Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for torre and 30,268 records were found.

O Mosteiro do Salvador da Torre de Viana do Castelo era masculino, e pertencia à Ordem dos Pregadores (Dominicanos). Em 1561, por bula "Ad perpetuam" de Pio IV, de 11 de Setembro, foi unido ao Mosteiro de Santa Cruz de Viana. Localização / Freguesia: Torre (Viana do Castelo, Viana do Castelo)
Fotografia que mostra uma vista da vila de Constância, onde se destaca as ruínas da Torre antes da sua destruição, o casario e os quintais onde actualmente existe o Jardim-Horto de Camões. Além disto vêm-se ainda alguns barcos no rio Tejo e Zêzere.
Inventariado: António Gonçalves da Torre, morador que foi em Vila Franca, Viana do Castelo. Inventariante: Maria do Carmo Soares da Torre, morador em Vila Franca, Viana do Castelo.
Sediada na Rua D. Jerónimo de Azevedo, Torre 4, entrada 572 no Porto. Contém os estatutos de constituição de 25 de janeiro de 2005.
Fotografia de torre de observação no Penedo do Príncipe, Tapada de Mafra. No verso, manuscrito: "Penedo do Príncipe/ (t. de ob.)/ Set. 1954".
Contém documentação sobre uma petição e um documento sobre despesas da Confraria dos Defuntos do lugar da Torre, freguesia de Porto de Mós.
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, que inclui os números 911 a 1689. Corresponde ao volume II.
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso, que inclui os números 1 a 910. Corresponde ao volume I.
Projecto para construção de um chafariz de uma bica e um bebedouro para a freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso
Projecto para construção de um chafariz de uma bica e um bebedouro para a freguesia de Torre de Terrenho, concelho de Trancoso
Projeto para a consolidação e reconstrução da torre de menagem do Castelo de Leiria, obra do Rei D. Dinis. Está assinado por Ernesto Korrodi.
Inventariante: Custodia Maria de Jesus, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela Inventariado: Florinda da Torre, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela
Contém o processo de atribuição de Bolsa para Jovens Investigadores (BJI), no âmbito do Programa de Formação e Mobilidade de Recursos Humanos, com o nº 2261/94, a Ana Cristina da Torre Pinheiro, para participação em projeto com o título "Coast", no UNINOVA - Instituto de Desenvolvimento de Novas Tecnologias, Monte da Caparica. Responsável pela formação: João Joanaz de Melo. Foi elaborado um relatório final do projeto COAST.
Processo de Inventário Orfanológico 25/1884: Inventariada Joaquina da Torre , freguesia de Ervas Tenras; Inventariante Ana Craveira , freguesia de Ervas Tenras. Apenso ao Processo de Inventário Orfanológico 10/1884 - Mç 1 - Vol I: Inventariado João Pacheco , freguesia de Ervas Tenras; Inventariante Joaquina da Torre , freguesia de Ervas Tenras.
Projecto de abastecimento de água à povoação da Torre, freguesia e concelho de Sabugal
Inventariado: Manuel Gonçalves da Torre, morador em Quinta do Meio - Vila Fernando. Inventariante: Vicencia João.
Sinistrado: Manuel Joaquim Torre Responsável: Hospitais Civis de Lisboa
Entidade comparticipada: Junta de Freguesia de S. Pedro da Torre
Recortes de fotografias de Luís de Camões e fotografia da Torre do palácio dos Coutinhos, onde Camões se teria hospedado – e que já desapareceu, atribuída a Carlos Relvas (ultimo quartel do século XIX).
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
A fotografia mostra os pés de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A fotografia mostra Maria Luísa e Cecília perto do braço direito de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
Processo de Inventário Orfanológico 37/1802: Inventariada Maria da Torre , freguesia de Pinhel; Inventariante Clara Maria , freguesia de Pinhel. Apenso ao Processo de Inventário Orfanológico 36/1802 - Mç 1.2: Inventariado Manuel José , freguesia de Pinhel; Inventariante Maria Antónia , freguesia de Pinhel.
