Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for braga and 9,890 records were found.

Inventariado: Maria de Lourdes Braga, moradora em Guarda; Inventariante:Manuel Leal.
Filiação: João Lourenço e Fernanda Braga Naturalidade: Porto Idade: 50 anos Destino: Manchester
Mestrado Integrado em Engenharia Industrial e Gestão
Filiação: Pedro Maria Braga e Leontina Daudet Naturalidade: Lisboa Idade: 35 anos Destino: Benguela
Mestrado Integrado em Engenharia Química
Inventariado: José da Costa Braga, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Ribeira, Ponte de Lima, falecido em 10 de fevereiro de 1901, sem testamento; Inventariante: Joaquina Rosa de Brito, a viúva, moradora na freguesia de Ribeira, Ponte de Lima. Filhos: Manuel da Costa Braga, de 10 anos; José da Costa Braga, de 8 anos; João da Costa Braga, de 6 anos; Joaquim da Costa Braga, de 2 anos; Cândida Rosa de Brito, de 9 meses.
O Vogal da 2ª Sub-Secção da 6ª Secção da Junta Nacional da Educação, Mário de Vasconcelos Cardoso, no seu relatório desaprova o tipo de cobertura que a Câmara Municipal de Braga propõe para a preservação do monumento Fonte do Ídolo, propondo que se proceda à expropriação de uma servidão a um casebre circundante e respectivo casebre e mandar fechar o recinto onde se encontra o monumento.
Contém a carta com o timbre "Habitações Económicas / Federação de Caixas de Previdência / Gabinete da Direção". Reúne a carta de Irene Maria Figueiredo Braga, Estoril, a agradecer a 'cartinha' que recebeu do Dr. Salazar, no dia da sua primeira Comunhão, uma pagela colorida lembrança da primeira Comunhão, e ainda, um folheto intitulado "Acto de Consagração, composto pela Venerável Irmã Maria do Divino Coração Droste de Vischering, Superiora do Colégio do Bom Pastor, Porto".
Autos de colação e confirmação onde consta carta de apresentação dos Administradores da Capela instituida por Gomes Anes, a favor Caetano José Braga, clérigo "in minoribus", para capelão perpétuo dessa mesma capela, instituida na igreja de S. Tiago do Castelo da vila Montemor-o-Novo. Benefício que vagou por morte do último capelão, o Pe. José António Ribeiro. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
A documentação deste fundo abarca predominantemente duas grandes áreas funcionais: administração eclesiástica e gestão financeira. Contém registos referentes ao livro do recibo do Convento de Tibães, catálogo das igrejas da Congregação de S. Bento no Arcebispado de Braga. Contém igualmente registos da jurisprudência monastica que consitem no "Capitolo Geral, que se celebrou no Mosteiro de S. Martinho de Tibaens aos 3 de Mayo de 1783", etc., conforme pode ler-se na sua 1.ª folha.
Contém o processo de atribuição de bolsa, no âmbito do Programa de Formação Avançada em Recursos Humanos, com o nº FSE-A 39/88, a Paula Luisa Nunes Braga da Silva. Área de especialização em Ciências e Tecnologias da Saúde, com o tema "Estudo de interfaces metal/cerâmica para aplicações em biomateriais", realizado no Departamento de Metalúrgia da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Responsável pela formação: Fernando Jorge Mendes Monteiro. Foi elaborado um relatório.
Contém o processo da Bolsa de Doutoramento (BD) com o n.º 11494/97, no âmbito do Programa PRAXIS XXI, atribuída a Ricardo Nuno da Fonseca Garcia Pereira Braga para a realização de doutoramento em Engenharia Agrária na Graduate School of the University of Florida, Estados Unidos da América. Responsável pela formação: James Jones. Foi elaborada uma tese com o título: "Predicting the spatial pattern of grain yield under water limiting conditions".
