Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for guimarães and 11,405 records were found.

Inventariado: Luís António da Costa Guimarães, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de S. Salvador, da vila de Arcos de Valdevez, falecido em 14 de agosto de 1865, com testamento; Inventariante: Mariana de Brito, a viúva, moradora na freguesia de S. Salvador, da vila de Arcos de Valdevez. Filhos: Maria Júlia de Brito, solteira, ausente em Fafe; Ana de Jesus de brito; Rosa de Brito; José Tomás da Costa Guimarães, solteiro, maior, ausente no rio de Janeiro, Brasil; Filomena de brito, solteira, de 22 anos.
Natural da freguesia de São Nicolau, Porto, homem de negócio, filho de Domingos Francisco Guimarães, natural da freguesia de Santa Maria, Vila Nova dos Infantes, termo de Guimarães, familiar do Santo Ofício, e de sua mulher Rosa Clara, natural da freguesia de São Nicolau, Porto; neto paterno de Domingos Francisco e de sua mulher Catarina Vieira, naturais da freguesia de Santa Maria, Vila Nova dos Infantes; neto materno de António Gonçalves da Silva e de sua mulher Francisca da Silva, naturais da freguesia de São Nicolau, Porto.
Batizado na freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Praia, Baía, e morador em Lisboa, filho de Manuel Ferreira Guimarães, batizado na freguesia de São João de Souto, Braga, familiar do Santo Ofício, e de sua mulher D. Caetana de Magalhães, batizado na freguesia de São Gonçalo dos Campos, vila de Cachoeira, Baía; neto paterno de Domingos Francisco e de sua mulher Ana Francisca, naturais de São João da Ponte, termo de Guimarães; neto materno de Francisco de Magalhães e de sua mulher D. Geralda Correia de Caldas, naturais de Cachoeira, Baía.
Natural da freguesia de São Miguel de Vilarinho, termo de Guimarães, e morador em Lisboa, homem de negócio, filho de João Ribeiro da Costa, natural da freguesia de Santa Eulália de Barrosas, e de sua mulher Maria Coelho, natural de Pardelhas, freguesia de Santiago de Figueiró; neto paterno de Gaspar da Costa e de sua mulher Maria Ribeiro, naturais de Santa Eulália de Barrosas; neto materno de António Coelho de Carvalho e de sua mulher Catarina Pedro, naturais de Santiago de Figueiró, tudo no termo de Guimarães.
Natural da freguesia de São Nicolau, Porto, homem de negócio de grosso trato, filho de Custódio Francisco Guimarães, natural da freguesia de Santa Maria dos Infantes, termo de Guimarães, e de sua mulher Clara Maria, natural do lugar da Castanheira, freguesia de São Miguel do Mato, Couto de São João de Alpendurada; neto paterno de Domingos Francisco e de sua mulher Catarina Vieira, naturais da freguesia de Santa Maria dos Infantes; neto materno de Cristóvão Soares e de sua mulher Maria Soares, naturais do lugar da Castanheira, freguesia de São Miguel do Mato, Couto de São João de Alpendurada.
Batizado na freguesia de Santa Maria, Vila Nova dos Infantes, termo de Guimarães, e morador na freguesia de São Nicolau, Porto, filho de Domingos Francisco do Quinteiro e de sua mulher Catarina Vieira, naturais de Vila Nova dos Infantes; neto paterno de Agostinho Francisco e de sua mulher Isabel Correia, natural do lugar de São Paio, Vila Nova dos Infantes; neto materno de D. José dos Anjos, natural de Guimarães, e de Maria da Silva, solteira, natural do lugar da Taipa, freguesia de Caldelas.
