Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for pedro and 191,376 records were found.

Mandado de despejo a Francisco Xavier da Silveira morador na rua de S. Pedro Mártir.
Sete provas tipográficas; um rascunho. Poema dedicado a António Marques e a Pedro Gomes dos Santos.
Alvará. Tença de 30$000 rs. Filiação: Pedro Fernandes.
Certidão Negativa. (D.João VI, Lv.9, fl.253v). Filiação: Pedro Folque.
Certidão Negativa. (D.Maria I, Lv.28, fl.40). Filiação: Pedro Loné.
Provisão. Escuso de Praça de Soldado. Filiação: Pedro João.
Carta. Escrivão das Sisas de Loulé. Filiação: Pedro Castelo Branco.
Alvará. Capela de S. Pedro Gonçalves em Oeiras.
Alvará. Foro de Fidalgo da Casa. Filiação: Vicente Pedro Pedrossen.
Carta. Capitania do Grão Pará. Filiação: Pedro Gonçalves do Vale.
Requerente: Ministério Público Requerido: Antonio Pedro, fr. Tões, conc. Armamar
Alvará. Capela de Pedro Barriga.
Bilhete-postal ilustrado
Bilhete-postal ilustrado
Bilhete-postal ilustrado
O Mosteiro de São Pedro de Cete era masculino, e pertencia à Ordem de São Bento. Antes de 924, foi fundado no julgado de Aguiar de Sousa. Pertencia ao bispado do Porto. No fim do século XI, foi restaurado por Gonçalo Oveques, talvez por ocasião da introdução da Regra de São Bento e dos costumes cluniacenses. Entre 1121 e 1128, teve carta de couto concedida por D. Teresa. Entre o princípio do século XVI e 1551, foi governado por abades comendatários, sendo o último, frei Luís de Montoia, eremita de Santo Agostinho. Este obteve do papa a união do mosteiro com as suas rendas ao colégio da Graça de Coimbra, da mesma Ordem. Em 1551, foi anexado ao colégio de Nossa Senhora da Graça, de Coimbra, da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho, por D. João III, o qual fora fundado em 1543. Em 1613, os Eremitas de Santo Agostinho tomaram posse dele, quando morreu o último monge beneditino. Em Cete, ficaram apenas dois frades desta ordem encarregados da administração do domínio e da cura paroquial até 1834. Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo. Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional. Localização / Freguesia: Cete (Paredes, Porto)
Arrolamento dos bens cultuais situados na freguesia de Pedro Miguel, concelho e distrito de Horta, Açores, constando de: Igreja Paroquial de Pedro Miguel.