Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for jose and 1,278,186 records were found.

(Roma) Agradecimento pela oferta de uma publicação. Timbre: "Mons. Jose Maria Escriva de Balaguer".
[s.l.] "Assisti exarar despacho luishorta com encargo comunicar te agradece = jose".
Lisboa: Portugália Editora, [1962]. 4.ª ed.. Posfácio: José Régio.
A documentação é constituída por correspondência, escrituras, procurações, requerimentos e documentos de cariz contabilística. O fundo encontra-se em tratamento, não dispondo de quadro de classificação definitivo
A coleção comporta documentos sobre a história do cinema, da televisão e do teatro em Portugal, recolhidos para a produção de textos, que também se conservam parcialmente. O fundo é constituído por 8 secções ativas, definidas pelo colecionador: Obra (Textos do autor, Imaginário e Documentos para apoio à edição - 1978-2010), Imagem fixa (1917-2002), Imagem animada (Película e Legendas de filmes - 1927-2009), Objetos (1980), Correspondência recebida (1981-2003); Textos sobre o autor e a obra (1981-1985); O Cinema Português (1996-1998) e Temas, Personalidades e Instituições (1960-2009). Consulta por marcação prévia através do e-mail ou telefone da Biblioteca de S. Domingos de Rana.
(Burgos) Agradecimento pela oferta das obras "O direito subsidiário na história do direito português". Timbre: "Dr. Jose Maria Codon Fernandez. Jose Maria Condon Herrera. Abogados".
A coleção é constituída por 9 secções: Cascais e Guincho; Monte Estoril; S. João do Estoril; Parede; Carcavelos; S. Domingos de Rana; S. Pedro do Estoril; Estoril e Alcabideche. A coleção comporta digitalizações de bilhetes-postais ilustrados, fotografias e outros documentos acerca do concelho de Cascais
(Santiago [de Compostela]) Oferta do livro "La Lucha por la Objectivación del Derecho". Timbre: "Dr. Jose Lois Estevez. Professor de la Universidad. Abogado".
[s.l.] Agradecimento pela oferta da obra "O movimento abolicionista e a abolição da pena de morte em Portugal". Timbre: "Jose Luis Murga Gener. Doctor en Derecho".
[s.l.: s.n., 1939]. Data de Produção Inicial inferida. Dedicatória: «A meus Pais muitos amigos. José». Cascais, 1940-01. Obra editada sob o pseudónimo de António Madeira. 2 exemplares.
Documentação produzida e acumulada no âmbito da atividade administrativa e religiosa das Associadas de São José.
Livro de registo das Associadas de São José da freguesia de São Nicolau de Lisboa. Consta o nome, morada e respetivo registo de pagamento da joia nos anos de 1915, 1916 e 1917. Inclui os seguintes documentos avulsos: "Pia prática do culto perpétuo em honra de S. José. Estabelecida na igreja de S. Nicolau aos 23 de janeiro de 1892 e elevada a Archi-confraria por Sua Santidade Leão XIII em breve de 25 de Dezembro de 1894"; folheto do "Apostolado da oração em honra das sete dores e sete gozos de S. José"; oração a São José.
[s.l.]: Celidis, [1974]. Posfácio de José Régio. Incluiu "O Barão e a dimensão mítica da realidade portuguesa", de Nelly Novaes Coelho.
Conjunto documental referente à vida familiar e pessoal de José Vaz Monteiro, destacando-se a informação sobre o casamento da sua filha, Amélia Augusta Vaz Monteiro, sobre a herança do seu tio, Bernardino Vaz Monteiro, e sobre propriedades imobiliárias tomadas de arrendamento. Engloba, ainda, documentos relacionados com a transferência de direitos sobre bens imóveis, cujas transações não implicaram diretamente José Vaz Monteiro, mas que provavelmente foram por este reunidos no âmbito da aquisição de propriedades.
Espólio pessoal de José Mendes Serrazina referente a período anterior às suas funções como assistente eclesiástico da Cáritas Portuguesa. A documentação consiste em apontamentos para retiros, pregações, conferências e peças de teatro, elaboradas ainda quando aluno e professor de Seminário e assistente de organismos da Acção Católica Portuguesa.