As fotografias sobre Montalegre e Lamego foram tiradas no âmbito do inquérito realizado à arquitectura tradicional Portuguesa, por iniciativa do Sindicato Nacional dos Arquitectos ao território do continente. Este inquérito durou três meses e as seis equipas fizeram cerca de 10 000 fotografias, centenas de desenhos e tomaram milhares de notas escritas. O resultado deste trabalho foi editado, em 1961, sob o título Arquitetura Popular em Portugal e tem sido usada como uma biblía pelos estudantes de arquitetura. As fotografias tiradas no Porto, na ESBAP (Escola Superior de Belas-Artes) e a maioria das tirdas em Braga têm como assunto a estátua de Francisco Sanches, da autoria de Salvador Barata Feyo.
Contém o processo da Bolsa de Doutoramento (BD) com o n.º 9575/96 no âmbito do Programa PRAXIS XXI, atribuída a Marta Braga de Matos Dias Costa para a realização de doutoramento em Psicologia Clínica na Université Paris 7 - Denis Diderot, em França. Responsável pela formação: Michèle Huguet. Foi elaborada uma tese com o título: "Trace et psyche chez des sujets ages: phénoménologie et métapsychologie de l'expression picturale: de l'érrance à la halte de l'atelier dans un service de gériatrie". Inclui relatório de atividades e produção científica.
Contém o processo de atribuição de Bolsa de Mestrado (BM), no âmbito do Programa de Formação e Mobilidade de Recursos Humanos, com o nº 3175/93, a Ricardo Nuno da Fonseca Garcia Pereira Braga, para realização de curso de mestrado em Produção Agrícola Tropical, na Secção de Agronomia Tropical no Instituto Superior de Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa. Responsável pela formação: Pedro Jorge Cravo Aguiar Pinto. Foi elaborada uma tese com o título: "Avaliação do modelo CERES-RICE. Análise de sensibilidade, validação e qualidade dos dados climáticos".
Mãe: Isaura Cândida Braga. Avós maternos: Manuel Braga e Ana Isabel.
Mãe: Lucinda Vieira Braga. Avós maternos: Bernardo de Almeida e Maria Vieira Braga.
Inventariado: João Marques Ferreira Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Viana do Castelo, falecido em julho de 1942, sem testamento; Inventariante: Isabel Rio Ferreira Braga, a viúva, moradora em Viana do Castelo.
As fotografias 001008 e 001013 foram tiradas em Braga, por acasião do jogo de futebol do Campeonato Português, da primeira divisão, entre o Sporting Cuble de Braga e o Futebol Clube do Porto, tendo o FCP vencido o desafio.
As fotografias 001675 a 001679 foram tiradas em Braga, por acasião do jogo de futebol do Campeonato Português, da primeira divisão, entre o Sporting Clube de Braga e o Futebol Clube do Porto.
As fotografias 001675 a 001679 foram tiradas em Braga, por acasião do jogo de futebol do Campeonato Português, da primeira divisão, entre o Sporting Clube de Braga e o Futebol Clube do Porto.
Processo de casamento de Manuel Pereira Machado e Maria Braga Pai do nubente: Manuel Machado Mãe do nubente: Mariana Pereira Pai da nubente: Francisco Alves Romano Braga Mãe da nubente: Maria do Rosário
Processo de casamento de Manuel Braga (viúvo) e Mariana Rita Pai da nubente: Manuel Simão Mãe da nubente: Rita Afonso
Unidade composta por ofício relativo aos corpos gerentes e reforma dos estatutos da União dos Farmacêuticos de Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Largo de S. João e estátua de Francisco Sanches, da autoria do escultor Barata Feyo, em Braga.
Inventariada: Joana Bernarda Braga, viúva de Manuel José da Costa Braga, moradora no Largo dos Castelos, freguesia de São Pedro na cidade de Évora. A inventariada fez testamento. Data de óbito: 1871-06-13 Inventariante: Manuel José da Costa Braga, filho da inventariada. Tutor: Luís Valente Pereira Rosa Protutor: Manuel da Silva Parada. Filhos herdeiros: 1-Manuel José da Costa Braga, casado com Maria das Dores Silva Guimarães. 2-Leonor Jacinta da Costa Carreira, casada com José Matias Carreira, falido. Netos herdeiros: 1-Joana Isménia Carreira, solteira, de 31 anos. 2-Maria Joana da Costa Braga, casada com Manuel António de Almeida.
