Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for lisboa and 57,365 records were found.

A documentação reflete a atividade do Clube Naval de Lisboa no domínio das funções definidas por estatutos. O fundo é constituído por 5 secções e 10 subsecções: Constituição e Regulamentação do Clube; Órgãos do Clube (Assembleia Geral, Direção, Conselho Técnico e de Regatas, Secção de Motor, Secção de Natação); Secretaria e Arquivo (Expediente, Gestão de sócios e embarcações, Atividades desportivas e sociais); Gestão Financeira e de Recursos Humanos (Contabilidade e Tesouraria, Recursos Humanos); Documentos bibliográficos e museológicos; e por 64 séries e 8 subséries: Regulamentos e projetos de regulamentos (1921-1922); Estatutos e projetos de estatutos (1920-1929); Atas de sessões (1910-1988); Registos de presenças da Mesa (1920-1962); Avisos, propostas e nomeações (1906-1974); Correspondência expedida e recebida (1929-1930); Processos de inquérito (1944-1956); Atas de sessões (1891-1980); Atas do Júri de Exames (1901-1956); Avisos, comunicados e ordens de serviço (1921-1941); Obtenção de cartas de navegador (1914-1941); Atas de sessões (1893-1949); Borrão de regatas (1949-1955); Organização de regatas (1937-1995); Atas de sessões (1914-1915); Atas de sessões (1934-1936); Organização de provas de natação (1950-1953); Protocolos de entrega de documentos (1928-1939); Copiador de correspondência expedida (1932-1984) - (Copiador de correspondência expedida para associações (1951-1954); Copiador de correspondência expedida para sócios e particulares (1932-1984); Registo de correspondência recebida (1973-1982); Correspondência recebida (1948-1995) - Correspondência recebida de entidades oficiais (1993-1995); Correspondência recebida de associações (1953-1995); Correspondência recebida de sócios e particulares (1941-1951); Correspondência expedida e recebida (1911-1994) - Correspondência expedida e recebida de entidades oficiais (1937-1977); Correspondência expedida e recebida de associações (1931-1984); Correspondência expedida e recebida de sócios e particulares (1932-1967); Quadro de classificação de arquivo (1982); Registo de controlo da fotocopiadora (1986-1988); Procedimentos de gestão interna (1931-1962); Registo de propostas de admissão de sócios (1951-1957); Propostas de admissão de sócios (1902-1986); Registo de desistência de sócios (1918-1929); Fichas onomásticas de sócios (1903-1990); Fichas numéricas de sócios (1897-1983); Cartões de sócios (1973-1983); Propostas para registo de embarcações (1940-1960); Registo de iates (1902-1939); Registo onomástico de armazenagens e de armários (1970); Atestados e declarações de aptidão física de alunos (1988-1994); Registo de presença de alunos (1939-1997); Provas escritas da escola de vela (1989); Processos de construção do barco-escola de vela (1942-1945); Requisições de embarcações (1986-1988); Revalidação de licença de natação (1953-1954); Registo e controlo de alunos de natação (1953-1959); Manutenção da piscina (1968-1979); Manutenção do ginásio e provas de musculação (1992-1994); Campeonatos de automóveis (1948); Relatórios de passeios e discursos (1932-1935); Contas de gerência (1939-1988); Balanços (1965-1979); Balancetes (1912-1990); Livros razão (1943-1984); Livros diários e Diários auxiliares (1965-1984); Borrão de caixa (1943-1980); Livros de caixa (1914-1985); Cobranças de quotas, de armazenagens e de armários (1957-1979); Registos bancários (1982-1992); Documentos de receita e despesa (1916-2003); Talões de pagamento de sócios (1982-1988); Fichas de pagamento de quotas (1926-1996); Duplicados de recibos emitidos (1960-1984); Orçamentos (1903-1930); Registo de despesas (1960-1962); Registo do pessoal do quadro permanente (1928-1932); Abonos, subsídios, quotizações de sindicatos e justificações de faltas (1972-1994); Candidaturas a anúncios de emprego (1994) e Recortes de imprensa (1937-1947)
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito das dificuldades de internamento dos Hospitais Civis de Lisboa, devido à sua lotação excedida, solicitam à Câmara Municipal de Lisboa que não envie mais doentes, salvo os casos de extrema urgência.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente César Augusto.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta da doente Luzia Conceição.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Paulo Martins.
