Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for guimar%C3%A3es and 117 records were found.

Peça em três actos da autoria de Alexandre Bisson, tradução de Guimar Torresão para ser representada em Leiria. Tipologia e suporte: Documento dactilografado
Relação das crianças recebidas e objetos/bilhetes, identificadores, também designados por sinais: - Mélia (bilhete); - Maria (bilhete); Faleceu: Quitéria n.º 679; Guimar n.º 697;
Em anexo à informação DPCU/SIN/284/84, contém parecer sobre anomalias construtivas em edifícios de habitação, elaborado pelo Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC) datado de 29/12/1982
Pai: João Manuel Branco; Mãe: Rosa de Jesus; Avô paterno: João Manuel Branco; Avó paterna: Guimar Maria de Jesus; Avô materno: Luiz dos Santos Vidal; Avó materna: Maria de Jesus
Processo de casamento de Manuel Jacinto e Maria Pereira, viúvos Pai do nubente: Jacinto Guimar Mãe do nubente: Teodora Maria Pai da nubente: Eugénio Maria Mãe da nubente: Mariana Retiro
Freguesia de Alter do Chão, Concelho de Alter do Chão, Distrito de Portalegre Herdade do Couto de S. Romão, Tapada dos Foros Ribeiro do Guimar, Ribeiro do Vale do Álamo Alto dos Mortos S. Romão
Autor(a)(es): Sociedade de Construções Guimar Limitada, Mário Pereira Mendes Tarrafa; Ré(u)(s): Fernando Baptista Marques, Empresa Auto Viação do Tâmega, Limitada, Companhia de Seguros Garantia Funchalense, E.P.
Inventariado: José Manuel , morador em Arrifana. Inventariante: Ana Guimar. Apenso aos inventários por óbito de Ana Guiomar ou Ana Marques Guiomar, Joaquim Gil e de Marcelina Teresa de Jesus.
Autor: Simão Nunes Guimar, de Carapito de São Salvador; Réu: Joze Gonçalves, Bernardo da Costa e sua mulher Anna Joaquina, de Carapito de São Salvador. Tem apenso: Auto de emancipação e pagamento dos bens.
Refere D. Guimar de Sá e Sebastião de Macedo. Contém uma procuração feita por D. João Vasconcelos de Meneses a 22 de Junho de 1584, feita em Lisboa a São José, nas casas do dito D. João a Rui Mendes de Abreu para outorgar o dote de D. Afonso de Vasconcelos de Meneses seu filho. Este casa com D. Sebastiana de Sá filha de D. Sebastião de Macedo e de D. Guimar de Sá.
Enquadrado no conjunto de desenhos do posto de transformação e seccionamento n.º 1. Representa equipamento, plantas e cortes C1, C2, C3. Esquema unifilar. Ligação entre sistema eléctrico e aparelhos. Inclui legenda sobre equipamento. Serviço: D.U.J. Desenho n.º 1011, folha n.º 4. Escala 1:50
Actas de reuniões do Conselho de Turma de Avaliação dos alunos do 10.º, 11.º e 12.º ano (1.º, 2.º e 3.º período). Inclui actas de reuniões do Conselho de Turma de Extraordinárias para alunos do 11.º, turma C3, e do 10.º, turma C1.
Contém 1 processo de financiamento, no âmbito do Programa Mobilizador de Ciência e Tecnologia, ao seguinte projecto: Projecto "Turnover da Ribulose Bisfosfato Carboxilase em Plantas C3 e C4 em Condições de Stress" (PMCT/C/BIO/886/90), proposto pelo Instituto Nacional de Investigação Científica e executado pelo Centro de Botânica Aplicada à Agricultura. Investigador responsável: Ricardo Boavida Ferreira.
Contém 1 processo de financiamento, no âmbito do Programa Base de Investigação Científica e Tecnológica, ao seguinte projecto: Projecto "Mutagénese Dirigida de Citocromos Multihémicos. Citocromos c3 de Bactérias Redutoras de Sulfato" (PBIC/C/BIA/2164/95), proposto e executado pelo Instituto de Tecnologia Química e Biológica. Investigador responsável: Lígia Raquel Mendonça Faria Marques Saraiva Teixeira.
Contém 1 processo de financiamento, no âmbito do Programa PRAXIS XXI - Projectos de Investigação Científica e Desenvolvimento Tecnológico - Ciências Naturais, ao seguinte projecto: Projecto "Fundamento estrutural da interacção de transferência entre hidrogenase e citocromo c3 de D.desulfuricans ATCC 27774" (PRAXIS/PCNA/C/BIO/47/96), proposto e executado pelo Instituto de Tecnologia Química e Biológica da Universidade Nova de Lisboa. Investigador responsável: Pedro Manuel Henriques Marques Matias.
