Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for benavente and 1,162 records were found.

Morada dos nubentes: Benavente Naturalidade do nubente: Santa Maria da Murtosa, distrito de Aveiro Filiação do nubente: Manuel José da Silva e Brízida Maria Soares Estado civil da nubente: viúva de Joaquim António da Graça Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, a certidão de batismo do nubente, a certidão de óbito do cônjuge da nubente, a comissão de perguntas para diligências matrimoniais e a inquirição de testemunhas sobre a existência ou não de impedimentos para a celebração do matrimónio.
Naturalidade do nubente: Benavente Filiação do nubente: Luís António do Vale e Gertrudes Maria Estado civil do nubente: viúvo de Mariana Perpétua Naturalidade da nubente: Salvaterra de Magos Filiação da nubente: Vicente Ferreira e Mariana Rita Estado civil da nubente: viúva de Manuel da Fonseca Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de óbito dos cônjuges dos nubentes, a comissão de perguntas para diligências matrimoniais e a inquirição de testemunhas sobre a existência ou não de impedimentos para a celebração do matrimónio.
Naturalidade do nubente: São João Batista, concelho de Coruche Filiação do nubente: João Martins e Clara Maria Naturalidade da nubente: Santo Estevão, concelho de Benavente Filiação da nubente: Cristóvão da Silva e Margarida Maria Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, a certidão de batismos dos nubentes, a comissão de perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Santo Estevão, concelho de Benavente Filiação do nubente: António José Bernardo e Ana Maria Naturalidade da nubente: Cabrela, concelho de Montemor-o-Novo Filiação do nubente: Silvério e Maria Filipe Estado civil da nubente: viúva de José Francisco Tabardo Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, a certidão de batismo do nubente, a certidão de óbito do cônjuge da nubente, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Covelo, concelho de Tábua Filiação do nubente: António de Carvalho e Teresa Maria Naturalidade da nubente: Benavente (Matriz) Filiação da nubente: Joaquim Luís e Bonifácia Maria Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Salvaterra de Magos (São Paulo) Filiação do nubente: Francisco José Pinto e Joaquina Silvéria Naturalidade da nubente: Santo Estevão, concelho de Benavente Filiação da nubente: António Joaquim e Rita de Jesus Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Candosa, concelho de Tábua Filiação do nubente: Luís de Moura e Antónia Rita Naturalidade da nubente: Nossa Senhora da Assunção de Pedrogão Grande, concelho de Leiria Filiação da nubente: José Correia e Ana Rita Morada dos nubentes: Benavente Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Vila Franca de Xira Filiação do nubente: António Gomes de Brito e Eugénia Fausta do Sacramento Estado civil do nubente. viúvo de Maria da Paz Profissão: músico Naturalidade da nubente: Benavente Filiação da nubente: Francisco Ferreira de Faro e Mariana Vitória Libânia de Faro Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, a certidão de batismo da nubente, a certidão de óbito da cônjuge do nubente, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Lisboa Filiação do nubente: exposto na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa Estado civil do nubente: viúvo de Leonor do Carmo Naturalidade da nubente: Benavente Filiação da nubente: José Ferreira e Margarida Rita Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, a certidão de batismo da nubente, a certidão de óbito da cônjuge do nubente, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: São João da Boa Vista, concelho de Tábua Filiação do nubente: António Marques e Maria Rodrigues Naturalidade da nubente: Gesteira, concelho de Soure Filiação da nubente: José Crespo e Mariana Cordeiro Profissão: campina Morada dos nubentes: Benavente Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Coruche (São João Batista) Filiação do nubente: Francisco dos Santos e Mariana Joaquina Profissão: campino Naturalidade da nubente: Benavente (Matriz) Filiação da nubente: Francisco de Sousa e Luísa Maria Profissão: campina Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Santa Eulália, concelho de Seia Filiação do nubente: Luís António Quinteiro e Maria José Naturalidade da nubente: Santo Estevão, concelho de Benavente Filiação da nubente: João dos Santos e Rosa Maria Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Tentúgal, concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra Filiação do nubente: António de Oliveira e Ana da Silva Profissão: campino Naturalidade da nubente: São Tiago de Soure, distrito de Coimbra Filiação da nubente: Jacinto Domingues e Raquel de Jesus Morada dos nubentes: Benavente (Nossa Senhora da Graça) Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Coruche (São João Batista) Filiação do nubente: Joaquim Custódio e Jerónima Maria Naturalidade da nubente: Santo Estevão, concelho de Benavente Filiação da nubente: António Rodrigues e Mariana Antónia Morada da nubente: Coruche (São João Batista) Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de batismo dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Naturalidade do nubente: Benavente (São Brás) Estado civil do nubente: viúvo de Guilhermina Maria Naturalidade da nubente: Santa Justa de Erra, concelho de Coruche Estado civil da nubente: viúva de Mateus Lopes Moradores: Coruche Contém o requerimento dos nubentes pedindo licença para contraírem matrimónio, a declaração dos párocos sobre proclamas, impedimentos e examinação dos nubentes na doutrina cristã, as certidões de óbito dos cônjuges dos nubentes, a comissão e mandado para se proceder a perguntas para diligências matrimoniais, a inquirição de testemunhas a favor dos nubentes e o termo de conclusão do processo.
Contém os documentos: 1, 5 e 6 - Relatório acerca da salvaguarda e proteção do património histórico-artístico da província de Cabo Verde. 2 e 4 - Anexo I do relatório a Cabo Verde do Diretor Geral de economia engenheiro Rui de Araújo Ribeiro e parecer do arquiteto Luis Benavente. 3 - Carta para o ministro do ultramar acerca de papéis velhos, antigas pedras, venerandas imagens, alfaias do culto e outras coisas da província de Cabo Verde. 7 - Parecer acerca da carta para o ministro do inspetor superior da Administração Ultramarina, Dr. Fernando Pereira Bastos sobre a província de Cabo Verde.
Esta caixa contém: - Livro de receita e despesa e contas correntes. 1766. 1 liv. Refere localidades como Silveiras, Baxardos, Murteira, a Capela de São Bartolomeu de Benavente, a obra do guarda damas, o Sr. D. João, entre outros. - "Termo de juramentos que diferentes pessoas, por seus procuradores, prestaram à Junta Provisional do Governo Supremo do Reino." 1820. 1 doc. Tem um apontamento com a seginte informação: "Ministério do Reino mç. 358. - Recibo da contribuição de registo por título oneroso passado a António Maria Dias Pereira Chaves. 1887. 1 doc. -"Cópia das doações régias que tem o Mosteiro de Paço de Sousa". Séc. XVII?. 1 doc.
Menciona a vinda de carrinhos da Extremadura e das carretas do Juíz de Fora de Benavente, que traziam gado, as de Luís Guedes, o Conde da Ericeira, um Cabo de Coruche, a vinda de carruagens à vila para distribuir mantimentos, a pretensão de um sobrinho seu, que se opunha ao Almoxarifado dos Ferros, de alcançar o patrocínio do Marquês para a nomeação do cargo. A última carta refere, ainda, que com esta iria um "memorial". A Relação diz respeito aos mantimentos que Crispim Mascarenhas de Figueiredo, Desembargador, remeteu ao Alentejo a 14 de Maio de 1711.
Escritura de Partilhas amigáveis feita na Vila de Ílhavo, que entre si fizeram os herdeiros dos bens que ficaram do falecido Joaquim Marques de Alcofa, a viúva Maria de Jesus Benavente e seus filhos, genro e nora, Antónia Benavente e marido Jerónimo da Cruz, residentes no lugar das Quintãs, freguesia de Ílhavo; João Marques de Alcofa e mulher Maria Marques da Cruz, residentes no lugar das Quintãs, freguesia de Oliveirinha, todos lavradores. De todos os bens do casal, formaram duas meações de valores perfeitamente iguais, sendo uma para a viúva Maria de Jesus Benavente, e a outra subdividida em dois quinhões de valores iguais, os quais constituíram a legítima paterna dos filhos herdeiros. À viúva em pagamento da sua meação, ficou com metade do prédio das casas e aído lavradio, do lado norte onde vivia, e o lado norte do corredor da casa ao comprido da rua ao pátio, cuja porta ficou a pertencer à meação do sul, constituído por um assento de casas e aído lavradio com árvores de fruto e eira, sita no lugar das Quintãs de Ílhavo, que partia de norte com João Fernandes Lisboa, do sul e poente com viúva de Manuel Silvestre Fragoso, do nascente com rua pública e com largo da Praça da Palha. A água do poço ficara para todos os herdeiros, a outra metade do prédio das casas e aído, do lado sul ficou a pertencer aos dois filhos. A terra lavradia, conhecida pela “Terra Grande”, sita na Chousa do Fidalgo, limite da freguesia de Ílhavo que partia do norte com Manuel Augusto Afonso, do sul com Amândio da Rocha Ribeiro, do nascente com José Pousa, todos do Bonsussesso, e do poente com caminho público, ficou metade do lado sul para a viúva e do lado norte para os filhos, sendo a quarta parte do norte para Antónia e a do sul para João. O terreno de mato, sita no Cardal, limite de Salgueiro, que partia do norte com Manuel do Agostinho, do sul com José Amorim, do nascente com Luiza Taça e do poente com o mesmo Manuel do Agostinho, todos de Salgueiro, e terra lavradia conhecida pela “Terra Pequena”, no mesmo sitio da Chousa do Fidalgo que partia do norte com José Coelho do sul com João Velho, do nascente com caminho de consortes e do poente com João Valas da Légua, foi igualmente dividida em partes iguais para os herdeiros. Foram testemunhas, Manuel Ferreira da Cunha, solteiro farmacêutico; Egídio Cândido da Silva, casado, alfaiate; Manuel Procópio de Carvalho, casado, distribuidor postal; José Maria Cândido da Silva, casado, sapateiro, e Sebastião António da Silva, casado, escrivão de Paz de Ílhavo, todos residentes na Vila de Ílhavo.
Constam inquirições “de genere” que se fizeram na vila de Borba, na vila de Redondo, na vila de Estremoz, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Borba e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por comissões do Dr. José Borges de Barros e do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisores das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fez a si mesmo o habilitando e as diligências de visita e avaliação do mesmo, o edital de património afixado na Igreja Matriz de Borba; Breve Apostólico de extra têmpora, do Papa Clemente XI, para todas as ordens de evangelho e missa (em pergaminho); Carta de adito para a Igreja Matriz da vila de Benavente.
O habilitando estudou na Universidade de Coimbra e era viúvo de Maria Barreta, com quem esteve casado 20 anos, e de quem teve cinco filhos. Consta a carta de colação, confirmação e permuta de benefícios que receberam o cónego Diogo Soares meio prebentado na Santa Sé de Évora e o padre Francisco Fernandes beneficiado de um benefício simples na Igreja de Nossa Senhora da Graça, matriz da vila de Benavente, data de 1604. Consta a petição do padre Francisco Fernandes cónego meio prebentado na Santa Sé de Évora, e do Álvaro de Ferreira Magro beneficiado de um benefício simples na Igreja de São João Baptista de Coruche, para poderem fazer permuta ditos benefícios. Contém o processo de património.
Constam inquirições "de genere" que se fizeram na vila de Coruche e na vila de Benavente, e inquirições de "vita et moribus" que se fizeram na vila de Coruche e na cidade de Évora, por comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade e do Dr. José Cardoso Gião, provisores das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de doação para ordens sacras que fizeram António Rodrigues Condelo e sua mulher Maria da Silva Araújo, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Igreja de Matriz da vila de Coruche; Breve de interstícios, do Papa Clemente XII, para ordens de evangelho e de missa.
Constam inquirições “de genere” que se fizeram na cidade e Bispado de Coimbra e na vila de Estremoz, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na vila de Benavente e na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora. O habilitando ficou impedido de se habilitar por ter fama de cristão novo por parte da avó paterna, Maria Ribeiro. O habilitando no ano de 1741 requereu que se juntassem ao processo documentos comprovativos e revogatórios do impedimento. Entre eles consta a árvore genealógica da ascêndencia de sua avó paterna e de seu primo, Manuel Ribeiro de Campos, habilitado de ordens menores, bem como a carta de ordens do mesmo. Foi deferido que o habilitando podia continuar as diligências para se ordenar das ordens requeridas.
Constam os autos para compatriota do Arcebispado de Évora, a favor do habilitando. Constam inquirições “de genere” que se fizeram no Patriarcado de Lisboa Ocidental, no Patriarcado de Lisboa Oriental, na vila de Benavente, e inquirições de “vita et moribus” que se fizeram na cidade de Évora, a favor do habilitando, por requisitórias e comissões do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora; o processo de património que contém, entre outros documentos, a escritura de dote para ordens sacras que fez Luís Leitão da Fonseca ao habilitando, as diligências de visita e avaliação do património e o edital do mesmo afixado na Igreja de Matriz da vila de Coruche; Breve de extra têmpora, do Papa Inocêncio XIII, a favor do habilitando, para ordens sacras (em pergaminho).
