Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for torre and 33,921 records were found.

A fotografia mostra o Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina.
Original: Bilhete-postal ilustrado.
Projecto de reparação e ampliação da Igreja da Torre, freguesia e concelho do Sabugal
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 163
Contém o processo da Bolsa de Doutoramento (BD) com o n.º 11021/97, no âmbito do Programa PRAXIS XXI, atribuída a Ana Cristina Torre Pinheiro para a realização de doutoramento em Engenharia do Ambiente na especialidade de Sistemas Naturais e suas Tensões no Departamento de Ciências e Engenharia do Ambiente na Faculdade de Ciência e Engenharia da Universidade Nova de Lisboa. Responsável pela formação: António Sousa da Câmara e David Marks. Foi elaborada uma tese com o título: "Directional effects in observations of AVHRR land surface temperature over Africa". Foi elaborado um relatório do trabalho desenvolvido.
Entidade comparticipada: Junta de Freguesia de S. Pedro da Torre
Faz parte de um portfolio de 7 imagens adquiridas ao autor sobre o património construído na região do Douro. Imagem da fachada da igreja matriz, consagrada a N. Sra. da Assunção, está situada na vila de Torre de Moncorvo.
A Torre de la Justicia era originalmente a entrada principal para a Alhambra. A Alhambra localiza-se na cidade de Granada, província de Granada, comunidade de Andaluzia, em Espanha. Trata-se de um complexo palaciano e uma fortaleza.
Descrição do estado do farol da Torre do Outão, conforme extracto retirado do Relatório acerca da iluminação marítima da Costa de Portugal e seus portos de mar, por Francisco Maria Pereira da Silva. Contém referências datadas de 1775 a 1863.
Original: Reprodução de bilhete-postal ilustrado
Menciona a mercê régia de nomear o Conde da Torre enquanto Vedor da Fazenda da Repartição dos Armazéns, de cujo ordenado só receberia caso abandonasse o posto de Mestre de Campo General.
Inventariado: José Pires da Torre; Inventariante: Isabel de Torres. Contém apenso três processos.
Ponte de Lima: Torre das Donas[Material gráfico]. - Porto: Lito. Nacional, 1955. - 1 postal ilustrado : col. ; 16 X 15 cm.
A fotografia mostra uma panorâmica do Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina.
Inventariante: Maria Joaquina, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela Inventariado: Domingos Fernandes Torre, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela
A fotografia mostra uma panorâmica do Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina.
O Mosteiro do Salvador da Torre de Viana do Castelo era masculino, e pertencia à Ordem dos Pregadores (Dominicanos). Em 1561, por bula "Ad perpetuam" de Pio IV, de 11 de Setembro, foi unido ao Mosteiro de Santa Cruz de Viana. Localização / Freguesia: Torre (Viana do Castelo, Viana do Castelo)
Fotografia que mostra uma vista da vila de Constância, onde se destaca as ruínas da Torre antes da sua destruição, o casario e os quintais onde actualmente existe o Jardim-Horto de Camões. Além disto vêm-se ainda alguns barcos no rio Tejo e Zêzere.
Fotografia de torre de observação no Penedo do Príncipe, Tapada de Mafra. No verso, manuscrito: "Penedo do Príncipe/ (t. de ob.)/ Set. 1954".
Sediada na Rua D. Jerónimo de Azevedo, Torre 4, entrada 572 no Porto. Contém os estatutos de constituição de 25 de janeiro de 2005.
Contém documentação sobre uma petição e um documento sobre despesas da Confraria dos Defuntos do lugar da Torre, freguesia de Porto de Mós.
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, que inclui os números 911 a 1689. Corresponde ao volume II.
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, que inclui os números 1 a 910. Corresponde ao volume I.
Projecto para construção de um chafariz de uma bica e um bebedouro para a freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso
Projecto para construção de um chafariz de uma bica e um bebedouro para a freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso
Projeto para a consolidação e reconstrução da torre de menagem do Castelo de Leiria, obra do Rei D. Dinis. Está assinado por Ernesto Korrodi.
Inventariante: Custodia Maria de Jesus, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela Inventariado: Florinda da Torre, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela
Contém o comprovativo de envio à Direcção Geral do Ensino Superior e das Belas Artes do processo referente à classificação da Torre da Aparecida, Lousada.
Inventariado: António Gonçalves da Torre, morador que foi em Vila Franca, Viana do Castelo. Inventariante: Maria do Carmo Soares da Torre, morador em Vila Franca, Viana do Castelo.
