Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for manuel and 914,439 records were found.

(Évora) - Agradecimento e retribuição de cumprimentos em nome de D. Manuel [Mendes da Conceição Santos], arcebispo de Évora.
(Coimbra) - Agradecimento pela presença de António Lino Neto nas cerimónias fúnebres de [D. Manuel Coelho da Silva].
«A Defesa» (ano XXXIV, n.º 1194, p. 1 e p. 4) - Homenagem a D. Manuel Mendes da Conceição Santos.
(Santiago de Compostela) Recomendação do seu auxiliar, Manuel Remuñán Ferro. Timbre: "Universidad de Santigo. Facultad de Derecho. Professorado".
Recorte do jornal "A Ordem" acerca do discurso de Vítor Manuel de Aguiar e Silva na Assembleia Nacional.
(Vila Verde) Pedido de benevolência de Guilherme Braga da Cruz para com o aluno Manuel Luís Marnôa Ferreira Capo.
(Braga) Pedido de intervenção para a nomeação do seu amigo, Manuel Simões, para adjunto de uma direção escolar.
[s.l.] Informação acerca da pretensão de [Manuel] Vilhena de Carvalho. Timbre: "Ministério da Justiça. Gabinete do Ministro".
(Coimbra) Agradecimento pela recomendação que Guilherme Braga da Cruz fez de si a [Vítor Manuel] Braga Paixão.
(Cambridge) Manifestação de contentamento por ser Francisco Manuel Ferreira Coelho a escrever a parte respeitante a Portugal.
(Lourenço Marques) Comunica que reconsiderou e pede que não fale em qualquer pretensão sua a Vítor Manuel Braga Paixão.
[s.l.] Comunica que não tem a certeza se poderá estar presente na homenagem a Manuel de Andrade.
(Estevais) Insistência para que intervenha a favor de António Manuel Zilhão junto do ministro da Justiça. Timbre: "Armando Pimentel. Advogado".
(Ribadero) Lamento pela morte do professor Manuel de Andrade. Timbre: "Universidad de Santiago. Facultad de Derecho. El Decano".
(Coimbra) Envio de informações acerca de Inácio Manuel Álvares de Azevedo, que encontrou no Arquivo da Universidade.
(Entre-os-Rios) Felicitações a propósito de Manuel Braga da Cruz, filho de Guilherme Braga da Cruz.
(Lisboa) Agradecimento pelo envio da fotografia de Manuel Andrade. Timbre: "Editorial Verbo. Limitada. Verbo - Enciclopédia Luso-Brasileira de Cultura".
(Ruilhe) Comunica que Manuel da Silva Lopes já foi chamado para o Tribunal do Trabalho do Porto.
(Lisboa) Pedido de colocação do seu sobrinho António Manuel Brito Salgueiro na Secretaria do Laboratório de Mineralogia.
(Pinheiro da Cruz) Pedido de intervenção para a colocação interina de Manuel Maria Viana de Sousa Ribeiro em Beja.
(Viana do Castelo) Referências acerca dos seus filhos e manifestação de tristeza pela morte de D. Manuel Trindade Salgueiro.
(Funchal) Considerações acerca da sagração episcopal de D. Manuel Cabral como bispo auxiliar de Braga, na Sé do Funchal.
(Porto) Informação sobre o estado do pedido de bolsa de Agostinho Manuel dos Santos Duarte à Fundação Calouste Gulbenkian.
(Estevais) Pedido de intervenção para a colocação profissional dos amigos Urbano Pires e António Manuel Zilhão. Timbre: "Armando Pimentel. Advogado".
(São Paulo) Informa que Manuel Dias Marcelino regressou de Portugal "decepcionado com o que viu e ouviu".
(Lisboa) Questão sobre onde poderá adquirir o livro "Notícia Histórica de Portugal e Brasil", de Manuel Lopes de Almeida.
Sentença de Vicente da Costa contra Manuel Carvalho e outros confeiteiros por não estarem as balanças afinadas.