Documentação que foi integrada no Arquivo do Prof. António Lino Neto, mas que não se relaciona directamente com a sua vida ou actividade. Contém documentos endereçados a José Frederico Laranjo, com informação sobre os seus contactos, a sua acção e a sua influência em diversos contextos sociais e políticos. Destacam-se as referências à sua colaboração com o Partido Progressista e com o periódico «O Distrito de Portalegre». Sublinha-se também a partilha de informação sobre trabalhos escritos, da autoria do próprio Frederico Laranjo e de alguns dos interlocutores.
O fundo é constituído por seis secções: Documentos pessoais; Correspondência; Manuscritos, datiloscritos e provas; Obra impressa; Recortes de imprensa e estudos sobre o autor e a obra; e Biblioteca; e por 21 séries: Fotografias (1916-1966); Vida académica (1927); Vida profissional (1931-1969); Vida literária (1930-1972); Correspondência recebida (1914-1974); Correspondência expedida (1912-1971); Correspondência recebida e expedida relativa ao Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães (1946-1950); Correspondência recebida e expedida por familiares (1933-1993); Poesia (1925-1970); Prosa (1940-1982); Capas e desenhos (1930-1960); Apontamentos (1926-1980); Manuscritos de outros autores (1928); Edições literárias (1931-1986); Edições em antologias (1944-1981); Edições sobre biblioteconomia e museologia (1943-1975); Críticas e correspondência sobre o autor e a obra (1926-1975); Estudos sobre o autor e a obra (1971-1993); Recortes de imprensa sobre bibliotecas (1933-1983); Obras autografadas (1903-1980) e Outras obras (1833-1979)
Registo nº 48/1899, Jose.
Registo nº 34/1898, Jose.
Registo nº 58/1897, Jose.
Conjunto heterogéneo de documentos produzidos, recebidos, recolhidos e acumulados por José Maria Braga da Cruz no decurso das atividades em que se envolveu ao longo da vida, devidamente enquadrados nas funções que lhes deram origem. Produzidos essencialmente em Braga, onde cresceu, desenvolveu as suas atividades profissionais e criou as suas relações familiares e de amizade. No que respeita às tipologias documentais, encontra-se correspondência (cartas, cartões, cartões-convite, telegramas, bilhetes-postais e postais), cadernos escolares, memórias, apontamentos, peças judiciais e documentação impressa publicada, como jornais, recortes de jornal, revistas, brochuras, boletins, panfletos, manifestos, folhetos, folhetins, fascículos e pagelas.
Registo das associadas de São José da freguesia de São Nicolau de Lisboa.
Inventariados: Jose Mendes Videira e Maria Jose, de Pinhanços; Inventariante: Maria Jose, de Pinhanços.
A maior parte da documentação, datada de 1961 a 1976, espelha a actividade política de José Laranjo e diz respeito às seguintes organizações políticas: ARA, Acção Revolucionária Armada; Comissão Coordenadora dos Trabalhadores Portugueses em Inglaterra; CMLP/PCP (m-l) - Comité Marxista-Leninista Português/-Partido Comunista de Portugal (marxista-leninista); CPLAI - Comité Português de Luta Anti-imperialista; FAP - Frente de Acção Popular; LUAR - Liga de União e de Acção Revolucionária; Movimento Estudantil; Movimentos Nacionalistas Africanos; MRPP - Movimento Reorganizativo do Partido do Proletariado; OCMLP - O Grito do Povo/O Comunista/Organização Comunista Marxista-Leninista Portuguesa; PCP - Partido Comunista Português.
Inclui um comprovativo da entrega de quantia monetária efetuada por José Vaz Monteiro a familiar identificada como "prima Joana", no âmbito da execução da herança de José Vaz. Integra também uma declaração pela qual José Vaz Monteiro confirma a receção de todos os objetos relativos à herança do seu tio, Bernardino Vaz Monteiro.