Natural da freguesia de São Nicolau, Porto, filho de Domingos Francisco Guimarães, natural de Vila Nova dos Infantes, termo de Guimarães, cavaleiro da Ordem de Cristo, e de sua mulher D. Rosa Clara, natural da freguesia de São Nicolau, Porto; neto paterno de Domingos Francisco e de sua mulher Catarina Vieira, naturais de Vila Nova dos Infantes; neto materno de António Gonçalves da Silva, natural da freguesia de São Pedro, Couto de Alhadas, termo de Montemor-o-Velho, e de sua mulher Francisca da Silva, natural da freguesia de São Nicolau, Porto.
Natural do lugar de Currelos, freguesia de São Lourenço de Sande, termo de Guimarães, e morador na cidade do Porto, onde era homem de negócio, Monteiro-Mor de Mortágua, filho de Francisco Rodrigues Guimarães e de sua mulher Jerónima Fernandes, naturais de São Lourenço de Sande; neto paterno de António Franco, natural de São Miguel de Talaíde, lugar de Quintela, comarca de Póvoa de Lanhoso, e de sua mulher Jerónima Rodrigues, natural de São Lourenço de Sande; neto materno de António Rodrigues, natural do lugar de Real) Vila Nova de Sande, e de sua mulher Jerónima Fernandes, natural de São Lourenço de Sande.
Parecer do Vogal Diogo de Macedo favorável à classificação como Imóvel de Interesse Público da Igreja de S.João de Calvos, em Lordelo, no distrito de Guimarães, edificação de origem românica que, pelo seu interesse e história, mereceria ser restaurada e conservada.
Parecer favorável do Vogal João Couto relativo ao pedido expresso pela Directora do Museu Alberto Sampaio, de Guimarães, solicitando a colaboração de um Conservador do Museu de Arte Antiga (Abel de Moura), no problema da conservação e restauro de um fresco do século XVI - denominado "de S. Francisco" - pertencente àquele museu.
Refere: - nau "São José e Mercês", comandante Tristão da Cunha. - Custódio José Ribeiro dos Santos e companhia. Guimarães. - fragata "Nossa Senhora da Graça e São João". - encomenda que fez de relógio, painéis e laminas. - galera"Santíssimo Sacramento e Nossa Senhora do Rosário", remessa de arroz a cargo de mestre calafate José da Costa.
Refere: - nau "São José e Mercês", comandante Tristão da Cunha. - Custódio José Ribeiro dos Santos e companhia. Guimarães. - fragata "Nossa Senhora da Graça e São João". - encomenda que fez de relógio, painéis e laminas. - galera"Santíssimo Sacramento e Nossa Senhora do Rosário", remessa de arroz a cargo de mestre calafate José da Costa.
Processo enquadrado no tema "direito de resposta". O processo inclui: exposição de Rui de Castro Guimarães Cardoso, com anexos; correspondência trocada entre o Conselho de Imprensa, o director do semanário "Êxito", e o queixoso; parecer do relator; proposta de Adelino Cardoso; deliberação aprovada pelo plenário e comunicado do Conselho de Imprensa relativo à sessão do dia 14/10/1985; recortes de imprensa. Relator: Fernando Cascais.
Estado civil: solteiro Naturalidade: Guimarães Morada: Lisboa Pai: António de Freitas Mãe: Domingas de Francisca Avô paterno: Amaro de Freitas Avó paterna: Maria Antunes Avô materno: António Martins Avó materna: Ana Francisca Data da carta de familiar: 2 de Maio de 1749.
Inventariado: Francisco José Cunha da Guimarães, casado com a inventariante, morador que foi em Casais, freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima, falecido em 27 de dezembro de 1913, sem testamento; Inventariante: Maria Vicente, a viúva, moradora em Casais, freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima. Não teve seguimento.
Inventariada: Rosa Vieira Guimarães de Barros, casada com o inventariante, moradora que foi em Soutelo, freguesia de Souto Rebordões, Ponte de Lima, falecida em 2 de junho de 1952, sem testamento; Inventariante: Alfredo Fernandes Lima, o viúvo, morador em Soutelo, freguesia de Souto Rebordões, Ponte de Lima.