Contém duas declarações de dívida de Manuel Alexandre de Moura Teles a sua tia Luísa Maria da Silva.
Carta de Manuel da Silva em que se diz devedor de uma certa quantia a Luísa Maria da Silva.
Copia da correspondência entre Manuel Martim de Barros e João Caetano Maldonado e Silva acerca de foros.
Processos de colação de benefícios de São Nicolau a Luís Vieira, Manuel Luís e a Lucas de Andrade.
Parte de "O a fazer, faz-se"; fotocópia de provas tipográficas; incompleto. Poema dedicado a Manuel Torre do Vale.
Seis provas tipográficas; Dedicado a José Manuel Duro. Título igual, texto diferente do anterior "Sonho e realidade".
Dispensa de impedimento matrimonial do segundo grau de Manuel Moreira de Sousa e Ana Moreira de Sousa.
Dr. Manuel de Arriaga, Presidente da República Portuguesa. Eleito pelas Constituintes em 24 de agosto de 1911.
D. Manuel Mascarenhas, sucedeu na casa e quintas de seu pai, capitão de Mazagão. Casou com D. Francisca de Ataíde. Morreu em 5 de março de 1612.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante e seguintes: Manuel Rodrigues de Oliveira, Manuel Pereira da Silva Gomes e António da Cunha e Silva representantes da Sociedade Elétrica de S. Martinho da Gândara, Limitada.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante e seguintes: Hugo Manuel Gomes da Silva Pereira, Manuel António Marques da Costa, Maria de Lurdes Tavares Resende, Rui Jorge da Silva Cabral e Mário Jorge Tavares da Silva.
A fotografia abrange os seguintes locais da freguesia de Oliveira de Azeméis: Rua D. Manuel II/Estação de comboios
Localizado na freguesia de Macieira de Sarnes, entre a rua Padre Manuel Gomes Resende e a rua Artur Pereira.
Primeiro outorgante e seguinte: Manuel Pereira Ferreira e Benvindo Ferreira Pinto. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Primeiro outorgante e seguinte: Manuel Martins e Ermelinda de Almeida. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante e seguinte: Manuel Pereira Ferreira Pinto e António Martins Ascenção.
Primeiro outorgante e seguinte: Manuel Jesus Paiva e Madalena Ferreira Amorim. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Primeiro outorgante: Manuel de Almeida e Joaquina Moreira de Oliveira. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Primeiro outorgante: Manuel Marques Pereira e Maria Rosa Pereira. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Cópia de carta de D. Manuel Trindade Salgueiro, bispo de Helenópole, presidente da Junta Central da ACP, para Abel Varzim, enquanto Assistente Geral da LOC, comunicando que foi aprovado por unanimidade e aclamação um voto de louvor a Abel Varzim na Congregação Anual do Episcopado Português, reunida no Seminário de Cristo-Rei, nos Olivais, na sequência da I Peregrinação Nacional Operária a Fátima e de uma exposição enviada por Abel Varzim à Junta Central da ACP.
Cópia de carta de D. Manuel Trindade Salgueiro, bispo de Helenópole, presidente da Junta Central da ACP, para Abel Varzim, enquanto Assistente Geral da LOC, comunicando que foi aprovado por unanimidade e aclamação um voto de louvor a Abel Varzim na Congregação Anual do Episcopado Português, reunida no Seminário de Cristo-Rei, nos Olivais, na sequência da I Peregrinação Nacional Operária a Fátima e de uma exposição enviada por Abel Varzim à Junta Central da ACP.
Transcrição de carta de D. Manuel Trindade Salgueiro, bispo de Helenópole, presidente da Junta Central da ACP, para Abel Varzim, enquanto Assistente Geral da LOC, comunicando que foi aprovado por unanimidade e aclamação um voto de louvor a Abel Varzim na Congregação Anual do Episcopado Português, reunida no Seminário de Cristo-Rei, nos Olivais, na sequência da I Peregrinação Nacional Operária a Fátima e de uma exposição enviada por Abel Varzim à Junta Central da ACP.