Parafraseando o colecionador, a coleção constitui «um acervo muito completo, cujo valor reside não só nas espécies em si, mas enquanto conjunto, que dificilmente será encontrado de outra maneira», fundamental para o estudo de Carcavelos e da vitivinicultura nos territórios da atual Região Demarcada de Carcavelos. A coleção é constituída por 11 secções: Vitivinicultura; Quintas Produtoras de Vinho (Quinta da Corriola; Quinta do Barão; Quinta Nova, Quinta de Santo António ou Quinta da Ordem; Quinta da Alagoa; Quinta da Torre da Aguilha; Quinta do Junqueiro; Quinta dos Lombos; Quinta do Lameiro; Quinta das Encostas; Quinta do Marquês de Pombal; Quinta de Rana; Quinta da Terrugem; Quinta dos Pesos; Quinta da Fonte da Aldeia; Quinta de S. Gonçalo; Quinta da Cartaxeira e Propriedades não identificadas); Famílias e Personalidades; Urbanismo; Serviços, Comércio e Indústria; Fortes e Assuntos Militares; Igreja e Religião; Saúde e Ação Social; Desporto e Lazer; Movimentos e Partidos Políticos e Junta de Freguesia de Carcavelos
Inventariado: Antonio Jose Moço, morador em Rapoula. Inventariante: Manuel Jose.
Inventariado: Jose Augusto, morador em Adão. Inventariante: Maria Jose.
Inventariado: Maria Jose, moradora em Adão. Inventariante: Jose Miguel.
Inventariado: Jose Marques, de Valhelhas; Inventariante: Jose Marques.
Inventariado: Jose Ramos, de Ramela;
Entidade responsável: Jose luiz Fernandes
Entidade responsável: Bento Jose Batista
Registo nº 21/1880, Jose Augusto.
Registo nº 51/1880, Jose Maria.
Entidade responsável: Jose Carvalho & Irmão
Entidade responsável: Joaquim Jose Nogueira
Entidade responsável: Jose Luis Fernandes
Entidade responsável: Jose da Costa
Entidade responsável: Jose Dias Ferreira
Entidade responsável: Jose Dias Ferreira
Entidade responsável: Jose Abrantes Paes
Entidade responsável: Silvestre Jose Pereira
Entidade responsável: Jose Alves Ferreira
Entidade responsável: Jose Gomes Vilaça
José Maria Braga da Cruz foi acionista da Companhia de Seguros Fraternidade.
José Maria Braga da Cruz foi sócio da Empresa Minho Gráfico, estando entre os seus fundadores.
Inclui uma carta de Bernardino Vaz Monteiro, endereçada ao seu sobrinho, José Vaz Monteiro, a solicitar a opinião do destinatário relativamente à possível aquisição de uma propriedade.
Inclui um requerimento de José Vaz Monteiro, a solicitar o registo da escritura antenupcial relativa à união da sua filha, Amélia Augusta Vaz Monteiro, com Vicente Luís Gomes.
Inclui anotações de José Vaz Monteiro, acerca da execução de uma dívida contraída por José Cabeça e sua esposa, Maria Balbina, ao tio do autor, Bernardino Vaz Monteiro. Integra também anotações relativas ao foro imposto no serrado denominado Chouzo, sito nas imediações do lugar de Arranhó, freguesia de São Lourenço, [Arruda dos Vinhos], identificando Francisco Lourenço como enfiteuta.
Lisboa: Bertrand, [196-?]. Introdução, seleção e notas de José Osório de Oliveira. Col. Antologia da terra portuguesa, 17. Dedicatória: «A Branquinho da Fonseca, com a admiração do seu camarada, José Osório de Oliveira, x-1964-10
Fotografias com dedicatória oferecidas a José Maria Braga da Cruz pelos seus condiscípulos do Liceu de Braga. Inclui também uma fotografia de José Maria Braga da Cruz com dedicatória para o "meu caro Pedro".