Braga: Livraria Pax Editora, 1958. Dedicatória: «Ao muito ilustre escritor Dr. Branquinho da Fonseca a modesta mas cordial homenagem do autor, Abílio Macedo, Guimarães, 19 de Julho de 1986, sábado, dia em que vejo confirmado mais um atropelo aos Direitos Humanos, na Guiné-Bissau», 1986-07-10. Note-se que Branquinho da Fonseca faleceu em 1974-05-07.
Outras informações: Casamento: Bol. n.º 1657, mç. n.º 14. Casamento Católico: Bol. n.º 648, mç. n.º 14. Casou com Maria Carlota Reis de Carvalho Navarro, em 16.09.1934, na quinta Conservatória de Lisboa, reg.º n.º 450. Casou catolicamente com o cônjuge referido anteriormente, em 15.05.1968, Bol. 267, mç. 6, tendo adoptado o apelido "Braga". Faleceu em 14.08.1987, na freguesia de Nossa Senhora de Fátima, Lisboa, reg.º n.º 2495 da oitava Conservatória de Lisboa. Averbamentos retirados do Lv.º 6421, reg.º 101, fl. 51 v.º.
Pais: Mário da Costa Braga e Maria Martins Barros Lima. Avós paternos: Francisco António da Costa Braga Junior e Adelaide da Fonseca Costa Braga.
Pais: Augusto da Silva Braga e Rosa Ferreira. Avós paternos: António Alberto da Silva Braga e Maria Braga. Avós maternos: José Ferreira e Felicidade Martins.
Inventariado: Valentim da Silva Braga, morador que foi em Santa Maria Maior, Viana do Castelo. Inventariante: Julieta da Conceição Gonçalves, morador em Santa Maria Maior, Viana do Castelo.
De 15 anos de idade, filho de Augusto de Oliveira Braga, da freguesia de Milheirós de Poiares, Vila da Feira. Passaporte para o Pará.
Filiação: Leandro de Sousa Braga e Raimunda Isabel Pinto Naturalidade: freguesia do Sacramento; concelho de Lisboa Idade: 17 anos Destino: Hull e [Liverpool]
Filiação: Feliciano Braga e Inácia Joaquina Naturalidade: Trevões; concelho de São João da Pesqueira; distrito de Viseu Idade: 54 anos Destino: Santos, Brasil
Sub subsecção correspondente à documentação produzida pela Secção Distrital de Braga do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos composta por atas da direção e diários de contas dos sócios.
Inventariado: António da Cunha Braga, morador que foi em Santa Maria Maior, Viana do Castelo. Inventariante: Maria da Glória Correia, morador em Santa Maria Maior, Viana do Castelo.
Inventariado: Sérgio Alexandre Braga Gonçalves, morador que foi na freguesia de Arcos, Ponte de Lima; Inventariante: Rosa Pereira Gonçalves, morador na freguesia de Arcos, Ponte de Lima.
Filiação: Francisco José Ferreira Braga e D. Antónia Rosa de Sousa Naturalidade: Vila Real Idade: 35 anos Destino: Europa e América
Traslado dos autos de recurso, que interpuseram o Cabido e a Mitra do Porto, sobre a questão com a cúria de Braga.
Outras informações: O nubente: trabalhador; natural de Viana. A nubente: escrava de Beatriz Nunes, viúva de Domingos de Braga. Testemunhas: Manuel de Ornelas; Rui Gonçalves Pestana; Francisco favila.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Pais: Francisco da Silva Braga e Maria Ferreira.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Projecto para organização da beneficência no distrito de Braga.
Filiação: G. Gomes da Cruz Braga e D. Ana Cândida Fonseca Braga Naturalidade: Porto Idade: 35 anos Destino: Europa
Pais: Alfredo da Silva Braga e Augusta Teodora Peixoto Guimarães. Avós paternos: João da Silva Braga e Sofia das Dores.
