Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for maria and 1,446,230 records were found.

O fundo é constituído por 4 secções: Vida pessoal e familiar; Vida académica; Docência e atividade académica e científica e Referências, homenagens e condecorações e por 14 séries: Documentos pessoais (1956-2005), Fotografias e bilhetes-postais ilustrados (1947-1998), Correspondência recebida (1973-2005), Cadernos escolares (1955-1980), Apontamentos (1966-1995), Artigos, textos e brochuras (?-1997), Fichas, índices, glossários e listas bibliográficas (1977), Provas escritas (1956-1959), Notas de exames (1995-2002), Trabalhos académicos (1983-2001), Planos de estudos, lições e sumários de lições (1987-1999), Apontamentos bibliográficos e reprodução de obras (1972-1999), Documentos recolhidos na pesquisa para o doutoramento de Ana Maria Ferreira (?-1984) e Artigos, discursos e atas de colóquios (1973-1999)
Documentação produzida e acumulada no âmbito da atividade administrativa e religiosa das Associadas Filhas de Maria.
[Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila do Curso de Aperfeiçoamento para docentes; Relatórios da Prefeitura do Munícípio de S. Paulo]
Livro de registo das associadas das Filhas de Maria da freguesia de São Nicolau de Lisboa. Consta o nome, morada, valor da joia e respetivo registo de pagamento nos anos de 1911, 1912 e 1913.
A documentação é constituída por documentos relativos à vida religiosa e espiritual de D. Maria Guilhermina de Vasconcelos e Sousa, a saber: pagelas, programas, folhetos e correspondência recebida.
O Seminário Episcopal de Jesus, Maria e Ana de Lamego, era da jurisdição do bispo de Lamego.
A coleção é constituída por digitalizações de bilhetes-postais ilustrados representando o concelho de Cascais
[Listagens das divisões/organização do Fundo Maria Teresa Abrantes Ávila]
(Batalha, Mosteiro da Visitação) Remete ao P. Sebastião os papelinhos dos sacrifícios das crianças da catequese, envia-os diretamente e não para Braga com receio que não cheguem a tempo para se juntarem aos de todas as crianças. Deseja que o dia 17 seja um dia de triunfo para os Sagrados Corações de Jesus e Maria.
Trata-se de um programa da solenidade da bênção da Capela de Maria Imaculada das Filhas da Caridade de S. Vicente de Paula. Tem nota manuscrita por D. Guilhermina: “Dia 15, pelas 16 horas recepção pela Madre Geral”.
Lisboa: Portugália Editora, [s.d.]. 4.ª ed. Tradução de Maria Manuel Branquinho da Fonseca e Branquinho da Fonseca.
Registo das associadas Filhas de Maria da freguesia de São Nicolau de Lisboa.
Trata-se de um programa/inscrição de um retiro que decorreu de 7 a 12 de Abril de 1953, incluindo uma peregrinação a Fátima. As páginas 1 a 3 estão ocupadas pelo programa e a página 4 por um formulário para os interessados se inscreverem. Neste caso o formulário, numerado com o nº 5, está preenchido por D. Guilhermina de Vasconcelos e Sousa. Este documento tem dentro uma carta da Irmã Josefina Silva comunicando a alteração do programa devido ao falecimento da mãe do P. Guimarães, diretor do Conselho Nacional das Filhas de Maria Imaculada e diretor das Filhas de Maria da Casa Central.
[Relatório de trabalho de campo de Maria Teresa Abrantes Ávila em Paris, anos de 1968-1969; [Diário de visita de Padre francês a Portugal em 1970]; Documentação pertencente ao Serviço Informativo Português /Secretariado Nacional da emigração (1971); Folhetos do Community Projects Foundation; Revista WB Fev. 1991]
Documentação homogénea produzida por Maria Palmyra Roseta Fino, na sequência da sua ligação à Ação Católica Portuguesa no seu ramo Independente. Contém uma coleção de 11 exemplares da revista "Alleluia", dos números 55 (março de 1957), 192 (julho de 1969) e 200-208 (de dezembro de 1970 a dezembro de 1972); coleção de 47 exempares da revista "Vita Nova", numa sequência descontínua do número 23 de janeiro-fevereiro de 1947, ao número 107 de maio-junho de 1962. Contém 3 brochuras: "Férias 1955", com programa e textos preparatórios; "Férias", relativo às férias do ano de 1959, com textos preparatórios e apontamentos manuscritos na contracapa e "Casamento Moderno", de Gérard Petit. Contém ainda o livro "Tesouro Escondido. A Missa", de C. Glorieux, de 1952. Acompanhava a doação um cartão de visita da produtora, onde registou: "desejando que tenha utilidade para a U. C., e para os jovens poderem comparar os temas e os ideais da minha geração".