Inventariada: Judite Amália Guimarães da Mota, casada com o inventariante, moradora que foi na Rua Padre Francisco Pacheco, na vila de Ponte de Lima, falecida em 12 de novembro de 1935, sem testamento; Inventariante: João Pereira de Lima Junior, o viúvo, morador na Rua Padre Francisco Pacheco, na vila de Ponte de Lima.
Inventariada: Águeda Úrsula Guimarães Rebelo da Silva, viúva de Cesário Augusto Rebelo da Silva, moradora que foi na Vila de Monção, falecida em 14 de outubro de 1918, com testamento; Inventariante: José Joaquim Rebelo da Silva, padre, filho da inventariada, morador na Vila de Monção.
Natural de São Miguel de Creixomil, filho de Domingos Pereira, natural de Gondomar, e de sua mulher Luísa Ribeiro, natural de Candoso; neto paterno de Sebastião Pereira e de sua mulher Inês Rodrigues, naturais de Gondomar; neto materno de Frutuoso Ribeiro, natural de Candoso, e de sua mulher Maria Mendes, natural de Matamé, lugar da Veiga, tudo no termo de Guimarães.
Natural da freguesia de São Torcato, lugar do Souto, termo de Guimarães, filho de Pedro Dias e de sua mulher Maria Martins, naturais da mesma freguesia neto paterno de Domingos Dias e de sua mulher Margarida Martins; neto materno de Martinho Gaspar e de sua mulher Antónia Gonçalves, naturais do lugar do Souto.
Morador na cidade do Porto, sobrinho de Jordão Barbosa de Araújo, natural de São Salvador, Covas, termo de Vila Nova da Cerveira, filho de Lopo Malheiro Marinho, filho de Pedro Lobo e de sua mulher Paula Antunes, moradores em Guimarães. Consulta sobre as suas provanças.
Negativo fotográfico em vidro reproduzindo escultura representando D. Afonso Henriques, em corpo inteiro, de pequenas dimensões, muito provavelmente da autoria do escultor cinzelador António Maria Ribeiro, fotografada em cima de mesa e sobre fundo neutro claro. A fotografia é de Neves Guimarães, conforme assinatura gravada no cartão secundário de unidades relacionadas (PT-AMM-AMR-FT-PR02-067, 068 e 069).
Negativo fotográfico em vidro reproduzindo escultura representando Luís Vaz de Camões, em corpo inteiro, de pequenas dimensões, muito provavelmente da autoria do escultor cinzelador António Maria Ribeiro, fotografada em cima de mesa e sobre fundo neutro claro. A fotografia é de Neves Guimarães, conforme assinatura gravada no cartão secundário da prova correspondente (PT-AMM-AMR-FT-PR02-068).
Fotografia (prova preto e branco) de pequena escultura representando Luis de Camões, identificado na base, de António Maria Ribeiro, fotografada sobre mesa coberta com tecido e fundo neutro claro. A fotografia encontra-se enquadrada por filete castanho. No cartão secundário, por baixo da fotografia, à esquerda, o carimbo da casa fotográfica: "Neves Guimarães, Porto"
Fotografia (prova a preto e branco) de pequena escultura representando o Infante D. Henrique com um pergaminho (possivelmente um mapa), identificada na base, de António Maria Ribeiro, fotografada sobre mesa coberta com tecido e fundo neutro claro. A fotografia encontra-se enquadrada por filete castanho. No cartão secundário, por baixo da fotografia, à esquerda, o carimbo da casa fotográfica: "Neves Guimarães, Porto".
Fotografia (prova a preto e branco) de escultura representando D. Afonso Henriques, em corpo inteiro, de pequenas dimensões, com placa identificativa na base, muito provavelmente da autoria do escultor cinzelador António Maria Ribeiro, fotografada em cima de mesa e sobre fundo neutro claro. A fotografia é de Neves Guimarães, conforme assinatura gravada no cartão secundário da prova relacionada (PT-AMM-AMR-FT-PR02-067).