Carta de venda de Jorge Vieira e de sua mulher Maria Dias a Pedro Mendes e a sua mulher Guimar Mourata, de metade de uma vinha, no sitio de Chancrão, termo de Portalegre, pelo preço de 10.000 réis. Treslado do original com a mesma data.
Carta de venda de Pedro Mendes e de sua mulher Guimar Mourato a Manuel Lopes Tavares e a sua mulher Maria Tavares de uma vinha no sitio de Chancrão, termo de Portalegre, pelo preço de 60.000 réis. Treslado do original datado de 26 de outubro de 1657.
Outras formas do nome: Guimar Maria da Silva Estatuto social: cristã-nova Idade: 17 anos Crime/Acusação: judaísmo Naturalidade: Lisboa Morada: Lisboa Pai: Pedro da Silva Correia, mercador Mãe: Isabel Nunes Estado civil: solteira Data da prisão: 18/12/1704 Sentença: auto-da-fé de 12/09/1706. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo, penitências espirituais.
Proveniência: Bispado do Algarve Assunto: Requisitórias para se proceder a diligências "de genere" por parte do pai e avós paternos do justificante. Para se ordenar de ordens menores. Naturalidade do justificante: Castro Marim Filiação: Manuel de Abreu Madeira e Sebastiana Lopes Naturalidade do pai: Castro Verde Naturalidade da mãe: Castro Marim Avós paternos: Manuel de Abreu e Apolónia Madeira Naturalidade do avô paterno: Fronteira Naturalidade da avó paterna: Castro Verde Avós maternos: Simão Lopes da Costa e Guimar Gomes Naturais: Castro Marim
Porto de Mós e Alcoentre. Cônjuge: Aureliano de Torres. Filiação: Lourenço Velho do Souto e Guimar Paulina de Faria, falecidos. Avós paternos: Lourenço Velho do Souto e Isabel Teixeira de Mendonça, falecidos. Primos: Antónia Rebela e Miguel Correia Botelho, filhos de Manuel Carvalho Botelho e Adriana Rebela. Isabel Teixeira e Mendonça e Manuel Carvalho Botelho eram irmãos. A ação prende-se com a herança do tio e primo João do Souto e Mendonça, filho de Lourenço Velho do Souto e Isabel Teixeira e Mendonça, falecido em Sabará, Brasil. O processo correu pelo cartório do escrivão Joaquim Manuel da Silva, casa sétima, e Francisco da Silva Braga.
(1753-06-19 a 1754-06-15) Cargos, funções, actividades: homem de negócios e Alferes da Ordenança na cidade de Elvas Naturalidade: cidade de Elvas Pai: João de Sequeira Coelho Mãe: "Guimar" Maria Madeira Cônjuge: Dona Águeda Jacinta da Costa Outras formas do nome: Águeda Jacinta da Costa de Avelar Beguina Naturalidade: cidade de Elvas Pai: Jacinto Madeira Mãe: Josefa da Costa de Avelar Beguina (1756-04-30 a 1756-09-07) Futuro cônjuge: Dona Maria Isabel Barreto Franco Naturalidade:"lugar de Gradil, freguesia de São Silvestre, termo da Vila de Torres Vedras" Pai: Manuel Pereira Barreto, Desembargador Mãe: Antónia Luísa Maria Franco
Estatuto social: 1/2 ou 1/4 cristã-nova Idade: 58 anos Crime/Acusação: judaísmo Naturalidade: Santa Comba Dão, Coimbra Morada: Azinhaga Pai: Gomes Francisco Mãe: Guimar Francisca Estado civil: casada Cônjuge: António Cordeiro Data da prisão: 03/03/1629 Sentença: auto-da-fé de 23/03/1632. Confisco de bens, abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuo, instrução na fé católica, penitências espirituais. Por despacho de 07/04/1632, foi-lhe dada por cárcere a cidade de Leiria, donde não poderia ausentar-se sem licença da Mesa e impostas penitências espirituais.
