Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for josé and 471,433 records were found.

A coleção foi doada pelo Sr. Dr. José de Matos-Cruz à Câmara Municipal de Cascais, encontrando-se disponível para consulta no Espaço Memória do Exílios, em funcionamento no 1.º piso do Edifício da Estação dos CTT, na Avenida Marginal, n.º 7152-A, 2765-247 Estoril. Para mais informações: Tel. 21 481 59 30 /09 | eme@cm-cascais.pt
A coleção foi depositada digitalmente pelo Sr. José Santos Fernandes, na sequência de contrato estabelecido com a Câmara Municipal de Cascais, através do AHMCSC, ao abrigo do Programa de Recuperação de Arquivos e Documentos de Interesse Municipal (PRADIM)
Fotografia do pai de José de Sousa Dias.
Fotografia de familiar de José de Sousa Dias.
Fotografia da mãe de José de Sousa Dias.
Fotografia de casamento de José de Sousa Dias.
Fotografia da mãe de José de Sousa Dias.
Fotografia da mãe de José de Sousa Dias.
Fotografia do pai de José de Sousa Dias.
Fotografia do reverendo Belarmino José Vieira Barata
Fotografia da Tia da esposa de José de Sousa Dias
O fundo foi depositado na Câmara Municipal de Cascais pela Senhora D. Albertina Gonçalves Carriço Tenda
O fundo foi doado à Câmara Municipal de Cascais pelo Sr. Dr. Tomás Branquinho da Fonseca, filho de António José Branquinho da Fonseca. Em 2012 foi-lhe associado uma carta de José Régio dirigida em 1942-04-25 a Branquinho da Fonseca, comprada a A Nova Eclética
A coleção foi comprada pela Câmara Municipal de Cascais ao Sr. José Maria da Costa e Silva (Almarjão)
Colecção constituída por fotografias da família de José de Sousa Dias que pertence a uma família de Paderne, desde o século XIX.
José Medeiros e Ivone Padeiro
Portugal
José Afonso apresenta o livro sobre a Igreja e Escola do Prado.
Belarmino José Vieira Barata aderiu à Igreja Lusitana em 1919, tornou-se diácono em 1931 e foi presbítero eleito. Faleceu em 1943.
Fotografia do Reverendo José Nunes Chves, ex-presbítero da Igreja Católica, natural de Portimão aderiu à Igreja Lusitana em Novembro de 1879 e foi o fundador da Igreja de Jesus.
José Nunes Chaves (1828-1893) era um ex-padre católico que abjurara em 1876 e ex-capelão da igreja da colónia italiana do Loreto. Nesse mesmo ano funda a Missão Episcopal, na Rua de S. Marçal, em Lisboa. Foi também o fundador em 1877 da Igreja de Jesus, em Lisboa. Em 1889 deixa a Igreja Lusitana e ingressa na Presbiteriana. Joaquim dos Santos Figueiredo, ex-sacerdote católico, tornou-se pastor da igreja presbiteriana de Lisboa, substituindo o Rev. José Nunes Chaves.
José Maria Leite Bonaparte aderiu à Igreja Lusitana em 1902. Ordenado diácono em 1907; Ordenado presbítero em 1911; Foi pároco na paróquia do Salvador do Mundo entre 1907-1908; Foi o primeiro pároco da igreja de Cristo em Oliveira do Douro.
Ofício do Posto do registo Civil do Hospital de São José dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao pedido de procura da certidão do falecimento de Sérgio Viegas que faleceu a 15 de Maio de 1945, mas os serviços não encontraram nenhum falecido com o nome indicado.
Exposição apresentada por Belarmino José Vieira Barata à Junta Paroquial da Igreja Jesus sobre o encerramento da igreja e escola. Contém resposta da Junta Paroquial declarando concordar com as razões apresentadas.
Ofício do Posto do registo Civil do Hospital de São José dirigido à Câmara Municipal de Albufeira no âmbito da resposta ao pedido de procura da certidão do falecimento de Sérgio Viegas que faleceu a 15 de Maio de 1945, no seguimento da última carta não terem encontraram nenhum falecido com o nome indicado, o gerente do Posto do Registo Civil sugere efectuar pesquisa nos anos de 1943, 1944, 1945, ou que talvez tivesse outro nome ou que tivesse dado entrada morto.
Oficio Recebido do José Dias Cabrita a enviar um Auto de Corpo de Delito Indirecto.
Fotografia de peça de teatro com a esposa de José de Sousa Dias e Samora Barros.
José Jorge de Pina Cabral nasceu no Porto, freguesia da Sé, em 22/05/1966. Habilitações literárias: - Licenciatura em Educação Física Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física da Universidade do Porto, em 1989 - Licenciatura em Ciências Religiosas pela Universidade Católica do Porto Percurso religioso: - Foi instituído leitor da Igreja Lusitana em 15/03/1992 - Foi ordenado diácono em 14/10/1995 - Foi ordenado presbítero em 01/11/1997 - Em 2007 foi nomeado Vigário-Geral da Igreja Lusitana É atualmente pároco da paróquia de S. João Evangelista e desde 25 de Abril de 2013, Bispo da Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica. Exerceu funções de Diretor Executivo da Associação das Escolas do Torne e do Prado - Instituição Particular de Solidariedade Social.
Núcleo de documentação do padre José Luiz Ferreira da Silva. Inclui registo de correspondência oficial e particular e copiador com alguma dessa correspondência.
Oficio Recebido do José Lourenço Vieira a informar acerca de uma procissão que se vai realizar na povoação de Paderne.
O Presidente da Junta Paroquial da igreja de S. João Evangelista envia carta à Direcção da Associação Protectora da Infância a agradecer a presença de meninas no funeral do professor José Teixeira da Fonseca.
Oficio Recebido do José Dias Cabrita a enviar um Auto de Notícia a informar acerca do homicídio do Juiz da sede do Julgado de Paz.
Fotografia das gentes de Albufeira , do Dr. José Crisóstono Pereira de Paiva de 1927, da colecção Selles Paiva
Diogo Cassels oferece um prémio a José Soeiro, antigo aluno da Escola do Torne, pela sua parovação no exame do 5º ano de inglês no liceu Rodrigues de Freitas. Trata-se de um exemplar do Evangelho de S. Lucas, parte da Bíblia ilustrada publicada na época.
José Pereira Ferreira Martins nasceu na freguesia da Vitória da cidade do Porto. Percurso religioso: - Tornou-se pregador licenciado da Igreja Lusitana em 1903, estudante do curso teológico dirigido pelo Dr- John Harden (1903-1905) - Foi ordenado diácono em 1905 - Foi ordenado presbítero em 1910. Durante 5 anos foi ministro da Igreja Lusitana do Espírito Santo, em Setúbal, desde 1907 a 1952. Organizou e paroquiou a Igreja de Cristo Remidor em Alcácer do Sal, e igualmente a Missão dos Mártires da Fé, em Évora. Chegou a ser vereador da Câmara Municipal de Setúbal e procurador da antiga Junta Distrital de Lisboa. Foi um dos mensários dos jornais «A Luz e Verdade» do Porto, o «Bom Pastor» do Candal, e dirigiu desde 1905 a 1910 0 «Arauto Cristão» de Setúbal.
Documento
Documento
Oficio Recebido do Joaquim José Manuel Luis a informar que vai ser entregue em tesouraria do Município uma quantia em dinheiro, referente à cobrança feita de uma licença de uso e porte de arma.