Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for mato and 27,627 records were found.

O Mosteiro de São Jerónimo do Mato de Alenquer era masculino, e pertencia à Ordem e Congregação de São Jerónimo. Em 1400, o Mosteiro foi criado por bula de Bonifácio IX "Piis votis fidelium" de 1 de Abril, outorgada a pedido de D. João I e do presbítero Fernando Eanes. Foi edificado, provavelmente, a partir de um eremitério fundado por frei Vasco e Fernando Eanes, cerca de 1389, ou no lugar do Mato, doado por D. João I a frei Vasco e onde, anteriormente, não existia qualquer fundação. Em 1480, devido a um violento terramoto, o Mosteiro ficou em ruínas, tendo sido reedificado por D. Afonso V. Em 1500, foi de novo em reconstruído por D. Manuel. Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo. Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional.
Aspeto de um casebre situado ao lado de uma árvore frondosa. A imagem foi captada provavelmente em Casal do Mato, localidade do concelho de Figueira da Foz. O fotógrafo utilizou a data tópica para referir o seu local de residência nessa ocasião (e não o local da captura da imagem).
Autor: Francisco da Costa Braga; Título: Flores entre o mato: comédia em um ato, representada em 1879 no Teatro da Trindade do Porto e no Teatro Chalet de Lisboa em 15 de dezembro de 1881. Editor: Lisboa: Livraria J. Marques da Silva, 1882. Coleção: Biblioteca Teatral, 12ª série, nº1.
Concelho de Abrantes. Freguesia de Aldeia do Mato. Documentação constituída por registos de batismos, casamentos e óbitos.
Escritura de venda de um olival ao posto do Mato, junto à estrada de Évora, que fizeram Damião Dias e sua mulher, Maria da Gama, a Sebastião Rodrigues Calhau, por preço de 32.000 rs. Treslado do original datado de 2 de maio de 1628.
Árvore frondosa, num campo. A imagem foi captada provavelmente em Casal do Mato, localidade do concelho de Figueira da Foz. O fotógrafo utilizou a data tópica para referir o seu local de residência nessa ocasião (e não o local da captura da imagem).
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 3001 a 4000 Tipologia e suporte: Manuscrito
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 4001 a 5000 Tipologia e suporte: Manuscrito
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 5001 a 5537 Tipologia e suporte: Manuscrito
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 1 a 1000 Tipologia e suporte: Manuscrito
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 2006 a 3000 Tipologia e suporte: Manuscrito
Matrizes prediais rústicas da freguesia de Macedo do Mato, do concelho de Bragança, do artigo n.º 1001 a 2005 Tipologia e suporte: Manuscrito
Concelho de Coruche. Freguesia de Santana do Mato. Documentação constituída por registos de batismos, casamentos, óbitos e legitimações e seus duplicados.
Processo de casamento de António Mato e Mariana Teresa Genoveva, viúva Pai do nubente: Joaquim do Mato Mãe do nubente: Maria das Dores
Tem junto instrumento de aforamento em fatiota, de 7 de Fevereiro de 1474, em Lisboa, nas casas de Mem de Brito, fidalgo da casa real e do conselho do rei, feito por este a João Afonso, morador no termo de Torres Vedras, do Moinho do Mato.
Irmandade na Igreja de São Bento do Mato, termo de Évoramonte.
Irmandade na Igreja de São Bento do Mato, termo de Évoramonte.
Livro para a cobrança da décima da freguesia de São Bento do Mato, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
Projecto de construção de um cemitério que a Comissão administrativa da Junta de Freguesia do Mato do Concelho de Ponte de Lima pretende mandar construir. Contém: parte escrita - memória descritiva, medição da obra, orçamento; parte desenhada.
Treslado de criação, do compromisso e estatutos da Irmandade das Almas, Igreja de São Bento do Mato, termo de Évoramonte.
Monsaraz, aldeia do Mato. Treslado do original datado de 19 de novembro de 1822.
Livro para a cobrança da décima da freguesia de São Bento do Mato, rubricado pelo Dr. Francisco Xavier de Sousa Queiroga, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. No fl. 11 vº consta a receita da décima relativa ao dito livro.
Treslado de criação, do compromisso e estatutos da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, na Igreja de São Bento do Mato, termo de Évoramonte.
Monsaraz, aldeia do Mato. Maria Dias, padre Joaquim José Falardo, Domingos Lopes. Treslado do original datado de 13 de março de 1822.
Monsaraz, Aldeia do Mato. Francisco Lopes, José Maria, Manuel Justino Palma. Treslado do original datado de 23 de fevereiro de 1821.
Elvas, Monsaraz, Aldeia do Mato. Margarida de Jesus, Joaquim Fernandes. Treslado do original datado de 7 de janeiro de 1817.
Raparigas, com lenços a cobrir as cabeças, ajoelhadas à entrada da igreja de Santo António. A localidade, do concelho das Caldas da Rainha, é mais conhecida como Salir de Matos.
Dispensa Matrimonial de Laurentino do Carmo e Mariana Rita, naturais da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora. Filiação do nubente: filho de Joaquim Luís e de Mariana de S. José, naturais da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora Filiação da nubente: filha de José António Chaveiro e de Ana Luísa, naturais da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Francisco José e Narcisa do Carmo, natural da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora. Filiação do nubente: filho de Vicente da Silva, natural da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora e de Mariana Inês, natural da freguesia Santa Justa, termo de Arraiolos Filiação da nubente: filha de Flamino António, natural da matriz de Evoramonte, termo de Estremoz e de Benta do Carmo, natural da freguesia de S. Bento do Mato, termo de Évora Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.