trata-se do empréstimo de 1.000 contos destinado à conclusão das obras de abastecimento de água (600 contos) e saneamento (400 contos) na sede do concelho. Foi autorizado por portaria publicada no Diário do Governo n.º 279, II série, de 30 de Novembro de 1957.
O Convento de Nossa Senhora da Encarnação de Vila do Conde era masculino, e pertencia à Ordem dos Frades Menores, da Província de Portugal da Observância. Também era conhecido como convento de São Francisco. Em 1522 foi fundado, junto a Vila do Conde, em terras cedidas pelas freiras de Santa Clara de Vila do Conde ao provincial dos franciscanos, frei Francisco de Lisboa, por escritura pública de 7 de Fevereiro de 1522. Foi sua fundadora D. Isabel de Mendanha, filha de Pedro de Mendanha e viúva de D. João de Meneses, da Casa de Cantanhede, que se empenhou na construção da Igreja e da casa conventual para doze religiosos. Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo. Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional.
Colónia Correcional de Vila Fernando
Carnaval - Vila Franca de Xira
Pelourinho da Vila de Colares.
Colónia Correcional de Vila Fernando
Documentação produzida no âmbito da atribuição de pensões aos ministros da religião católica que a elas tivessem direito e que as tivessem requerido, de acordo com a Lei da Separação do Estado das Igrejas de 20 de Abril de 1911, referente ao concelho de Vila Viçosa, distrito de Évora.
Documentação produzida no âmbito da atribuição de pensões aos ministros da religião católica que a elas tivessem direito e que as tivessem requerido, de acordo com a Lei da Separação do Estado das Igrejas de 20 de Abril de 1911, referente ao concelho de Vila Verde, distrito de Braga.
Documentação produzida no âmbito da atribuição de pensões aos ministros da religião católica que a elas tivessem direito e que as tivessem requerido, de acordo com a Lei da Separação do Estado das Igrejas de 20 de Abril de 1911, referente ao concelho e distrito de Vila Real.
Contém brasão da vila de Almada com escudo de tipo francês constituído por torre sobre monte de penhascos, sobreposta uma coroa real da quarta dinastia. No verso integra uma moldura com a seguinte informação:"É este o único padrão que existe da sua antiguidade. Levantaram ali os inglezes no seculo XII, um castello de que não ha vestigios."
Armazéns na marginal de Gaia, Vila Nova de Gaia.
Vista de Vila do Conde. Ao fundo Capela do Socorro.
Irmandades e/ou Confrarias em Vila do Canal.
Irmandades e/ou Confrarias em Vila do Cano
Alvará. Renúncia de ofício. Filiação: Simão Ferreira Vila Verde.
Destruição da Vila de Sosa, perto de Aveiro.
Apontamentos sobre a História da Vila de Ferreira.
Rua da Estação de Vila Pery, na circunscrição de Chimoio.
Fachada da Estação de Vila Pery, na circunscrição de Chimoio.
Correspondência relativa ao concelho de Vila Pouca de Aguiar.
Correspondência relativa ao concelho de Vila Pouca de Aguiar.
Correspondência relativa ao concelho de Vila Pouca de Aguiar.
Registo e copiador de correspondência da Alfândega de Vila Real de Santo António.
A gravura retrata Vila Rica, Minas Gerais. Podem ser vistos, representados na obra, componentes da paisagem natural, bem como a cidade em suas construções civis e religiosa. Há representação de figura humana e animais. A cidade aparece no plano de fundo, ao passo que o rio, as montanhas e a vegetação que as revestem, em leve tom esverdeado, configuram o plano primeiro da obra. Há diversidade ao nível das texturas, bem como intenso claro-escuro que harmonizam a gravura.
Esta fotografia é sobre a benção do gado, tradição milenar, em Mixões da Serra, freguesia de Valdreu, na zona mais montanhosa do concelho de Vila Verde. Nesta celebração, que se realiza no domingo que antecede o dia de Santo António (13 de Junho), os animais concentram-se no largo em frente ao santuário - Igreja de Santo António de Mixões da Serra - para que Santo António os livre de todos os males.
Autos de contas de testamento, tomadas pelo provedor das Comarcas de Évora e Estremoz. Contêm testamentos, ou os traslados dos mesmos, de pessoas naturais, moradoras ou falecidas em Vila Viçosa e seu termo, os autos de aprovação e abertura dos mesmos e os certificados dos legados cumpridos pelos testamenteiros. Constam alguns autos de contas que se tomaram do que era apartado do inventário dos bens dos defuntos, para o pagamento dos encargos com os ofícios e missas a bem da alma dos mesmos. Alguns dos defuntos não possuiam testamento.
Texto de Susan Lowndes, remetido pelo NCWC/NS, acerca da carta dirigida aos muçulmanos de Vila Cabral pelo bispo D. Eurico Dias Nogueira, para o bom entendimento entre católicos e muçulmanos na sua diocese.