Constam inquirições "de genere" que se fizeram na vila de Coruche, naturalidade do avô paterno, Teotónio Perdigão Sotto Maior, e da avó materna, Helena da Costa Bandeira, na cidade de Lisboa, naturalidade da avó paterna, Guiomar Maria de Bettencourt, e na vila de Benavente, naturalidade dao avô materno, Lino de Azevedo e Tovar, e inquirições de "vita et moribus" que se fizeram em Alcáçovas e na cidade de Évora, por requisitória, secretas e comissões de Frei José de Jesus Maria e do Dr. Manuel Álvares Cidade, provisores das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora. Apesar do Acordão da Relação Eclesiástica deliberar que o habilitando possuia os requisitos para ordens menores, só consta que foi examinado e aprovado para prima tonsura. O pai do habilitando era superintendente do tabaco na Província do Alentejo.
Proveniência: Patriarcado de Lisboa Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do avô paterno do habilitando, para ser promovido a ordens menores e sacras. Contém as inquirições “de genere” e a certidão do baptismo do avô paterno. Naturalidade do habilitando: Santarém, freguesia de Nossa Senhora da Expectação de Valada (Cartaxo) Filiação: António da Silva Lavareda e Bárbara do Espírito Santo Naturais: Santarém, freguesia de Nossa Senhora da Expectação de Valada (Cartaxo) Avós paternos: Luís da Silva Lavareda e Júlia Rodrigues Naturalidade do avô paterno: Benavente Naturalidade da avó paterna: Santarém, freguesia de Nossa Senhora da Expectação de Valada (Cartaxo) Avós maternos: Manuel Henriques e Francisca Gomes Naturais: Santarém, freguesia de Nossa Senhora da Expectação de Valada (Cartaxo)
Avis, Benavente, Cabeção, Montargil, Figueira, Galveias, Cabeço de Vide, Veiros, Coruche, Herdade da Torrejana de Baixo. João Vaz Serrano, padre António Dias da Paz, Manuel Martins Varela, António Varela, Gaspar Martins, José Martins, Manuel Godinho de Carvalho, André Rodrigues, Diogo de Perada Leitão, Felix da Costa, Manuel da Mota, Domingos Rodrigues, Josefa Mendes, Bento Rodrigues Leitão, D. Francisco Caetano, padre António Carneiro Souto Maior, frei Pedro Álvares Garrido, frei Manuel Homem Coutinho, frei António Leite Pita, frei Nicolau Tolentino, frei Manuel Gameiro, frei Manuel Galvão da Fonseca, António Gomes Ribeiro, Manuel Gonçalves, José Rodrigues Carrapiço, Escolástica da Pereira, Bento Soeiro, Helena mendes, Manuel de Lemos de Torneio, Bartolomeu Madeira, Maria de Fontes, João Marques, Catarina Ferreira. Testamento e autos de aprovação e abertura.
Elvas, Quinta do Torrão, Chafariz de Gil Vaz, Quinta de Santo António, Quinta do Cubo, Calçadinha, Benavente, sítio do Farinhão. Ordem de Malta, Ordem de Cristo, Ordem de S. Tiago da Espada, Ordem de Avis, Comenda da Alcáçova, Comenda do Torrão, Comenda de Juromenha, Francisco António Chichorro, Francisco de Paula de Siqueira, João da Silva, Diogo Francisco de Mesquita, Maria Inácia Teixeira, Ezequiel do Espírito Santo da Costa Teixeira, João Miguel Francisco de Assis, Simão de Sousa de Siqueira, Joaquim José da Cruz, António Joaquim da Assunção, Águeda Anatalícia, Maria Coleta, João Lobo de Castro, Teresa do Carmo, Águeda do Carmo, Maria da Encarnação, Isabel Cordeiro, Florência Cordeiro, Maria de Santa Ana, Teresa Maria Falarda, José Pedro Lobo, João Nunes, Manuel Pereira, Tiago Miguel, Júlio Miguel, Domingos António, Manuel Vicente de Siqueira, frei Francisco de Santa Rita de Siqueira. Treslado do original datado de 18 de setembro de 1827.
Concelho de Benavente. Registo civil de óbitos De acordo com o Regulamento do Registo Civil que faz parte do decreto de 28 de novembro de 1878, do Ministério dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça/ Direção-geral do Registo Civil e Estatística/1.ª Repartição, Título VII - Do registo de óbitos os registos deviam conter os seguintes dados: lugar, hora, dia, mês e ano em que foi feito; dia, hora e lugar do falecimento; nome, apelidos, idade, profissão, naturalidade e domicílio do falecido; nome, apelidos, profissão e domicílio dos pais e avós do falecido; nome do cônjuge se o falecido tivesse sido casado ou viúvo; causa da morte, sendo conhecida; se fez testamento e a menção da pessoa que ficou em posse dele. À margem: N.º de ordem do registo, nome do falecido, n.º de ordem dos documentos de que se fez menção. Originais.
Concelho de Benavente. Registo civil de óbitos De acordo com o Regulamento do Registo Civil que faz parte do decreto de 28 de novembro de 1878, do Ministério dos Negócios Eclesiásticos e da Justiça/ Direção-geral do Registo Civil e Estatística/1.ª Repartição, Título VII - Do registo de óbitos os registos deviam conter os seguintes dados: lugar, hora, dia, mês e ano em que foi feito; dia, hora e lugar do falecimento; nome, apelidos, idade, profissão, naturalidade e domicílio do falecido; nome, apelidos, profissão e domicílio dos pais e avós do falecido; nome do cônjuge se o falecido tivesse sido casado ou viúvo; causa da morte, sendo conhecida; se fez testamento e a menção da pessoa que ficou em posse dele. À margem: N.º de ordem do registo, nome do falecido, n.º de ordem dos documentos de que se fez menção. Duplicados.
Natural da freguesia de São Nicolau, Santarém, fidalgo cavaleiro da Casa Real, filho de Luís Manuel de Oliveira, natural da freguesia do Alecrim, Lisboa, fidalgo cavaleiro da Casa Real, cavaleiro da Ordem de Cristo, e de sua mulher D. Maria Josefa de Azevedo, natural da freguesia das Mercês, Lisboa; neto paterno de Francisco de Oliveira Leitão, natural da freguesia do Sacramento, Lisboa, cavaleiro da Ordem de Cristo, e de sua mulher D. Juliana Ângela de Barros, natural da freguesia da Ajuda, Lisboa; neto materno de João de Campos de Andrade, natural da freguesia do Sacramento, Lisboa, fidalgo cavaleiro da Casa Real, cavaleiro da Ordem de Cristo, e de sua mulher D. Margarida Freire de Andrade, natural de Benavente.
Natural da freguesia de São Sebastião, Setúbal, clérigo (irmão de José de Horta de Figueiredo Moniz, fidalgo cavaleiro da Casa Real, familiar do Santo Ofício), filhos de Francisco Pereira de Azevedo e Horta, natural da freguesia de São Sebastião, Setúbal, e de sua mulher D. Inácia Jacinta Maurícia de Brito Moniz, natural da freguesia de São Julião, Setúbal; neto paterno de José da Horta de Carvalho, natural da freguesia de São Julião, fidalgo cavaleiro da Casa Real, comendador da Ordem de Santiago, cavaleiro da Ordem de Cristo, e de sua mulher D. Violante Lourença Pereira, natural da freguesia de São Sebastião; neto materno de João Moniz de Carvalho, natural de Goa, familiar do Santo Ofício, e de sua mulher D. Simoa Teresa de Faro, natural de Benavente.
Inventariado(a): Joana Rita Morada: Sousel Testamento: sem testamento Data do óbito: 19-05-1915 Inventariante e cabeça de casal: João Luís de Oliveira, viúvo da inventariada Morada: Sousel Filhos: Maria Joana de Oliveira, de 33 anos, casada com Joaquim Benavente Mariana de Oliveira, de 31 anos, casada com António Grilo António de Oliveira, de 28 anos, casado com Ilídia Canelas Lucinda de Oliveira, já falecida, casada que foi com Apariço Jonas (ou Aparício Jonas) Netos da invenariada, filhos da falecida Lucinda de Oliveira: Mariano de Oliveira Jonas, de 5 anos Contém, entre outros documentos, a certidão de óbito da inventariada, o inventário de descrição e avaliação dos bens e o mapa de partilha dos mesmos.
Foi 1º conde de Aveiras D. João da Silva Telo e Meneses, senhor de Vagos, alcaide-mor de Lagos, capitão-general do Algarve, dos Conselhos de Estado e da Guerra, comendador das Ordens de Cristo e de Santiago, governador de Mazagão e vice-rei da Índia. O título foi-lhe concedido de juro e herdade. O 2º conde de Aveiras, D. Luís da Silva Telo de Meneses, foi regedor das Justiças e presidente da Mesa da Consciência e Ordens (nomeação em 16 de Setembro de 1669). D. João da Silva Telo e Meneses, 3º conde de Aveiras, foi presidente do Senado da Câmara de Lisboa, regedor da Casa da Suplicação e pertenceu aos Conselhos de Estado e da Guerra. Ao 6º Conde de Aveiras, D. Francisco da Silva Telo e Meneses (1723-1808) foi concedido o título de Marquês de Vagos. O 1º Marquês de Vagos foi governador de Évora, encarregado do governo das Armas da Corte e Província da Estremadura, no impedimento do Duque de Lafões, conselheiro da Guerra, mordomo-mor da princesa D. Maria Francisca Benedita, grã-cruz da Ordem de Cristo. Foi 2º Marquês de Vagos e 7º Conde de Aveiras D. Nuno da Silva Telo e Meneses (1745-1813), gentil-homem da câmara de D. Maria I, no Brasil, governador das Armas da Corte e Província do Rio de Janeiro, membro do Supremo Conselho de Justiça Militar, deputado da Junta dos Três Estados, grã-cruz das Ordens de Cristo, Torre e Espada e Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. Os Marqueses de Vagos e Condes de Aveiras incorporaram as Casas de Valadares e de Povolide: a casa de Povolide foi reunida à de Valadares pelo casamento de D. Maria Helena da Cunha, irmã do 4º e último Conde de Povolide (D. Luís José da Cunha Grã de Ataíde e Melo que faleceu sem geração, em 1833) com D. Pedro António de Noronha, 8º Conde de Valadares, gentil-homem da rainha D. Maria, chefe de divisão da Armada Real, comendador da Ordem de Cristo; o 5º Marquês de Vagos e 11º Conde de Aveiras, D. José da Silva Telo e Meneses Corte-Real (1838-1907), neto dos 8os Condes de Valadares, herdou as Casas dos Condes de Povolide e de Valadares. É actual representante das Casas de Aveiras (15ª), Vagos (8ª), Valadares (10ª) e Povolide (6ª) D. Maria Mafalda da Silva de Noronha Wagner.
Refere, entre outras cidades, vilas e lugares: Santarém, São João da Ribeira, Torres Novas, Torres Vedras, Pombal, Golegã, Almeirim, Alcoentre, Vila Verde, Lourinhã, Sintra, Colares, Alverca, Cascais, Mafra, Almada, Cadaval, Tomar, Ponte de Sor, Mação, Pedrogão Grande, Pampilhosa, Abrantes, Mação, Penela, Álvaro, Régua, Ourém, Sertã, Vila Nova de Cardigos, Évora, Estremoz, Montemor, Redondo, Aguiar, Beja, Moura, Serpa, Portel, Ficalho, Coruche, Alandroal, Benavente, Portalegre, Niza, Crato, Castelo de Vide, Palmela, Alcabideche, Alcácer do Sal, Grândola, Setúbal, Sesimbra, Azeitão, Barreiro, Mértola, Ourique, Lagos, Tavira, Sagres, Loulé, Castro Marim, Algezur, Alvor, Vila Nova de Portimão, Silves, Leiria, Alcobaça, Pombal, Peniche, Santa Eulália, Viseu, Guarda, Santa Comba Dão, Oliveira do Hospital, Coimbra, Buarcos, Tentúgal. As relações compiladas neste obra foram feitas por ordem de Filipe III de Portugal, dada por carta de 20 de dezembro de 1639, consoante consta no fólio 95 da mesma obra.