Livro para a cobrança da décima da freguesia de Torre de Coelheiros, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. 5 vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
A fotografia mostra Maria Luísa perto da cabeça de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
A fotografia mostra a mão de Maria Luísa sobre a mão de uma colossal estátua de mármore encontrada, no Templo B, da antiga República Romana, situado no Largo di Torre Argentina. Hoje, esta estátua está nos Museus Capitolinos.
Original: Bilhete-postal ilustrado.
Projecto para construção de uma torre na Igreja de Nossa Senhora das Lameiras, freguesia de Lameiras, concelho de Pinhel
Inventariante: Josefa Marques Corrêa, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela Inventariado: Joaquim Fernandes da Torre, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela
Inventariante: Maria Josefa, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela Inventariado: Jose Fernandes da Torre, Mogueirães, fr. Cambra, conc. Vouzela
- "Programa das actividades da Torre do Tombo para 1986"; - "Informação sobre o Arquivo Nacional da Torre do Tombo"; - notas sobre equipas móveis de técnicos, segurança, instalações, pessoal; - nota sobre a informatização do Arquivo Nacional Torre do Tombo ; - organograma e trabalhos em curso.
Inventariado: António Gonçalves da Torre, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Serreleis, Viana do Castelo, falecido em 13 de fevereiro de 1881, com testamento. Inventariante: Rosa Parente, a viúva, moradora na freguesia de Serreleis, Viana do Castelo. Filhos: José Nicolau Gonçalves da Torre, casado que foi com Maria Martins Camelo, já falecido, com 1 filho (António, de 7 anos); Joaquim Gonçalves da Torre, solteiro, maior; Maria Parente, solteira, maior; Domingos Gonçalves da Torre, casado com Rosa Rodrigues; Marta Parente, solteira, maior; João Gonçalves da Torre, solteiro, maior.
A torre Eiffel foi construída pelo engenheiro Gustave Eiffel e serviu como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889, tendo sido inaugurada a 31 de Março desse ano. Também a Grande Roue foi construída para a Exposição Universal de 1900 e foi demolida em 1920.
Reprodução de postal antigo com a legenda, Porto - Torre dos Clérigos. No verso, a ficha técnica do selo Lisboa 94 - Capital Europeia da Cultura(metade esq.). Informação histórica sobre a Capital da Cultura em 1994 (metade dir.) com o título Selo 43. Simbolo dos CTT e código de barras (bordo inf.)
Reprodução de postal antigo com a legenda, Lisboa. Torre de Belém. No verso, a ficha técnica do selo do Reforma Pombalina da Universidade (1772) (metade esq.). Informação histórica sobre Sebastião José de Carvalho e Melo - Marquês de Pombal (metade dir.) com o título Selo 31. Simbolo dos CTT e código de barras (bordo inf.)
Livro de visitantes da Torre da Cadeia, onde foi instalado o Arquivo Municipal de Ponte de Lima. Contem um termo de abertura assinado pelo Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, João Gomes de Abreu Lima. Contem ainda, documentos avulsos, que consistem em dedicatórias, datadas de 1980 Mai. 30, de: Maria Manuela Couto Viana, António Manuel Couto Viana e do Padre Manuel Dias.
Livro para a cobrança da décima da freguesia de Torre de Coelheiros, rubricado pelo Dr. Francisco Xavier de Sousa Queiroga, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. 5 vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 5
Filiação: João Crisóstomo Soares Torre e Ana Maria Aguiar de Torre Naturalidade: freguesia de Sacavém; concelho de Loures; distrito de Lisboa Idade: 40 anos Destino: Rio de Janeiro Acompanhante: Cândida da Encarnação Torre
Mocidade Portuguesa junto à torre de Menagem aquando da visita de Américo Tomás ao Distrito de Beja em 25 e 26 de Outubro de 1970 nas comemorações dos 500 anos do nascimento de Vasco da Gama em que se procedeu, no dia 26, à inauguração da estátua na Praça Vasco da Gama e à colocação do brasão dos Gamas na Torre de Menagem, após sessão solene nos paços do concelho. Da esquerda para a direita podemos ver Maria Gertrudes (Madeira), desconhecida, Francisca Prego (Faísco), Fernanda Fialho, Gertrudes Ramalho (Teixeira), Lurdes Rosa Mendes, Fátima Narra, Filomena (Vera Cruz), Ana Maria Clemente, Isabel Rosa Mendes, António Aniceto e João Falcão Machado. Atrás dos elementos da Mocidade Portuguesa vemos, mais elevados, alguns populares a assistir às cerimónias.
