Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for fotografia and 31,226 records were found.

Vista parcial do Faial.
Vista parcial do Funchal.
Esquadra marítima.
Esquadra marítima.
Via pública com suas casas e igreja.
Paisagem e comboio.
Figura feminina envergando traje típico madeirense.
Retrato de figura masculina.
Figura masculina, (meio corpo).
Retrato de figura masculina.
Convento das Grilas, interior da ala oeste.
Convento das Grilas, fachada oeste.
Convento das Grilas, demolição da ala leste.
Convento das Grilas, demolição da ala leste vista do 2º andar.
Convento das Grilas, Corpo central - Sul.
Convento das Grilas, parte da fachada norte, compreendendo a capela.
Convento das Grilas, fachada sul vista de leste.
Convento das Grilas, demolição da ala oeste.
Alameda com casas e pessoas passeando.
Nascente de água.
Restaurantes “Belo Monte” e “Bela Campina” mostrando igualmente carros típicos da ilha da Madeira.
Convento das Grilas, fachada norte vista da linha férrea.
Convento das Grilas, fachada leste.
Convento das Grilas, arco entre a fachada norte e a cerca.
Convento das Grilas, fachada norte.
Convento das Grilas, portas da capela, este.
Convento das Grilas, brasão de armas na escada principal.
Convento das Grilas, fachada sul, ala leste.
Aspecto interior de uma fábrica têxtil.
Convento das Grilas, tecto de uma das salas do 1º andar.
Convento das Grilas, tecto da enfermaria.
Convento das Grilas, fachada sul, vista de oeste.
Conjunto de crianças por ocasião da sua comunhão.
Retrato de Jerónimo por ocasião da sua 1ª comunhão (corpo inteiro).
Retrato de uma menina em cima de uma cadeira (corpo inteiro).
Fotografias de grupo, grupo folclórico e de edifício.
Fotografia de corpo inteiro de Carlos Moura Pulido. Apresenta-se em pé, com as mãos atrás das costas. No canto inferior esquerdo, encontramos marca de fotógrafo onde pode ler-se: “Portugalia – Rua Pascoal de Melo 105 a 109 Lisboa”. No verso encontramos inscrita a seguinte informação: “Carlos Moura Pulido em 15 de Maio de 1928”. Encontramos, também no verso, no canto superior direito, carimbo com a mesma informação descrita anteriormente referente ao fotógrafo, à qual acresce “Cliché n.º 4528”.
Fotografia (prova a preto e branco) de samovar. O cartão secundário foi cortado, mas ainda é visível o carimbo da casa fotográfica, gravado por baixo da fotografia, à direita: "Emilio Biel & C. º, Porto".
Cartaz Promocional do Concurso de Fotografia "Constância: A Vila, A Vida e a Festa" que se realizou em 1995.
Fotografia de uma embalagem de Exclavil, com cinco emplastros para calos, verrugas e calosidades, especialidade farmacêutica pela JL, na Alemanha.
Fotografia de Autoclave pertencente aos Laboratórios da Farmácia Feliz de Mangualde. Foi utilizado nos laboratórios da Farmácia Feliz desde 1937.
Fotografia de um Alambique em cobre que serviria para fornecer água destilada para o fabrico de fórmulas.
Fotografia de Autoclave pertencente aos Laboratórios da Farmácia Feliz de Mangualde. Utilizado nos laboratórios da Farmácia Feliz desde 1937.
Fotografia de Canecas Graduadas meia porcelana. A que indica 500 gramas é a mais antiga - Séc XIX.
Fotografia de aparelho para fabrico de comprimidos existente nos Serviços Farmacêuticos do Hospital de São João no Porto.
Fotografia de máquina para enchimento de ampolas existente nos Serviços Farmacêuticos do Hospital de São João no Porto
Fotografia de um Filtro de Placas existente nos Serviços Farmacêuticos do Hospital de São João no Porto.
A fotografia foi tirada pela Pide, durante o processo da sua detenção em 28 de novembro de 1973.
Fotografia (prova a preto e branco) de grupo composto por 6 homens, 3 dos quais clérigos, não identificados, em sala ricamente decorada. No verso da fotografia, encontra-se o carimbo do fotógrafo "A.Salgado/ reporter fotográfico/ "Novidades"/ Lisboa", e carimbo com a data da fotografia: "26 FEV. 1943".
2 Comunicados de imprensa da Secção de Fotografia relativos à realização do I Curso de Fotografia; 2 Regulamentos do I Curso de Fotografia.