António Ferreira Fiandor e amigo em Lisboa, na rua do Ouro.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão da doente Balbina da Silva dos Santos Inácio nos Hospitais Civis de Lisboa, com respectiva ficha em anexo. Solicitando o envio da guia de responsabilidade da doente ou indicação de parentes que possuam bens a fim de liquidar a despesa efectuada, bem como a guia para a Misericórdia de Lisboa referente ao regresso da doente.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão da doente Maria da Graça dos Santos Vieira nos Hospitais Civis de Lisboa, com respectiva ficha em anexo. Solicitando o envio da guia de responsabilidade da doente ou indicação de parentes que possuam bens a fim de liquidar a despesa efectuada, bem como a guia para a Misericórdia de Lisboa referente ao regresso da doente.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente Joaquim da Silva nos Hospitais Civis de Lisboa, com respectiva ficha em anexo. Solicitando o envio da guia de responsabilidade do doente ou indicação de parentes que possuam bens a fim de liquidar a despesa efectuada, bem como a guia para a Misericórdia de Lisboa referente ao regresso do doente.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta da doente Ana Victoria Rodrigues Caldeirinha.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da consulta externa do doente Joaquim Lourenço Vieira.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta da doente Adília do Carmo.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Vasco Deus Baguinho.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Emídio de Oliveira.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Inácio Santos Vieira Pescada.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Manuel Gonçalves Arroja.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Amélio da Silva Veiga. .
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta da doente Adriana Dôres Martins Arez.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Manuel Vieira Nobre.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente António Semião Cabrita.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta da doente Glória da Assunção.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Manuel José Bila.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente Bernardo Conceição Leal.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da alta do doente António Silva Catuna.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito de a admissão de urgência na Maternidade M. Coutinho a doente Antónia de Jesus.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito de chamar a atenção relativamente ao disposto na circular destes hospitais de 06.07.1944.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da ausência de resposta à circular de 25.03.49, os Hospitais Civis de Lisboa não se responsabilizam por forma a facilitar o internamento de doentes enviados pela Câmara Municipal de Albufeira.
António Ferreira Fiandor e amigo em Lisboa, na rua do Ouro.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício nº 1.052/46, de 17 de Julho a solicitar a admissão da doente Maria Virgínia Branco, informam que a Câmara Municipal de Albufeira se deverá dirigir directamente ao Instituto Maternal que é a entidade que tem a seu cargo as maternidades de Lisboa.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio dos recibos da quantia de 21.974$00, enviados por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito de a admissão de urgência no Hospital dos Capuchos a doente Mauricia Rosa dos Santos.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 395$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 2.297$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 7.219$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 12.458$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente pobre Bernardo da Conceição Silva Leote, em urgência no serviço do Hospital dos Capuchos.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão para hospitalização no Banco do Hospital de São José o doente José Guerreiro.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão para hospitalização de urgência para o Serviço de Operados do Hospital de São José o doente António Simão Cabrita.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira em resposta ao ofício nº 834 de 21.07.1950, o doente Manuel Martins deve apresentar-se na consulta externa do serviço nº 8 do Hospital de São José no dia 6 de Julho ás 9h, apresentando a guia de responsabilidade para as despesas do tratamento e guia para a Misericórdia de Lisboa para a passagem de regresso, a quando da sua alta.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao pedido de admissão da doente Lucilia de Jesus, com chamada de atenção para o disposto na circular destes Hospitais de 06.07.1944.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao pedido de admissão do doente Henrique dos Santos, com chamada de atenção para o disposto na circular destes Hospitais de 06.07.1944 e 28.06.1944.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 2.707$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, referente ao ano de 1950.