Inventariado(a): Joana Bárbara Morada: Herdade da Ilha, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 09-10-1867 Inventariante e cabeça de casal: João Gonçalves, viúvo da inventariada Morada: Herdade da Ilha, freguesia de São Bento do Ameixial Filhos: Rosário, de 16 anos Joaquim Pedro, de 10 anos Florêncio, de 7 anos Contém, entre outros documentos, o inventário de descrição e avaliação dos bens da inventariada, mapa de partilha dos mesmos, os autos de emancipação a favor de Joaquim Pedro e de Florêncio José (constam as certidão do batismo). Apensos: 1 a 3- Autos cíveis para pagamento de dívidas do casal inventariado a Joaquim eles de Melo, Maria Vicência ristão, Guimar Maria (1867); 4- Autos cíveis de justificação de dívida a favor de João de Deus, morador no Monte Branco (1867); 5- Certidão do registo de inscrição predial de umas propriedades pertencentes ao casal do inventariado.
Contém 13 processos de apoio, no âmbito do FACC, às seguintes entidades: Tipo 1: Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa - Symposivm Classicvm I Bracarense "A Mitologia Clássica e a sua Recepção na Literatura Portuguesa"; Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos - Jornadas "A Investigação no Ensino Superior Politécnico"; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa - Ciclo de Conferências "A Inserção Social das Drogas"; Tipo 5: "III Metaheuristics International Conference" - "Entropy-driven annealing" - António José B. Anjo - Departamento de Matemática e Aplicações da Universidade de Aveiro; "World Conference on Educational Multimedia, Hypermedia & Telecommunications" - "Adaptive Navigation on the World Wide Web" - José Ribeiro Lamas - Universidade Fernando Pessoa; "6th ASIA - Pacific Finance Association Conference" "Exchange rate market tensions in a small open economy during the transition to EMU: can Asian countries learn from Portuguese experience in 1992-1995?" - Margarida Abreu - Instituto de Economia e Gestão; "9th International Conference on Biological Inorganic Chemistry" - "Electron-proton cooperativity in tetraheme cytochrome c3 from Desulfovibrio desulfuricans ATCC 27774" - Ricardo Louro - Instituto de Tecnologia Química e Biológica; "Fourth International Workshop on Enterprise Security" - "Verifying workflow processes against organization security policies" - Carlos Ribeiro - Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores; Tipo 6: Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto - Estadia do cientista Marcelo S. Lubaszewski; Departamento de Biologia da Universidade do Minho - Estadia dos cientistas Edoardo Raposio, Paolo Caregnato e José E. O'Connor; FORBITEC - Associação para a Formação e Desenvolvimento da Biotecnologia - Estadia do cientista Nelson Durán; Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto - Estadia do cientista Andrée Sursock.
Estatuto social: cristão-velho Idade: 30 anos Crime/Acusação: bigamia, aliciar testemunhas ao perjúrio Cargos, funções, actividades: carreiro Naturalidade: Lagos Morada: Olinda Pai: Leonardo Martins, marchante Mãe: Catarina Martins Estado civil: casado Cônjuge: Guimar Dias Data da prisão: 22/06/1595 Sentença: auto-da-fé de 10/09/1595. Ir ao auto-da-fé com vela acesa na mão, penitências espirituais, pagamento de custas. Contém em apenso " traslado de uns autos que passaram no Juízo Eclesiástico do Ordinário em que é parte Matias Dias que neles deu por testemunhas a Vicente Pires e Francisco Landeira". O réu casou segunda vez com Inês Fernandes. No decurso do processo de Matias Dias, tendo sido chamado à Mesa como testemunha do réu, Vicente Pires, e por suspeita de falso testemunho, foi julgado e condenado pelo crime de perjúrio. Dados de Vicente Pires: Estatuto social: cristão-velho Idade: 28 anos Crime/Acusação: perjúrio Cargos, funções, actividades: marinheiro Naturalidade: Lagos Morada: freguesia da Matriz, Olinda Pai: Jorge Pires Mãe: Maria Anes Estado civil: solteiro Sentença: auto-da-fé de [10]/09/1595. Ir ao auto-da-fé com vela acesa na mão, penitências espirituais, pagamento de custas. O processo decorreu na casa da morada de Heitor Furtado de Mendonça, visitador do Santo Ofício da vila de Olinda, da capitania de Pernambuco.
Treslado de carta precatória para penhora vinda da Comarca de Aldeia Galega do Ribatejo, extraída da execução em que são partes José Jorge Amaro e José Guimare de Matos. 4º ofício.