Conjunto heterogéneo de documentos produzidos, recebidos, recolhidos e acumulados por José Maria Braga da Cruz no decurso das atividades em que se envolveu ao longo da vida, devidamente enquadrados nas funções que lhes deram origem. Produzidos essencialmente em Braga, onde cresceu, desenvolveu as suas atividades profissionais e criou as suas relações familiares e de amizade. No que respeita às tipologias documentais, encontra-se correspondência (cartas, cartões, cartões-convite, telegramas, bilhetes-postais e postais), cadernos escolares, memórias, apontamentos, peças judiciais e documentação impressa publicada, como jornais, recortes de jornal, revistas, brochuras, boletins, panfletos, manifestos, folhetos, folhetins, fascículos e pagelas.
José Maria Braga da Cruz foi acionista da Companhia de Seguros Fraternidade.
José Maria Braga da Cruz foi sócio da Empresa Minho Gráfico, estando entre os seus fundadores.
Documentação produzida por Maria Amélia de Lemos Macedo Santos no contexto do desenvolvimento das suas funções de dirigente da Juventude e Liga Femininas da Ação Católica Portuguesa. Contém correspondência, apontamentos manuscritos, preparação e notas de reuniões e de palestras, alfinete de peito com a divisa da Ação Católica Portuguesa: "Cor Unum et Anima Una", álbum fotográfico sobre a Juventude Estudantil Católica Feminina no Colégio de Nossa Senhora do Rosário, no Porto, diploma ornamentado manualmente de agradecimento oferecido pelas raparigas da Juventude Católica Feminina e caderno com a cópia manuscrita das Regras da Companhia de Jesus. Além desta documentação contém: LIVROS E BROCHURAS: BAYART, Pierre – L´Action Catholique Spécialisée. Paris: Desclée, 1935; CAPELLE, A. (Président générale de la JACF) – Un coup d´oeil sur la JACF. Bruxelas: Edições da JACF, 1936; CIVARDI, Luis (Mons.) – Manual de Acção Católica. A Prática. Trad. Aires Ferreira., vol. II. Porto: União Gráfica, 1936; CIVARDI, Luis (Mons.) – Manual de Acção Católica. A Teoria. Trad. Aires Ferreira., vol. I. Lisboa: União Gráfica, 1934; FÉLIX, José Maria – A Acção Católica Portuguesa. Nascimento e Primeiros Passos. Vila Nova de Famalicão: Minerva, 1937; FONTENELLE (Mons.) – Breve Catecismo da Acção Católica. Viseu: Tipografia do Jornal da Beira. [s.d.]; GOMES, Avelino (Mons.) – Dez anos de Acção Católica. Lisboa: Editorial Império, 1945; GONÇALVES, Avelino (Mons.) – Primeira Decenal da Acção Católica Portuguesa. Apóstolos dos Nossos Dias. vol. II. Coimbra: Casa do Castelo, 1945; JUVENTUDE CATÓLICA FEMININA (JCF) – Estatuto. Lisboa: Secretariado Geral da JCF, 1934; LEITE, Fernando (S.J.) – Pe. Sebastião Pinto da Rocha. Braga: Oficinas Gráficas Barbosa e Xavier, 1976; LEITE, Serafim – Dirigentes. Responsabilidade e Influência. Lisboa: Secretariado de Imprensa e Propaganda da JCF, 1937; LELOTTE, F. (S.J.) – Para Realizar a Acção Católica. Princípios e Métodos. Lisboa: S.E.T, 1949; LIGA DE ACÇÃO SOCIAL CHRISTÃ – Assembleia Geral da Liga de Acção Social Christã sob a Presidência de Sua Eminência o Senhor Cardeal Patriarcha. Lisboa: Typografia Adolpho de Mendonça, 1923; LIGA DE ACÇÃO SOCIAL CHRISTÃ – Assembleia Geral da Liga de Acção Social Christã sob a Presidência de S. Ex. Rev.ma o Senhor Núncio Apostólico. Lisboa: Typografia Adolpho de Mendonça, 1925; LIGA DE ACÇÃO SOCIAL CRISTÃ – Estatutos. Lisboa: Typographia do Annuario Commercial, 1908; LIGA DE ACÇÃO SOCIAL CRISTÃ - Um Brado Patriótico. Deveres Sociaes dos Catholicos. Lisboa: Liga da Acção Social Christã, 1909; RAYMOND, R.P. FR. V. (O.P.) – Guia dos Nervosos e dos Escrupulosos (vade-mecum de todos os que sofrem e vêem sofrer). Lisboa: União Gráfica, 1935; ROCHA, Maria da Conceição Pinto da – Circulares Mensais da Fundadora das Irmãs Reparadoras Missionárias da Sta. Face (1940 a 1946). [s.l.], [s.n.], [1946]; ULRICH, Maria – Uma figura, um sorriso, uma época: Júlia Guedes. [Cascais]: [s.n.], [s.d.]; PERIÓDICOS: ACÇÃO CATÓLICA PORTUGUESA – A Juventude. Boletim da Juventude Católica Feminina. N.ºs 1-9. Lisboa: Escola Gráfica; ACÇÃO CATÓLICA PORTUGUESA – Alleluia. Órgão mensal da Liga Independente Católica Feminina. nºs 93 e 122 . Cascais: Tipografia Cardim, 1960; ACÇÃO CATÓLICA PORTUGUESA – Raio de Luz. Ano XIV, nºs 152, 174, 176, 177, 192, 193 e 194. Lisboa: Escola Tipográfica das Oficinas de S. José, 1927; CONGRÉGATIONS D´ACTION HOSPITALIÈRE ET SOCIALE – La religieuse d´action hospitalière et sociale. Bulletin Mensuel d´information. N.º 80. Paris: Secrétariat National des Oeuvres Catholiques Sanitaires et Sociales, março de 1954; JUVENTUDE CATÓLICA FEMININA – Mensageiro do Coração de Jesus. Ano LXXIV, nº 8, Agosto 1956, acompanhado de nota manuscrita com referência à morte de Maria da Piedade Lemos Macedo Santos; Juventude Católica Feminina. Lisboa, junho de 1932; Novidades. Lisboa: União Gráfica, 1 de março de 1948, pp. 1-2, 7-8 [Assembleia da Juventude Católica Portuguesa na Sociedade de Geografia]; Novidades. Lisboa: União Gráfica, 18 de maio de 1934, pp. 1-6 [O I Congresso da Juventude Católica Feminina]; Stella. Revista Mensal da Mulher Católica Portuguesa. nº 135 e 136. Lisboa: Neogravura, março de 1948.
[Programa da comemoração do Dia da Segurança Social: texto de Maria Teresa Abrantes Ávila]
[Unicef Factos e números. Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila sobre trabalho em Cascais]
[Documentação relativa ao Seminário A Regionalização na Europa, 1993. Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila]
[Textos de apoio da Conferência "Por uma globalização solidária" pertencentes a Maria Teresa Abrantes Ávila.
[Sebenta da disciplina de Serviço Social de Caso, pertencente a Maria Teresa Abrantes Ávila]
Contém uma carta de António Maria de Avelar, remetida de Lisboa para António Lino Neto.
Fotografias com dedicatória oferecidas a José Maria Braga da Cruz pelos seus condiscípulos do Liceu de Braga. Inclui também uma fotografia de José Maria Braga da Cruz com dedicatória para o "meu caro Pedro".
José Maria Braga da Cruz foi irmão da Santa Casa da Misericórdia e Hospital de São Marcos de Braga.
José Maria Braga da Cruz foi sócio do Banco Popular Português, sociedade anónima de responsabilidade limitada, com sede no Porto.
Brochura com os Estatutos do Banco Popular Português, assinados por José Maria Braga da Cruz na folha de rosto.
Ementas de refeições nas quais José Maria Braga da Cruz participou a propósito da realização de casamentos e de homenagens.
Contém um cartão de Maria Luísa Sodré Lisboa Casanova, remetido de [Lisboa] para António Lino Neto.
Contém uma carta de Maria Adelaide de Vasconcelos Carvalhais, remetida do Porto para António Lino Neto.
Contém uma carta do padre José Maria Jesus Rodrigues, remetida de Lisboa para António Lino Neto.
Contém uma carta do padre Adelino Maria Lopes Pedrosa, remetida de Esposende para António Lino Neto.
Contém uma carta do cónego Francisco Maria da Silva, remetida de Évora para António Lino Neto.