Contas de ligação entre a sede e a filial de Lisboa e a agência de Guimarães. Consiste em sequências de contas de ligação específicas ("saques a pagar", etc.), sendo a mais extensa em ambos os casos a "conta cheques". As contas com a agência de Lisboa coincidem no tempo, parcialmente, com os do livro 118, mas os lançamentos não coincidem.
Negativo fotográfico em vidro reproduzindo pequena escultura representando o Infante D. Henrique com um pergaminho (possivelmente um mapa), identificada na base, de António Maria Ribeiro, fotografada sobre mesa coberta com tecido e fundo neutro claro. A fotografia é de Neves Guimarães, conforme assinatura gravada no cartão secundário da prova correspondente (PT-AMM-AMR-FT-PR02-069).
Fotografia (prova a preto e branco) de escultura representando Luís Vaz de Camões, em corpo inteiro, de pequenas dimensões, com placa identificativa na base, muito provavelmente da autoria do escultor cinzelador António Maria Ribeiro, fotografada em cima de mesa e sobre fundo neutro claro. A fotografia é de Neves Guimarães, conforme assinatura gravada no cartão secundário da prova correspondente (PT-AMM-AMR-FT-PR02-068).
SOUSA, Paulo Jorge Portela Guimaraes de
Dispensa Matrimonial de João Teixeira Guimarães, natural da freguesia de S. Miguel de Serzedo, termo de Guimarães e Maria Eduarda da Silva Coutinho, natural da freguesia de Nª SRª do Socorro em Lisboa Filiação do nubente: filho de Manuel José Teixeira e de Ana Maria Filiação da nubente: filha de Alberto da Silva Coutinho e de Ana Rita da Cunha Souto Maior Contém: Petição, rol de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos justificantes, mandado de diligências.
Dispensa Matrimonial de José Joaquim da Costa Padilha, natural de Santarém e Joana Maria Leite de Oliveira, natural de Guimarães. Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Refere: - Fragata "Nossa Senhora da Graça e São João". - João da Rocha Silva, Afonso João Vaz, Domingos de Sousa Guimarães, Manuel Afonso - Droguetes, açúcar, liages, durantes, camelões, chitas, baetas, lenços.
Refere: - Fragata "Nossa Senhora da Graça e São João". - João da Rocha Silva, Afonso João Vaz, Domingos de Sousa Guimarães, Manuel Afonso - Droguetes, açúcar, liages, durantes, camelões, chitas, baetas, lenços.
Inventariados: António Gonçalves Brandão e Manuel de Barros e mulher, Ana da Cunha Guimarães, moradores que foram na freguesia de Souto Rebordões, Ponte de Lima; Inventariante: Emília da Cunha Barros, moradora em Pesqueiras, freguesia de Souto Rebordões, Ponte de Lima.
Contém a queixa enviada pelo presidente do Vitória Sport Clube de Guimarães ao Conselho de Comunicação Social (CCS), pedido de informações do CCS à Radiotelevisão Portuguesa e respectiva resposta.
Contém um ofício do Chefe do Gabinete da Secretaria de Estado da Cultura para Manuel Guimarães e um cartão-de-visita. Contém uma publicação com a numeração original e sequencial das páginas de 7 a 22.
Requerente: Maria Adelaide Guimarães Tavares Marques de Paiva e sua irmã Maria Maria Amelia. Filiação: Idade: Profissão: Estado Civil: Lugar: Freguesia: Concelho: Acompanhante(s): Local de embarque/passagem: Destino: Espanha.
Certidão da carta do rei D. Dinis para que os vizinhos da Vila de Guimarães pagassem os direitos de portagem. Este documento contém a transcrição do despacho e da certidão.
Natural do lugar de Paradela, freguesia de São Miguel de Vilarinho, e morador na cidade da Baía, onde é homem de negócio, filho de João Ribeiro e de sua mulher Maria Coelho, naturais da freguesia de São Miguel de Vilarinho; neto paterno de Gaspar da Costa e de sua mulher Maria Ribeiro, naturais da dita freguesia neto materno de António Coelho de Carvalho e de sua mulher Catarina Pedro, naturais da freguesia de Santiago de Figueiró, todas do termo de Guimarães.