Fotografia de grupo do casamento de Catarina Augusta Boga Pires e José Francisco Tasquinhas Mata na escadaria junto à igreja de S. Francisco em Vidigueira no ano de 1966. Ao lado da noiva podemos ver os respectivos padrinhos, nomeadamente, António José Boga Junça e Maria Vitória Junça, seguindo-se António José Ramalho (“Vieira”). Ao lado deste último encontramos os jovens Paulo Boga e António José Simão e, ainda à sua frente, o jovem José Francisco Tasquinhas, seguido de Manuel Maria Junça, Carlos Alberto Pires Ramalho, João José Pires Bacalhau, Maria do Carmo Doutor, José Manuel “Periquito” e Maria Fernanda “Passinhas”. Ao lado do noivo vemos a madrinha Maria do Rosário Quaresma e o padrinho Arménio Quaresma, seguindo-se Antónia Doutor e Mariana Boga Pires. Na fila atrás dos noivos, da esquerda para a direita, pode ver-se “Machadinho” (de bigode), Francisco José Faísco Monte, José Boga, Joaquim Manuel Boga Pires, José Francisco Doutor, Jerónimo Palhete, Maria Joana Boga (usando chapéu, atrás da noiva), Conceição Ramalho (“Papa-toucinho”), Francisca “da Roca”, Luísa Franganito, Maria Francisca “da Borlinhas”, Leonor “Borlinhas”, Damiana Doutor com Manuela Doutor ao colo e Maria Helena Doutor. Mais atrás, também da esquerda para a direita, encontramos Manuel Tasquinhas, António Sabina (Boga), Jorge Daniel, Joaquim Assunção (Cabo Assunção), António Luís Pelúcia Cangarato, Júlio Tanganho, José Ramalhinho, José Doutor, Manuel Franganito com Manuel Domingos ao colo, José Domingos Garrido, José Baião Carapeto (“Patomudo”) e José Manuel Velhote. No verso encontramos um carimbo referente ao fotógrafo ou casa de fotografia onde se lê: “Foto Évora – Tudo para fotografia e cinema – Rua Nova, 15 – Tel. 22998 Évora”.
Contém uma fotografia de Luísa Saraiva e fotografias de alunas que lhe foram enviadas.
Fotografia de proprietários e amigos da Farmácia Feliz.
Fotografia de pote para armazenamento de Bálsamo d'Arceu.
Fotografia do armário antigo existente no escritório da Farmácia Senos.
Fotografia do exterior do Hospital de São João do Porto.
Fotografia de uma seringa antiga, totalmente em metal
Fotografia tirada na pensão Caroço em Santo Tirso.
A fotografia retrata Maria Luísa junto às árvores.
A fotografia mostra um dos corredores do Palácio.
A fotografia retrata Maria Luísa junto às árvores.
A fotografia retrata uma mulher junto às árvores.
A fotografia mostra um lago dos jardins do Palácio.
A fotografia mostra uma panorâmica de Sintra tirada da serra.
Fotografia de um pote para o armazenamento de creme.
A fotografia mostra uma vista do Palácio da Pena.
A fotografia mostra uma panorâmica de Sintra tirada da serra.
A fotografia mostra uma panorâmica de Sintra tirada da serra.
Fotografia (prova a preto e branco) de escudo comemorativo, alusivo à Restauração de 1640. O escudo, fendido, com divisão em dois campos com representação da águia em cada um, marcado com uma fímbria na qual se inscrevem duas cruzes de Avis; por baixo, a inscrição "Restauração/ 1640". O escudo é ladeado por volutas e termina com timbre composto por coroa. Poderá tratar-se de uma evocação das duas dinastias anteriores à Dinastia de Bragança, que se inicia com D. João IV, nomeadamente a Dinastia Filipina (Casa de Habsburgo, que reinou em Portugal entre 1580 e 1640), e a Dinastia de Avis (Casa de Avis, que reinou desde 1385 até 1580), ou de uma peça alusiva à Mocidade Portuguesa, dado o uso da Cruz de Avis, afirmando o seu papel enquanto guardiã dos valores da Pátria, sobre as águias, simbolo da casa dos Habsburgos, logo dos Filipes, comemorando a independência portuguesa em relação a Espanha, ocorrida em 1640.
Convite Promocional da Inauguração do Festival Internacional de Fotografia e Diaporamas de Constância que se realizou no dia 30 de Março.
Cartaz Promocional do Concurso de Fotografia Festas de Nossa Senhora da Boa Viagem/Festas do Concelho que se realizou no ano de 1993.
Fotografia de embalagem de Magnésia, da marca registada Santa Maria, concessionário para Portugal, ilhas e províncias ultramarinas de L. Lepori, Lda.
Fotografia de publicidade antiga ao Endrine, que outrora estava num vidro de um armário da farmácia. Agora existente em moldura no escritório da Farmácia Senos.
Fotografia de publicidade antiga ao Vick, que outrora estava num vidro de um armário da farmácia. Agora existente com moldura no escritório da Farmácia Senos.