Processo de casamento de Marçal Jose (viúvo) e Maria Jose Pai da nubente: José Mathias Mãe da nubente: Maria Thereza
Ementas de refeições nas quais José Maria Braga da Cruz participou a propósito da realização de casamentos e de homenagens.
José Maria Braga da Cruz foi irmão da Santa Casa da Misericórdia e Hospital de São Marcos de Braga.
José Maria Braga da Cruz foi sócio do Banco Popular Português, sociedade anónima de responsabilidade limitada, com sede no Porto.
Brochura com os Estatutos do Banco Popular Português, assinados por José Maria Braga da Cruz na folha de rosto.
Caderno de turma a que pertenceu José Maria Braga da Cruz. O caderno terá sido de [José] Caeiro da Matta, professor da Faculdade de Direito de Coimbra, e foi oferecido por Luís Bigotte Chorão a Manuel António Garcia Braga da Cruz, neto de José Maria Braga da Cruz.
Inclui comprovativos de pagamentos efetuados por José Vaz Monteiro a João Alves Rodrigues Machado e Pinto, bem como à Companhia das Lezírias do Tejo e Sado, referentes à renda anual da propriedade denominada Mouchão de Santo António do Pinheiro.
Inclui cartas remetidas a José Frederico Laranjo por diversos cidadãos portugueses, nomeadamente: Luís Carlos [Simões Ferreira] (1); Alberto Pimentel (2); António da Costa (4); Francisco Marques de Sousa Viterbo (1); Gomes Coelho (1); Júlio de Vilhena (1); A. Figueiredo (1); António [Maria] de Campos Júnior (1); João Penha [de Oliveira Fortuna] (2); António José de Barros e Sá (1); Anselmo José Braamcamp (3); José Luciano de Castro [Pereira Corte- Real] (1); Emídio Navarro (2); Vicente Ferrer Neto Paiva (1); [Henrique] de Barros Gomes (1); José Tomás de Sousa Martins (1); Maria Amália Vaz de Carvalho (1); António dos Santos Viegas (2), Mariano de Carvalho (1); A. A. da Fonseca Pinto (1); Júlio de Castilho (1). Entre os vários assuntos tratados, destacam-se os seguintes: apreciações críticas das obras da autoria do destinatário; agradecimentos pelo envio de opúsculos, livros e outros escritos; pedidos de artigos; alusão às diversas áreas de interesse e de actividade de José Frederico Laranjo; informações sobre o jornal «O Distrito de Portalegre» e sobre a organização do [Partido Progressista Português]. Integra, ainda, uma missiva de Maria Amália Vaz de Carvalho dirigida [à esposa de Frederico Laranjo] com mensagem de apologia ao carácter e ao talento do seu marido. Integra, por fim, duas cartas dirigidas a remetente identificado como “Casanova”, uma do conde de Ficalho e outra de remetente ilegível com timbre da Secção de Zoologia do Museu de Lisboa.
Inventariado: Jose Rodrigues Duarte, morador em Mizarela. Inventariante: Jose da Costa. Apenso um requerimento de Jose Rodrigues Duarte.
Data de nascimento: 08/09/1824. Pai: Jose Antonio. Mãe: Francisca d'Airez. Avós paternos: Jose Antonio e Theodora Joaquina. Avós maternos: Jose Romão e Ignez Maria. Padrinhos: Jose dos Santos e Maria Rosa.
Inventariado: Jose Marques , morador em Pega. Inventariante: .
Inventariado: Jose Gonçalves , morador em Marmeleiro. Inventariante: .
Inventariado: Jose Antonio, Rochoso; Inventariante: Clara Dias.
Inventariado: Anselmo Jose Sanches, de Marmeleiro;
Inventariado: Jose Monteiro, de Albardo; Inventariante: Maria.
Inventariado: Jose Dias, Parada; Inventariante: João Francisco.
Inventariado: Jose Pelicano, Miuzela; Inventariante: Maria Antonia.
Inventariado: Jose Monteiro, Amoreira; Inventariante: Anna Roza.
Inventariado: Jose Monteiro, Mesquitela; Inventariante: Josefa Maria.