Natural da freguesia de São Nicolau, Porto, bacharel, filho de Francisco Ribeiro Guimarães, natural da freguesia de Santo Ildefonso, Porto, e de sua mulher D. Brígida de Sousa, natural da freguesia de São Nicolau, Porto; neto paterno de João Ribeiro e de sua mulher Maria Francisca, naturais da freguesia de Santo Ildefonso, Porto; neto materno de João da Graça e de sua mulher Maria de Sousa, naturais da freguesia de São Nicolau, Porto.
Natural de Vila Nova dos Infantes e morador na cidade do Porto, filho de Domingos Francisco do Quinteiro e de sua mulher Catarina Vieira, naturais de Vila Nova dos Infantes; neto paterno de Agostinho Francisco e de sua mulher Isabel Correia, naturais do lugar de Sampaio, Vila Nova dos Infantes; neto materno de D. José dos Anjos, natural de Guimarães, e de Maria da Silva, natural de Caldelas, mulher solteira.
Negativo fotográfico em vidro reproduzindo escultura de vulto representando D. Nuno Álvares Pereira, envergando armadura, elmo e cota de malha, empunhando um montante e um escudo, sobre um plinto simples com inscrição parcialmente visível, da autoria de António Maria Ribeiro, fotografada sobre mesa coberta com tecido e fundo neutro claro. Pela informação contida no cartão secundário de prova correspondente (PT-AMM-AMR-FT-PR02-067), trata-se de uma fotografia de Neves Guimarães.
Fotografia (prova preto e branco) de escultura de vulto representando D. Nuno Álvares Pereira, envergando armadura, elmo e cota de malha, empunhando um montante e um escudo, sobre um plinto simples com inscrição parcialmente visível, da autoria de António Maria Ribeiro, fotografada sobre mesa coberta com tecido e fundo neutro claro. A fotografia encontra-se enquadrada por filete castanho. No cartão secundário, por baixo da fotografia, à esquerda, o carimbo da casa fotográfica: "Neves Guimarães, Porto".
Registo de pagamentos de credores sobre a agência de Guimarães (por depósitos a prazo e à ordem), em duas sequências: a primeira, até fl. 27, refere-se ao pagamento das duas primeiras prestações de pagamento (40% e 4%), ordenada por números (de promissórias?); a segunda regista a última prestação de pagamentos a depositantes, a prazo e à ordem, (1,36%), por ordem alfabética. Livro originalmente destinado a depósitos a prazo, com 203 fólios (preenchido até fl. 53).
A fim de figurarem na Exposição dos Primitivos Portugueses, que decorreu no âmbito da Comemoração dos Centenários em 1940, foi solicitada a cedência dos seguintes quadros: - três pinturas sobre madeira representando "Santa Catarina", "Santa Apolónia", "Um Santo Bispo" e uma tela representando "São Bartolomeu", existentes na Capela de Santa Luzia, em Guimarães; - uma pintura sobre madeira representando "O Calvário", de António Vaz, existente na Igreja do Carmo, em Guimarães. Os autos de entrega das obras foram lavrados a 16 de Novembro de 1940 e a devolução teve lugar a 6 de Julho de 1944 a título de depósito, no Museu Regional de Alberto Sampaio. Os painéis quinhentistas da Capela de Santa Luzia foram depositados no Museu Regional de Alberto Sampaio, devido à referida Capela se encontrar em mau estado de conservação, devendo ali permanecer até que o referido templo fosse beneficiado com obras. A 1 de Abril de 1947, encontravam-se expostos no Museu Regional de Alberto Sampaio, em Guimarães, tanto os acima citados painéis, como "O Calvário", de António Vaz, dotado de uma nova moldura de tipo gótico oferecida pelo benemérito comendador Alberto Pimenta Machado, daquela cidade.