Processo relativo a um pedido do visado, a fim de que lhe seja concedida licença para colocar um engenho de macerar linho, na margem esquerda do rio Cávado. Local: Pesqueira, do Bico, Freguesia de Palmeira, concelho de Braga, distrito de Braga
Inventariado(a): Afonso Maria Braga Morada: Aldeia da Casa Branca Testamento: sem testamento Data do óbito: 23-03-1854 Inventariante e cabeça de casal: Josefa Rita, viúva do inventariado Morada: Aldeia da Casa Branca Filhos: Antónia Maria Braga, de 10 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado: João José Martins Braga, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Venade, Caminha, falecido em 20 de fevereiro de 1906, em Benguela, Angola, , sem testamento; Inventariante: Maria Rosa Avelina Martins Braga, a viúva, moradora na freguesia de Venade, Caminha.
Alegando residência no Distrito de Braga e dificuldades de deslocamento a Viseu, os mancebos dos vários concelhos deste distrito, vão requerer a sua inspecção militar nesta cidade. Assim, constam destes processos o requerimento do mancebo, a comunicação do envio da guia de marcha pela administração do concelho de origem e ainda um ofício do Governo Civil de Braga, a dar o resultado da inspecção.
Promotor: Ministério Público Queixoso: Adelaide Rosa Gregório, casada, moradora na freguesia de Riba de Mouro, Monção. Ré: Carolina Rodrigues Braga, casada, costureira, moradora no lugar da Aldeia, freguesia de Riba de Mouro, Monção. Objecto da Acção: Agressão física.
Inventariado: Bernardo Fernandes Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Campinho, freguesia de Correlhã, Ponte de Lima, falecido em 3 de julho de 1925; Inventariante: Maria Joaquina, a viúva, moradora em Campinho, freguesia de Correlhã, Ponte de Lima.
Inventariado: Manuel Lourenço Braga, morador que foi na freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima; Inventariante: Joaquim Fernandes Lima, morador na freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima.
Testamento cerrado de Maria José da Costa Braga Alves, casada, moradora na Praça do Giraldo da cidade de Évora. Fez testamenteiro seu marido António Manuel Alves. O tabelião foi José Joaquim de Almeida Didier.
Grupo de pessoas na Quinta de Valinhas, São Martinho de Dume, Braga, pertencente a Álvaro da Luz Neves, tio materno de Olívia Filgueiras. Em primeiro plano, o Engenheiro Diamantino Dias de Carvalho.
Grupo de pessoas na Quinta de Valinhas, São Martinho de Dume, Braga, pertencente a Álvaro da Luz Neves, tio materno de Olívia Filgueiras. À direita, o Engenheiro Diamantino Dias de Carvalho.
As fotografias 002399 a 002411 foram tiradas no âmbito de um passeio de domingo a Braga, ao Santuário do Sameiro e à igreja de Santa Maria Madalena, na Serra da Falperra.
As fotografias 002399 a 002411 foram tiradas no âmbito de um passeio de domingo a Braga, ao Santuário do Sameiro e à igreja de Santa Maria Madalena, na Serra da Falperra.
Inventariada: Ana Braga, moradora que foi na freguesia de Seixas, Caminha; Inventariante: José Gonçalves Gerardo, morador na freguesia de Seixas, Caminha. Não teve seguimento por não haver bens a partilhar.
Inventariado: António Luís Braga, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Seixas, Caminha, falecido em 25 de maio de 1909; Inventariante: Maria Rosa Félix, a viúva, moradora na freguesia de Seixas, Caminha.
Pai: José António da Costa Braga; Mãe: Teresa de Jesus; Avô paterno: Ignacio José da Costa; Avó paterna: Mariana Teresa de Jesus; Avô materno: Joaquim de Sousa Marques; Avó materna: Arcângela Rosa Vieira
As fotografias 002399 a 002411 foram tiradas no âmbito de um passeio de domingo a Braga, ao Santuário do Sameiro e à igreja de Santa Maria Madalena, na Serra da Falperra.
As fotografias 002399 a 002411 foram tiradas no âmbito de um passeio de domingo a Braga, ao Santuário do Sameiro e à igreja de Santa Maria Madalena, na Serra da Falperra.
Inventariada: Clara Cândida Braga Rego, casada com o inventariante, morador que foi na vila de Caminha, falecida em 18 de abril de 1870, sem testamento; Inventariante: José Maria Rego, o viúvo, morador na vila de Caminha.
