Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for tombo and 7,598 records were found.

Livro mandado fazer pelo bispo D. Manuel de Vasconcelos Pereira.
Medição das vinhas da Amoreira, foreiras ao convento, com indicação dos foreiros e número de cepas e bacelos
De fls. 1 a 20 compreende treslados de doações, privilégios e outros documentos de relevância patrimonial. De fls. 20 a 377 contém treslados de documentação relativa às capelas e bens livres do convento
Documentação referente à Ordem do Carmo, Associação Religiosa de Ensino e Beneficência do Recolhimento do Freixinho.
Inclui: pedido de aposentação apresentado à Secretária de Estado da Cultura; cópia do aviso de publicação no Diário da República; ofícios da Caixa Geral de Depósitos; declaração do tempo de serviço; folha de cadastro e procuração.
Inclui: publicação no Diário da República; despacho da Secretaria de Estado da Cultura; cópia de certificado de habilitações e ficha biográfica.
Inclui correspondência, atas, recortes de imprensa, convites, programa da cerimónia do lançamento da primeira pedra.
Inclui o despacho n.º 55/86 -constituição da comissão como emendas de José Pereira da Costa, correspondência com a Secretaria de Estado da Cultura, informações, atas de reuniões, relatório preliminar, cópia de inventário, lista de dúvidas e de sugestões sobre mobiliário e equipamento para o novo edifício.
Estudo elaborado pela Direção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais – Gabinete de Estudos e Projetos. Inclui ofício recebido desta entidade e notas manuscritas de José Pereira da Costa.
Inclui comentários manuscritos de José Pereira da Costa e informações deste sobre este assunto.
A comenda de Dornes era anexa à de Ega. Nesta data, era comendador D. Fernando de Sousa.
A capa contém uma escritura de novo emprazamento de uma vinha no lugar da Mata da Ordem, termo de Pias, feita por D. João Pereira, visitador do Mestrado, datado de 14 de Maio de 1504.
Série constituída pelo livro onde se encontram registados e discriminados todos os bens da Irmamdade.
Contém Registo todas as escrituras e propriedades do Hospital do Espírito Santo
Contém Recenseamento de Propriedades da Misericórdia
Contém o Lembranças de todas as propriedades do Hospital de Évora.
Contém o Fazendas foreiras ao Hospital Real de Évora.
Contém registo de toda a fazenda que administra a santa casa da Misericórdia contém encargos e listagem de géneros que recebem a Santa casa e suas dependências. Contém índice.
Contém a folha 1: o termo de abertura: "este livro que à sua custa comprou o escrivão da inspeção do Bairro do Limoeiro António Pedro da Cunha Feio Coutinho há-de servir para nele se escreverem os termos que as partes assinam dos termos que lhe são demais adjudicados por compra que fazem e vai todo numerado e rubricado como sobrenome do desembargador inspetor Gregório Dias da Silva e no fim leva o seu encerramento e teve princípio em doze de Maio de mil setecentos e sessenta e sete anos, o primeiro termo e no mesmo dia o escrevi em fé de verdade vai assinado pelo dito desembargador inspetor e eu António Pedro da Cunha Feio Coutinho o escrevi. Silva". O livro está numerado mas não rubricado. Contém de folha 1v. a 45: os termos de avaliação. Os registos contêm a descrição das propriedades, localização, proprietários (compradores ou vendedores). Registos feitos por ordem cronológica da data da avaliação das propriedades, ao contrário do tombo que descreve as propriedades por ruas. Registos assinados pelo desembargador inspetor, pelos engenheiros e o escrivão. Contém a folha 98v.: o termo de encerramento: "tem este livro noventa e oito folhas numeradas e no princípio declara o termo para que serve. Lisboa 13 de Maio de 1767. Gregório Dias da Silva".