Carta Precatória de diligência do Desembargador do reino Dr. Miguel de Oliveira Guimarães e Castro, ao Juiz de Fora da Vila de Borba.
Carta Precatória de diligência do Desembargador do reino Dr. Miguel de Oliveira Guimarães, para o Juiz de Fora da Vila de Borba, executar o que nela se declara.
Carta Precatória do Desembargador do reino Dr. Miguel de Oliveira Guimarães e Castro ao Juiz de Fora da Vila de Borba sobre a aposentadoria de oficiais.
, para a construção de um mercado nas Caldas das Taipas, e aplicar nas obras de aformoseamento do largo de São Paio, Camara Municipal de Guimarães
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 228
Original: Bilhete-postal ilustrado. Coleção: 359
Contém dois exemplares do periódico "O Povo de Guimarães", uma autorização de pagamento (impresso de passagem de cheque), ofícios, uma informação e despacho.
Lisboa, A.G.A., 1963. Dedicatória: «Ao Branquinho da Fonseca, grande Mestre da ficção portuguesa do séc. XX, superior exemplo de amor e dedicação ao povo (cf. pags. 36/37). Artista de alma lavada, com a comovida admiração e a futura amizade de Carmo Vaz». Nas p. 34-38 descreve-se a actividade de Branquinho da Fonseca no Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães, nomeadamente ao nível das bibliotecas itinerantes.
Memória descritiva de Janeiro de 1943. Planta topográfica com escala de 1:1000, feita pelo engenheiro António Guimarães. Planta de interiores com escala de 1:50, feita pelo engenheiro António Guimarães. Planta de alçados com escala de 1:50, feita pelo engenheiro António Guimarães. Planta de alçados com 1:50, feita pelo engenheiro António Guimarães. Auto de vistoria de 25 de Novembro de 1943. Memória descritiva de Janeiro de 1943. Planta topográfica com escala de 1:1000, feita pelo engenheiro António Guimarães. Planta dos interiores com escala de 1:50, feita pelo arquitecto Fernando Peres. Planta dos alçados com escala de 1:50, feita pelo arquitecto Fernando Peres. Planta dos alçados e cortes com escala de 1:50, feita pelo arquitecto Fernando Peres. Requerimento a pedir vistoria e licença de habitação, 17 de Novembro de 1943 com licença de habitação nº 8/1944. Auto de vistoria de 25 de Novembro de 1943.
Contém documentação relativa à candidatura da Escola Primária de Paço ao Programa de Preservação e Salvaguarda do Património Escolar Português. Entre os documentos encontram-se: memória descritiva, proposta de ampliação, planta de localização e estimativa de custos da obra (518.156.01€). Câmara Municipal de Guimarães.[Peças desenhadas do projecto de preservação e salvaguarda da Escola Primária de Poças.) Escala: 1:100, 1:200. 2000, 2001. 10 desenhos. 58x29,9 cm, 76,2x44,6 cm, 57,8x29,6 cm. Inclui ainda 10 fotografias impressas, a cor, 3 do interior e do 7 exterior.
Inventariado: José António de Araújo Guimarães, viúvo de Ana Soares e casado em segundas núpcias com a inventariante, morador que foi no lugar de Enxerto, freguesia de Rio Frio, Arcos de Valdevez, falecido em 6 de maio de 1873, com testamento; Inventariante: Balbina Rosa de Jesus, viúva, moradora no lugar de Enxerto, freguesia de Rio Frio, Arcos de Valdevez. Filhos do 1º matrimónio: Maria Soares, casada com Pedro Soares; João José de Araújo, solteiro, maior; António José de Araújo, solteiro, maior; Manuel Luís de Araújo, solteiro, maior; Rosa Soares de Araújo, solteira, maior; Custódia Soares, casada com José Barreiros. Filhos do 2º matrimónio: Aurora, de 6 anos; José, de 3 anos.