Inventariada: Maria da Conceição Braga, casada com o inventariante, moradora que foi na freguesia de Seixas, Caminha, falecida em 20 de novembro de 1911, sem testamento; Inventariante: Bento António Terleira, o viúvo, morador na freguesia de Seixas, Caminha.
Inventariada: Francisca da Conceição Braga, casada com Joaquim Luís de Paula ou Joaquim Macica, moradora que foi na freguesia de Seixas, Caminha, falecida em 18 de outubro de 1918; Inventariante: Isabel da Conceição Viana, moradora na freguesia de Seixas, Caminha.
Contém uma exposição de Mário Cardoso, Presidente da Sociedade Martins Sarmento e vogal da 2ª Subsecção da 6ª Secção da Junta Nacional da Educação, propondo a incorporação no museu anexo à Sé Episcopal, em Braga, a título provisório, até à criação de um Museu Municipal ou Regional nesta cidade, os objectos de grande valor arqueológico encontrados nas obras da Sé de Braga e na abertura da estrada da Póvoa de Lanhoso no Monte da Serra do Pilar.
Inventariada: Rosa Pereira ou Rosa Fernandes Braga, viúva de Damião Fernandes Braga, casado com a inventariante, morador que foi na Vila de Monção, falecida em 12 de abril de 1938; Inventariante: Edminda Fernandes Braga, filha da inventariada, moradora na Vila de Monção. Filhos: Edminda Fernandes Braga, solteira, de 51 anos; João Fernandes Braga, casado com Ermelinda Soares; Maria da Conceição Fernandes Braga, solteira, de 47 anos; António Fernandes Braga, casado com Ermelinda Fernandes Braga, ausentes no Brasil; Emílio Fernandes Braga, casado com Umbolina do Paço Gonçalves, ausentes nos EUA; Matilde Fernandes Braga, casada com Cesário Ribeiro Vieira; Laurentina de Jesus Fernandes Braga, solteira, de 37 anos; José Fernandes Braga, solteiro, de 33 anos, ausente no Rio de Janeiro, Brasil.
Traslados de dois contratos estabelecidos entre o rei e o arcebispo de Braga, relativos à jurisdição da Sé. Contém a certidão do contrato feito entre D. João I, o arcebispo D. Martinho e o cabido da Sé de Braga, celebrado no pontificado do papa Bonifácio IX (1389-1404), e confirmado por Bula do papa Eugénio IV "Licet suscepti", dada em Bolonha, a 26 de Junho de 1436, 6.º ano do seu pontificado. Contém também a certidão do contrato feito entre D. Afonso V, o arcebispo D. Luís e o cabido da Sé da Braga, confirmado por Bula do papa Sixto IV "Romanus pontifex", dada em Roma, a 18 de Dezembro de 1473, terceiro ano do seu pontificado.
Filiação: Domingos José de Oliveira Braga e Maria Rosa Naturalidade: Vila Nova de Famalicão; concelho de Famalicão; distrito de Braga Idade: 41 anos Destino: Luanda
Filiação: João Manuel de Oliveira Basto e Rosa Maria Basto Naturalidade: Braga Idade: 47 anos Destino: Manaus Acompanhante: Carolina Amélia Simões Braga
Filiação: João Jesus da Cruz Braga e Ana Cândida da Fonseca Braga Naturalidade: concelho de Porto Idade: 27 anos Destino: Europa
Estampa dedicada a Nossa Senhora do Sameiro, Braga - Portugal, com reprodução da imagem escultórica inserida em modura definida por filactera durada. No canto inferior esquerdo, "Livraria Cruz - Braga".
- Certidão a requerimento de Pedro Lopes de Calheiros e Benevides, do teor do prazo do Casal de Sá, sito na feguesia de Santa Eufémia de Calheiros, foreiro à Mitra de Braga que foi renovado ao referido Pedro Lopes de Calheiros e Benevides no ano de 1744; - Prazo da Seara que foi de Bretiandos e foreiro à Mitra de Braga feito a Mariana Fajarda da Cunha; - Prazo de certas propriedades situadas na freguesia de Santa Eufémia de Calheiros que durante algum tempo foram pertença do Prazo de Sá a favor de Pedro Lopes de Calheiros e Benevides.