(Espinho) - Agradecimento pelo interesse demonstrado por António Lino Neto num assunto relacionado com a vila de Tortozendo (Covilhã); votos para o destinatário retirar os resultados desejados das águas e do repouso onde se encontrava.
(Lisboa) - Solicitação do apoio do Centro Católico Português à candidatura do remetente a deputado por Vila Nova de Gaia; referência à aprovação da mesma candidatura pelos partidos “monárquico e presidencialista”.
(Ponte da Barca) Condolências pela morte do primo de Guilherme Braga da Cruz e considerações acerca da desistência do seu cargo em Vila Verde. Timbre: "José João Baptista de Lemos. Conservador dos Registos Civil e Predial. Ponte da Barca".
(Vila do Conde) Pedido de reunião com Guilherme Braga da Cruz. Timbre: "Luis Gomez Morán. Doctor en Derecho. Notario de 1ª Clase. Secretario de Gobierno de Audiencia Territorial. Pensionado por el Consejo Superior de Investigaciones Cientificas".
(Vila Nova de Poiares) Colocação dos seus recursos como deputado ao serviço de Guilherme Braga da Cruz, caso vença as eleições. Timbre: "Augusto Duarte Henriques Simões. Deputado da Nação".
(Vila Nova de Famalicão) Agradecimento pela oferta da separata "Universidade de Coimbra: Ano Lectivo de 1961-1962: Relatório lido pelo Reitor da Universidade na abertura solene das aulas, em 16 de Outubro de 1962".
(Vila Nova de Poiares) Comunica que não pode estar presente na homenagem a Guilherme Braga da Cruz devido à morte da sua irmã. Timbre: "Augusto D. Henriques Simões. Advogado".
(Braga) Pedido de intervenção para ser nomeado delegado em Vila Real. Timbre: "Ministério das Corporações e Previdência Social. Instituto Nacional do Trabalho e Previdência. Delegação de Braga. Gabinete do Sub-Delegado".
Certidão da avaliação das peças de prata, propriedade da Irmandade, apresentados pelo seu tesoureiro, onde se indica: o número da peça, a descrição do objecto, o peso e o valor atribuído. Avaliador: António Maria Vila Nova.
Texto de Susan Lowndes, remetido pelo NCWC/NS, acerca da inauguração de uma capela católica, uma mesquita e uma escola, no mesmo edifício, inaugurada pelo bispo de Vila Cabral, D. Eurico Dias Nogueira e pelo líder muçulmano local.
Texto de Susan Lowndes, remetido pelo NCWC/NS, acerca da carta pastoral de D. Eurico Dias Nogueira, bispo de Vila Cabral, na qual solicita que os bispos da metrópole enviem 10% dos seus padres para as missões ultramarinas.
Texto de Susan Lowndes, remetido pelo NCWC/NS, a referir a autorização dada pelo bispo de Vila Cabral, D. Eurico Dias Nogueira, aos muçulmanos da terra para benzerem a sua nova casa.
Texto datilografado de Susan Lowndes acerca da reintegração do ex-padre que se casou e ficou viúvo, Vital Rodrigues Mendes Capelo, no clero da diocese de Vila Real; dúvidas sobre a situação real da Igreja em Moçambique.
Texto datilografado de Susan Lowndes sobre a possibilidade de inscrição do clero do patriarcado de Lisboa no sistema de segurança social do Estado; padre Luiz Ferreira da Silva nomeado bispo de Vila Cabral.
Texto datilografado de Susan Lowndes sobre as ordenações sacerdotais em Vila Cabral; patriarca de Lisboa D. António Ribeiro discursa no encontro de formação de catequistas; estátua do padre Américo benzida pelo bispo do Porto; organização terrorista A.R.A..
Texto datilografado de Susan Lowndes acerca de um comunicado dos professores de religião e moral; D. Eurico Dias Nogueira, bispo de Vila Cabral, fala na mesquita antes de partir para Sá da Bandeira.
Texto de Susan Lowndes, remetido pelo NCWC/NS, a referir os bons frutos da carta do bispo de Vila Cabral, D. Eurico Dias Nogueira, dirigida aos muçulmanos da cidade.
Texto datilografado de Susan Lowndes sobre o facto de dois padres da Igreja de Macuti terem proibido os escuteiros de entrarem na Igreja com a bandeira de Portugal; encontro de oração ecuménico na Catedral de Vila Cabral.
Contém cartas do padre António Rebelo dos Anjos, remetidas de Serpa e Beja para António Lino Neto. Predominam as mensagens de agradecimento e a informação sobre a Associação de Beneficência do Santíssimo da Vila de Sines.
(Vila de Frades, [Barcelos]) - Pedido de esclarecimentos relacionados com o envio de correspondência. Inclui um cartão de António Lino Neto, informando que a anterior missiva tinha como destinatário Xavier Firmino Viegas.