Inventariada: Júlia Rosa Cerqueira ou Júlia Rosa Cerqueira de Araújo Guimarães, viúva de Manuel Antunes de Oliveira e casada em segundas núpcias com o inventariante, moradora que foi em Igreja, freguesia de Gondufe, Ponte de Lima, falecida em 1 de dezembro de 1910, sem testamento; Inventariante: João António de Azevedo, o viúvo, morador em Igreja, freguesia de Gondufe, Ponte de Lima. Filhos do 1º matrimónio: Maria Augusta, solteira, de 18 anos; Ana, solteira, de 16 anos; António, de 12 anos. Não houve filhos do 2º matrimónio.
Natural da freguesia do Sacramento, Lisboa, filho de Francisco de Castro Alvelos Guimarães, natural da freguesia de Santa Catarina, Lisboa, e de sua mulher D. Joana Teresa Xavier de Castro, natural da freguesia das Mercês, Lisboa; neto paterno de José Maria Castro, natural de Génova, e de sua mulher D. Josefa Micaela de Castro, natural da freguesia de Santos-o-Velho, Lisboa; neto materno de Manuel Fernandes, natural de Vila Cova à Coelheira, e de sua mulher Maria do Pilar, natural da freguesia dos Anjos, Lisboa.
Natural de São Miguel de Creixomil, termo de Guimarães, e morador na cidade do Rio de Janeiro, familiar do Santo Ofício, homem de negócio, filho de Marcos Francisco, natural de São Miguel de Varziela, concelho de Felgueiras, e de sua mulher Mónica Pereira, natural de Creixomil; neto paterno de António Francisco, natural da freguesia de Santa Marinha da Pedreira, lugar de Serges, e de sua mulher Domingas da Costa, natural de Varziela; neto materno de Matias Pereira, natural de Tuías, e de sua mulher Ana Fernandes, natural de Creixomil.
Natural de São João da Ponte, termo de Guimarães, familiar do Santo Ofício, filho de Duarte Rodrigues, natural de Santa Eufémia de Prazins, e de sua mulher Domingas Machado, natural de São João da Ponte; neto paterno de António Francisco, natural do lugar do Carvalhal, freguesia de Santa Eufémia de Prazins, e de sua mulher Maria Duarte, natural do lugar da Ponte; neto materno de António Machado, natural de São Martinho de Sande, e de sua mulher Isabel de Oliveira, natural do lugar do Outeiro de Cima, freguesia do Couto de Cervães, termo do Prado.
Licenciatura em Engenharia de Minas e Geoambiente
Todos naturais da Baía e a viver em Lisboa. A acção prende-se com a herança de seu primo o capitão Manuel da Silva Cunha, falecido na Baía, com testamento. No fólio de rosto tem a infomação: "pagou busca o senhor Guimarães em 26 de Março de 1866". Escrivão: Bento Gualdino da Silva Valadares.
Balanço da agência de Guimarães à data de início da liquidação. Consiste num balanço geral da agência, primeiro sintético, a seguir analítico, por contas internas. O maço tem o título manuscrito (a lápis): "regularização que convém efectuar nas seguintes contas (etc.)".
Refere: - uma caixa com trompas que o funcioário do consulado mandou abrir para verificar se estava tudo como a declaração de embarque. No verso "ao sr. António José de Oliveira Guimarães que Deus guarde muitos anos morador em o Rio de Janeiro".
Balancetes mensais. Resumo do activo e passivo. Ordem cronológica. Relatório anual.
Largo do Toural. No século XVII era um largo extramuros junto à principal porta da vila, onde se realizavam as feiras. Em 1791 a Câmara aforou o terreno junto à muralha e na segunda metade do século é construído o Jardim Público, rodeado por um gradeamento de ferro, que abre em 1878.