O Convento pertencia à Ordem das Agostinhas Descalças, era também conhecido por Convento do Grilo, e estava situado na freguesia de São Bartolomeu de Xabregas, concelho dos Olivais. Foi extinto em 22 de Abril de 1885, por morte da última religiosa professa. Foi mandado edificar pela rainha D. Luísa Francisca Maria de Gusmão, mulher de D. João IV, dotando-o com propriedades compradas ao marquês de Sande, no local onde estava situado, e com dinheiro proveniente do seu dote, herança, rendimentos que lhe pertenciam da Casa de Bragança, e do produto de suas arras. A Fazenda Nacional tomou posse do Convento de Nossa Senhora da Conceição, no sítio do Grilo, em Xabregas, e mais bens, em 20 de Maio de 1885. Contém inventários de descrição e avaliação de bens imóveis (rústicos e urbanos) e dos bens móveis, edifício do Convento, cerca, igreja, anexos, alfaias, objectos de culto e profanos, quadros, foros, prazos, mapas de bens e rendimentos, dívidas activas e passivas, despesa, pessoal do Convento - assinados pelo desembargador prior Silvério Antão Barata Salgueiro, e pela prioresa soror Ana de Santo Agostinho, em 8 de Abril de 1859. Integra o inventário dos bens imóveis do Convento, no concelho dos Olivais, elaborado por Francisco João Brady, escrivão da Fazenda, na presença do Dr. Silvério Antão Barata Salgueiro, desembargador da Cúria Patriarcal, prior colado da freguesia de São Nicoláu de Lisboa e comissário do inventário, foram recebidos pela prioresa soror Ana de Santo Agostinho, em 15 de Fevereiro de 1859. Contempla o inventário dos bens do suprimido Convento, freguesia do Beato, concelho dos Olivais, elaborado em 20 de Maio de 1885. Estiveram presentes o administrador do concelho Dr. António Augusto Vilaça, José Bernardo dos Anjos, escrivão da Fazenda, Henrique Francisco Bizarro, padre Teotónio José de Figueiredo Castro, capelão confessor do Recolhimento dos Olivais (nomeado pelo cardeal partiarca) e as testemunhas Miguel Vitorino Freire, empregado na casa da firma Bravo & Filhos, e Carlos Agnello Formant de Abreu, proprietário. Contém a avaliação de propriedades de casas no bairro do Rossio em Lisboa, bem como o processo instaurado para avaliação de um foro no concelho de Arruda, pelo administrador substituto, Jerónimo de Lima Paes de Sande e Castro, e pelo escrivão da Fazenda José Carlos Palyart de Clamouse (1864), entre outros. Reúne documentos do comerciante inglês Francisco Roughton e sua mulher Helena Roughton, e de António Maria Bravo, da Associação de Santa Maria Madalena, para o estabelecimento de um colégio ou casa de abrigo para penitentes (1884), e sobre a profanação da igreja do extinto Convento, em virtude de nela se achar o caixão da rainha D. Luísa Francisca de Gusmão (1888). Compreende o auto de arrematação de móveis e outros objectos, o termo de entrega dos sinos do extinto Convento pelo administrador do concelho de Loures (do concelho dos Olivais) José Madeira Abranches, à Paróquia da freguesia de Alpiarça (1889), Decreto da concessão da teia da Igreja ao Cabido da Sé de Lisboa, de objectos à junta de Paróquia da freguesia de São João Baptista, da Vila de Alhandra (conforme pedido do cardeal patriarca), entre outros. O cartório continha livros dos estatutos da Ordem das Agostinhas Descalças, entradas e óbitos das religiosas, "Acções últimas do padre frei Manuel da Conceição, fundador da Congregação das Descalças de Portugal", cópias do testamento da rainha fundadora do Convento, as chaves do túmulo da rainha, escritura da fundação do Convento, da compra da quinta do Grilo - que foi de D. Guimar da Silveira - com todas as suas pertenças, da compra de dois padrões a Inácio de Sousa Pavia Sardinha Cogominho e Vasconcelos, Questão entre as religiosas e o marquês de Arronches, documentos sobre a entrada no Convento da religiosa Maria José do Coração de Jesus cujo nome civil era D. Margarida de Sousa Coutinho e Meneses, filha do conde do Redondo, entre outros. Alguns livros foram vendidos em hasta pública. Por decisão de D. Gaudêncio, arcebispo de Mitylene, foram enviados outros livros, e objectos, ao prelado (1887). Em 1886, foram remetidos objectos à Academia de Belas Artes para o Museu Nacional. A documentação menciona bens nos concelhos dos Olivais, Lisboa, Loures, Santarém, Arruda, Torres Vedras, Almeirim.