Livro contabilistico de uma empresa de marcenaria e carpintaria, com trabalhos de construção civil, o que se induz de alguns lançamentos (no Deve): "estudo de um tecto para a casa" (página 53), "ornamentar duas peças de madeira" (página 52), " restauro de uma mesa" (página 31), e "um soalho de pinho para a União Construtora" de Braga (página 37). J. A. Dias aparece como titular em nome individual. Através de um lançamento na conta do Banco Central do Minho (em 1928-11-13) e pela consulta do livro de memorial do mesmo Banco dessa data obteve-se a identificação da empresa (Sousa Braga, Ferreira & Rocha, Lda.).
Parecer favorável do Vogal João Couto relativamente ao requerido pelo Director do Museu de Soares dos Reis da compra, por parte do Estado, dos bustos de Teófilo Braga e da Rainha D. Amélia, de autoria do escultor António Teixeira Lopes, para o referido museu.
Inventariado: Francisco da Rocha Braga, casado, morador que foi no lugar de Granja de Cima, freguesia de Merufe, comarca de Monção, falecido em 20 de fevereiro de 1896 Inventariante: Maria Josefa Pereira, a viúva, moradora no lugar de Granja de Cima, freguesia de Merufe, Monção. Filha: Maria da Piedade, de 2 anos.
Inventariado: José Luís Cerqueira Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Ermimil, freguesia de Sandiães, Ponte de Lima, falecido em 20 de outubro de 1912, com testamento; Inventariante: Antónia Correia, a viúva, moradora em Ermimil, freguesia de Sandiães, Ponte de Lima.
Inventariado: Manuel João Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Refóios do Lima, Ponte de Lima, falecido em 8 de setembro de 1863, com testamento; Inventariante: Maria Rosa do Terço, a viúva, moradora no Largo da Lapa, Ponte de Lima.
Inventariado: João Gonçalves Braga, viúvo de Maria Gonçalves Vieira, morador que foi em Poças do Monte, freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima, falecido em 12 de janeiro de 1930, sem testamento; Inventariante: Francisco Cerqueira, genro do inventariado, morador em Balaia, freguesia de Souto de Rebordões, Ponte de Lima.
Inventariado: Manuel Cerqueira Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Ermemil, freguesia de Sandiães, Ponte de Lima, falecido em 13 de dezembro de 1936, sem testamento; Inventariante: Antónia Correia de Magalhães, a viúva, moradora em Ermemil, freguesia de Sandiães, Ponte de Lima
Inventariado: João Alves Braga, casado com a inventariante, morador que foi em Costa, freguesia de Loureda, Arcos de Valdevez, falecido em 4 de maio de 1846, sem testamento; Inventariante: Maria Dias, a viúva, moradora em Costa, freguesia de Loureda, Arcos de Valdevez. Filha: Rosa Alves, de 12 anos.
Inventariado: António Gonçalves Braga, casado com a inventariante, morador que foi na freguesia de Sandiães, Ponte de Lima, falecido em 19 de outubro de 1918, sem testamento; Inventariante: Joaquina de Abreu, a viúva, moradora na freguesia de Sandiães, Ponte de Lima.
Inventariada: Ermelinda Gonçalves Braga, casada com o inventariante, moradora que foi na freguesia de Queijada, Ponte de Lima, falecida em 12 de novembro de 1918, sem testamento; Inventariante: Manuel de Lima, o viúvo, morador na freguesia de Queijada, Ponte de Lima. Filhos: Custódia, de 7 anos; José, de 3 anos; Amândio, de 4 meses.
Inventariado: Manuel Gonçalves Braga, viúvo de Maria Rosa da Costa, morador que foi na freguesia de Sandiães, Ponte de Lima, falecido em 19 de maio de 1903; Inventariante: Manuel Gonçalves da Cunha, genro do inventariado, morador na freguesia de Sandiães, Ponte de Lima.
Grupo de pessoas na Quinta de Valinhas, São Martinho de Dume, Braga, pertencente a Álvaro da Luz Neves, tio materno de Olívia Filgueiras. Ao centro, Carlos Manuel e, para a esquerda, Maria Madalena, Maria Leonor (ao fundo) e Jorge Caetano (ao colo).