Morada: Rua dos Retroseiros, freguesia de São Nicolau, Lisboa. Cônjuge: Ana Maria da Conceição, residente à altura do inventário na Travessa da Conceição, Lisboa. Falecida em: 9 de agosto de 1794. Testamenteiros: Ana Maria da Conceição e Manuel Alves. Herdeiros: João da Silva Guimarães, Maria Vitória da Silva Chaves, casada com o Dr. António Jorge Chaves, e Francisco José da Assunção Guimarães,. Bens: - Móveis: Cadeiras de nogueira, cama de madeira de vinhático, carteiras de pinho, banca de pé de galo, cadeiras e cama de madeira de caixa, guarda cama em madeira vinhático com caixilhos à chinesa, banca de trabalho em madeira de caixa, espelho, barra de bancos de pinho, cama de armação de madeira vinhático, catre de pau-santo, caixas cobertas de couro, gamela de madeira do Brasil; - Cobre: marmitas, caçarola, frigideira, bule, chocolateira, colher, escumadeira, cozinheira e bandejas; - Arame: Tachos e candeeiros; - Loiça: Chávenas, pires, tigelas bacia e jarro de louça inglesa, bule, açucareiro e tigela leiteira de louça preta, açucareiros de pó de pedra, canecas em louça da Índia, terrinas com suas tampas e pratos travessas e de sopa em louça inglesa; - Vidro: Galheteiros, copos, garrafas de vidro branco e preto; - Roupa: Lençóis de cabalim, de linho, de brim, de algodão e de estopa, fronhas de vários tecidos, toalhas de mesa de estopa e linho, toalhas de mesa com guardanapos, toalhas de mãos em linho e estopa, cobertas de chita, cobertas "aletriadas", cobertores de papa e racha, colchões, enxergões e sacos de várias qualidades e fazendas; - Vestuário: camisas de linho, lenços para o pescoço, ceroulas, coletes, meias, cintos de cor, casacas, pantalonas, "Josezinhos" de baetão, chapéu e botas; - Peças de ouro e prata: Castiçais de prata, pratinho com guarnições em prata, salvas de prata guarnecidas com figurinhas e pérolas, bule de prata, chaleira de prata, açucareiro de prata, tigela de prata, colheres e garfo de prata de guardanapo, colher grandes de prata, colherinhas de chá em prata, cordões de ouro, cadeia para relógio em ouro, brincos em ouro, cruz em ouro, anel em ouro guarnecido com diamantes, brincos em ouro guarnecidos com diamantes; - Relógios: Parede, bufete e algibeira; - Fazendas da loja de confeiteiro: balcão e 4 armários de madeira de caixão, portas com vidraças, uma banca de madeira de caixão, balanças de confeiteiro em cobre, vaso de ferro grade de pedra, tabuleiros de pedra e ferro, pás de ferro, um moinho de café, tabuleiros, bacia, tigelas e latas de folha, bacias, tachos, escumadeira, colheres e fogareiro de cobre, bacias de ferro, candeeiro de latão, 4 barris de vários tamanhos com arcos de ferro para curtimento de doces, pé para por uma baeta de madeira de pinho, um canteiro para por os barris, pão de ló, confeitos de erva doce, bolachas, palitos, costinhas, bolachinhas, aboboras para coberta, tigelas de doce do Brasil, chocolate, rebuçados, “manus christes”, bolas leves, broinhas de amêndoa, pão de ló torrado, torrão de amêndoa, bolos de amor, cavacas, esses de amor, especiones, pão de ló coberto, castanhinhas de erva doce, bolas de amêndoa, escuma, geleia, marquinhas, açúcar de pedra, ameixas de Guimarães, açúcar areado, , açúcar branco, marmelada, abobora com calda, cidrão com calda, mel, chá, chá pérola, rapé, café; - Bens de raiz; dívidas ativas. Apensos: 25. Contém o testamento de Francisco José da Silva Guimarães. Neste refere Sebastião da Silva, homem preto, escravo comprado no Brasil e que o servido bem na saúde na enfermidade há muitos anos. O processo correu pelo Juízo dos Órfãos, Repartição de Alfama, escrivão António Caetano Botelho de Gouveia.