Os mapas apresentam a seguinte informação: Número do Distrito Administrativo; Comarca Judiciária; Divisão Militar; Freguesia; Concelho, Bispado; Denominação das aldeias, casas e mais povoações compreendidas no Distrito da freguesia; Número de fogos em cada povoação; Número de Almas em todas a freguesia; Menores até 7 anos; Número de nascimentos de um e outro sexo; casamentos; mortos. Estes documentos estão sempre assinados pelo Pároco e pelo Regedor. Apresenta os seguintes Concelhos e Freguesias: - Abrantes: freguesias de São João Baptista, São Vicente, Aboboreira, Aldeia do Mato, Alvega, Bemposta, Martinchel, Panascoso, Pego, Rio de Moinhos, São Miguel do Rio Torto, Rossio, Souto, Tramagal. - Alcanede: freguesias de Alcobertas, Fráguas, Tremês. - Aldeia da Cruz: freguesias de Aldeia da Cruz, Seiça, Fátima, Formigais, Freixianda, Olival, Ourém, Rio de Couros, Sabacheira. - Almeirim: freguesias de Almeirim, Benfica, Raposa. - Barquinha: freguesias de Atalaia, Paio de Pele, Tancos. - Benavente: freguesias de Benavente, Barrosa, Santo Estêvão, Samora Correia. - Cartaxo: freguesias de Cartaxo, Ereira e Lapa, Pontével, Valada, Vale da Pinta. - Chamusca: freguesias de Chamusca, Pinheiro Grande. - Constância: freguesias de Constância, Santa Margarida da Coutada, Montalvo. - Ferreira do Zêzere: freguesias de Águas Belas, Alviobeira, Areias, Beco, Pias. - Golegã: freguesia de Golegã. - Montargil: freguesia de Montargil. - Mação: freguesia de Envendos. - Pernes: freguesias de Pernes, Arneiro das Milhariças, Casével, Louriceira, Malhou, Paúl, Vaqueiros. - Rio Maior: freguesia de Rio Maior. - Salvaterra [de Magos]: freguesia de São Paulo. - Santarém: freguesias de Salvador, Marvila, São Martinho, Alcáçova, Milagre, São Julião, São Lourenço, Santa Iria, São Mateus, São Tiago Santa Cruz, São João do Alfanje, São Nicolau, Almoster e Vale, Pombalinho, Póvoa dos Galegos, Romeira, São Facundo, Vale, Vale de Figueira, Várzea. - Sardoal: freguesia de Sardoal. - Tomar: freguesias de Tomar, Madalena, Olalhas, Paialvo, Serra. - Torres Novas: freguesias de São Pedro, São Tiago, S. Salvador, Santa Maria, Olaia, Paço, Parceiros, Ribeira Branca, Zibreira. - Ulme: freguesias de Ulme, Vale de Cavalos.
As siglas abaixo foram utilizadas para nomear electronicamente os DVDs onde estão gravados os documentos digitalizados dos processos dos empréstimos às câmaras municipais: ABR - Abrantes ADF - Alfândega da Fé AGB - Aguiar da Beira AGU - Águeda ALA - Alandroal ALB - Albergaria-a-Velha ALBU - Albufeira ALCB - Alcobaça ALCC - Alcochete ALCN - Alcanena ALCS - Alcácer do Sal ALCT - Alcoutim ALE - Alenquer ALI - Alijó ALJ - Aljezur ALJU - Aljustrel ALMA - Almada ALME - Almeida ALMR - Almeirim ALMV - Almodovar ALPI - Alpiarça ALPO - Alportel ALT - Alter do Chão ALVI - Alvito ALVZ - Alvaiázere AMA - Amares AMAR - Amarante ANA - Anadia ANG - Angra do Heroísmo ANS - Ansião ARC - Arcos de Valdevez ARG - Arganil ARM - Armamar ARO - Arouca ARR - Arruda dos Vinhos ARRC - Arronches ARRL - Arraiolos AVE - Aveiro AVI - Avis AZA - Azambuja BAI - Baião BARC - Barcelos BARRC - Barrancos BARRR - Barreiro BAT - Batalha BEJ - Beja BEL - Belmonte BEN - Benavente BOM - Bombarral BOR - Borba BOT - Boticas BRA - Braga BRÇ - Bragança CAB - Cabeceiras de Basto CAD - Cadaval CAL(A) - Calheta (Açores) CAL(M) - Calheta (Madeira) CALD - Caldas da Rainha CAM - Câmara de Lobos CAMI - Caminha CAMP - Campo Maior CAN - Cantanhede CAR - Carregal do Sal CART - Cartaxo CAS - Cascais CASD - Castro Daire CASM - Castro Marim CASP - Castelo de Paiva CAST - Castanheira de Pêra CASV - Castelo de Vide CASVE - Castro Verde CBR - Castelo Branco CDA - Carrazeda de Ansiães CDB - Celorico da Beira CEL - Celorico de Basto CHA - Chamusca CHAV - Chaves CIN - Cinfães CMB - Coimbra CON - Constância COND - Condeixa-a-Nova COR - Coruche CORV - Corvo COV - Covilhã CRA - Crato CUB - Cuba ELV - Elvas ESP - Espinho ESPO - Esposende EST - Estarreja ESTR - Estremoz EVO - Évora FAF - Fafe FAR - Faro FCR - Figueira de Castelo Rodrigo FDA - Fornos de Algodres FDZ - Ferreira do Zêzere FEC - Freixo de Espada à Cinta FEI - Feira FEL - Felgueiras FER - Ferreira do Alentejo FIG - Figueira da Foz FIGV - Figueiró dos Vinhos FRO - Fronteira FUN - Funchal FUND - Fundão GAV - Gavião GOI - Góis GOL - Golegã GON - Gondomar GOU - Gouveia GRA - Grândola GUA - Guarda GUI - Guimarães HOR - Horta IAN - Idanha-a-Nova ILH - Ílhavo LAGAC - Lagoa (S. Miguel, Açores) LAGAL- Lagoa (Algarve) LAM - Lamego LEI - Leiria LJF - Lages das Flores LJP - Lages do Pico LGS - Lagos LIS - Lisboa LOU - Loulé LOU - Lousã LOUD - Lousada LOUR - Loures LRH - Lourinhã MAÇ - Mação MAC - Machico MACC - Macieira de Cambra MAD - Madalena MAF - Mafra MAI - Maia MAN - Mangualde MANT - Manteigas MAR - Marinha Grande MARV - Marvão MAT - Matosinhos MCN - Marco de Canaveses MCV - Macedo de Cavaleiros MDB - Mondim de Basto MDC - Miranda do Corvo MDD - Miranda do Douro MEA - Mealhada MED - Mêda MEL - Melgaço MER - Mértola MES - Mesão Frio MIC - Miranda do Corvo MIR - Mira MIRD - Mirandela MOG - Mogadouro MOI - Moimenta da Beira MOIT - Moita MON - Monção MON - Montijo MONC - Monchique MONF - Monforte MONN - Montemor-o-Novo MOR - Mora MORT - Mortágua MOU - Moura MOUR - Mourão MOV - Montemor-o-Velho MTG - Montalegre MUR - Murça MURT - Murtosa NAZ - Nazaré NEL - Nelas NIS - Nisa NOR - Nordeste OBI - Óbidos ODE - Odemira OEI - Oeiras OHO - Oliveira do Hospital OLA - Oliveira de Azeméis OLB - Oliveira do Bairro OLE - Oleiros OLF - Oliveira de Frades OLH - Olhão OUR - Ourique OVA - Ovar PAÇ - Paços de Ferreira PAC - Paredes de Coura PAL - Palmela PAN - Proença-a-Nova PAR - Paredes PDC - Penalva do Castelo PDS - Ponta do Sol PED - Pedrógão Grande PEF - Penafiel PEL - Penela PEN - Penacova PEN - Peniche PIN - Pinhel PMO - Porto Moniz PND - Penedono PNM - Penamacor POB - Pombal POI - Poiares POM - Porto de Mós PON - Ponte de Sor POR - Portalegre POV - Povoação PRE - Peso da Régua PRT - Portel PSE - Pampilhosa da Serra PST - Porto Santo PTB - Ponte da Barca PTD - Ponta Delgada PTL - Ponte de Lima PTM - Portimão PTO - Porto PVL - Póvoa de Lanhoso PVV - Póvoa de Varzim RDP - Ribeira de Pena RED - Redondo REG - Reguengos de Monsaraz RES - Resende RIB - Ribeira Brava RIG - Ribeira Grande RMA - Rio Maior SAB - Sabrosa SAN - Santana SAR - Sardoal SAT - Sátão SBU - Sabugal SCA - Santiago do Cacém SCD - Santa Comba Dão SCF - Santa Cruz das Flores SCG - Santa Cruz da Graciosa SCR - Santa Cruz SDM - Salvaterra de Magos SEI - Seia SER - Serpa SES - Sesimbra SET - Setúbal SEV - Sever do Vouga SEX - Seixal SIL - Silves SIN - Sines SJM - São João da Madeira SJP - São João da Pesqueira SMA - Sobral de Monte Agraço SMF - Santa Maria da Feira SMP - Santa Marta de Penaguião SNT - Sintra SOU - Sousel SPS - São Pedro do Sul SRE - Soure SRN - Sernancelhe SRP - São Roque do Pico SRT - Sertã STC - Santiago do Cacém STI - Santo Tirso STR - Santarém SVI - São Vicente TAB - Tabuaço TAR - Tarouca TAV - Tavira TBA - Tábua TDB - Terras do Bouro TDM - Torre de Moncorvo TNV - Torres Vedras TOM - Tomar TON - Tondela TRA - Trancoso TVD - Torres Novas VAG - Vagos VAL - Valongo VCA - Vale de Cambra VDA - Viana do Alentejo VDB - Vila do Bispo VDC - Vila do Conde VDR - Vila de Rei VEL - Velas VFC - Vila Franca do Campo VFC - Vila Nova de Foz Côa VFL - Vila Flor VFX - Vila Franca de Xira VIC - Viana do Castelo VID - Vidigueira VIE - Vieira do Minho VIM - Vimioso VIN - Vinhais VIS - Viseu VLÇ - Valença VLP - Valpaços VLR - Vila Real VLV - Vila Viçosa VNB - Vila Nova da Barquinha VNC - Vila Nova de Cerveira VNF - Vila Nova de Famalicão VNG - Vila Nova de Gaia VNO - Vila Nova de Ourém VNP - Vila Nova de Paiva VNPO - Vila Nova de Poiares VOU - Vouzela VPA - Vila Pouca de Aguiar VPO - Vila do Porto VPV - Vila Praia da Vitória VRS - Vila Real de Santo António VVE - Vila Verde VVR - Vila Velha de Ródão
Jornal Gazeta do Tejo referente ao mês de agosto de 1994 Contém os seguintes artigos: - Cabeça das Mós: Comissão de melhoramentos tem novos corpos diretivos; - Sardoal Feira do Livro 94 breve balanço; - Festas em Valhascos; - S. Miguel do Rio Torto - Junta de Freguesia promoveu passeio para reformados; - Em Monte Galego - Alvega Rancho Folclórico "Verde Pinho" 12 anos a cantar e a dançar; - Notícias de Constância: 9º Festival Nacional de Folclore - Malpique/94; Fundada nova Associação no concelho Os Quatro Cantos do Cisne; - V Feira Mostra de Mouriscas voltou com a força de quem quer ficar; - Pequeno ensaio sobre a história do Gavião e seu termo; - Em Abrantes de 9 a 12 de setembro - Expo' 94; - Poeta Popular de Penhascoso - Cremildo Tomás editou Livro de Poesia; - Festival do Folclore em Ortiga; - No Clube Desportivo "Os Patos" - Ana Catarina Bento Ramos dirigente e técnica de Andebol; - Iniciativa: Subida do nosso Tejo com embarcações de recreio; - Futebol volta de novo; - José Neves Sócio fundador, jogador e treinador analisa a crise do Grupo Desportivo do Pego; - Colecionismo: Rio Maior X Encontro de Colecionadores; Assoc.Filatélia Alentejo Algarvelança livro "Na Descoberta da Filatelia"; VI Encontro Nacional de Colecionadores em Benavente; - Vila de Rei - Lenda da Bicha Pintada; - Licenciamento de obras vai ser mais fácil; - Rossio ao Sul do Tejo: Sociedade de Instrução Musical Rossiense; Pela marginal; As nossas ruas;Toponímia; Mototurismo, Padre Luiz Ribeiro Catarino; Desenvolvimento comercial; - Vida por Vida, divulgação e promoção de atividades dos Bombeiros de Constância; - Fersant' 94 de 21 a 25 de setembro.
Natural da freguesia do Sacramento, Lisboa, bacharel, juiz de fora em Benavente e Salvaterra de Magos (irmão de Joaquim da Costa Carneiro e Sá, cavaleiro da Ordem de Cristo, familiar do Santo Ofício), filhos de João da Costa Carneiro, natural da freguesia de Santa Cristina de Malta, concelho da Maia, termo da cidade do Porto, cavaleiro da Ordem de Cristo, escrivão proprietário da mesa grande da alfândega de Lisboa, e de sua mulher D. Antónia Maria Rosa da Conceição, natural da freguesia do Sacramento; neto paterno de Joaquim da Costa de Sá, natural da freguesia de São Salvador, Macieira, comarca do Porto, e de sua mulher Maria Carneiro, natural da freguesia de Santa Cristina de Malta (viveram muitos anos na quinta de Nossa Senhora da Paz, no lugar da Ribeira Ruiva, junto a Torres Novas, para onde os levou seu tio o desembargador António Carneiro Barbosa, casado com D. Quitéria Maria de Vasconcelos e Sousa); neto materno de Domingos de Araújo, natural da freguesia de Santa Marinha, Chorense, comarca de Viana, e de sua mulher Natália Correia, natural da freguesia de São João, Tomar.