Lisboa: Portugália, [196-?]. Dedicatória: «A Maria Manuel e Dr. Branquinho da Fonseca, com grande amizade e profunda admiração. Maria da Graça Freire, março 1962»
Lisboa: Editorial Organizações, 1963. Col. Best-sellers, 7. Dedicatória: «Para a Maria Manuel e Dr. Branquinho da Fonseca, uma lembrança da Maria da Graça Freire, ??? setembro 1965»
Lisboa: Portugália Editora, [1967] . 1.ª série. Seleção de Maria Judite de Carvalho. Prefácio de Urbano Tavares Rodrigues. Dedicatória: «Ao Branquinho da Fonseca, com a estima e admiração do Urbano Tavares [Rodrigues]». Texto de Branquinho da Fonseca, nas p. 347-361: "As mãos frias", extraído de "Rio turvo".
A Colegiada de Santa Maria de Óbidos pertenceu, sucessivamente, ao bispado, arcebispado e patriarcado de Lisboa. Localização / Freguesia: Santa Maria (Óbidos, Leiria)
Prova fotográfica com a representação monocromática de José Maria Braga da Cruz.
[L' approche systémique des relations humaines (sem autor); Maria do Carmo Brandt - Trabalhando com famílias e comunidade (1992)]
[Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila sobre quadros de pessoal de Serviço Social em instituições públicas portuguesas]
[Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila sobre existência de ATL. Folheto de exposição de olaria no ATL da Galiza (2004)]
Ordens de pagamento e recibos relativos ao vencimento auferido por padre António de Jesus Maria.
Coleção de certificados de habilitações de Maria Guilhermina de Mendonça de Oliveira Monteiro.
Poema dedicado a Maria Manuel Branquinho da Fonseca. Manuscrito. No original consta 1927. Todavia, na "Colóquio: Letras", n.º 63, de 1981/09, Albano Nogueira data o poema de 1925-07-25.
Pertence a Isabel Maria Calejo.
Pertence a Isabel Maria Calejo.
Pertence a Isabel Maria Calejo.
Pertence a Isabel Maria Calejo.
Conjunto de processos judiciais organizados em capilhas nas quais têm inclusos apontamentos, correspondência, notas biográficas e genealógicas e jornais. Existe informação relativa às heranças de D. Francisca Nina Marques da Silva, Maria Emília Rebêlo, António José Machado, D. Vasco António Figueiredo Cabral da Câmara, conde de Belmonte, D. Maria da Conceição Eugénio Pereira da Silva de Sousa Meneses, viscondessa do Paço da Nespereira, família Souto de Moura e Rosa Maria de Oliveira.
Recortes de jornal com notícias acerca da oitava reunião dos rotários portugueses, colados em papel de suporte e anotados por José Maria Braga da Cruz.
Conjunto documental constituído por José Maria Braga da Cruz composto por capilhas que agrupam documentos de caráter político com organização cronológica as quais o produtor intitulou de "Política".
José Maria Braga da Cruz foi membro do Conselho Fiscal do Salão Recreativo Bracarense, organização fundada com o propósito de promover o teatro moralizador.
José Maria Braga da Cruz exerceu a profissão de advogado e notário, na sequência da sua formação em Direto pela Universidade de Coimbra.
Duas fotografias oferecidas pela Junta de Freguesia de Tadim a José Maria Braga da Cruz que documentam uma cerimónia de inauguração, que poderá ser das obras de remodelação da escola Primária de Tadim, que ocorreu em 1957. As fotografias representam a chegada de José Maria Braga da Cruz ladeado pelo seu irmão Domingos Braga da Cruz e por António Maria Santos da Cunha, presidente da Câmara Municipal de Braga, a quem são atiradas pétalas de rosas por mulheres trajadas "à minhota", e o corte da fita inaugural por José Maria Braga da Cruz.
No final da década de 30 do século XX José Maria Braga da Cruz iniciou funções de dirigente no Corpo Nacional de Escutas na diocese de Braga.
Recortes de jornal, folhetos e apontamentos manuscritos de José Maria Braga da Cruz em pequenos papéis, acerca da situação política externa.
(Roma) Agradecimento pela oferta de uma publicação. Timbre: "Mons. Jose Maria Escriva de Balaguer".
(Braga) Agradecimento pela oferta de um texto. Timbre: "José Maria Braga da Cruz. Notário e Advogado".
(Sá da Bandeira) Condolências pela morte de [Maria] Carolina [de Sousa Gomes].
(Montemor [?]) Condolências pelo falecimento da tia Maria Carolina de Sousa Gomes.
Contém uma carta de Maria Rita Capelo Conde, remetida de local não identificado para António Lino Neto.
