Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for benavente and 1,333 records were found.

Constam as inquirições "de genere" e de "vita et moribus" que se fizeram na vila de Benavente, a favor do habilitando, por comissões do Dr. Sebastião Tinoco, Cónego prebentado na Sé da cidade de Évora e provisor das habilitações de genere. Possui um Breve Apostólico, do Papa Urbano VIII, para se ordenar de ordens menores e ordens sacras (em pergaminho). Contém o processo de património
Dispensa Matrimonial de Manuel António, natural de Carnide, freguesia de S. Lourenço e Maria Casimira, natural da freguesia de Santo Estêvão, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de Miguel António e de Maria do Nascimento Filiação da nubente: filha de Casimiro dos Santos e de Maria Feliciana Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Joaquim Rodrigues Coelho, natural da freguesia do Paixão, bispado de Coimbra e Gabriela Rosa da Conceição, natural da matriz de Benavente. Filiação do nubente: filho de José Rodrigues Coelho e de Ana Maria Filiação da nubente: filha de António de Sousa e de Mariana Rosa Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de José Bernardino, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche e Narcisa Maria, natural da freguesia de S. Brás da Barrosa, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de Bernardino da Costa e de Maria Leonor Filiação da nubente: filha de Manuel Gonçalves e de Cecília Rosa Contém: Petição, rol de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos justificantes, mandado de diligências.
Dispensa Matrimonial de Pascoal Gonçalves, natural da freguesia de S. Brás do Barroso, termo de Benavente e Maria Marcelina, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche. Filiação do nubente: filho de Manuel Gonçalves e de Cecília Maria Filiação da nubente: filha de António Fernandes e de Marcelina Rosa Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de António Gaudêncio, natural da freguesia de Nª SRª da Graça de Benavente e Jerónima Maria, natural da freguesia de S. João Batista, matriz de Coruche. Filiação do nubente: filho de Gaudêncio José e de Ana Joaquina Filiação da nubente: filha de Vicente Matias e de Maria Bárbara Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Francisco Luís, natural da freguesia de Santo Estêvão, termo de Benavente e Ana Maria, natural da freguesia da Torre Direita, bispado de Viseu. Filiação do nubente: filho de Xavier Mendes e de Maria Joaquina Filiação da nubente: filha de João Lourenço e de Luísa Maria Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial José António, natural da freguesia de Nª SRª da Graça de Benavente e Felícia Maria, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche. Filiação do nubente: filho de Manuel António e de Ana Maria Filiação da nubente: filha de José dos Santos e de Matilde Perpétua Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Francisco Rodrigues, natural da freguesia de S. Brás da Barrosa, termo de Benavente e Joaquina Pereira, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche. Filiação do nubente: filho de Rodrigo dos Santos e de Ana Maria Filiação da nubente: filha de António Pereira e de Maria Nunes Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de António Lopes, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche e Quitéria Maria, natural da freguesia de S. Brás da Barrosa, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de Manuel Lopes e de Maria Joaquina Filiação da nubente: filha de Manuel Francisco e de Maria Jacinta Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de José Maria, natural da matriz de Benavente e Maria Joaquina, natural da freguesia de S. Miguel de Ferreira do Zezere, bispado de Coimbra. Filiação do nubente: filho de Francisco da Silva e de Maria dos Anjos Filiação da nubente: filha de Manuel Lopes e de Maria Joaquina Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de João António, natural da freguesia de Nª SRª da Graça, matriz de Benavente e Maria Inácia, natural da freguesia de S. Brás da Barrosa. Filiação do nubente: filho de António Joaquim e de Teresa de Jesus Filiação da nubente: filha de Alexandre Rodrigues e de Inácia Maria Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Manuel Simões, natural da freguesia de Carapinha, termo de Tábua e Leonarda Rita, natural da freguesia de Santo Estêvão da Ribeira, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de José Simões e de Josefa Pinto Filiação da nubente: filha de Manuel João e de Maria Rita Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Manuel António, natural da freguesia de S. João Batista de Coruche e Cristina Mendes, natural da freguesia de Santo Estêvão da Ribeira, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de António Bento e de Joaquina Maria Filiação da nubente: filha de José Cavaco e de Margarida Mendes O nubente