Transcrição de carta das Direções Gerais, Diocesanas e de Secção da JOC e da LOC para o cardeal patriarca de Lisboa, D. Manuel Gonçalves Cerejeira, na sequência de um congresso de dirigentes operários, ocorrido em Fátima, relatando o desânimo sentido no apoio dado por estas estruturas ao operariado e solicitando liderança, meios materiais e assistentes para a missão a levar a cabo junto do operariado.
Pedido para inserção de notícia no 1.º de Janeiro sobre a comemoração do aniversário da revolução do 31 de Janeiro de 1891. • Assuntos: 31 de Janeiro de 1891.
(Fundão) Remete uma marcha das Pedras Pequeninas "Nós somo escudeiros de Jesus " com o refrão "Vamos erguê-lo! - Em Horas de aflição". O autor desculpa-se da qualidade "Leva a marca de tudo o que é encomendado" e deseja que também esta letra seja uma pedra pequenina.
(Luanda) Informa que envia uma ordem de pagamento a favor do Secretariado em nome de Monsenhor Amadeu Ruas no valor de 1.223$00. Contabiliza o total de valores enviados pela diocese até à data (23.512$00) e pede para lhe serem enviadas as notas de entrega das importâncias remetidas por cheque em 2 de junho e 7 de julho. Confirma que a subscrição continua aberta e que receberam impressos de propaganda por duas vezes.
(Coimbra) O remetente relembra que foi dos que ouviu as palavras cheias de ardor do cardeal-patriarca no Congresso do AO realizado em 1936 e que aplaudiu calorosamente a ideia de erguer um Monumento a Cristo Rei em Lisboa. Promete contribuir com 10 escudos anualmente, desculpa-se por não enviar nenhuma palavra alegando que não teria o necessário brilho literário e faz votos para que o Monumento tenha em poucos anos o ambiente favorável e o dinheiro suficiente para ser erguido. Em P.S. informa que junto remete vale com o donativo.
(Évora) Agradece o envio de um exemplar do livro sobre o Monumento a Cristo Rei, afirma: "era necessária esta Memória Histórica, trabalho excelente de exatidão e apresentação gráfica, para se fazer uma ideia do esforço de muitos devotos do Sagrado Coração de Jesus, entre os quais, como porta-bandeira se encontra o P. Sebastião".
Estatuto Social: parte de cristã-nova Idade: 35 anos Crime/Acusação: Judaísmo, heresia e apostasia Naturalidade: Arronches Morada: Crato Pai: Manuel Dias Mãe: Maria Dias Estado Civil: viúva Cônjuge: Manuel Gomes Apresentação: 1665/09/30. Sentença: Recolher-se na sua terra, de onde não deveria sair.
D. Manuel encomendou a João Pedro de Cremona (de Bonhomini), que imprimisse certos livros das Ordenações e um em pergaminho. Para isso, mandou ao feitor Tomé Lopes que lhe desse os pergaminhos necessários, por Alvará dado em Lisboa, a 24 de Outubro de 1513. Foram compradas dez dúzias de pergaminhos ao mercador João Excalante. O impressor assinou o recibo em 12 de Dezembro do mesmo ano.
D. Manuel encomendou a João Pedro de Cremona (de Bonhomini), que imprimisse certos livros das Ordenações e um em pergaminho. Para isso, mandou ao feitor Tomé Lopes que lhe desse os pergaminhos necessários, por Alvará dado em Lisboa, a 24 de Outubro de 1513. Foram compradas dez dúzias de pergaminhos ao mercador João Excalante. O impressor assinou o recibo em 12 de Dezembro do mesmo ano.
Primeiro outorgante e seguinte: Manuel Pinto de Carvalho e Albertina Augusta da Costa. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
Primeiro outorgante: Manuel Pereira Ferreira Pinto representante da Sociedade Elétrica de Ul Limitada. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.