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 5.203$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, referente ao ano de 1950.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação de doentes que tiveram alta ou faleceram e que estavam internados nestes hospitais através das guias de responsabilidade da Câmara de Albufeira.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício nº 572 de 08.05.1951, informando que o doente Domingos Rodrigues Neto, pode apresentar-se no Banco do Hospital de São José em qualquer dia útil, afim de ser admitido, se for reconhecida a necessidade de internamento, devendo ir acompanhado de guia de responsabilidade passada pela Câmara. E se o doente tiver de regressar à localidade, deverá ser portador de uma guia de responsabilidade da Câmara perante a Misericórdia de Lisboa pelo pagamento do custo da passagem de regresso.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da morada desconhecida que consta no processo do doente internado admitido em urgência (Inácio Vieira Pescada). Como tal os Hospitais Civis de Lisboa solicitam ao Município que averigúe qual o domicilio do referido doente a fim de solicitar o pagamento da despesa. Porém se tal não se concretizar a responsabilidade da despesa de hospitalização cabe ao concelho de Albufeira, a menos que o doente tenha familiares com bens que possam liquidar a despesa.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito de uma circular a informar que até aviso em contrário, a Câmara não deverá enviar doentes para internamento, excepto os que necessitarem de cuidados urgentes Após observação em consulta externa, os quais deverão ir acompanhados das guias de responsabilidade da Câmara perante a Misericórdia de Lisboa para o seu regresso a casa, a quando da respectiva alta. Sugerindo que a Câmara passe as guias em duplicado ou que desdobre responsabilidades para cada um dos estabelecimentos interessados.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 12.262$80, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1942.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 3.535$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1943.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 17.744$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1943.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 7.826$20, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1944.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 2.287$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1948.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 1.270$50, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1947.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 13.929$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1946 e 1947.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 6.631$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1945.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 4.355$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1949.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tivera, alta ou faleceram e que haviam dado entrada nos Hospitais com guia de responsabilidade da Câmara de Albufeira. (Agostinho Gonçalves Palma, Rita Jesus Barranha e Maria Flora de Brito).
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira em resposta ao ofício nº 526 de 27.04.1951, o Hospital necessita saber qual a doença de que sofre o doente Domingos Rodrigues Neto, para poderem indicar se existe vaga ou não no serviço clínico necessário.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito das dificuldades para manter os doentes e atender os constantes pedidos de admissão, os Hospitais vêm desta forma solicitar o pagamento ou pelo menos amortização na importância de 17.434$80, que se encontra por liquidar.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 3.528$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1949.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício da Câmara Municipal de Albufeira nº 1288 de 30.11.1948, o Instituto solicita a devolução da ficha relativa à doente Maria Conceição Alves a fim de prosseguir o respectivo inquérito assistencial.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da informação da alta dada à doente Maria Cabrita que estava internada no Hospital de São José. Com nota escrita a lápis: Despesa: 1.365$00; 65 dias.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tiveram alta ou faleceram e que haviam dado entrada nos Hospitais com guia de responsabilidade da Câmara de Albufeira. (José Fernandes Chalão e Manuel José Bila)
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tiveram alta ou faleceram e que haviam dado entrada nos Hospitais com guia de responsabilidade da Câmara de Albufeira.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tiveram alta ou faleceram e que haviam dado entrada nos Hospitais com guia de responsabilidade da Câmara de Albufeira. (António Barreto, António Pedro e Daniel Vieira Coelho)
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tiveram alta ou faleceram e que haviam dado entrada nos Hospitais com guia de responsabilidade da Câmara de Albufeira, (Alfredo Fernandes e Emerita das Dores Leote).