Contém o processo de atribuição de Bolsa para Jovens Investigadores (BJI), no âmbito do Programa de Formação e Mobilidade de Recursos Humanos, com o nº 2261/94, a Ana Cristina da Torre Pinheiro, para participação em projeto com o título "Coast", no UNINOVA - Instituto de Desenvolvimento de Novas Tecnologias, Monte da Caparica. Responsável pela formação: João Joanaz de Melo. Foi elaborado um relatório final do projeto COAST.
Processo de Inventário Orfanológico 25/1884: Inventariada Joaquina da Torre , freguesia de Ervas Tenras; Inventariante Ana Craveira , freguesia de Ervas Tenras. Apenso ao Processo de Inventário Orfanológico 10/1884 - Mç 1 - Vol I: Inventariado João Pacheco , freguesia de Ervas Tenras; Inventariante Joaquina da Torre , freguesia de Ervas Tenras.
Projecto de abastecimento de água à povoação da Torre, freguesia e concelho de Sabugal
Inventariado: Manuel Gonçalves da Torre, morador em Quinta do Meio - Vila Fernando. Inventariante: Vicencia João.
Contém: relatório de estudo do vogal João Manuel Bairrão de Oliveira da Silva Oleiro sobre a estação arqueológica romana da Torre de Ares, freguesia da Luz de Tavira, e sobre várias antiguidades de outros lugares do Algarve; ofícios relativos à realização de sondagens arqueológicas na Quinta da Torre de Ares, com o fim de demarcar a zona a classificar como imóvel de interesse público, informação do vogal acima referido sobre as escavações arqueológicas deste local; parecer de João Manuel Bairrão Oleiro sobre uma consulta feita pela Direcção Geral da Fazenda Pública, acerca dos trabalhos a realizar na estação arqueológica da Torre de Ares.
Entidade comparticipada: Junta de Freguesia de S. Pedro da Torre
Sinistrado: Manuel Joaquim Torre Responsável: Hospitais Civis de Lisboa
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
Livro para a cobrança da décima da freguesia de Torre de Coelheiros, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. 5 vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
Recortes de fotografias de Luís de Camões e fotografia da Torre do palácio dos Coutinhos, onde Camões se teria hospedado – e que já desapareceu, atribuída a Carlos Relvas (ultimo quartel do século XIX).
A fotografia mostra os pés de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A fotografia mostra Maria Luísa perto da cabeça de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A fotografia mostra Maria Luísa e Cecília perto do braço direito de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A fotografia mostra a mão de Maria Luísa sobre a mão de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
Processo de Inventário Orfanológico 37/1802: Inventariada Maria da Torre , freguesia de Pinhel; Inventariante Clara Maria , freguesia de Pinhel. Apenso ao Processo de Inventário Orfanológico 36/1802 - Mç 1.2: Inventariado Manuel José , freguesia de Pinhel; Inventariante Maria Antónia , freguesia de Pinhel.
Original: Bilhete-postal ilustrado.
Projecto para construção de uma torre na Igreja de Nossa Senhora das Lameiras, freguesia de Lameiras, concelho de Pinhel
Inventariante: Maria Josefa, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela Inventariado: Jose Fernandes da Torre, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela
Inventariante: Josefa Marques Corrêa, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela Inventariado: Joaquim Fernandes da Torre, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela
Alvará. Confirmando da nomeação do ofício de Tesoureiro do concelho da vila de Torre de Moncorvo, a João Correia.
- "Programa das actividades da Torre do Tombo para 1986"; - "Informação sobre o Arquivo Nacional da Torre do Tombo"; - notas sobre equipas móveis de técnicos, segurança, instalações, pessoal; - nota sobre a informatização do Arquivo Nacional Torre do Tombo ; - organograma e trabalhos em curso.
Inventariado: António Gonçalves da Torre, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Serreleis, Viana do Castelo, falecido em 13 de fevereiro de 1881, com testamento. Inventariante: Rosa Parente, a viúva, moradora na freguesia de Serreleis, Viana do Castelo. Filhos: José Nicolau Gonçalves da Torre, casado que foi com Maria Martins Camelo, já falecido, com 1 filho (António, de 7 anos); Joaquim Gonçalves da Torre, solteiro, maior; Maria Parente, solteira, maior; Domingos Gonçalves da Torre, casado com Rosa Rodrigues; Marta Parente, solteira, maior; João Gonçalves da Torre, solteiro, maior.