Inventariado(a): Rosalina de Jesus Dias Morada: Monte do Papa Tremoço, freguesia de São Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Testamento: com testamento Data do óbito: 05-04-1916 Inventariante e cabeça de casal: Malaquias José de Oliveira, viúvo da inventariada, usufrutuário vitalício Morada: Monte do Papa Tremoço, freguesia de São Bento do Ameixial Herdeiros sobrinhos da inventariada, filhos de Lucinda Augusta Dias e de António João da Cruz: 1- Guilherme António Dias, casado com Lúcia Maria Murteira, moradores em Sousel; 2- Cipriano António da Cruz Dias, casado com Francisca Umbelina, moradores no Monte do Coelho, freguesia de Santo Estevão, concelho de Estremoz; 3- Deodato João da Cruz Dias, casado com Joaquina Rita Cunha, moradores em Sousel; 4- Maria Lúcia Dias, maior, solteira, moradora no Monte do Benavente em Sousel. Herdeiros sobrinhos da inventariada, filhos de José Gaspar Dias e de Genoveva Maria Abrantes: 1- António Gaspar Dias, de 12 anos, morador em Sousel; 2- Lucinda Maria Dias, de 10 anos, moradora em Sousel. Contém, entre outros documentos, a certidão de óbito da inventariada, a cópia do testamento da inventariada, o inventário de descrição e avaliação dos bens e o mapa de partilha dos mesmos.
Conjunto de desenhos de brasões de armas de municípios, desenhados e coloridos, constando no verso, a descrição do brasão e por vezes uma breve notícia da sua origem. Abrantes, Açores, Albufeira, Alcácer do Sal, Alcanede, Alenquer, Aljubarrota, Almada, Almeida, Alter do Chão, Alverca, Ansiães, Arcos de Valdevez, Arganil, Arouca, Arronches, Arrifana de Sousa, Arruda, Aveiro, Azambuja, Barcelos, Barquinha, Belém, Benavente, Benguela, Beringel, Braga, Bragança, Cabeço de Vide, Caldas da Rainha, Calheta, Caminha, Cartaxo, Castanheira, Castelo Branco, Castelo Rodrigo, Castelo de Vide, Castro Marim, Celorico, Chamusca, Chaves, Coimbra, Colares, Coruche, Covilhã, Crato, Ericeira, Faro, Ferreira, Figueiró dos Vinhos, Freixo de Espada-à-Cinta, Garvão, Golegã, Gouveia, Guarda, Guimarães, Horta, Idanha-a-Nova, Juromenha, Lagos, Lamego, Leiria, Linhares, Lisboa, Loulé, Machico, Marialva, Marvão, Melo, Mértola, Miranda, Moçambique, Monção, Monsanto, Montemor-o-Velho, Moura, Mourão, Óbidos, Olivais, Olivença, Ourém, Ourique, Ovar, Palmela, Panóias, Pedrógão, Penafiel, Penamacor, Penela, Peniche, Pinhel, Ponte de Lima, Porto, Sabugal, Santarém, São Martinho dos Galegos, São Paulo, Seia, Serpa, Setúbal, Sintra, Sortelha, Soure, Tavira, Tomar, Tondela, Torre de Moncorvo, Torres Novas, Torres Vedras, Trancoso, Valença, Viana do Alentejo, Viana do Castelo, Vila do Conde, Vila Flor, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Cerveira, Vila Real e Viseu.
Inclui: - Ofício do conde de Subserra ao conde de Barbacena remetendo todos os papéis que tinha em seu poder sobre as coutadas. 1825-03-16 - "Regimento das coutadas de Salvaterra e suas demarcações, e da pena que haverão os que caçarem perdizes, lebres, coelhos ou montearem porcos, veados, ou qualquer outra, ou não cumprirem, e guardarem, e fizerem o contrário do que nele se contém nos tempos defesos". 1675. 1 doc. (21 f.) - "Consulta da Junta da Reforma dos Forais, sobre as providências tendentes a combinar a existência das coutadas com o Bem Público". 1824-10-11. - Minuta do "Alvará com força de lei por que o rei conformando-se com o que lhe foi ponderado pela junta criada por decreto de 5 de junho deste ano, é servido extinguir todas as coutadas particulares que estiverem abertas, pelo que respeita ao uso da caça e da pesca, e também, com algumas excepções, todas as reais coutadas abertas, pelo que toca ao uso da caça, e dar outras diversas providências relativas à conservação das matas que não estão debaixo da dependência da Repartição da Marinha". 1824-12-20 - Apontamento sobre o estado das coutadas e matas de Muge, Benavente, Samora Correia. - Ofício do marquês Monteiro-mor ao conde de Subserra sobre o estado da Montaria-mor. 1824-04-10
Nesta série, as datas descritivas podem abranger o largo limite de tempo de 1886 a 1916. Nas caixas originais em que Jorge de Almeida Lima acondicionava os negativos e inscrevia as identificações dos respetivos conteúdos, é frequente, todavia, que entre os anos de 1905 e 1916 ele forneça datas tópicas a referir as Caldas da Rainha, onde então residiu de forma esporádica ou permanente – mas tais datações são fornecidas, surpreendentemente, inclusive para imagens capturadas em outras localidades que de facto não pertenciam ao concelho. Nestes casos, o campo "Datas descritivas" conterá a data tópica integral, fazendo-se todavia um alerta, no campo "Âmbito e conteúdo", para o facto de que Caldas da Rainha era o local de residência do fotógrafo, mas não o da captura da imagem. Nos documentos fotográficos podem encontrar-se os seguintes conteúdos, entre outros: Relativamente a tipos humanos e profissionais: Cavaleiros; jovens mulheres; lavadeiras; mendigo. Relativamente a indumentária: Elegantemente vestidas e de chapéu. Relativamente ao património natural e paisagístico: Mondego; praia. Relativamente a meios de transporte: Aeroplano; barcos; bote; carroças; campo de aviação; charrete; navio; patacho. Relativamente a pecuária: Bois; mercado de Santa Susana (concelho das Caldas da Rainha). Relativamente a localidades: Coimbra; São Martinho do Porto; Setúbal. Relativamente a sismos: Benavente e Samora Correia (casa arruinada; casas arruinadas; armazém arruinado; igreja arruinada; rescaldo de bens móveis danificados; tenda instalada numa rua; pessoas refugiadas; terramoto; terramoto de 1909; tremor de terra).
Jorge Abraham de Almeida Lima nasceu a 22 de abril de 1853 na Quinta do Lameiro, na paróquia de São Domingos de Benfica, em Lisboa. Era filho de José Joaquim de Almeida Lima e de Georgina Henriqueta Oom Wheelhouse. Passou parte da infância na Quinta da Palmeira, no Seixal, sendo educado por precetoras inglesas. Em 1874 requereu a nacionalidade brasileira, ficando assim isento do serviço militar. Apesar de se desconhecer exatamente quando e por influência de quem se iniciou na fotografia, Jorge de Almeida Lima tem produção datada desde 1886 e tornou-se sócio da Academia Portuguesa de Amadores Fotográficos em 1887. Foi na qualidade de amador que se dedicou à fotografia, uma vez que a sua principal atividade era a gestão das propriedades e sua exploração agrícola e dos bens de família que detinha. A 10 de abril de 1877 casou-se com Maria do Carmo Campos de Andrada, de quem teve uma filha, Maria Georgina (1878). Em 1890 recebe o título de Comendador da Ordem Militar de Cristo, e, em 1892, o de Comendador da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. Participou em múltiplas exposições, entre as quais a Exposição Fotográfica do Ateneu Comercial do Porto (1893), a Exposição Nacional de Fotografias de Amadores, inaugurada, a 31 de dezembro de 1899, no Salão Portugal da Sociedade de Geografia, a Exposição de Fotografia Direta das Cores em Portugal, promovida pela Sociedade Portuguesa de Fotografia (junho de 1913) e a Exposição Nacional de Fotografia (1916). Colaborou, através de algumas reportagens, nas publicações periódicas "Ilustração Portuguesa" e "Brasil-Portugal". Fez parte da primeira direção da Sociedade Portuguesa de Fotografia, fundada em 1907. No decurso das suas atividades, usou também o nome simplificado de "Jorge Lima", como aliás consta de vários títulos que deu às suas fotografias. Faleceu a 6 de dezembro de 1934, aos 81 anos.
Fl. 70: 30-9-1807. Aos Juízes de Fora de Almada, Moita, Aldeia Galega, Vila Franca de Xira e Alhandra para procederem ao recrutamento de marinheiros de profissão que se encontram refugiados nestes lugares, vindos da capital do Reino, bem como em conventos e casas particulares, com vista a não se envolverem na guerra iminente; Fl. 196: 29-9-1809. Aos Juízes de Fora de Aldeia Galega, Moita e Vila Franca de Xira para atenderem às requisições de barcos do Juiz do Crime do Bairro da Riveiro da cidade de Lisboa, necessário ao transporte dos Exércitos Portugues e Britânico; Fl. 202v: 10-11-1809. Ao Juiz de Fora de Almada, Juiz Ordinário do Sobral de Monte Agraço e Juízes de Fora de Torres Vedras, Povos e Castanheira para satisfazerem com a maior brevidade e exactidão as requisições do Delegado Comissário Geral das Tropas de S.M.B. Thomaz Duumore para se prontificarem as faxinas e paliçadas necessárias para as fortificações mandadas construir pelo Lord Wellington; Fl. 273: 15-3-1811. Aos juízes de Fora de Castanheira, Vila Franca de Xira, Azambuja, Aldeia Galega, Benavente, Chamusca, Coruche e Abrantes informando que o Desembargador Jacinto Pais de Mendonça deslocar-se-á às terras localizadas a Sul do Tejo, a fim de promover a salubridade destas e as sementeiras que são próprias da estação.
Inventariado(a): Rosária do Carmo Morada: Herdade dos Tejos, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 13-03-1876 Inventariante e cabeça de casal: Gaspar Dias, lavrador, viúvo da inventariada Morada: Herdade dos Tejos, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Lucina Augusta, maior de idade, solteira Cipriano, Dias, de 21 anos, solteiro Rosalina de Jesus, de 19 anos, solteira José Dias, de 12 anos Contém, entre outros documentos, o inventário de descrição e avaliação dos bens da inventariada e o mapa de partilha dos mesmos. Apensos: 1- Autos cíveis de inventário orfanológico por óbito de Gaspar Dias, falecido a 17 de março de 1903, morador em Sousel, foi cabeça de casal seu filho Cipriano Dias (1903). Filhos do inventariado interessados na herança paterna: Cipriano Dias, morador na Herdade de Banavente, freguesia de Sousel; Rosalina de Jesus, casada com Malaquias José de Oliveira, moradores na freguesia de São Bento do Ameixial; José Gaspar Dias, casado com Genoveva Abrantes Dias, moradores no Monte de Benavente, freguesia de Sousel; Lucina da Conceição, casada que foi com António João da Cruz, ambos falecidos. Netos do inventariado, filhos de Lucina da Conceição, moradores com o cabeça de casal: Guilherme António Dias, maior de idade, solteiro; Maria Lúcia, de 20 anos; Cipriano Dias da Cruz, de 18 anos e Deodato da Cruz, de 14 anos. 2- Cópia da escritura de venda de metade de um Olival que fez Saturnino António Bastos, morador em Sousel, a Gaspar Dias, morador no Monte dos Tejos, (1869); 3- Autos cíveis de prestação de caução no inventário de Rosária do Carmo, oferecida pelo viúvo Gaspar Dias (1881).
Contém cartas de Duarte do Amaral, engenheiro e ex-secretário do Presidente do Conselho, a informar sobre os seguintes assuntos: pretende sair do cargo de Fiscal do Governo da Rádio Renascença; acerca da prisão do seu irmão Gaspar Pinto de Carvalho Freitas do Amaral pela PIDE; o ambiente político que existe no Norte (Porto, entre outros); a possibilidade de abrir "concurso para professor da cadeira de “Betão Armado” recentemente criada no Instituto Superior Técnico"; a mudança do Dr. Daniel Barbosa da casa do Estoril para o Porto. Inclui o cartão de visita do Ministro das Obras Públicas, José Frederico Ulrich. Integra cartas do autor, referentes à visita efetuada ao Paço dos Duques de Bragança e Guimarães, e "das más condições de habitabilidade para os Príncipes, e o estado das Obras", bem como a compra das casas do Largo do Carmo, junto dos Paços ainda não se concretizou, e sobre a conversa com o arquiteto Benavente a fim de demolir e arranjar o terreno, entre outros. Compreende documentação relativa à "Sacor", cujo presidente da Comissão, Duarte do Amaral, refere o projeto da construção de um bairro, a verba, o "Programa de alargamento e melhoria das instalações industriais da Sacor", entre outros. Contém duas fotografias da medalha da "Sacor", realizadas pelo eng. Duarte do Amaral, Dr. Botto de Carvalho e do pintor António Lino. O escultor M. Norte modelou. A gravação dos cunhos e a cunhagem são feitas na Casa da Moeda". A saber: "em fundo de tubagem de uma refinaria, uma pira com fogo sagrado do petróleo, sobre um touro alado, símbolo de espírito e de potência" - com elementos de inspiração persa, que se acredita ter sido "conhecido" primeiro o petróleo; no verso: a medalha apresenta o fundo com o nome da Sociedade e data, as quinas das armas portuguesas (significa que a sociedade está ao serviço do País)", entre outros.