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo com a quantia de 3.535$00, liquidada pelo intermédio da Direcção Geral da Fazenda Pública, referente ao pagamento do resto da despesa do ano de 1943.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 8.421$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1948.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 40$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1947.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 680$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1947.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 1.515$30, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1945.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 9.223$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1948 e 1949.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício nº 542 de 30.04.1951, informando que a doente Gabriela dos Santos deu entrada para o Serviço nº 9 do Hospital de São José em 16.02.1951, onde continua em tratamento.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 416$00, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1952, no Hospital Escolar de Santa Maria.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio do recibo, na quantia de 7.420$50, por intermédio da Direcção-geral da Fazenda Pública, por conta da despesa com o tratamento de seus munícipes pobres no ano de 1949.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da relação dos doentes que ultimamente tiveram alta ou falecerem e que tinham dado entrada nos Hospitais Civis com guia de responsabilidade da Câmara Municipal de Albufeira.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente António Conceição, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente Felisberta das Neves, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente José Guerreiro, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente António Simão Cabrita, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
A documentação reflete a atividade da Associação Naval de Lisboa e do Clube Náutico de Portugal no domínio das funções definidas por estatutos. O fundo é constituído por 3 secções: Constituição e Regulamentação da Associação; Órgãos da Associação (Assembleia Geral, Conselho Executivo, Secção de Vela e Motonáutica e Secção de Remo e Canoagem) e Secretaria e Arquivo (Expediente, Gestão de sócios e embarcações, Património e Atividades desportivas); Gestão Financeira e Documentos Bibliográficos e Museológicos; e por 37 séries: Regulamentos e projetos de regulamentos (1854-1941); Estatutos e projetos de estatutos (1856-1977); Bandeira, galhardete e hino (1884-1912); Atas da Assembleia Geral (1856-1939); Registo de presenças na Assembleia Geral (1950-1969); Documentos para apreciação em reuniões da Assembleia Geral (1854-1948); Atas para aprovação de sócios (1926-1938); Atas do Conselho Executivo (1914-1984); Atas de termos de posse (1949-1963); Relatórios de gerência (1900-1993); Atas da Secção de Vela e Motonáutica (1959-1987); Reclamações e despachos (1970-1980); Atas da Secção de Remo e Canoagem (1952-1984); Copiador geral de correspondência expedida (1886-1936); Copiador de correspondência expedida pela Secção de Remo (1953-1986); Correspondência recebida e expedida pela Secção de Vela (1856-1999); Correspondência recebida e expedida pela Secção de Remo (1944-1987); Circulares (1889-1981); Federação Portuguesa de Remo (1908-1963); Federação Portuguesa de Vela (1971-1975); Propostas de sócios da Secção de Remo (1968-1987); Listas de sócios (1975-1992); Pedidos de suspensão de quotas de sócios da Secção de Remo (1962-1969); Pedidos de desistência de consócios da Secção de Remo (1955); Cartões de identidade de sócios e embarcações (1937-1986); Registo de embarcações (1855-1978); Certificados de registo de embarcações (1929-1970); Registo diário de movimento de embarcações da Secção de Remo (1961-1976); Documentos técnicos e processos de construção de embarcações (1856-1966); Processos de acidente (1984-1993); Instalações em Giribita, Pedrouços e Trafaria (1939-1949); Remodelação dos postos de remo em Santo Amaro e Alcântara (1964-1965); Construção do canal Sado-Tejo (1960); Programas, anúncios, resultados e prémios de regatas (1878-2005); Recortes de imprensa (1905-1979); Álbuns fotográficos (1904-1999); Zincogravuras (1940-1970). O subfundo (Clube Náutico de Portugal) é constituído por 5 secções: Constituição e Regulamentação do Clube; Órgãos do Clube (Direção); Secretaria e Arquivo (Expediente e Atividades desportivas); Gestão Financeira (1921-1989) e Documentos bibliográficos e museológicos (1888-1990); e por 25 séries: Estatutos (1946); Declaração de constituição (1928); Atas da Direção (1926-1969); Relatórios de gerência (1927-1930); Copiador de correspondência expedida (1925); Circulares (1969); Regulamentos de regatas (1930-1940); Programas de regatas (1951-1953); Álbum fotográfico (1928-1947); Livro de honra (1925-1945). Livros de caixa (1933-1982); Registo de receita e despesa (1975); Registo de pagamento de quotas de sócios efetivos e honorários (1921-1930); Registo de pagamento de quotas de sócios extraordinários e auxiliares (1921-1930); Borrão de caixa da Secção de Remo (1973-1974); Folhas de caixa da Secção de Remo (1962-1973); Registo de pagamentos de quotas de sócios da Secção de Remo (1936-1941); Relações de pagamento de quotas de sócios da Secção de Remo (1950-1968); Tabelas de preços e serviços (1942-1946); Receita e despesa do estaleiro (1960-1969); Dívidas pendentes (1989); Faturas de fornecedores (1955-1962); Ocupação de tulhas e cabines (1979); Bibliografia (1888-1990) e Medalhas e Carimbos (1910-1988)
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão em urgência do doente António Palma Eugénio, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente pobre Bernardo Conceição Silva Leote, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão em urgência do doente Ana Conceição Lourdes, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão em urgência do doente Alzira Beatriz Pacheco Marques da Costa, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente Antónia de Jesus e Maurícia Rosa dos Santos, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente Maria de Jesus Silva Simões, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito das alterações publicadas em Diário do Governo Iª Série, nº 70 de 03.04.1945, acerca do valor das cotas diárias que ficam ao abrigo das Câmaras Municipais, pelo tratamento dos seus munícipes pobres para: 21&00 em secção cirúrgica; 18$00 em secção médica e 12$00 no Manicómio Bombarda, aplicadas a partir do dia 01 de Maio e inclusive aos doentes que se encontravam internados.
