Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for lisboa and 158,197 records were found.

(Lisboa) Agradecimento pelo cartão enviado. Timbre: "TAP".
(Lisboa) Referências ao investimento em apartamentos mobilados.
O autor comunica que o Episcopado Português aprovou os votos dos Congressos do Apostolado da Oração de Lisboa e de Braga e tornou pública essa aprovação na Pastoral Coletiva da Quaresma, de 7 de março de 1937. A ereção em Lisboa de uma imagem Monumental a Cristo Rei tornou-se assim um Voto Nacional. Confia o "honroso mas pesado encargo" ao Apostolado da Oração e determina que o Secretariado do AO de Lisboa deve funcionar como Secretariado Nacional da obra do Monumento ao Divino Coração. Na carta do secretário particular que remete o ofício do cardeal-patriarca são definidas as normas para o depósito das quantias obtidas na subscrição nacional, conforme o prescrito no regulamento das Corporações Fabriqueiras de 1932, aprovado por Decreto Patriarcal de 30 de outubro de 1932.
A Igreja Colegiada de São Miguel de Alfama de Lisboa pertenceu sucessivamente, ao arcebispado e patriarcado de Lisboa. Igreja de fundação medieval, que em 1320, era do padroado real. Nela foram erectas a Confraria e Irmandade do Espírito Santo e a Irmandade do Santíssimo Sacramento, a qual mandou fazer obras na igreja, iniciadas em 1674. Em 1755, foi destruída pelo terramoto de 1 de Novembro e novamente reedificada. Em 1769, os limites da paróquia foram alterados em virtude da carta régia de 18 de Dezembro. Em 1780, foi abrangida pela nova divisão das paróquias de Lisboa, em virtude da Bula "Etsi Ecclesiarum" de Bento XIV, mandada executar por carta do cardeal patriarca, de 22 de Janeiro de 1780, com o Beneplácito da rainha, datado de 19 de Abril do mesmo ano. A Colegiada de São Miguel de Alfama de Lisboa foi extinta, provavelmente, em 1848, pela Lei de 16 de Junho, mandada executar por Provisão do cardeal patriarca, de 17 de Setembro do mesmo ano.
(Lisboa) - Envio de 50 exemplares da separata das “Memórias da Classe de Letras”, com a publicação da comunicação proferida por António Lino Neto, em sessão de 22 de Maio de 1941, sob o título “O quinhão económico da vida”.
(Lisboa) Agradecimento pela oferta da obra "O movimento abolicionista e a abolição da pena de morte em Portugal" e manifestação de preocupação pela juventude, também expresso pelo papa. Timbre: "Cardeal Patriarca".
(Lisboa) - Pedido relativo à actualização da bibliografia de António Lino Neto, para publicação no “Anuário Académico de 1943”; solicitação de um retrato do destinatário com insígnias universitárias ou farda académica.
(Lisboa) - Solicitação da comparência de António Lino Neto numa reunião da Comissão encarregada da Administração e deência do Sanatório da Parede. Referência ao facto do destinatário ser membro da mencionada Comissão.
(Lisboa) Agradecimento pela oferta da separata "Universidade de Coimbra: Ano Lectivo de 1961-1962: Relatório lido pelo Reitor da Universidade na abertura solene das aulas, em 16 de Outubro de 1962".
(Lisboa) Agradecimento pela presença na inauguração da sede central da Universidade Católica Portuguesa e pelas antigas palavras que dedicou à sua criação. Inclui o envelope pelo qual o cartão foi expedido.
[s.l.] Agradecimento pela oferta dos trabalhos "A Revista de Legislação e de Jurisprudência: Esboço da sua história" e "O direito subsidiário na história do direito português". Timbre: "Manuel, Cardeal Gonçalves Cerejeira. Patriarca Resignatário de Lisboa".