Sediada no lugar da Torre, freguesia de Areias em Santo Tirso. Contém os estatutos de constituição de 28 de julho de 1980.
Pedido de autorização para a demolição da torre da Igreja Paroquial do Lavradio, por esta ameaçar ruína, feito pela Junta de Freguesia do Lavradio, do concelho do Barreiro.
Inventariado: Maria Rodrigues da Torre, morador que foi em Alvarães, Viana do Castelo. Inventariante: José Peixoto Novo, morador em Alvarães, Viana do Castelo.
Inventariado: João Gonçalves da Torre, morador que foi em Meadela, Viana do Castelo. Inventariante: Rosa Fernandes da Ponte, morador em Meadela, Viana do Castelo.
Inventariado: José Ferreira Torre, morador que foi em Mazarefes, Viana do Castelo. Inventariante: Maria da Conceição de Almeida Sampaio, morador em Mazarefes, Viana do Castelo.
Inventariante: Marianna Maria, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela Inventariado: Antonio João da Torre, Cabo de Vila, fr. Alcofra, conc. Vouzela
Filiação: António Fernandes da Torre e Maria das Dores Idade: 13 Natural: Cambra de Baixo Freguesia: Cambra Concelho: Vouzela Distrito: Viseu Destino: Rio de Janeiro Acompanhante: Bernardino Sobreiro
Ponte de Lima: Largo de Camões e Torre da Espectação [Material gráfico]. - Ponte de Lima: Edição Avelino Guimarães, [s.d.]. - 1 postal ilustrado : p&b.
Contém treslados de documentos que se encontram na Torre do Tombo feitos por Joaquim Heliodoro da Cunha Rivara dos anos de 1223 a 1652.
Requerente: Antonio Esteves da Torre. Filiação: Idade: Profissão: Estado Civil: Lugar: Ferro. Freguesia: Concelho: Covilhã. Acompanhante(s): Local de embarque/passagem: Destino: Pará, [Brasil].
Filiação: Carlos Augusto Soares de Torre e Elisa Augusta de Melo Torres Naturalidade: Lisboa Idade: 15 anos Destino: Sena - Quelimane
Inventariada: Ana Joaquina da Torre, viúva de José Pereira da Silva Junior, moradora que foi em S. Romão do Neiva, Viana do Castelo, falecida em 9 de junho de 1943, sem testamento; Inventariante: Maria Pereira da Torre e Silva, moradora em S. Romão do Neiva, Viana do Castelo.
Reúne as séries documentais referentes à sua atividade de diretor do Arquivo Nacional Torre do Tombo entre 1966 e 1988. Inclui, essencialmente, planos e relatórios de atividades, correspondência recebida e expedida, documentação relacionada imagem e comunicação deste arquivo, e ainda diversos dossiês, dos quais destacamos os dossiês da conceção, construção e inauguração do novo edifício do Arquivo Nacional Torre do Tombo.