Contém 6 processos de financiamento, no âmbito do Programa no Domínio das Ciências da Educação, aos seguintes projectos: Projecto "Aplicação ao Ensino Médico do Método de Aprendizagem por Análise de Problemas" (PCED/DCI/22/91), proposto e executado pela Faculdade de Ciências Médicas. Investigador responsável: António Bensabat Rendas; Projecto "Desenvolvimento Curricular em Ensino Experimental de Física Assistido por Computador - Propostas Metodológicas" (PCED/DCI/19/91), proposto e executado pela Sociedade Portuguesa de Física e com a participação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, da Escola Secundária Eça de Queirós, da Escola Secundária Professor Herculano de Carvalho da Escola Secundária da Cidade Universitária. Investigador responsável: António Moreira Gonçalves; Projecto "Análise das Necessidades de Formação dos Professores de Línguas Estrangeiras em Exercício no Segundo Ciclo do Ensino Básico no Distrito de Leiria" (PCED/DCI/28/91), proposto e executado pelo Instituto Politécnico de Leiria e com a participação das Escolas Preparatórias do Distrito de Leiria e das Escolas C+S do Distrito de Leiria. Investigador responsável: Maria das Dores Escada Cruz; Projecto "Mudança e Inovação em Educação: Contextos e Dinâmicas; Espaços, Situações e Protagonistas" (PCED/IEC/33/91), proposto e executado pelo Departamento de Educação da Faculdade de Ciências de Lisboa e com a participação da Fundação Calouste Gulbenkian e do Instituto de Inovação Educacional. Investigador responsável: Ana Benavente Nuno; Projecto "Educação Multicultural" (PCED/IEC/34/91), proposto e executado pela Universidade Aberta e com a participação da Direcção-Geral de Extensão Educativa. Investigador responsável: Maria Beatriz Rocha Trindade; Projecto "Estudo Comparativo do Papel da Escola no Desenvolvimento Pessoal e Social" (PCED/IEC/36/91), proposto e executado pela Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Investigador responsável: Bártolo Paiva Campos.
Jornal Gazeta do Tejo referente ao mês de outubro de 2001 Contém os seguintes artigos: - Apresentação dos candidatos às autárquicas - Sardoal na rota do século XXI, segundo Moleirinho; - Sardoal, 28 de outubro - Castanhas, nozes, amêndoas e figos vão dar sabor à Feira de S. Simão; - Finos sabores confluem no Sardoal em 27 e 28 de outubro - Broas dos Santos vão ter lugar de destaque; - Casa do Povo de Arreciadas poderá vir a ter grupo de teatro; - Juventude Social Democrata de Abrantes elegeu nova comissão política; - Na defesa da história, da tradição e da Casa Real Portuguesa - Empossada em Tomar a nova direção da Real Associação do Ribatejo; - Exposição de Mário Albano - Sardoal relembra António Aleixo; - António Martins, na sua apresentação de candidatura - proximidade e contratualização são as promessas do PS para Mação; - Com o apoio do Partido Popular, cinco mulheres candidatas à Freguesia de S. Vicente; - Mais de trezentos jovens em Abrantes no Encontro Nacional de Juventude; - Secundária Solano de Abreu com obras de beneficiação; - Sociedade da Portela remodela polidesportivo; - Clube Estrela Verde promove jogos florais; - Nelson de Carvalho, candidato à Câmara Municipal de Abrantes «Abrantes mudou muito. Abrantes está a mudar muito»; - Candidato à Câmara Municipal de Abrantes - Pedro Marques quer união no PSD; - Texto de opinião: Sprint final para as autárquicas; - Por terras de Sardoal - Aldeia da Palhota; - PDM de Abrantes em processo de revisão; - Câmara de Abrantes atribui subsídios no âmbito do FINCULT; - Câmara comparticipa iluminação da zona envolvente da Mitsubishi em Tramagal; - Constância - Falecimento do Chefe Leonel Maria do Santos dos Bombeiros de Constância; - Em Constância, ginásio abriu as portas ao público piscina continua em funcionamento; - Constância, faleceu Fernando Bento Rodrigues; - População de Galveias conseguiu afastar matadouro da vila; - Passeio todo-o-terreno de São Martinho - Crato por Quatro; - Grande Prémio de Pesca Desportiva - Circuito das Barragens do Norte Alentejano; - Autarquias da Golegã, Chamusca e Alpiarça criam Rota do Cavalo, do Touro e do Vinho; - União Desportiva Rossiense com novos corpos diretivos; - Internet nas Escolas; - Executivo Abrantino aprova empreitada do polidesportivo de Carreira do Mato; - Cinema volta ao Cine-Teatro S.Pedro em Abrantes; - A convite da Câmara de Abrantes - Alunos das escolas do Ensino Básico visitam o Ecomuseu de Martinchel; - Escola de Música de Abrantes com inscrições abertas; - Poetas Populares do Ribatejo encontram-se em Benavente; - Crispim Ceia, candidato independente à Freguesia de Tramagal «Muitas pessoas se me têm dirigido e manifestado interesse para que continue».
Autora: - Cônjuge: Custódio Ferreira Goios. - Residência: Na sua quinta do Rego, freguesia de São Sebastião da Pedreira, subúrbios da cidade de Lisboa. Réu: - Residência: rua da Figueira, Lisboa. - Profissão: negociante. A ação prende-se com a sociedade. O marido da autora era reconhecido como o homem de negócios mais antigo da praça de Lisboa. O réu era parente de Custódio Ferreira Goios, que nada tinha seu e vivia da dependência do referido Goios, e que, no ano de 1737, o colocou em casa de Elias Perochon, negociante britânico, para aprender e o tornar mais hábil, tendo-o trazido, posteriormente, para sua casa e companhia em 1741. E por Custódio Goios não ter filhos o ajustaram a casar com a sua sobrinha Maria Josefa. Para maior estabilidade e benefício do réu Custódio Ferreira Goios, em 1742, o constituiu seu sócio em todas as negociações desse tempo. Sociedade não escrita mas de palavra, a qual durou até dezembro de 1751. O autor não escrevia nem guardava os livros durante todo o tempo em que durou esta sociedade, pois que o fazia era Leopoldo Pascal Maria Tragini ou o próprio réu. Contém em apenso dois livros de exame e reparos que se fizeram nos livros da sociedade dos senhores Goios e Faria. Refere os contratos da Casa das Carnes, do Pescado Seco, do Pescado Fresco, da Fruta, de Barcelos, da Passagem da Paraíba e Paraibuna, de Sacavém, das Entradas para as Minas Gerais, da Dízima da Alfândega do Rio, da Dizima de Pernambuco, da Chancelaria da Corte e Reino, da Casa dos Cincos, do almoxarifado de Benavente, dízima da Alfândega da Baia, dos Escravos da Baia, dos Escravos do Rio, dos Escravos de Pernambuco, dos Escravos de Angola, do Subsídio Grande dos Vinhos do Rio de Janeiro, dos Molhados da Baia, do Subsídio do Açúcar de Pernambuco, do Consulado da Saída e Entrada da Casa da Índia, entre muitos outros. Refere ainda as companhias e respetivas marcas, bem como as comendas de Balazar e a de Alcanede. Escrivão: Manuel Antunes de Matos Esteves da Fonseca.
Sucedendo a antiga Casa da Imposição dos Vinhos, que compreendia o almoxarifado dos vinhos, a vara da imposição e as 4 portas de entrada dos vinhos, surge a Mesa dos vinhos. Esta Mesa surge com a publicação do alvará de lei e regimento de 26 de outubro de 1765 para a nova arrecadação dos direitos dos vinhos, e alvará de 18 de novembro do mesmo ano, que amplia o anterior e estabelece, entre outras, para cada um dos seis ramos (Olivais e Sacavém; Carnide, Benfica, Belas e suas pertenças; Campo Grande, Lumiar e Loures; Santo António do Tojal e Montes; Belém e Barcarena; Alverca e Alhandra) um meirinho com um escrivão das sisas.
O Mosteiro de Santa Joana de Lisboa era feminino, mas de origem masculino, e pertencia à Ordem dos Pregadores (Dominicanos). Em 1580, D. Álvaro de Castro, ao partir para Alcácer Quibir, vinculou a morgadio a sua quinta que ficava ao Chafariz do Andaluz, deixando as suas terras (no caso de não ter descendência) ao convento de São Domingos de Benfica, para ali se erguer um convento. Em 1699, foi fundado um mosteiro, mas de frades com a invocação da Princesa Santa Joana. Em 1755, o terramoto não afectou o edifício do mosteiro, e a ele recolheram as freiras dos mosteiros da Anunciada e da Rosa de Lisboa. Nesta altura, deu-se a saída dos frades, e o mosteiro passou a feminino. Em 1834, no âmbito da "Reforma geral eclesiástica" empreendida pelo Ministro e Secretário de Estado, Joaquim António de Aguiar, executada pela Comissão da Reforma Geral do Clero (1833-1837), pelo Decreto de 30 de Maio, foram extintos todos os conventos, mosteiros, colégios, hospícios e casas de religiosos de todas as ordens religiosas, ficando as de religiosas, sujeitas aos respectivos bispos, até à morte da última freira, data do encerramento definitivo. Os bens foram incorporados nos Próprios da Fazenda Nacional. Em 1884, o mosteiro foi encerrado por morte da última freira. Localização / Freguesia: Coração de Jesus (Lisboa, Lisboa)
Livro Copiador de Correspondência Geral Expedida do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos desde 1 de abril a 28 de junho de 1940, correspondente ao 2º trimestre, encontra-se organizado cronologicamente e contém 313 registos datilografados, numerados de 597 a 910, de cópias dos ofícios, telegramas e cartas expedidas por este Sindicato na generalidade a sócios e entidades várias sobre diversos assuntos nomeadamente sobre a colaboração no jornal do Sindicato, informações sobre farmácias, envio/receção/pedido de documentos, pedido/revalidação da carteira profissional, exclusividade do título de analista, consultas sobre fórmulas farmacêuticas, contas do Sindicato e secções distritais, eleição dos corpos gerentes das secções distritais, pagamento de quotas, reclamações/queixas, lugar de farmacêutico municipal em Moncarapacho, inscrições de sócios, agradecimentos, esclarecimento relativo ao Decreto Nº 18108, informações sobre funcionamento do Sindicato, queixas contra farmácias, licenças de comércio e indústria, venda ilegal nas drogarias de produtos farmacêuticos e aviamento de receitas, direção técnica de farmácias, fornecimento de medicamentos manipulados para a misericórdia de Trancoso, funcionamento ilegal de farmácias, transferência de farmácias, imposto de selo a pagar pelas especialidades farmacêuticas estrangeiras, colocação de farmacêuticos, atos de eleição e posse do Sindicato, convites, fornecimento de produtos farmacêuticos a quaisquer organismos, prestações do pagamento do diploma, especialidades farmacêuticas, pareceres de comissões, marcação de reuniões, participações contra as drogarias Centeno & Neves Lda.; Alvarez & Cª Irmão; Sociedade de Produtos Farmacêuticos, reclamações contra as farmácias Lungenit (Lisboa), Banha (Moscavide), votos de melhoras a António de Oliveira Salazar, publicações em jornais, fornecimento de especialidades, manipulados e artigos de penso, comissão administrativa da secção distrital de Santarém, pedidos de informação relativos ao ano de conclusão do curso/licenciatura em farmácia, atualização da biblioteca, concurso para o fornecimento de medicamentos à Misericórdia de Benavente, dívida da Associação de Socorros Mútuos “Igualdade”, regimento dos preços, regulamento do imposto do selo das especialidades farmacêuticas, observações acerca do regulamento do comércio dos medicamentos especializados, fiscais privativos, reclamações contra farmacêuticos, transferência de sócios, aquisição de exemplares da obra “Grandeza da Farmácia”, projeto de um Código Deontológico Farmacêutico, anúncios, legislação farmacêutica internacional, grau universitário, estatutos da Associação Portuguesa para o Avanço das Ciências. Na sua maioria, os ofícios contidos neste livro são assinados por Manuel Rodrigues Loureiro, Mário Augusto Azevedo da Costa Santos, Gerardo Rodrigues Maria da Matta e Armando Gonçalves Ramos, presidente, vice-presidente, 1º secretário e consultor técnico da Comissão Administrativa