Ofício da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa dirigido ao Presidente da Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do transporte de um paciente (Emídio de Oliveira).
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício nº 520 de 12 de Maio de 1947, em que a Câmara Municipal de Albufeira solicita o internamento da menos Otilia Vieira da Mina. Informa-se que de momento não existe vaga para a hospitalização da menor. Porém sendo grandes as dificuldades financeiras do hospital o enfermeiro-mor relembra ao Município de Albufeira a necessidade de liquidar com urgência a sua conta corrente aos Hospitais Civis.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da admissão do doente Felisberta das Neves, solicitando a guia de responsabilidade ou informação de familiares que possam liquidar a despesa. Aproveitando a oportunidade para qualquer esclarecimento consultar o artigo 256 e os seus parágrafos do Código Administrativo, aprovado pelo decreto lei nº 31.095, de 31 de Dezembro de 1940. Com nota escrita a caneta: Ex.mo colega, como poderão verificar pelo envelope, trata-se de um engano, pelo que a remeto a V. Exa. O chefe da secretaria 03.11.1945
Pedidos de autorização para contrair empréstimos, feitos pela Câmara Municipal de Lisboa ao Ministério das Finanças.
Ofício do Dispensário de Higiene e Profilaxia Mental de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da conta de uma uma consulta e um electrochoque no valor de 45$00.
Ofício do Dispensário de Higiene e Profilaxia Mental de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da conta de uma 1.º consulta no valor de 20$00.
Ofício do Dispensário de Higiene e Profilaxia Mental de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da conta de 2.ª consultas e electrochoques no valor de 220$00.
Ofício do Dispensário de Higiene e Profilaxia Mental de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da conta de uma 2.º consulta no valor de 10$00.
Ofício do Dispensário de Higiene e Profilaxia Mental de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito do envio da conta de 2.ª consulta no valor de 10$00.
Ofício dos Hospitais Civis de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao ofício nº 57/46 de 11.01.1945. Informam acerca dos procedimentos a efectuar nos pedidos de certidões de óbito dos indivíduos falecidos nos Hospitais Civis de Lisboa
Livro de atas das sessões da Comissão Permanente da Diocese de Lisboa: propostas para a Comissão Permamente; regulamento interno provisório; apresentação de modelo de livro de registo paroquial; eleição de Diogo Cassels ao diaconato; eleições; ordenação de Augusto Nogueira; preparação de um resumo oficial da História da Igreja Lusitana; Livro de Oração Comum; - Bispo eleito; - Construção de templos; - Relatórios; - Missões; - 1º Congresso da Igreja Lusitana; - Fundos da Igreja; - Estatutos do Sínodo Geral; - Ordenações.
Ofício da Provedoria da Casa Pia de Lisboa dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da recepção do ofício nº 1663 que acompanhou o cheque da Caixa Geral de Depósitos Credito e Previdência com a importância de 792$00, o qual liquidou o subsidio de compensação em dívida desde Abril de 1943 a Maio de 1945, pelo internamento do menor Mário dos Santos Porfirio.