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 14-22
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 447
Fragmentos de índices e inventários de documentação do Arquivo Nacional Torre do Tombo
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 408
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 408
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 1297
Projecto de conclusão da torre da Igreja paroquial de Figueira de Castelo Rodrigo
Projecto de um cemitério a construir na Torre, freguesia e concelho do Sabugal
Um maço com os seguintes documentos: - Anotações sobre o pagamento dos arrendamentos celebrados por escritura pelos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros, s/d; - Pública forma da escritura de arrendamento da Herdade da Torre das Figueiras que fizeram os religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros a Cristóvão António Belo, em que o mesmo se obrigou a cumprir todas as condições e obrigações da escritura de arrendamento feita anteriormente a seu irmão António Martins. Consta a declaração de Cristóvão António Belo em que compromete a pagar todas as obrigações constantes na referida escritura (26-03-1819); - Requerimento dos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros solicitando certidão do teor da escritura de arrendamento da Herdade da Torre das Figueiras que os mesmos fizeram ao capitão José de Almeida, lavrada a 26 de abril de 1758. Consta a mesma (28-03-1819); - Requerimento do Procurador-Geral da Ordem de São Paulo, Primeiro Eremita, solicitando certidão do teor do requerimento dos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros feito a Sua Majestade para lhes conceder provisão para despejarem Joaquim Inácio da Silva Madeira da Herdade da Torre das Figueiras, rendeiro e donatário da mesma (25-02-1819). Consta a certidão do requerimento, datada de 1 de março de 1819; - Requerimento de Francisco Vaz da Mata, procurador dos religiosos de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros, solicitando certidão da escritura de posse de todas as fazendas que lhes ficaram por falecimento de Isabel Farizoa, moradora que fora em Borba. Consta a certidão solicitada passada pelo tabelião de notas José Joaquim Correia da Silva lavrada a 26-03-1819; - Requerimento do Padre Procurador-Geral de toda a Ordem de São Paulo solicitando certidão do teor da resposta ao requerimento efetuado pelos religiosos do Convento de Nossa Senhora da Luz de Montes Claros para despejar a Herdade da Torre das Figueiras, situada no termo de Monforte (09-03-1819). Consta a certidão da resposta solicitada na qual é referido que a propriedade da herdade pertencia à Casa dos Condes das Galveias e que no ano de 1805 teria a mesma sido arrendada por João de Almeida de Matos e Castro (5º Conde das Galveias) a Maria Joaquina Barradas, mãe de Joaquim Inácio da Silva Madeira, e aquando do falecimento da mesma terá ficado, por sucessão, arrendada a seu filho (13-03-1819).
Requerimento inicial - António Fernandes. Casal da Torre, Mafra. Casal da Torre, Mafra. Construir casa terrea para arrecadação. Deferido em 17 de Agosto de 1921. Planta do alçado com escala de 1/100.
Coplas de "Torre de Babel: revista em 2 actos e 7 quadros" da autoria de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos. Música dos maestros tomaz Del Negro e Bernardo Ferreira.
Coplas de "Torre de Babel: revista em 2 actos e 7 quadros" da autoria de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos. Música dos maestros tomaz Del Negro e Bernardo Ferreira.
Coplas de "Torre de Babel: revista em 2 actos e 7 quadros" da autoria de Ernesto Rodrigues, Félix Bermudes e João Bastos. Música dos maestros tomaz Del Negro e Bernardo Ferreira.
A torre Eiffel foi construída pelo engenheiro Gustave Eiffel e serviu como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889, tendo sido inaugurada a 31 de Março desse ano.
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
A Torre de Gropallo, edificada na segunda medade do seculo XVI, ganhou esse nome por homeanagem ao Marquês Gaetano Gropallo, que a adquiriu em meados do século XIX. Em 1937, é comprada pela Câmara de Génova.
Trata-se do pedido de empréstimo de 320 contos destinado à electrificação das povoações de Colmeal da Torre e Maçainhas e remodelação da rede eléctrica de Belmonte. Desconhece-se se o empréstimo foi concedido.
Inventário topográfico do cartório do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, com os seguintes elementos: espécies, cotas, estante, prateleira. Elaborado por três conservadores: Maria Clara Pereira da Costa, Maria Noémia Oliveira Sampaio, Maria Emília Pereira de Figueiredo.
Inventariado: Antonio Joam da Torre, de Pousade; Inventariante: Maria Monteira, de Pousade. Está apenso ao inventário por óbito de Manoel Martins, de Pousade, Juizo de Direito da Comarca da Guarda, Escrivão Cunha, 1898.
Inventariado: Domingos da Torre, casado com a inventariante, morador que foi em Vila Fria, Viana do Castelo, falecido em 16 de fevereiro de 1939; Inventariante: Maria Ferreira Portela, a viúva, moradora em Vila Fria, Viana do Castelo.
Inventariado: José Martins da Torre, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Arca, Ponte de Lima, falecido em 14 de abril de 1891; Inventariante: Ana Emília Afonso, a viúva, moradora na freguesia de Arca, Ponte de Lima.