do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos. Dois ofícios encontram-se datilografados em papel timbrado do Sindicato. O final do livro apresenta um índice de ordem alfabética não preenchido. Entre os destinatários encontram-se Adélia Marques de Araújo Vicente, Adelino Lopes da Silva, Adriano dos Santos Baptista, Alberto Herculano Lamas de Oliveira, Albino Matos do Vale, Albino Pereira, Alcina Rodrigues da Silva Patrício, Alexandre de Pinto Soares, Alexandre José Maria Mendes, Alfredo de Sá Correia de Araújo, Alice Vaz Tecedeiro, Aluísio Marques Leal, Álvaro Pereira da Silva Carneiro, Álvaro Zeferino Campos Valente, Amâncio Arménio Avelino de Almeida, Amaral Frazão, Amélia Augusta da Silva, André Martins Rebocho Pais, Ângelo Queiroz da Fonseca, Antero Reis Gomes, António de Oliveira Salazar, António de Sousa Macedo, António de Sousa Vieira, António Dias da Silva, António Ferreira de Almeida, António Lopes de Castro, António Luís de Paiva, António Maria Caeiro da Cunha, António Martins Paula, António Monteiro da Motta, António Pereira Forjaz, António Rosado Pinto, Arnaldo Ferreira da Costa, Artur Maldonado de Freitas, Artur Zuzarte Pita, Associação de Socorros Mútuos “Igualdade”, Augusto Ferreira de Carvalho, Bernardino Álvaro Vicente de Pinho, Bernardino Leite Ribeiro, Café Abadia (Lisboa), Câmara Municipal de Lisboa, Camilo Pereira Sampaio, Cândido Alberto de Morais, Carlos Augusto Correia de Figueiredo, Carlos Martins Carvalho e Costa, Casa do Alentejo (Lisboa), Casa do Povo de Moncarapacho, Casa dos Pescadores de Portimão, César de Bastos Romano Baptista, Comissão Reguladora dos Produtos Químicos e Farmacêuticos, Comissões do Sindicato (Deontologia e Legislação, Farmácia, Bacteriologia e Biologia, Interesses Profissionais, Biblioteca, Redação), Companhia Portuguesa Higiene, Conselho Geral de Colégios Farmacêuticos, Consulados em Lisboa (Alemanha, Brasil, Cuba, Espanha, Itália), Custódio Maldonado de Freitas, Direção Geral de Saúde, Domingos Martins Caro, Eduardo Félix Franco, Eduardo Frederico de Melo Garrido, Eduardo Gomes Guimarães, Elisa dos Anjos Lopes da Fonseca, Emílio da Cunha Mora, Emílio Eutímio Borges Figueiredo, Eugénio Evangelista do Carvalhal, Faculdade de Farmácia do Porto, Farmácia Costa (Vidago), Farmácia Higiene (Porto), Farmácia Portuguesa (Funchal), Farmácia Sotero Sucr. (Figueira da Foz), Fernando Aurélio Dias Costa, Fernando Correia, Fernando Pedroso de Lima, França Vigon, Francisco Ferreira Pinharanda, Francisco José Ferro Júnior, Frederico José da Cunha, Frederico Josino Garcia Secades, Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho, Garland Pereira de Sousa, Georgina Henriques Santos, Gervásio Augusto de Oliveira, Gervásio Augusto Lobato, Grémio dos Armadores dos Navios da Pesca do Bacalhau, Grémio dos Importadores de Drogas Produtos Químicos e Especialidades Farmacêuticas, Grémio dos Industriais de Especialidades Farmacêuticas, Guilherme de Barros e Cunha, Guilherme Pedro Quintino, Herculano da Fonseca, Homero Ferreira, Inspeção do Exercício Farmacêutico, Instituto Nacional do Trabalho e Previdência, J. F. Ribeiro da Cunha, Januário Pereira, João Aldomiro de Sousa, João Alves da Silva, João António de Almeida, João Fernandes Cruz, João Ferreira Leite, João Maldonado de Freitas, João Manuel da Luz Chambel, João Maria Fonseca e Pinho, João Pereira da Silva, João Pereira, João Simões do Paço, João Simões Pereira Xavier da Cunha, Joaquim Ferraz de Carvalho, Joaquim José Vieira da Fonseca Júnior, Joaquim Pedro de Alcântara Ferreira e Costa, Jorge Carlos Antunes Gomes, Jornal Notícias Farmacêuticas, Jornal O Monitor de Farmácia, Jornal O Monitor de Farmácia, José Afonso Pereira Diniz, José António Costa, José António Filipe Proença, José Augusto Baptista, José Bento Marques, José Constantino Correia Rosa, José de Figueiredo Paixão, José Dias Reis, José do Souto Teixeira, José Ferreira do Vale Serrano, José Gonçalves Bandeira, José Guilherme Faure, José Leite da Silva, José Maria Mendes Fragoso, José Nunes da Costa Nogueira, Júlio de Almeida, Júlio de Carvalho, Laura Augusta Pereira Rodrigues, Laura de Almeida Leite, Leitaria Camões (Lisboa), Luís Fernandes Martins, Luís Filipe Maceira de Magalhães, Luísa Malva do Vale, Magna Máxima M. Moutinho, Manuel António Abrunhosa, Manuel Cândido Costa da Silva Correia, Manuel da Costa, Manuel das Dores Tello da Fonseca, Manuel Ferro, Manuel Maria Taborda Rodrigues da Costa, Manuel Peres, Manuel Rasoilo Cristiano, Manuel Ruivo de Figueiredo, Manuel Vilela de Barros, Maria Berta C. Frias, Maria Carolina de Almeida Varela, Maria Cecília de Sousa Lobo, Maria Lobo Patinha, Mário Rodrigo de Medeiros Morais, Marques de Carvalho, Ministério da Educação Nacional - Instituto para a Alta Cultura, Ministério do Interior, Misericórdia de Benavente, Natália Alice de Barros, Pedro Elias da Silva, Pedro Lemos, Pompeu Faria de Castro, Porfírio Augusto Lopes, Prudêncio Martinho Gonçalves, Raúl de Carvalho, Reinato Pimentel de Almeida, Ricardo Aires de Oliveira, Roque António Lopes da Silva, Secção Distrital do Sindicato (Aveiro, Beja, Braga, Évora, Porto, Santarém, Viseu), Sertório Ferreira, Serviços de Censura, Silvina Augusta Fontoura de Carvalho, Sindicato Nacional dos Ajudantes de Farmácia, Sindicato Nacional dos Empregados Bancários, Subsecretaria de Estado das Corporações e Previdência Social, Violeta Cunha, Virgílio Benjamim de Quintanilha e Mendonça.
Livro de Atas N.º 8 das sessões da Direção do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos correspondentes ao período de 14 de novembro de 1967 a 8 de junho de 1972. As atas encontram-se manuscritas e contêm indicação dos membros presentes nas sessões e análise de assuntos propostos pelos diferentes membros. Nas sessões deste livro foram discutidos diversos assuntos nomeadamente sobre prática de enfermagem em farmácias, admissão demissão e transferência de sócios, envio de carteiras profissionais aos sócios, transferência de farmácias, defesa dos interesses económicos e profissionais da classe farmacêutica, proposta para alteração do estatuto do Sindicato, contas de gerência e relatórios, eleições de concelhos municipais, pagamento de quotas à Federação Internacional Farmacêutica - FIP - por parte do Sindicato e seus associados, atribuição de subsídios para a revista Notícias Farmacêuticas, criação de Comissão Coordenadora dos Serviços Administrativos, pedidos de subsídios, Regulamento do comércio de medicamentos especializados, venda ilegal de medicamentos, estruturação do Fundo Especial de Financiamento de Farmácias, estudo sobre os Cursos de Aperfeiçoamento e Especializações, criação da revista “Pharmaka” e autorização de publicação pelos serviços de censura, autos de transgressão remetidos à Direção Geral de Saúde, concurso para habilitação de casas de renda económica, oferta de medalha comemorativa das V Jornadas, relação atualizada do pessoal ao serviço do Sindicato, especialidade de análises químico-biológicas - análises clínicas, equiparação dos licenciados em farmácia com outros licenciados no quadro da Comissão Reguladora dos Produtos Químicos e Farmacêuticos, revisão do Regimento dos Preços dos Medicamentos, venda de produtos biológicos para uso veterinário, fiscalização da venda de artigos estranhos à farmácia, subsídio da Fundação Calouste Gulbenkian destinado à publicação do número da Revista dedicado às VI Jornadas Farmacêuticas Portuguesas, concorrência desleal, I Congresso Nacional da Indústria Farmacêutica, legalização de propriedade de farmácias, averbamento da propriedade de farmácia em nome de indivíduos não farmacêuticos, auxilio prestado a farmacêuticos aquando das cheias de 25 de novembro de 1967, pedido apoio para a unificação do curso de farmácia e restauração das Faculdades de Farmácia de Lisboa e Coimbra, definição de farmacêutico na classificação nacional das profissões, condenação de farmacêuticos por falta de assistência nas farmácias que dirigiam, contrato coletivo de trabalho do pessoal de organismos corporativos, pedido de bolsas para participação nas III Jornadas Farmacêuticas Italianas, I Colóquio Farmacêutico realizado em Abrantes, inquérito sobre a natureza dos diplomas dos farmacêuticos que dirigiam farmácias, receitas e despesas do Sindicato, convites para conferências, exposição de farmacêuticos hospitalares relativamente à sua situação com promulgação do Estatuto Hospitalar, venda de medicamentos sem receita médica, aquisição de máquina de escrever, votos de louvor, empréstimo de 61 peças do Museu da Sociedade Farmacêutica Lusitana para a Exposição da Indústria Farmacêutica no valor de 100.000 escudos, cedência de expositor e adereços para a Farmácia Arga Lda., oferta de medalha de prata das V Jornadas para o Museu, pedido de suspensão do pagamento de quotas, pedido de subsídio ao Laboratório Militar para publicação da Pharmaka, proposta para a instituição de uma Escrita Comercial-tipo nas farmácias e comércio de especialidade farmacêuticas, atribuição do título de Membro Honorário Estrangeiro António Afonso Palla Carreiro pela Academia Brasileira de Medicina Militar, questões relativas à terapêutica do Cânhamo Indiano, II Colóquio Regional realizado em Évora a 25 de maio de 1968, projetos e esboços para o novo edifício do Sindicato, Lei do Exercício Profissional de Farmácia, retirados do mercado medicamentos contendo bitionol, oferta de suplementos das Farmacopeias francesa e portuguesa à Biblioteca, envio de mapas mensais de sócios e contribuintes do Sindicato à Direção Geral do Trabalho e Corporações, pedido de informações sobre requerimentos para a inscrição no quadro de especialistas em análises químico-biológicas - análises clínicas e respetivo modelo de certificado e título, questões relativas ao Curso de Férias da Escola de Farmácia de Coimbra, requerimento de diretores técnicos proprietários para residir fora da localidade onde se situam as suas farmácias, graduações legais do álcool, III Colóquio Regional Farmacêutico realizado em Aveiro a 9 de novembro de 1968, eleição de sócios honorários, regulamento disciplinar do Sindicato, condições de registo da prática dos ajudantes de farmácia, organização do Curso livre de farmácia industrial realizado pela Escola de Farmácia de Coimbra, lista de drogas e produtos químicos não manipulados de venda permitida nas drogarias, restauração as Faculdades de Farmácia de Lisboa e de Coimbra, questões relativas à lista dos medicamentos e substâncias tóxicas estupefacientes antigenésicos ou abortivos, revisão e atualização da legislação referente à instalação de farmácias e postos de medicamentos, IV Colóquio Regional Farmacêutico realizado em Faro a 1 de fevereiro de 1969, fiscalização privativa do Sindicato, VII Jornadas Farmacêuticas Portuguesas, projeto de diploma regulador do exercício de análises clínicas, criação de uma delegação conjunta do Sindicato e do Grémio no Funchal, pagamento de quotas, comemorações cinquentenário da instituição da Licenciatura em Farmácia, pedido para alteração da designação de Sindicato Nacional dos Farmacêuticos para Ordem dos Farmacêuticos com base no Decreto-Lei N.