Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for joão and 726,901 records were found.

Tombo dos bens da Comenda de São João do Hospital da Sagrada Religião de Malta, da vila da Covilhã, contendo a medição e descrição das propriedades, edifícios, bens móveis, foros e pensões que lhe pertenciam, de que era comendador em 1788, frei António de Abella. Inicia com provisão régia de 5 de Julho de 1788 e contém vários conjuntos de fólios encadernados de acordo com a localização das propriedades. Assim, a partir do fl. 80 há 113 fls. referentes a Sameiro; 176 fls. referentes a Escarigo; 27 fls. referentes a Teixoso; 36 fls. referentes a Telhado e Valverde, a que se segue um último conjunto de fólios que contém declarações e procurações (uma delas acerca da celebração de uma escritura para fornecimento de azeite com vista a ter uma lâmpada acesa todo o ano nas igrejas de Sameiro e de Escarigo) e um index geral remissivo dos assuntos e foreiros daquela comenda de que trata o tombo, estando apenas completos os índices relativos à Covilhã e Sameiro, pois faltam os últimos fólios do índice de Escarigo e a totalidade dos índices de Teixoso e Telhado. Junto deste volume, mas fora da encadernação, existe um segundo índice, também incompleto (inicia no fólio 3 e acaba no fólio 10, não tendo o fólio 9), o qual se supõe ter pertencido a outro tombo.
Bilhete-postal ilustrado
Tombo da fazenda, propriedades, direitos e foros da Comenda de São João do Hospital da Ordem de Malta, da vila da Covilhã e suas anexas, de que foi comendador, em 1678, frei André Pinto e juiz de fora da vila da Covilhã, o doutor Pero da Cunha. Inicia com a transcrição do alvará régio de 12 de Março de 1678 que determinou a medição e demarcação de todas as propriedades daquela comenda; termo de nomeação e juramento dos oficiais e louvados. No final, apresentam-se as contas com a elaboração deste tombo e um index remissivo dos seus conteúdos (remetendo quer para o presente tombo, designado "tombo novo", quer para o "tombo velho"), no qual os bens e emprazamentos, identificados estes com os nomes dos rendeiros, se encontram organizados por localidade (Freixial, Telhado e Quinteiros; Erada; Tortosendo; Covilhã; Teixoso e Aldeia do Carvalho; Orjais; Aldeia do Mato; Sameiro; Verdelhos; Escarigo; Capinha; Peraboa). A seguir a esse index, apontam-se títulos diversos (descrevendo benfeitorias realizadas pelo comendador, obrigações do mesmo para com diversas igrejas e ornamentos religiosos existentes em igreja em Escarigo) e advertências aos comendadores a propósito da realização dos tombos. Seguem-se outros índices, um primeiro onde se assinalam as quantias pagas de dízimos, foros e rações pelos rendeiros nos vários ramos da comenda, com várias observações; outro respeitante aos foros que se acrescentaram em Escarigos no ano de 1708; e um último "dos prazos novos e das pessoas que pagam o foro e lugares em que moram". O livro encerra com traslados de uma escritura de doação, de uma sentença cível contra os moradores de Escarigo e de uma escritura de compra e venda.
Bilhete-postal ilustrado
Separata com o discurso de António de Oliveira Salazar na sessão solene da inauguração do Congresso, comunicação de [?] Gonçalves Rodrigues aos representantes da imprensa, apontamentos texto integral e recortes de jornal acerca da entrevista e a palestra proferidas por Guilherme Braga da Cruz ao microfone da Emissora Nacional, discurso datilografado proferido por Guilherme Braga da Cruz na sessão plenária preparatória do congresso, discurso datilografado de João de Matos Antunes Varela na sessão de encerramento, texto datilografado da crítica da oposição (candidatura de [?] Quintão Meireles) ao Congresso da União Nacional posta a circular clandestinamente e texto datilografado da tese de João Ameal que não foi discutida por ter sido retirada pelo autor.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis Segundo outorgante: Construções Moreno, representada pelo sócio-gerente João Miranda Dias Ferreira.
Primeiro outorgante: Município de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante: João José Dinis Garrett, Gerente da Caixa Geral de Depósitos.
Primeiro outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante: Construções Moreno Limitada, representada pelo sócio João Miranda Dias Ferreira.
Primeiro outorgante: Município de Oliveira de Azeméis. Segundo outorgante: João da Costa Santos, representante do Sporting Clube de Bustelo.
Primeiro outorgante: Felismina Pinto de Carvalho e João Dias Ferreira. Segundo outorgante: Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis.
(Arneiros, Chamusca) - Apreciação dos acontecimentos relacionados com o acto eleitoral em Montargil. Inclui uma missiva de José Nogueira Vaz Monteiro para João Joaquim Isidro dos Reis sobre a preparação das eleições em Montargil. Esta missiva integra também uma mensagem de Isidro do Reis dirigida a Lino Neto, na qual acusa o Governo de ter atraiçoado o destinatário e de ter procedido inconvenientemente com o [Centro] Católico Português.
Contém ordens de pagamento e recibos relativos a rendas de casas e vencimento auferido pelo andador João Alexandre Pires. Juntamente, encontram-se vários ofícios dirigidos à Irmandade do Santíssimo Sacramento, informando do "vencimento" do vestuário utilizado no exercício da função de andador e solicitando um novo. Acompanham os recibos da quantia despendida pela irmandade no vestuário solicitado e um pedido de licença para ir aos banhos das Caldas.
(Funchal) - Mensagem de congratulação pela reorganização do Centro Católico Português. Subscrevem o ofício os membros da Direcção da Juventude Católica do Funchal: Juvenal Henriques de Araujo, João da Costa Miranda, Augusto João Correia, Justino Figueira da Silva Júnior, entre outros.
(São João do Campo) Informa que o I volume das "Obras completas de D. João de Castro" foram enviadas a Guilherme Braga da Cruz e agradecidas, estranhando a informação de não as ter recebido. Timbre: "Casa das Rosas".
(São João do Campo) Pedido de consulta jurídica sobre o facto de D. Jorge (filho do rei D. João II) intitular-se sobrinho do rei D. Manuel I. Timbre: "Casa das Rosas".