Cartaz Promocional do Concurso de Fotografia "Constância: A Vila, A Vida e a Festa" que se realizou no dia 03 de Maio de 1996.
Fotografia de embalagem de empolas hipodérmicas esterilizadas produzidas no laboratório de esterilizações dos farmacêuticos António e Ilídio Almeida Feliz, da Farmácia Feliz de Mangualde.
Fotografia das Jornadas de Atualização em Imunologia, co-organizadas pelo Serviço de Imunologia da Faculdade de Farmácia de Lisboa e a Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos, em novembro de 1990. Fotografia tirada por: Manuel Ribeiro Fotografia/Slides. Na fotografia: Mesa da Sessão de Abertura das Jornadas, estando presentes (da esquerda para a direita): Maria Odette Santos Ferreira (presidente do Conselho Diretivo da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa), Maria Clara Carneiro (presidente da Secção Regional de Lisboa da Ordem dos Farmacêuticos), Carlos Fernando Costa da Silveira (bastonário da Ordem dos Farmacêuticos) e Manuela Catarino (responsável pelo Departamento de Imunologia da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa).
Fotografia (prova a preto e branco) de mesa de altar (em couro?), vista lateral esquerda, profusamente decorada, com representação de brasão.
Fotografia (prova a preto e branco) de vaso decorado com motivos egípcios em baixo relevo. A peça foi fotografada sobre um tampo de madeira (caixa?) e fundo claro.
Fotografia (prova a preto e branco) de paisagem, um rio, vendo-se no canto inferior esquerdo, parte de muralha de um castelo, ponto do qual o fotógrafo fotografou.
Fotografia (prova a preto e branco) de lampadário de vários lumes, dispostos em dois registos, fotografado suspenso em sala. No verso, surge carimbo "A. Lopes" (fotógrafo?).
Cartaz do concurso de fotografia intitulado " Minha Terra , Minha Gente" , promovido pela SHE, com um prémio no valor de 60.000$00 escudos
Fotografia (prova a preto e branco) de peça de ourivesaria, uma custódia, em estilo neomanuelino, da autoria do escultor cinzelador António Maria Ribeiro, que faz conjunto com cálice e patena. Segundo Teresa Trancoso, "Da base da custódia, decorada com pedras preciosas e marfins encrostados com figuras religiosas, nascem quatro colunas torsas, encimadas por uma outra. As extremidades dos braços da cruz rematam com medalhões em marfim esculpidos com as imagens sagradas do Coração de Jesus e Coração de maria, São José e Virgem maria. Simbolizando o pão e vinho eucarísticos, surgem espigas de trigo e cachos de uvas filigranados que envolvem pequenos anjos. A decoração do cálice e da patena é semelhante à da custódia, mas ausente de filigrana, dispondo a patena da inscrição em latim "Agnus Dei qui tollis peccatta mundi dona nobis patem", Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz." (Trancoso, 2009, p.104). Peça fotografada em cima de mesa coberta com tecido negro sobre fundo negro. No cartão secundário encontra-se escrito, ao nível superior, "António Maria Ribeiro, escultor cinzelador, Ourivesaria d'Arte", e, ao nível inferior, a legenda "«Custódia» em filigrana, marfins e pedras preciosas. Adquirida para a Igreja da Candelária do Rio de Janeiro. Altura 1 metro". Por baixo do canto inferior direito da fotografia, encontra-se o carimbo da casa fotográfica, no qual se lê "Phtª Guedes. Stª Catharina, 262 = Porto". No canto inferior esquerdo do cartão secundário, surge a inscrição "Lincoln - escreveu -". O conjunto de que faz parte esta custódia foi, provavelmente, uma encomenda feita pela Colónia Portuguesa do Rio de Janeiro à Casa Reis & Filhos, adquirido para ser oferecido à Igreja da Candelária daquela cidade. Figurou na Exposição Internacional do Rio de Janeiro, em 1922, comemorativa do 1º centenário da independência do Brasil. (Trancoso, 2009, p.104). A Casa Reis foi fundada em 1880, no Porto, por António Alves Reis, tornando-se mais tarde na Casa Reis & Filhos, depois de os seus 2 filhos, Serafim e Manuel Reis, enveredarem pelo mesmo ofício. Trabalhava sobretudo para Portugal e Espanha. Em 1893, a Casa Reis & Filhos recebeu o título de ourives honorário da Casa Real Portuguesa. Apostou muito no profissionalismo, preparando muito bem os seus artifices e colocando profissionais muito competentes na direcção. Participou na organização dos I e II Congressos de Ourivesaria Portuguesa, em 1925 e 1926, integrando respectivamente a Comissão de Honra e a Comissão Nacional. Ao nível do tipo de produção, especializou-se em peças revivalistas, neogóticas e, sobretudo, neomanuelinas, religiosas e civis, com maior destaque para as de carácter historicista, em particular as que foram executadas por António Maria Ribeiro que, pelo menos desde 1915, já lá trabalhava, vindo a ser o seu director artístico durante muitos anos. Participou em inúmeras exposições nacionais e internacionais. Aquando da Grande Exposição Industrial Portuguesa em Lisboa, em 1932, já António Maria Ribeiro tinha as suas próprias oficinas de cinzelagem e fundição. A partir da década de 40', as referências à sua actividade começam a rarear, tendo cessado a mesma por essa altura (Trancoso, 2009, pp.51-55).