º 49058 de 14 de junho de 1969, pedido às faculdades da relação de todos os diplomados dos 20 anos anteriores, aumento ao vencimento do pessoal, nomeação para a Comissão de Regulação das Análises Clínicas, proposta para a criação de uma Academia Luso-Brasileira de Farmácia, isenção de pagamento de quotas a farmacêuticos que se encontrem de serviço no Ultramar, pedido de instalação de Farmácias privativas, pareceres sobre a concessão do título de especialista, questões relativas à venda do ciclamato de sódio, relação de medicamentos que deveriam constituir a carga de medicamentos de uma ambulância farmacêutica (ambulância de medicamentos), questões relativas à publicação da Revista Pharmaka da Revista Portuguesa de Farmácia e do Boletim Informativo do Sindicato, projeção do congresso da FIP a realizar em Lisboa em 1972, exposição sobre a criação de carreira laboratorial hospitalar, reunião de convívio dos farmacêuticos do Algarve, comissão encarregada de elaborar lista de medicamentos tóxicos estupefacientes e abortivos, quinto centenário da comemoração de nascimento de Tomé Pires, questões relativas à desinsectação de produtos alimentares armazenados em zonas portuárias, Sessão de cinema na sede do Sindicato, XII reunião anual dos farmacêuticos realizada em Tomar, votos de pesar pelo falecimento de António de Oliveira Salazar, Carlos Henrique Liberalli, queixas contra o exercício de enfermagem em farmácias, constituição de uma Comissão para reorganização da Biblioteca, estudo da definição de especialidades a introduzir num novo estatuto da Ordem, turnos de serviço das farmácias, contrato coletivo de trabalho para farmacêuticos da indústria, venda ao público de medicamentos sujeitos a receita médica, divisão em escalões dos laboratórios e vencimentos, regulamentação de trabalho em consultórios médicos, policlínicas e estabelecimentos similares, atribuição de medalha de mérito corporativa a Joaquim Pires Rosendo, pedido de esclarecimentos relativos à montagem de laboratórios de análises clínicas, projeto para nova carreira profissional, imposto profissional a pagar por analistas não médicos. Entre os mencionados encontram-se Academia Nacional de Farmácia do Rio de Janeiro, Afonso Joaquim Baptista, Albano Morgado, Albano Pereira Júnior, Alberto Carlos Correia da Silva, Alberto José Nunes Correia Ralha, Alberto Pilatos Fragoso, Alberto Ribeiro dos Santos, Alberto Roque da Silva, Alcides Pinto Teixeira, Alcindo de Assunção Teixeira, Alexandre José Lobo Brandão Soares Leal, Alice Sampaio, Aline Worm Avelar de Aguiar, Almerindo Lessa, Aluísio da Cruz Marques Leal, Alzira Guilherme Monteiro, Américo Henrique Luís, Amílcar Augusto Ramos Ferreira, Ana Boavida Ramos Godinho, Ana Maria Tavares Proença, Antónia Morgado, António Afonso Palla Carreiro, António Augusto Moz Teixeira, António Carlos da Silva Santos, António Celestino do Carmo Cavaco, António Correia Alves, António de Almeida Igrejas Ramos, António de Almeida Pires Rodrigues, António do Carmo, António dos Santos, António Fernando Maria, António Godinho Nunes, António Jorge Lemos de Sousa Macedo, António Morais Correia, António Pedro de Góis Lupi Nogueira, António Pereira Forjaz, António Perquilhas Teixeira, António Pinho de Brojo, António Waldemar, Arlette Bronze, Armando dos Santos Dinis Rosa, Arménio Nunes Baptista, Artur Jaime Ferreira de Castro Rodrigues, Bento de Almeida, Berta Nunes Ribeiro, Brizida da Conceição Ferrador, Caixas Privativas dos Nitratos de Portugal, Câmara Municipal (Lisboa, Vila Nova de Foz Côa), Carlos Almeida e Silva, Carlos da Costa Quintans, Carlos Fernando Costa da Silveira, Carlos Henrique Robertson Liberalli, Carminda de Oliveira Maia, Celse Cruz, Clara Vilaverde Gonçalves, Comissão de Estudantes da Escola de Farmácia da Universidade de Lisboa, Comissão Reguladora de Produtos Químicos e Farmacêuticos, Diana Maria Vinhas Nunes, Dilar Duarte Loução Lopes, Direção dos Serviços de Censura, Direção dos Serviços Técnicos do Exercício de Farmácia, Direção Geral da Previdência e Habitações Económicas, Direção Geral de Saúde, Direção Geral do Álcool, Direção Geral do Trabalho e Corporações, Drogaria Contente (Coruche), Eduardo de Sousa Pereira, Eduardo Simões Lopes, Elisa de Jesus Almeida, Elisa dos Santos Pinto, Empresa Carbonífera do Douro, Escola de Farmácia da Universidade de Coimbra, Escola de Farmácia da Universidade de Lisboa, Eurico de Figueiredo, Evaldo de Oliveira, Fabiana Isilda de Carvalho, Fábrica de Papel da Abelheira, Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, Farmácia Aliança (Albergaria-a-Velha), Farmácia Almeida (Coruche), Farmácia Almeida Leite (Mira), Farmácia Alves Coimbra (Penacova), Farmácia Apúlia (Esposende), Farmácia Arantes (Ferreira do Alentejo), Farmácia Baptista (Benavente), Farmácia Barbosa (Ovar), Farmácia Barral (Lisboa), Farmácia Barros (Porto), Farmácia Boavida (Torres Vedras), Farmácia Camacho (Moura), Farmácia Campeão (Alcobaça), Farmácia Carolino (Ançã), Farmácia Carvalho (Salvaterra de Magos), Farmácia Catarino (Alenquer), Farmácia Central (Beja, Mira de Aire, Águeda, Campo Maior, Rebordosa, Angra do Heroísmo, Almeirim, Marinha Grande, Oiã, Recarei), Farmácia Coelho (Nazaré), Farmácia Confiança (Odemira), Farmácia Correia Suc. (Figueiró dos Vinhos), Farmácia Costa (Ponta Delgada), Farmácia Cruz (Elvas), Farmácia Cruz Correia (Pontinha), Farmácia Cruz e Costa (Coimbra), Farmácia da Associação Empregados do Estado, Farmácia da Associação Mutualista Cândido dos Reis, Farmácia da Caixa de Previdência da Companhia União Fabril, Farmácia da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, Farmácia da Junta Central das Casas dos Pescadores, Farmácia da Manutenção Militar, Farmácia da Ordem Terceira, Farmácia da Ponte (Mirandela), Farmácia da Pontinha (Pontinha), Farmácia Dinis Gomes (Ílhavo), Farmácia do Hospital da Marinha, Farmácia do Hospital Militar Principal, Farmácia dos Correios Telégrafos e Telefones, Farmácia Duarte Ferreira (Rossio de Abrantes), Farmácia Elma (Bombarral), Farmácia Félix Franco (Tavira), Farmácia Ferraz (Batalha), Farmácia Ferreira (Caldas da Rainha, Moimenta da Beira), Farmácia Ferreira da Costa (Moura), Farmácia Figueiredo (Arraiolos, Vila Pouca de Aguiar), Farmácia Fonseca (Vendas Novas), Farmácia Franca (Bombarral), Farmácia Frazão (Coruche, Lisboa), Farmácia Freitas (Montemor-o-Novo), Farmácia Gomes de Carvalho (Armamar), Farmácia Imaginário (Chamusca), Farmácia Lamy (Ovar), Farmácia Leão (Montemor-o-Novo), Farmácia Lima Amaro (Lisboa), Farmácia Magalhães (Almada), Farmácia Manuel Joaquim Rodrigues (Ovar), Farmácia Mariano (Bragança), Farmácia Marrazes (Sintra), Farmácia Martins (Eiras, Sever-do-Vouga), Farmácia Mendes (Montemor-o-Novo), Farmácia Milongo (Aldeia do Bispo), Farmácia Moderna (Guarda, Odemira, Vila Nova de Ourém), Farmácia Nacional (Lisboa), Farmácia Nazareth (Coimbra), Farmácia Nobreza (Quiaios), Farmácia Nova (Albergaria-a-Nova, Campolide, Venda Nova), Farmácia Oliveira Suc, (Beja), Farmácia Ouriquense (Ourique), Farmácia Paiva (Coimbra), Farmácia Palma (Lisboa), Farmácia Pereira (Mangualde), Farmácia Pimentel (Gavião), Farmácia Pinto (Figueira da Foz), Farmácia Popular (Saboia, Odemira, Câmara de Lobos), Farmácia Portuguesa (Funchal), Farmácia Proença (Peniche), Farmácia Ribeiro Dias (Mira), Farmácia Romano Baptista (Benavente), Farmácia Rualto Lda. (Lisboa), Farmácia Santa Maria (Funchal), Farmácia Santos (Braga), Farmácia Santos Suc. (Vila Nova de Paiva), Farmácia Seixo (Cantanhede), Farmácia Serra (Peniche), Farmácia Silva (Águeda), Farmácia Silva Carvalho (Figueira da Foz), Farmácia Silvério (Nazaré), Farmácia Simões (Sousel), Farmácia Teixeira (Madeira), Farmácia Teles (Vendas Novas), Farmácia Trigo (Alfândega da Fé), Farmácia União (Benavente), Farmácia Vilaça (Coimbra), Fédération Internationale Pharmaceutique, Fernanda de Jesus Azevedo, Fernando Antunes Ribeiro, Fernando da Cruz Garcia, Fernando Fernandes, Fernando Lobo da Silva, Fernando Moura Silva Godinho, Fernando Rodrigues Correia, Firma Henrique Melo Lda., Firma Paolo Cocco, Francisco José Amorim Carvalho Guerra, Francisco Ramos Lopes, Fundação Calouste Gulbenkian, Gerardo Majella Bijos, Grémio Nacional das Farmácias, Grémio Nacional dos Industriais de Especialidades Farmacêuticas, Hamilton Salgado, Henrique dos Santos Silva, Hernâni Ferreira Botelho, Horácio António Santana, Hortense Henriques de Freitas, Humberto Silva, Ilda Damas Mora, Ilda Silva Ferreira, Instituto Nacional de Estatística, João Afonso Saraiva Canejo, Jaime Magro, Jerónimo Manuel de Alcântara Guerreiro, João Almiro de Melo Menezes e Castro, João Alves da Silva, João Dias da Silva Tavares, João Lobato da Fonseca, João Manuel Lavinha, João Pedro Guerreiro, João Teodoro Monteiro, João Ventura Duarte, Joaquim Abreu Castelo Branco,Joaquim António de Barros Polónia, Joaquim de Almeida Baltazar, Joaquim Ferraz Leal, Joaquim Francisco Soeiro Torrinha, Joaquim Pires Rosendo, Joaquim Rosa Paixão, Joaquim Tomás Dias Peixinho Rosa, José Agostinho, José Alberto Poças Martins, José António Barreto Damas Mora, José Baeta Cardoso do Vale, José de Ramos Bandeira, José de Sousa Machado Ribeiro Lopes, José Ferreira do Vale Serrano, José Joaquim Bastardo, José Luís do Carmo e Costa, José Luís Palma, José Pedro Guerreiro, José Ramos Machado, José Reis da Costa, José Roça Correia Pires, Julieta Faria, Júlio da Costa Pinto, Laboratório Le Petit, Laboratório Militar de Produtos Químicos e Farmacêuticos, Lúcio Godinho, Luís Brites Moita, Luís Cordeiro de Oliveira Perú, Luís da Silva Carvalho, Luís de Sousa Dias, Luís Falcão da Fonseca, Luís Filipe Fernandes Seixas Tomás, Luís Matias Torres, Luís Pereira Coutinho, Luís Pestana Henriques, Luís Vasco Nogueira Prista, Luísa Maria Ramos da Silveira Bettencourt, Manuel Arruda, Manuel Ferraz da Costa, Manuel Godinho de Matos Júnior, Manuel Joaquim Jesus Vieira da Silva, Manuel Lopes, Manuel Marques de Andrade, Manuel Pinheiro Nunes, Manuel Pontes de Sousa, Manuel Seabra dos Santos, Manuel Vieira da Silva, Maria Adriana Cardoso de Figueiredo, Maria Amélia Boto e Sousa, Maria Amélia de Azevedo Balsa, Maria Archer, Maria Arminda da Silva Matos Constantino Portela, Maria de Fátima da Silva Neutel, Maria de Jesus do Céu Morais Sacramento, Maria de Lourdes da Silva Pires Rosendo, Maria de Lourdes Lourenço Ferreira Lopes, Maria do Castelo Mendes Correia, Maria do Céu Costa, Maria do Rosário Ferreira, Maria do Rosário Gomes Pinto dos Santos, Maria do Rosário Mendonça Napoleão, Maria Dores do Amaral, Maria E. T. Freire, Maria Emília Branco Cabrita, Maria Esmeralda Cordes Valente Gonçalves André, Maria Ester Pinharanda, Maria Fernanda Galo, Maria Fernanda Louro Martins Valente, Maria Helena Brum Santos Pinto, Maria Helena Catarino Nunes, Maria Isabel Corte-Real de Azevedo Alcântara Guerreiro, Maria Isabel Leite Machado, Maria Isabel Nobre de Figueiredo, Maria José Santa Marta, Maria Laura Maymone, Maria Leonilda dos Santos Marques, Maria Lucília Correia Tavares, Maria Manuela Abreu Rego, Maria Manuela Leite Inácio, Maria Manuela Soares da Luz Clara, Maria Margarida Santos Coelho, Maria Teresa de Oliveira Barrosa, Maria Teresa Vasconcelos, Mário Alberto Prudêncio Lopes, Mário Alvim de Castro, Mário Canelas de Figueiredo, Mário do Carmo Medeiros de Almeida, Mary José Clemence Radelet, Morais Calado, Neto Afonso, Norberto Augusto Fernandes Barreira, Nunes de Oliveira, Nuno Cabral Basto, Nuno Madeira, Organização Mundial de Saúde, Orlando de Oliveira, Orlando Pinheiro Rafael Pinto, Pala Garcia, Palmira Chora Correia, Palmira de Lourdes Vaz de Matos, Pedro dos Santos Coelho, Proença da Cunha, Ramiro José Chambel Dias, Raúl Jorge Andrade Costa, Renato dos Santos Ferro, Ricardo Jorge Vale de Andrade, Rosa Alice de Morais e Silva, Rui Fernandes Falcão, Rui Vidal Silva, Samuel Duarte Ferreira, Sarmento Rodrigues Morgado, Setal, Silva Nunes, Sindicato dos Profissionais de Enfermagem do Porto, Sindicato Nacional dos Profissionais de Enfermagem, Teresa D. Magalhães, Tília Vidinha Rodrigues de Carvalho, Vânia Dias Sampaio, Vasco Augusto Pinho Ferreira Branco, Vitor Manuel Andrade Carapeta, Vitor Palla.