Caderno de turma a que pertenceu José Maria Braga da Cruz. O caderno terá sido de [José] Caeiro da Matta, professor da Faculdade de Direito de Coimbra, e foi oferecido por Luís Bigotte Chorão a Manuel António Garcia Braga da Cruz, neto de José Maria Braga da Cruz.
Conjunto documental que enquadra as atividades e funções de caráter empresarial de José Maria Braga da Cruz enquanto acionista da Companhia de Seguros Fraternidade, acionista do Banco Popular Português, sócio fundador da Empresa Minho Gráfico e fundador da Sociedade Agrícola do Casal do Assento. Para estas funções não foi possível apurar o intervalo temporal em que José Maria Braga da Cruz as exerceu.
Documentação produzida por José Maria Braga da Cruz no contexto das obras de sustentação de terras na propriedade denominada Bacorinha. Guias de pagamento dos trabalhos realizados, apontamento acerca de uma escritura e correspondência entre José Maria Braga da Cruz e seu irmão Domingos Braga da Cruz.
Contém uma carta do padre António Maria de Matos, remetida de Aboboreira, [Mação], para António Lino Neto.
Coleção de fotografias recolhidas por José Maria Braga da Cruz, de caráter geral. Fotografia em cartão de suporte de Maria Ludovina Fernandes Azevedo; fotografia do altar de Nossa Senhora de Loures de Cervães, de 1897, em cartão de suporte, contendo na legenda a indicação de que o arcebispo-primaz de Braga, D. António de Freitas Honorato, concedeu 40 dias de indulgência a quem rezar diante da imagem um Pai-Nosso e uma Ave-Maria; oito fotografias, tiradas em dezembro de 1961, das casas da Rua do Caires onde nasceu José Maria Braga da Cruz; seis fotografias ampliadas em 11 de maio de 1964, representando um homem montado a cavalo e cuja legenda de José Maria Braga da Cruz indica terem sido herdadas por Mário Faria do seu tio José Alberto dos Reis.
[Contém: Relatórios de estágios e de actividades do Centro Paroquial de Alfama; Relatórios de estágio de Edite da Silva e Costa - Relatório Final de Estágio Centro Social e Paroquial de Alfama (1967-1968); Maria Margarida Mousinho Mourato - Relatório de Estágio realizado no Centro Paroquial de Alfama (1968); Maria Manuela Martins Portas - Centro Paroquial de Alfama. Relatório do Estágio Final do 4º ano (1967-1968); Maria José Franco Cheia - Relatório de Estágio no Centro Paroquial e Social de Alfama (1968); Maria Alice da Costa Pina - O método de alfabetização de Paulo Freire. Sua integração em Alfama (1967); Isabel Maria de Gamboa Abecasis Manzanares - Alfama (1965); Maria Teresa Abrantes Pereira - Relatório de actividade no Centro Paroquial de Alfama (1966-1967); idem - Relatório de Actividades no Centro Paroquial de Alfama (1967-1968)]
Parecer relativo à herança de Maria André, no qual, à luz do direito civil e canónico vigente, o jurista informa quem lhe parece que deverá herdar os bens que em 1789 Maria André deixou em testamento.
[Integração de outros profissionais. Estudo - E. Ander -Egg - Hacia una metodologia de la militancia y el compromiso. Actas de reuniões da autoria de Maria Teresa Abrantes Ávila]
[Manual e documentos da formação ministrada por Maria Teresa Abrantes Ávila no Bairro do Fim do Mundo da Galiza. Projecto Nova Esperança da Galiza]
[Maria Teresa Abrantes Ávila - Le travail des enfants au Portugal. Comunicação apresentada ao Comité de Liaison avec la Communauté Européen (1994); Oikos, III s. Ano VII, 43 (1998)]
[Programa so Encontro "A droga hoje em Portugal. Que respostas? (1987); Apontamentos de Maria Teresa Abrantes Ávila acerca de encontro sobre toxicodependentes (1989)]
[Caderno Diário do Centro - Actividades de Maria Teresa Abrantes Ávila em Centros Sociais Paroquiais (1961-1962); Circular sobre Educação Comunitária na Universidade do Minho (1975)]
[s.l.] - Agradecimento por mensagem de felicitação e por informações relacionadas com o pagamento de rendas; recordações de António Lino Neto e de sua esposa; referência ao casal Maria detrudes e Virgílio Arruda e a duas das filhas de Lino Neto [Maria Isabel e Maria Matilde].