Algumas das pessoas a que se refere a documentação: Gaspar Gonçalves de Ribafria, Joaquim José Rodrigues Vidal, Pedro de Saldanha, António de Saldanha Albuquerque e Castro Ribafria, André de Saldanha Albuquerque Castro Ribafria, Mariana José Francisca Vicência Pereira, João Maria Rafael de Saldanha Albuquerque Castro Ribafria Pereira, António de Saldanha Albuquerque e Castro Ribafria e Pereira. Apresenta feito cível, certidão de testamento, posse, acção cível de libelo, arrendamento, correspondência, novo emprazamento, documentos de receita e despesa. Inclui "Lembrança das fazendas de Sintra" de António Diogo Álvares Cabral Rangel para Joaquim José Rodrigues Vidal, cadernos "de cobrança de foros e rendas pertencentes ao Morgado de Penha Verde em Sintra" (1834, 1835, 1837, 1839, 1845), "Pauta das quintas, casais e foros que tem o [...?] Senhor António de Saldanha no termo de Sintra e Cascais", "conhecimentos do foro de dinheiro e galinhas" com encadernação em pergaminho dos séculos XII ou XIII (1558 a 1577), "Autos de Tombo que por provisão de sua Magestade se faz do Palácio Nobre, Quintas e mais propriedades que o Il[ustríssi]mo e [...] Marquês do Pombal tem nesta vila de Sintra e seutermo" (1775).
Contém termo de abertura: "este livro que em conformidade da Portaria copiada a folhas noventa e duas, há-de servir para a cópia do livro das adjudicações e posses dos terrenos do Bairro do Limoeiro; vai por mim rubricado com o número de folhas constante do respetivo termo de encerramento. Lisboa, 26 de Março de 1819. O desembargador inspetor dos bairros e suas anexas por comissão da Portaria de 19 de Dezembro de 1818, copiada a folha 360 v. do livro do tombo do Bairro do Rossio. Dr. José António da Silva Pedrosa". Contém a folha de rosto verso: "nas margens deste livro vão notadas as folhas do original de que se extraiu esta cópia para melhor inteligência das suas verbas. Dr. José António da Silva Pedrosa". Na margem vem a indicação: "livro velho f.". Contém a folha 92 "portaria pela qual se mandou extrair cópia dos livros do tombo das propriedades arruinadas pelo terramoto do primeiro de Novembro de mil setecentos e cinquenta e cinco", Decreto de 25 de Março de 1807 referido na Portaria. Contém a folha 93 a conferência da cópia: "está conforme o original que se remeteu para o Real Arquivo na conformidade da Portaria de 19 de Dezembro de 1818. Dr. José António da Silva Pedrosa". Contém no verso da última folha o termo de encerramento: "tem este livro noventa e três folhas não entrando em o número delas as duas em que vão escritos o termo de título e este de encerramento. Lisboa 26 de Março de1819. Dr. José António da Silva Pedrosa".
Termo de abertura: " Certifico a Frei José Migueis Cardoso, Freire da Ordem de são bento de avis e vigário da Igreja de são Gonçalo, hoje padroeira de Nossa Senhora da Apresentação que eu rubriquei este livro da Irmandade do santíssimo Sacramento sita nela e por breve apostólico confirmada o qual hade servir para assento dos termos dos irmãos da dita Irmandade e vai todo numerado nas pontas de cima e assinado com o meu sobrenome e este mesmo termo leva na última folha da banda de fora com a qual se numerarão cento e noventa em fé fiz este termo e assinei, 2 de Janeiro de 1684. O vigário José Migueis Candoso.". Apresenta a fol. 3 para o ano de 1684 mesa constituida pelo juiz Manuel Pinheiro, escrivão João Arenas, mordomo João Dias de Arouca e devoto João Adrião Estevão de Almeida. Regista inventários e autos de entrega de móveis de 1684 a fol. 36. Contém assento das entradas dos irmãos a fol. 3 e 78 e dos irmãos sacerdotes a fol. 110, assembleias e actas de sessões, termos de obrigações de missas e legados de 1664 até 1768.