Inventariada: Maria Josefa da Torre, viúva e José Gonçalves de Oliveira Barbosa, moradora que foi em Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo; Inventariante: José Maria Torres de Oliveira, filho da inventariada, morador em Santa Marta de Portuzelo, Viana do Castelo.
Filiação: João Crisóstomo Soares de Torre e Ana Maria Aguiar Torres Naturalidade: Sacavém; concelho de Loures; distrito de Lisboa Idade: 26 anos Destino: Sena - Quelimane
Documento descrito no Índice Portugal, Torre do Tombo, Chancelaria de D. Afonso V: Índice dos próprios, L 33, f. 20 (PT/TT/ID/1/33). Este Instrumento de Descrição Documental, não datado, foi substituído pelo catálogo em linha, em 2010.
- "Torre do Tombo" versão manuscrita e versão final; - "O Arquivo Nacional Torre do Tombo", cópia versão publicada na separata da "Revista de História Económica e Social" com correções manuscritas de José Pereira da Costa.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante e seguintes: João Ruela Ramos e Henrique Carpio de la Torre, em representação da União Elétrica Portuguesa.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante e seguintes: João Ruela Ramos e Henrique Carpio de La Torre, representantes da União Elétrica Portuguesa.
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção Recordação de Cascais: 5
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 296
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 6038
Inventariado: Emília Pereira da Torre e Silva, morador que foi em Neiva; Inventariante: João José Vieira, morador em Neiva.
À semelhança da Alfândega de Freixo de Espada à Cinta, aqui na vila da Torre de Moncorvo, tendo uma pequena aduana, também teve a necessidade de ter livros próprios para o registo das fianças. Cada registo era datado, mencionava o nome do despachante ou seu representante, quantidade e qualidade do produto, para os levar para determinado porto seco e para o mesmo se obrigou por seu fiador e principal pagador determinada pessoa, que mostrará a certidão da descarga à entrada no tal porto de destino no termo de 4 meses e na falta pagará os direitos devidos aos portos secos. Assina este termo o escrivão e o fiador. Na margem direita está identificado o despachante e menção da desobriga por certidão que se fez à linha e menção da data de produção da mesma. Por carta da Superintendência Geral das Alfândegas do Norte, datada em 11 de Maio de 1782, nestes livros lançaram-se as guias impressas usadas nesta aduana e remetidas até ao mês Junho do ano seguinte ao Administrador Geral da Alfândega de Lisboa.
Registo de guias de entrada e saída de mercadorias no Posto Fiscal de Torre das Vargens da Alfândega de Marvão - Castelo de Vide. Contém informação relativa ao tipo de mercadoria, ao destino da mesma.
Original: Bilhete-postal ilustrado
A torre Eiffel foi construída pelo engenheiro Gustave Eiffel e serviu como o arco de entrada da Exposição Universal de 1889, tendo sido inaugurada a 31 de Março desse ano. Também a Grande Roue foi construída para a Exposição Universal de 1900 e foi demolida em 1920.
Folha com 3 fotografias anexas de Vale Figueira e Penedo do Príncipe, Tapada de Mafra. À direita, manuscrito, legenda das fotografias: "1954/ Setembro/ Vale Figueira"; "Penedo do/ Príncipe/ Torre de Obser/ -vação"; "Vale Figueira (?)". No verso, desenho de células, indicando aproveitamento do papel.
Cópia do inventário topográfico do cartório do Arquivo Nacional da Torre do Tombo, com os seguintes elementos: espécies, cotas, estante, prateleira. Elaborado por três conservadores: Maria Clara Pereira da Costa, Maria Noémia Oliveira Sampaio, Maria Emília Pereira de Figueiredo. Cópia da u.i. nº 29.
Inventariada: Maria Gonçalves da Torre, viúva de Sebastião Miranda (falecido há 18 anos), moradora que foi em Mujães, Viana do Castelo, falecida em 3 de março de 1943, sem testamento. Inventariante: Joaquina Gonçalves Miranda, solteira, maior, filha da inventariada, moradora em Mujães, Viana do Castelo.