A torre Eiffel foi construída pelo engenheiro Gustave Eiffel e serviu como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889, tendo sido inaugurada a 31 de Março desse ano. Também a Grande Roue foi construída para a Exposição Universal de 1900 e foi demolida em 1920.
Reprodução de postal antigo com a legenda, Porto - Torre dos Clérigos. No verso, a ficha técnica do selo Lisboa 94 - Capital Europeia da Cultura(metade esq.). Informação histórica sobre a Capital da Cultura em 1994 (metade dir.) com o título Selo 43. Simbolo dos CTT e código de barras (bordo inf.)
Reprodução de postal antigo com a legenda, Lisboa. Torre de Belém. No verso, a ficha técnica do selo do Reforma Pombalina da Universidade (1772) (metade esq.). Informação histórica sobre Sebastião José de Carvalho e Melo - Marquês de Pombal (metade dir.) com o título Selo 31. Simbolo dos CTT e código de barras (bordo inf.)
Livro para a cobrança da décima da freguesia de Torre de Coelheiros, rubricado pelo Dr. Francisco Xavier de Sousa Queiroga, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. 5 vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
Testamento, feito no dia 14 de Agosto de 1846, por Francisca Martins da Torre, solteira, moradora na freguesia da Alvarães, do concelho de Viana do Castelo. À margem deste assento pode ler-se o seguinte: "Cumprido e quitação de 12 de Novembro de 1847."
Livro de visitantes da Torre da Cadeia, onde foi instalado o Arquivo Municipal de Ponte de Lima. Contem um termo de abertura assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, João Gomes de Abreu Lima. Contem ainda, documentos avulsos, que consistem em dedicatórias, datadas de 1980 Mai. 30, de: Maria Manuela Couto Viana, António Manuel Couto Viana e do Padre Manuel Dias.
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 5
Filiação: João Crisóstomo Soares Torre e Ana Maria Aguiar de Torre Naturalidade: freguesia de Sacavém; concelho de Loures; distrito de Lisboa Idade: 40 anos Destino: Rio de Janeiro Acompanhante: Cândida da Encarnação Torre
Mocidade Portuguesa junto à torre de Menagem aquando da visita de Américo Tomás ao Distrito de Beja em 25 e 26 de Outubro de 1970 nas comemorações dos 500 anos do nascimento de Vasco da Gama em que se procedeu, no dia 26, à inauguração da estátua na Praça Vasco da Gama e à colocação do brasão dos Gamas na Torre de Menagem, após sessão solene nos paços do concelho. Da esquerda para a direita podemos ver Maria Gertrudes (Madeira), desconhecida, Francisca Prego (Faísco), Fernanda Fialho, Gertrudes Ramalho (Teixeira), Lurdes Rosa Mendes, Fátima Narra, Filomena (Vera Cruz), Ana Maria Clemente, Isabel Rosa Mendes, António Aniceto e João Falcão Machado. Atrás dos elementos da Mocidade Portuguesa vemos, mais elevados, alguns populares a assistir às cerimónias.
Sediada no lugar da Torre, freguesia de Areias em Santo Tirso. Contém os estatutos de constituição de 28 de julho de 1980.
Pedido de autorização para a demolição da torre da Igreja Paroquial do Lavradio, por esta ameaçar ruína, feito pela Junta de Freguesia do Lavradio, do concelho do Barreiro.
Inventariado: Maria Rodrigues da Torre, morador que foi em Alvarães, Viana do Castelo. Inventariante: José Peixoto Novo, morador em Alvarães, Viana do Castelo.
Inventariado: João Gonçalves da Torre, morador que foi em Meadela, Viana do Castelo. Inventariante: Rosa Fernandes da Ponte, morador em Meadela, Viana do Castelo.
Inventariado: José Ferreira Torre, morador que foi em Mazarefes, Viana do Castelo. Inventariante: Maria da Conceição de Almeida Sampaio, morador em Mazarefes, Viana do Castelo.
Inventariante: Marianna Maria, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela Inventariado: Antonio João da Torre, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela
Filiação: António Fernandes da Torre e Maria das Dores Idade: 13 Natural: Cambra de Baixo Freguesia: Cambra Concelho: Vouzela Distrito: Viseu Destino: Rio de Janeiro Acompanhante: Bernardino Sobreiro
Brves notas biográficas acerca de Paulo Nunes Estaco e Aquiles Estaco. Prisioneiros, governo e obras na Torre do Outão. Contém referências datadas dos séculos XVI e XVII.
Requerente: Antonio Esteves da Torre. Filiação: Idade: Profissão: Estado Civil: Lugar: Ferro. Freguesia: Concelho: Covilhã. Acompanhante(s): Local de embarque/passagem: Destino: Pará, [Brasil].