Cartão de Carlos Alves a solicitar a colaboração de José Maria Braga da Cruz no II Congresso dos Homens Católicos, a realizar no Porto em 1955, especialmente na tese a que respeita a Defesa Moral da Família. Dois esquemas da tese Defesa Moral da Família propostos por José Maria Braga da Cruz. Apontamento manuscrito de José Maria Braga da Cruz a partir do artigo "Sintomas hostis à Família", de Teodoro de Almeida. Recorte do "Diário de Notícias", de 20 de setembro de 1954, com o artigo "A Evolução da Família", de Armando Bernardes.
Fotografias com dedicatória oferecidas a José Maria Braga da Cruz pelos seus condiscípulos da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Contém ainda duas fotografias que representam o 2º ano jurídico de 1907-1908 na qual se identifica, entre os outros alunos, José Maria Braga da Cruz, e outra fotografia de curso não identificada, oferecida por Gualdino Correia em 13 de fevereiro de 1973. Em alguns casos, José Maria Braga da Cruz anotou nas fotografias dados biográficos dos colegas, como as respetivas relações familiares ou data de falecimento.
Carta da companhia de seguros "Commercio e Industria", de 25 de novembro de 1933, remetida a José Maria Braga da Cruz acerca da intenção do arcebispo-primaz de Braga em contratar um seguro sobre a vida de cada padre da arquidiocese, para que estes não se preocupem com a sua vida económica. Brochura com os "Estatutos da Fraternidade Sacerdotal", de 1963. Parecer manuscrito e datilografado de José Maria Braga da Cruz, de 19 de abril de 1964, acerca da modalidade jurídica da constituição da "Fraternidade Sacerdotal". Correspondência de Gaspar Pinto da Silva para José Maria Braga da Cruz e apontamentos.
Carta de Manuel da Silva em que se diz devedor de uma certa quantia a Luísa Maria da Silva.
Sentença cível da Irmandade de Nossa Senhora da Caridade interposta contra Josefa Maria Pereira, viúva do capitão Rodrigo Franco.
Contém uma carta da irmã Maria Leonor Teixeira de Miranda Mendes, remetida da Foz do Douro para António Lino Neto.
(Vinhais) Agradecimento pela ajuda por ter conseguido a sua transferência. Timbre: "Maria Emília Rossi. Notária e Advogada".
(Burgos) Referências à devolução de 1.000 pesetas da Guarda Civil de Tráfego. Timbre: "Dr. José Maria Condón. Abogado".
(Burgos) Informa que foi considerada sem efeito a multa de mil pesetas. Timbre: "Dr. José Maria Condón. Abogado".
(Lisboa) Condolências pela morte da mãe de Guilherme Braga de Cruz, Maria Isabel Bressane Leite Perry de Sousa Gomes.
Documentos pertencentes à capela instituída por Maria Ferreira e administrada pela Irmandade do Santíssimo Sacramento da Igreja de São Nicolau.
Sentença cível de nulidade do testamento do desembargador João da Cruz Dinis Pinheiro a favor de Luísa Maria da Silva.
Contém duas declarações de dívida de Manuel Alexandre de Moura Teles a sua tia Luísa Maria da Silva.
José Maria Braga da Cruz frequentou a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra entre 1906 e 1911. Terminou a licenciatura em Direito em 28 de julho de 1911, com 17 valores.
Documentação heterogénea reunida por José Maria Braga da Cruz constituída pelos poemas "Dies Irae", traduzido por Paulo Merêa e "Ser Mãe…", de Wafalda [sic] de Castro, publicado no "Correio de Coimbra" de dezembro de 1960, timbres de "Vallisoleti Sigillvm Vniversitatis" e do Supremo Tribunal Administrativo, boletim de aquisição da medalha-moeda "Conceição", de 3 de março de 1947, apontamento acerca da escritura que, por partilha e venda, atribuíu a Maria Isabel Bressane Leite Perry de Sousa Gomes Braga da Cruz todos dos bens da Cónega, e correspondência: convite para o casamento de Maria Izabel de Brito e Cunha com D. Miguem Osório de Alarcão Albuquerque, cartão de Maria Manuel Fernandes de Carvalho com votos de bom Natal e feliz 1969 e convite para a receção de cumprimentos aos cardeais Manuel Gonçalves Cerejeira e Maximiliano de Furstenberg em Braga a 30 de agosto de 1969.
José Maria Braga da Cruz foi membro da Comissão de Honra da Homenagem ao comendador António Augusto Nogueira da Silva, projetada para o dia 28 de janeiro de 1968, mas realizada em 4 de fevereiro.