Fotografia (prova a preto e branco) de conjunto de várias peças colocadas em bancada adornada de tecido com folho, nomedamente, três bustos de diferentes dimensões, não identificados, uma estatueta (possivelmente de D. Afonso Henriques) e uma outra que ficou cortada na imagem; ao nível inferior, assente provavelmente em segunda bancada, é visível a parte de cima de dois retratos em baixo relevo, emoldurados, uma fotografia de estátua equestre e o remate de peça de ourivesaria. Fundo composto por cortina aparentemente em veludo escuro. A fotografia foi cortada ao nível superior.
Fotografia de conjunto de Especialidades Farmacêuticas como frasco de vidro que teve Enxofre Precipitado; embalagem de Empty Gelatin Capsules; embalagem de Exclavil, emplastros; frasco de vidro que teve Cloreto de potássio; e embalagem de Magnésia Santa Maria.
Fotografia dos armários antigos da Farmácia Senos e que já existiam no tempo em que a farmácia era designada Farmácia Cunha, na zona entre o balcão e a porta para a área reservada que dá acesso ao escritório e laboratório.
Fotografia das traseiras da Farmácia Cruz em Cantanhede, na Rua Arcebispo Primaz N.º 14, onde se situava o Laboratório da Farmácia, Com pormenor para a bancada e armários. Ao centro encontra-se um amigo do proprietário.
A fotografia terá sido uma encomenda de um privado amador, uma vez que na caixa constava a seguinte inscrição: "Esta caixa contém chapas ou pedidos de amadores que estão ou já foram ampliados".
A imagem é reprodução de fotografia de Rapho, publicada em Panorama du Monde, 16, 1956 com a indicação Ormuz, "quelques pêcheurs utilisent des bateaux dont les proues ont conservé la forme et l'allure des barques portugaises".
A imagem é reprodução de fotografia de Rapho, publicada em Panorama du Monde, 16, 1956 com a indicação Ormuz, "quelques pêcheurs utilisent des bateaux dont les proues ont conservé la forme et l'allure des barques portugaises".
Fotografia (prova a preto e branco). Escultura de pequenas dimensões, representando duas crianças assentes sobre base circular, sobre uma mesa. Ao fundo, várias peças em cima de estrutura coberta por panos (espaço de oficina?).
Fotografia (prova a preto e branco) de estatueta representando duas crianças seminuas, com parras de uvas a ornamentar a cabeça, assentes sobre base. Ao lado direito, surge o número "1440", inscrito certamente no negativo.
Fotografia (prova a preto e branco) de sacrário original, maneirista, peça da segunda metade do século XVI ou inícios do século XVII, fotografada sobre fundo negro. No verso, no canto inferior direito, carimbo da casa fotográfica "Foto/ Rasteiro/ Coimbra".
Fotografia /prova a preto e branco) de custódia barroca, sobre fundo neutro claro. Assinada, por baixo da área de impressão, "Platão Mendes". No verso, carimbo da casa fotográfica "Platão Mendes/ Reporter - Fotográfico/ Rua da Alegria, 553 - Porto".
Fotografia (prova a preto e branco) de estrutura para fogão de sala decorada com cariátides nas jambas e um baixo relevo no entablamento, representando, aparentemente cena de caça. Peça fotografada muito provavelmente em espaço de oficina.
Boletins de inscrição junto da Secção de Fotografia (SF). Apesar de não serem datados, as inscrições terão sido feitas entre finais de 1984 (a SF foi constituída em 07 de novembro de 1984) e início de 1985.
Fotografia (prova a preto e branco). Retrato de homem, não identificado. Cartão secundário com carimbos da casa fotográfica, com letring diferente, por baixo da fotografia: "Atelier Fillon", "A. Bobone" e "Lisboa". No verso, o escudo da Casa Real Portuguesa com a inscrição "Photographia da Casa Real", a representação de 4 medalhas (2 de bronze e 2 de prata) referentes à "Exposição Universal de Paris 1889", e "A. Bobone/ Pintor e photographo/ 79, Rua Serpa Pinto, 87/ Chiado/ Lisboa/ Conservam-se os clichés indefinidamente".