Olivença, Borba, Monsaraz, Elvas, Estremoz, Terena, Vila Viçosa, Juromenha, Abrantes, Évora, Braga, Herdade do Monte Alto, Sítio dos Carvalhais, Herdade da Bufoa, Herdade das Antas, Herdade da Capela, Herdade das Figueiras, Herdade da Vila Velha, Fonte da Corna, Ribeira dos Pardais. Vasco Rodrigues Justo, Apolónia da Silveira da Veiga, padre Manuel Mexia de Matos, Leonor de Matos, padre João Domingues, Maria Carvalho, padre Bento Panasco, Margarida Mendes, Gaspar Mendes Laço, Maria Bela, Fernão Vaz Sepa, Diogo Lopes de Morais, João Lourenço, licenciado João Lopes da Veiga, Francisca de Vilhana, João Martins Quaresma, Beatriz Lobo, Margarida da Veiga, Sebastião da Veiga de Andrade, João Silveiro da Veiga, Álvaro Machado, padre André Vaz, Estêvão de Vasconcelos, Pedro Martins Justo, licenciado Jerónimo de Andrade Gato, Pedro Garcia de Torres, Miguel de Andrade, Maria de Sousa, Ana Rodrigues, Inês Aires, Pedro Aires, Fernando Martins Aguiar, António Rodrigues Duque, Fernando Mexia de Figueiredo, doutor André de Aguiar, António da Silveira, João Franco da Silva, Leonor da Silva, Manuel Mendes Gançoso, Isabel Ferreira de Abreu, António Dias de Bastos, Henrique da Silva, Álvaro Rodrigues de Abreu, Maria Curva, padre André Vaz Gançoso, Beatriz de Matos, Manuel Álvares Lobo, João Farinha Lobo, Rui de Sousa Pereira, Lourenço da Gama, Vasco Rodrigues Sembrano, Francisco Gonçalves, capitão Martim Afonso, Manuel Velho, Miguel Sanches, João Soares Casado, Diogo Martins, tenente Miguel Pinto, Manuel Franco, Francisco Antunes, alferes Lourenço Fernandes Fialho, Manuel Fernandes Pico, João Dias, Afonso Soares Restolho, Jorge Vaz, Manuel Mendes Mexia, Manuel Fernandes Branco, Bento Mendes Rosado, Gonçalo Mendes de Oliveira, Martim Fernandes Restolho, João Rodrigues Tripinha, Manuel Barroquinho, António Lopes Restolho, António Mendes, capitão João de Crato, doutor Simão de Oliveira da Costa, D. Sebastião de Matos Noronha. O treslado insere uma escritura de doação entre vivos celebrada entre Vasco Rodrigues Justo e sua mulher Apolónia da Silveira da Veiga, datada de 2 de Janeiro de 1679, os testamento de ambos, datados de 3 de Janeiro de 1667 e 7 de Janeiro de 1683, respectivamente, e o inventário dos bens dos testadores com que se instituíram três capelas.
Castelo de Vide. João Nogueira, João Barrento, Álvaro Fernandes Nogueira, António Rodrigues da Aldeia. Treslado de verba do testamento com relação dos bens vinculados em capela.
Castelo de Vide. Domingos Lopes, Cristóvão Lourenço, Fernão Vaz Xastre, Beatriz Gonçalves, Manuel Gonçalves, Belchior Gonçalves, Gaspar Fernandes Gago. Treslado do original datado de 9 de Agosto de 1575.
Contém autos de medição do colégio e da igreja de Santa Maria a Grande, das ermidas de S. Brás e S. Sebastião e de diversos prédios rústicos e urbanos pertencentes à Companhia de Jesus. Treslado do original datado de 4 de abril de 1648.
Alvará de D. Afonso VI ordenando ao juiz de fora de Elvas que medisse, demarcasse e tombasse os bens, terras, censos, foros e pensões pertencentes ao convento de S. Paulo, em virtude de muitos desses bens andarem sonegados. Insere petição dos religiosos.
Reúne escrituras de compra e venda, arrematação, doação, aforamento, distrate, dote, obrigação e trespasse; sentenças de partilhas e posse e testamentos
Reúne escrituras de compra e venda, aforamento, arrematação, dívida e obrigação, distrate, doação; sentenças, testamentos, procurações, autos de posse.
Apelação do Convento de Nossa Senhora da Luz ao juiz de fora, relativa à divisão da Herdade de Nossa Senhora do Rosário, no termo de Arronches, feita pelo Convento de Bom Jesus de Monforte, na qual aquele possuía um quinhão
Autos de medição e demarcação de todos os bens e propriedades pertencentes ao convento. Contém treslados de documentos desde 1614 (provisões, procurações, escrituras, sentenças, certidões).