era gémeo com Joana Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de João José, natural da matriz de Benavente e Rosária de Jesus, natural da freguesia de Nª SRª da Purificação, matriz de Alcanede, termo de Santarém. Filiação do nubente: filho de Eleutério José e de Joana Rita Filiação da nubente: filha de Manuel Francisco e de Joaquina Maria Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Francisco dos Reis, natural da freguesia de S. Pedro de Alverca, termo de Vila Franca de Xira e Bárbara Rita, natural da matriz de Benavente. Filiação do nubente: filho de Luís dos Reis e de Carlota das Dores Filiação da nubente: filha de Manuel Rosa e de Rita Margarida Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de António Luís, natural da freguesia de Coja, termo de Arganil e Guilhermina da Silva, natural da freguesia de Santo Estêvão da Ribeira, termo de Benavente. Filiação do nubente: filho de António Luís e de Maria do Espírito Santo Filiação da nubente: filha de José da Silva e de Arcângela Maria Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de João José, viúvo que ficou de Rosária de Jesus e Vitória da Assunção, naturais da matriz de Benavente. Filiação da nubente: filha de Manuel de Oliveira, natural da freguesia de S. Miguel do Mato, bispado de Viseu e de Maria Eufrásia, natural da freguesia de Sandomil, termo de Seia bispado de Coimbra Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Domingos António, natural de Lisboa e Rosa Maria, natural da freguesia de Nª SRª da Graça, matriz de Benavente. Filiação do nubente: filho de pais incógnitos Filiação da nubente: filha de José Luís e de Joaquina Rosa O nubente foi exposto no dia 7-10-1833, às 4 horas da tarde, na roda da Real Casa dos Expostos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
O pai do habilitando era médico do partido da vila de Benavente. Os pais do habilitando eram naturais de Benavente. Neto paterno de Silvestre da Silva Ferreira, natural do lugar de Figueiras Podres, freguesia de Nossa Senhora da Graça da Torre de Vale de Todos, Bispado de Coimbra, e de Maurícia dos Anjos, natural da freguesia Matriz de Benavente. Neto materno de Manuel da Silva, natural de Benavente, e de Catarina da Encarnação, natural da de Salvaterra de Magos, termo de Santarém. Constam: as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, da avó paterna e dos avós maternos; os autos de justificação da fraternidade do pai do habilitando com António da Silva; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fizeram os pais do habilitando, uns autos de justificação civel em que foi autor o habilitando para provar que as casas com que constituiu património foram compradas pelos pais a João da Cunha da Ribeira Tojal e a sua mulher Guiomar Catarina de Padilha Salazar, pessoas nobres e possuidores até à data da escritura de compra das ditas fazendas; o edital do património afixado na Igreja Matriz de Benavente, e as diligências de visita e avaliação do mesmo; Breve de extra têmpora, do Núncio Apostólico, passado a favor do habilitando, para ordens de diácono e de presbítero.
Constam inquirições “de genere” que se fizeram na cidade de Tomar, no Arcebispado de Lisboa, na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram no Arcebispado de Lisboa, na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. José Borges de Barros e Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fez a mãe do habilitando, a sentença de folha de partilhas que se fez por óbito do pai do mesmo, as diligências de visita e avaliação do património, e o edital do mesmo afixado na Igreja da vila de Benavente; Carta de subdiácono; Breve de extra têmpora, do Papa Clemente XI, para ordens de missa (em pergaminho).
Constam inquirições “de genere” que se fizeram vila de Benavente, no Arcebispado de Braga, no Arcebispado de Lisboa Oriental e na vila de Vila Franca de Xira, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram no Patriarcado de Lisboa Ocidental, na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fizeram os pais do habilitando, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Igreja Matriz da vila de Benavente; Breve de extra têmpora, do Papa Inocêncio XIII, para ordens sacras (em pergaminho).
Constam inquirições "de genere" que se fizeram na vila de Alenquer, Patriarcado de Lisboa Oriental, e na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora. No ano de 1746 habilitou-se a ordens de epístola a titulo de uma capela quotidiana de 50 mil réis cada ano, que instituiu o Padre Isidoro Coelho, e que lhe doaram os testamaneteiros do mesmo. Foi admitido para ordens de subdiácono. Consta a inquirição de "vita et moribus" que se fizeram na vila de Benavente para ordens de subdiácono, por comissões de Frei Jerónimo de São José, provisor do Arcebispado de Évora. Não consta o deferimento em como foi examinado e aprovado para as ditas ordens.