Contém treslados de documentos que se encontram na Torre do Tombo feitos por Joaquim Heliodoro da Cunha Rivara dos anos de 1223 a 1652.
Parecer favorável do Vogal Diogo de Macedo relativo à definição da zona de protecção da Igreja e Torre dos Clérigos, no Porto.
Ponte de Lima: Largo de Camões e Torre da Espectação [Material gráfico]. - Ponte de Lima: Edição Avelino Guimarães, [s.d.]. - 1 postal ilustrado : p&b.
Em resposta ao ofício n.º 3815, de 6 de Julho de 1948, da Direcção Geral da Fazenda Pública, emite o Vogal Henrique Gomes da Silva parecer favorável à classificação como Monumento Nacional da denominada "Torre do Relógio", de Caminha. Contudo, não é feita qualquer referência, ou prestado qualquer esclarecimento, sobre as escavações efectuadas pela Caixa Geral de Depósitos, junto do referido monumento, conforme solicitado no ofício atrás referido da Direcção Geral da Fazenda Pública.
Filiação: Carlos Augusto Soares de Torre e Elisa Augusta de Melo Torres Naturalidade: Lisboa Idade: 15 anos Destino: Sena - Quelimane
Reúne as séries documentais referentes à sua atividade de diretor do Arquivo Nacional Torre do Tombo entre 1966 e 1988. Inclui, essencialmente, planos e relatórios de atividades, correspondência recebida e expedida, documentação relacionada imagem e comunicação deste arquivo, e ainda diversos dossiês, dos quais destacamos os dossiês da conceção, construção e inauguração do novo edifício do Arquivo Nacional Torre do Tombo.
Inventariada: Ana Joaquina da Torre, viúva de José Pereira da Silva Junior, moradora que foi em S. Romão do Neiva, Viana do Castelo, falecida em 9 de junho de 1943, sem testamento; Inventariante: Maria Pereira da Torre e Silva, moradora em S. Romão do Neiva, Viana do Castelo.
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 447
Fragmentos de índices e inventários de documentação do Arquivo Nacional Torre do Tombo
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 408
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 408
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 1297
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 14-22
Projecto de conclusão da torre da Igreja paroquial de Figueira de Castelo Rodrigo
Projecto de um cemitério a construir na Torre, freguesia e concelho do Sabugal
Contém cartazes de espetáculos realizados em Torre de Coelheiros - Casa do Povo entre 1971 e 1985.
Restauro da cruz de pedra da Igreja Matriz de Torre de Moncorvo, casualmente danificada.
Um maço com os seguintes documentos: - Anotações sobre o pagamento dos arrendamentos celebrados por escritura pelos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros, s/d; - Pública forma da escritura de arrendamento da Herdade da Torre das Figueiras que fizeram os religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros a Cristóvão António Belo, em que o mesmo se obrigou a cumprir todas as condições e obrigações da escritura de arrendamento feita anteriormente a seu irmão António Martins. Consta a declaração de Cristóvão António Belo em que compromete a pagar todas as obrigações constantes na referida escritura (26-03-1819); - Requerimento dos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros solicitando certidão do teor da escritura de arrendamento da Herdade da Torre das Figueiras que os mesmos fizeram ao capitão José de Almeida, lavrada a 26 de abril de 1758. Consta a mesma (28-03-1819); - Requerimento do Procurador-Geral da Ordem de São Paulo, Primeiro Eremita, solicitando certidão do teor do requerimento dos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros feito a Sua Majestade para lhes conceder provisão para despejarem Joaquim Inácio da Silva Madeira da Herdade da Torre das Figueiras, rendeiro e donatário da mesma (25-02-1819). Consta a certidão do requerimento, datada de 1 de março de 1819; - Requerimento de Francisco Vaz da Mata, procurador dos religiosos de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros, solicitando certidão da escritura de posse de todas as fazendas que lhes ficaram por falecimento de Isabel Farizoa, moradora que fora em Borba. Consta a certidão solicitada passada pelo tabelião de notas José Joaquim Correia da Silva lavrada a 26-03-1819; - Requerimento do Padre Procurador-Geral de toda a Ordem de São Paulo solicitando certidão do teor da resposta ao requerimento efetuado pelos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros para despejar a Herdade da Torre das Figueiras, situada no termo de Monforte (09-03-1819). Consta a certidão da resposta solicitada na qual é referido que a propriedade da herdade pertencia à Casa dos Condes das Galveias e que no ano de 1805 teria a mesma sido arrendada por João de Almeida de Matos e Castro (5º Conde das Galveias) a Maria Joaquina Barradas, mãe de Joaquim Inácio da Silva Madeira, e aquando do falecimento da mesma terá ficado, por sucessão, arrendada a seu filho (13-03-1819).
Às folhas 48 verso, consta o assento de óbito de Manoel Antonio d`Aguiar, falecido em 28 de Dezembro de 1857. O documento não apresenta qualquer informação registada das folhas 56 verso até ao termo de encerramento. No fim do livro, encontra-se um documento solto, uma declaração feita em 18 de Março de 1851, por João Monteiro, natural de Torre de Terrenho em que reconhece como seu filho o registado no assento nº 9 de 1847, com o nome de Francisco filho natural de Maria das Neves.
Requerimento inicial - António Fernandes. Casal da Torre, Mafra. Casal da Torre, Mafra. Construir casa terrea para arrecadação. Deferido em 17 de Agosto de 1921. Planta do alçado com escala de 1/100.
Auto de posse da Quinta da Gouxaria em 10 de agosto de 1651 (f. 14-14v); terras do prazo chamado de Joana Vaz no Campo de Ariel tiradas do Tombo do Mosteiro de Alcobaça (f. 16), Certidão da entrega no cartório da Câmara da vila de Santarém, do traslado autêntico da instituição e compromisso do citado Morgado (f. 18-18v), índice dos documentos relativos à Goucharia (f. 19 v), compras feitas por D. Fernando de Mascarenhas, documentos relativos ao casal de Ariel, índice dos "Papéis pertencentes ao Morgado [chamado da Torre] que fez o senhor D. Fernando Mascarenhas e a senhora D. Filipa da Silva e o contrato da Capela do Mosteiro da Serra" (f. 44). Instituição do Morgado por D. Fernando Mascarenhas, 1.º Conde da Torre, e por sua mulher, D. Filipa da Silva, em 1 de agosto de 1572, para que de si ficasse alguma memória, e havendo respeito aos morgados serem muito necessários e proveitosos para a Casa e sustentação da linhagem, onde foram integrados a Torre das Várzeas, no termo da vila de Ponte de Sôr, a quinta das Chantas, no termo de Santarém, as casas da freguesia de Marvila de Santarém, e outros bens, assinado por ambos; Confirmado e rectificado na casa de D. Fernando Mascarenhas, em Santarém em 5 de julho de 1574. Primeiro sucessor mencionado D. Manuel Mascarenhas seu filho (f. 45-53). "Satisfação da legítima e anexação das terças" (f. 55). Documentos que dizem respeito à certidão, datada de 10 de agosto de 1608, da instituição de capela para sepultura, por D. Fernando Mascarenhas, 1.º Conde da Torre, e por sua mulher, D. Filipa da Silva, em 8 de abril de 1568, na capela mor do Mosteiro de Nossa Senhora da Serra, no termo de Santarém, o que foi autorizado por Frei Francisco Foreiro, mestre em Teologia e Provincial da Ordem de São Domingos (f. 64-69). Documento da Instituição mandado lançar na Torre do Tombo por Alvará do Rei datado de 18 de outubro de 1597 e a petição de D. Manuel Mascarenhas, e certidão do registo no Livro 13 da Comarca Estremadura, f. 221, datada de 20 de abril de 1598, do Doutor Rodrigo Homem, desembargador, corregedor do crime na Corte e Casa da Suplicação que então tinha o cargo de Guarda Mor da Torre do Tombo, sendo escrivão, Luís d' Alvarenga Figueira (f. 70). Documentos de D. Fernando Mascarenhas, 1.º Conde da Torre, entre eles a Verba do Inventário dos bens que ficaram por sua morte nomeando o filho D. João Mascarenhas, Conde da Torre, nos prazos que declara em 12 de Outubro de 1651. Documentos de D. João Mascarenhas e de sua mulher, D. Madalena de Castro relativos a emprazamento da courela de Joana Vaz feito pelos Padres do Mosteiro de Alcobaça (f. 150-185), entre outros registos. Tem índice. Encadernação em pergaminho com atacas.
Coplas de "Torre de Babel: revista em 2 actos e 7 quadros" da autoria de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos. Música dos maestros tomaz Del Negro e Bernardo Ferreira.
Coplas de "Torre de Babel: revista em 2 actos e 7 quadros" da autoria de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos. Música dos maestros tomaz Del Negro e Bernardo Ferreira.