Constam inquirições “de genere” que se fizeram na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, as escrituras de doação para ordens sacras que fizeram o Beneficiado Frei Caetano Coelho Barreto e os pais do habilitando, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Matriz da vila de Benavente; Carta de subdiácono, Carta de Diácono, bem como todos os documentos inerentes para receber ordens de evangelho e ordens de missa.
Constam inquirições “de genere” que se fizeram no Patriarcado de Lisboa Oriental e na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fizeram os pais do habilitando, as diligências de visita e avaliação do património, o edital do mesmo afixado na Igreja Matriz da vila de Benavente; Breve de extra têmpora, do Papa Inocêncio XIII, a favor do habilitando, para ordens de evangelho e ordens de missa (em pergaminho).
Constam inquirições “de genere” que se fizeram no Patriarcado de Lisboa Ocidental, na vila de Coruche e na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fez a mãe do habilitando, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Igreja Matriz da vila de Benavente; Breves de extra têmpora e suplemento de idade, do Papa Inocêncio XIII e do Papa Benedito XIII, a favor do habilitando, para ordens de evangelho e ordens de missa (em pergaminho).
Consta a certidão da Sentença “de genere” do Padre Cústódio da Silva Ferrão, primo pela parte materna do habilitando. Constam inquirições “de genere” que se fizeram na vila de Benavente e no Patriarcado de Lisboa Ocidental e Oriental, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fizeram os pais do habilitando, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Matriz da vila de Benavente; Breve de extra têmpora, do Papa Clemente XII, a favor do habilitando, para ordens de evangelho e ordens de missa (em pergaminho).
Neto paterno de António Ferreira e Margarida da Encarnação, naturais de Benavente. Neto materno de Baltazar José de Oliveira , natural de Benavente, e de Tomásia de São José, natural de Almeirim. Constam as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, dos avós paternos e maternos; o processo de património que contém, entre outros documentos: - a escritura de doação para ordens sacras que fez a mãe do habilitando, - a escritura de doação que fez a si mesmo o habilitando, - a certidão da verba do inventário que se fez por falecimento de Domingos Henriques de Oliveira, respeitante ao que coube a sua esposa, - o edital de património afixado na Igreja Matriz de Benavente e as diligências de visita e avaliação do mesmo; a sentença de dispensa de treze meses de idade, passada a favor do habilitando, para ordens de missa.
O pai era natural de Benavente e a mãe natural da Aldeia de Santo Estêvão, termo da mesma vila. Neto paterno de Manuel João, natural da freguesia de São Martinho de Reigoso, termo de Montalegre, e de Ana Teresa, natural da vila do Crato. Neto materno de Bento de França, natural do Paião, termo de Montemor-o-Velho, e de Maria Felícia, natural da Aldeia de Santo Estêvão, termo de Benavente. Constam: as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, dos avós paternos e dos maternos; o processo de património que contém, entre outros documentos, a cópia da escritura de dote para ordens sacras que fizeram os pais do habilitando, a cópia da escritura de dote que fez o habilitando a si mesmo, o edital do património afixado em Benavente, e as diligências de visita e avaliação do mesmo; a Sentença Apostólica de dispensa de 13 meses, passada a favor do habilitando, para ordens de presbítero.
O habilitando era Bacharel formado pela Universidade de Coimbra nos Sagrados Cânones. O pai era natural de Benavente e a mãe natural da freguesia de Nossa Senhora de Marvila, termo de Santarém. Neto paterno de Manuel Ferreira natural da freguesia de São Lourenço de Carvide, termo de Leiria, e de Maria de Andrade natural de Benavente. Neto materno de Domingos Carvalho natural da freguesia de São Martinho de Montemo-o-Velho, Bispado de Coimbra, e de Francisca das Chagas, natural da freguesia de São Nicolau de Santarém. Constam: as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, dos avós paternos e dos avós maternos; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fez o pai do habilitando, o edital do património afixado na Igreja Matriz de Benavente e as diligências de visita e avaliação do mesmo. Só consta que foi examinado e aprovado para ordens menores e ordens de subdiácono.