Maço de correspondência remetida ao Sindicato Nacional dos Farmacêuticos pela Direção Geral de Saúde – Exercício de Farmácia e Comprovação de Medicamentos relativa ao trespasse e mudança de propriedade de Farmácias. Nesta correspondência encontram-se registados os nomes das Farmácias, sua localidade, anteriores e novos proprietários, bem como a data do trespasse. Neste maço encontram-se as seguintes alterações de propriedade: Farmácia Mouro em Viseu comprada a Baptista Bento Marques por Maria Emília Bragança Moreira de Figueiredo e Maria Amália de Lima Campos; Farmácia Magalhães em Mogadouro trespassada por Armando da Costa Magalhães a Francisco Bernardo Alves; Farmácia Castanheira em Febres trespassada por Maria Fernanda da Silva Abreu a Maria Madalena da Frota Simões Cucio; Trespasse de Francisco Caeiro Queimado a Tecla Bragança Canada e Maria Herculana Gonçalves Nunes Pereira Corte Real de Tavares; Farmácia Higiénica no Barreiro trespassada por Cecília Baptista Consolado a Maria José Bernardo Nunes; Farmácia Central em Tremes trespassada por Fernando Alberto dos Santos Veríssimo a Maria Manuela Caldas de Oliveira; Farmácia Leão em Escoural trespassada por Américo Varela Geraldo a Caetano Augusto Tavares Pimenta; Farmácia Central em Azambuja trespassada por Maria Tereza Alves de Oliveira Simões a Cremilde de Sousa Salgado; Farmácia Paixão em Trancoso trespassada por Agostinha dos Santos a Maria Alice da Costa Proença Viegas; Farmácia Labor em Lisboa trespassada por Maria do Carmo Henrique Luiz a Américo Henrique Luiz; Farmácia do Ameal no Porto trespassada por Maria do Carmo Antunes Veiga a Lucília Dias de Carvalho; Farmácia Confiança em Celorico de Basto trespassada por António Monteiro da Mota a Maria Alice da Silva Pinto Bonifácio; Farmácia Falcão em Oliveira de Azeméis trespassada por Ilídio Cardoso de Freitas a Maria Arlete de Freitas Costa; Farmácia Central em Vila Nova de Gaia trespassada pelos herdeiros de António Constantino de Brito a Aida de Melo e Brito; Farmácia Confiança em Paredes trespassada pelos herdeiros de Maria Antónia Bragança Tavares a José Augusto Bragança da Silva Tavares; Farmácia Macieira em Barcelos trespassada por Umbelina Arcangela Magalhães Barreto de Faria a Maria Fernanda Beleza Moreira; Laboratório Farmacêutico do Porto trespassado por Joaquim Ferreira Pinto a Margarida Magalhães da Silva; Farmácia Bordalo em Figueira de Castelo Rodrigo trespassada por Lucília Adelaide Dias a Leopoldina Mourato Fonseca; Farmácia Moderna em Vila Nova de Foz Côa trespassada pela Firma Cordeiro & C.ª Ldª a Berta Nunes Ribeiro; Farmácia Reis Delicado em Portalegre trespassada por António Reis Delicado a António Carvalho Vieira Lisardo; Farmácia Epifânio em Alcobaça trespassada por António Epifânio da Franca a Carlos Epifânio da Franca; Farmácia Pinto em Vila Velha de Rodão trespassada por Aniceto Ferreira Pinto a António da Cruz Pinto Filho Lda; Farmácia Providência em Lisboa trespassada por Ildefonso Gonçalo Valério Mendes a Ildefonso Boaventura Molarinho Mendes; Farmácia Soeiro em Ferreira do Zêzere trespassada por António Soeiro a Guilherme Felix Faria Soeiro; Farmácia Alves no Porto passou a ser propriedade de José Alves Dias; Farmácia Herculano no Porto trespassada por Américo de Matos e Silva a Laura Alice de Melo e Brito; Farmácia Marques em Lisboa trespassada por António Alberto Marques a Álvaro Andrade Gueifão Ferreira; Farmácia do Grémio dos Industriais de Conservas do Norte de Matozinhos passou a ser propriedade de Maria Alice da Silva Pinto Bonifácio; Farmácia Moderna no Cartaxo trespassada por Eduardo Valente de Serqueira a João Inácio dos Santos Ferro Batista; Farmácia Central em Valongo trespassada por Irene da Conceição Garcia a Mariana Oliveira Novais; Farmácia Silva em Condeixa trespassada por Ana Amaral Madeira Antunes a Álvaro de Oliveira e Silva; Farmácia Nova em Aveiro, posteriormente denominada Farmácia Mourão, trespassada por Alzira Gomes de Oliveira a Constança de Maria Gonçalves Mourão; Farmácia Araujo Vicente em Oliveira do Hospital trespassada por José Maria de Melo a Dorothy de Melo Reis; Farmácia Igualdade em Setúbal trespassada por Licínia Zulmira de Lemos Pedroso a Agripina Margarida Palminha Moreira Fernandes; Farmácia Castro na Régua trespassada por Maria da Glória Vieira de Castro a Maria Augusta Viana Guimarães; Farmácia Vitória no Porto trespassada por Beatriz Constança dos Santos Pereira a Maria da Conceição Freire Correia de Araújo; Farmácia Marques em Lisboa trespassada por Álvaro Andrade Gueifão Ferreira a Jorge Alberto d’Almeida Caratão Marques; Farmácia Martins em Benavente trespassada por Berta Augusta Simões a Suzana Rodrigues Ferreira; Farmácia Higiene em Alenquer trespassada por José Albano Bento Trindade a José Adriano da Silva Catarino; Farmácia do Canidelo em Vila Nova de Gaia trespassada por Maria Ofélia Gonçalves Mourão a Maria Henriqueta de Lourdes Portugal; Farmácia Simões de Torres Vedras passou a ser propriedade de Albano Pinto de Chaves e José Nunes de Chaves; Farmácia do Monte Cativo no Porto trespassada por António Bernardo Soeiro a Adriana Hercínia Nunes Gonçalves Loureiro; Farmácia n.º 4 da Liga das Associações de Socorro Mútuo do Porto trespassada pela Liga das Associações de Socorro Mútuo do Porto a Maria Celeste Pires; Farmácia n.º 3 da Liga das Associações de Socorro Mútuo do Porto, posteriormente denominada Farmácia Gomes Ferreira, trespassada pela Liga das Associações de Socorro Mútuo a Benedita Natália Gomes Ferreira; Farmácia Martins em Silves trespassada por Adelina Cortes Martins e Álvaro Pereira Martins a Artur da Silva Nogueira; Farmácia Aliança em Feira trespassada por Manuel Balduino Gomes dos Santos a Carlos Mendes da Silva Farmácia Mota em Vila Verde trespassada pelos herdeiros de João José da Mota a Maria Josefina Leite Linhares Duarte Carrilho; Farmácia Nacional no Porto trespassada por António Maria Caldas de Matos Amorim de Carvalho a Lídia Ferreira Nunes da Silva Martins Farmácia Central de Serpa passou a ser propriedade de Albertina Fernandes da Silva Nobre.
Escritura de partilhas amigáveis, sendo intervenientes, Joana Margarida, viúva de Joaquim Simões Martinho, residente nas Quintãs de Ílhavo, e sua filha e genro, Maria de Jesus Martinho e marido Manuel Vieira Resende, residentes no lugar das Quintãs, freguesia de Oliveirinha, todos lavradores. E logo pelos outorgantes foi dito que o seu marido, pai e sogro, Joaquim Simões Martinho, morador que foi no lugar das Quintãs de Oliveirinha, tinha falecido. Os outorgantes estavam [justos e contratados] a fazerem as partilhas amigáveis dos bens do casal da seguinte forma: de todos os bens do casal fizeram 2 meações perfeitamente iguais, sendo uma para a outorgante viúva e outra para a outorgante Maria de Jesus Martinho. [Pertence] à viúva Joana Margarida, ficam a pertencer os seguintes bens: um assento de casas térreas e aido de terra lavradia contíguo, com árvores de fruto, poço, pátio e mais pertences, sito nas Quintãs de Ílhavo, que confrontava a norte com caminho público, a sul com Maria Benavente; uma terra lavradia, sita na Cavadinha, que [confrontava] a norte com Feliciano da Costa Bilro, de Mamodeiro e a sul com caminho público; a metade do lado norte de um pinhal e seu terreno, denominado “o Tapado”, sito no Capelo, limite da freguesia de Sosa, que confrontava a nascente com vários consortes, a sul com outra metade do pinhal que vai ser [atribuído] à outorgante Maria de Jesus Martinho, e a poente com João Fernandes, das Quintãs de Oliveirinha; um prédio de terra baixa ou vessada com pinhal contíguo e seu terreno, sita no Ribeiro, freguesia de Oliveirinha, que confrontava a norte e sul com Manuel Fernandes Lisboa, das Quintãs da Oliveirinha; uma terra lavradia, sita no Botelho, limite das Quintãs de Ílhavo, que [confrontava] a nascente e poente com Manuel António da Rocha; uma terra lavradia, sita no Chão das Pereiras, limite das Quintãs de Oliveirinha, que [confrontava] a norte com José Campino e a sul com Manuel Nunes de Almeida Júnior, ambos das Quintãs da Oliveirinha; um pinhal e seu terreno, sito no [Vale da Rancha], denominado “o pinhal da Rancha”, limite das Quintãs de Oliveirinha, que [confrontava] a norte com caminho público que vai para a Póvoa do Valado e a sul com José da Cruz Maia Júnior, da Costa do Valado; metade de um prédio que se compõe de pinhal, seu terreno e vinha, sito no mesmo local do [Vale da Rancha], denominado “Pinhal da Vinha”, no mesmo limite, que confrontava a norte com José da Cruz Maia Júnior e a sul com Manuel Lopes Caldeira, este de São Bento e aquele da Costa do Valado; um pinhal e mato e seu terreno, sito no Porto de Ílhavo, limite de Nariz, que confrontava a norte com António Povoeiro, de Verba e a sul com Manuel Gonçalves [Português], da Costa do Valado; um pinhal e seu terreno, denominado “da Bonita”, sito na Presa, limite desta freguesia de Ílhavo, que [confrontava] a sul com o Doutor Manuel Nunes de Oliveira Sobreiro, da Costa do Valado e a poente com a estrada pública. [Pertence] a Maria de Jesus Martinho e seu marido, os seguintes bens: um assento de casas térreas, com seu aido de terra lavradia, pátio, árvores de fruto, metade de um poço, e mais pertences, sito nas Quintãs da Oliveirinha, que [confrontava] a sul com caminho público e a norte com Manuel Nunes de Almeida Júnior; uma terra lavradia, sita no Chão do Rei, limite das Quintãs de Ílhavo, que [confrontava] a norte com os outorgantes Maria de Jesus Martinho e marido e a sul com César Nunes, de Ílhavo; uma terra lavradia, sita na Ervosa, limite da Presa de Ílhavo, que [confrontava] a norte com Joaquim Patrão, da freguesia de Oliveirinha e a sul com João Ferreiro, da Lagoa de Ílhavo; uma terra lavradia, com um pequeno bocado de mato com alguns pinheiros, sita no caminho dos mouros, limite de Ílhavo, que [confrontava] a norte com João da Cruz Maia, dos Moitinhos e a sul com Manuel Nunes de Almeida Júnior; uma terra lavradia com um pequeno bocado de mato, sito na Rua da Fonte, denominada “a leira do Castelo”, limite de Oliveirinha, que [confrontava] a norte com José Laranjo, das Quintãs da Oliveirinha e a sul com Mariana de Almeida e irmã, do mesmo lugar; a metade, do lado sul, de um pinhal e seu terreno, denominado o “Tapado”, sito no Capelo, limite da freguesia de Soza, que [confrontava] esta metade com a outorgante viúva e a sul com vários inquilinos; um mato e seu terreno, sito no [Vale da Rancha], limite das Quintãs da Oliveirinha, que [confrontava] a norte com João Neto e a sul com Feliciano da Costa Bilro, de Mamodeiro; metade do pinhal e vinha, sito no mesmo local do [Vale da Rancha], denominado “pinhal da vinha”, no mesmo limite, que [confrontava] a norte com a outra metade já adjudicada e a sul com Manuel da Ana, da Póvoa; um mato e seu terreno, sito na Gândara de Verba, limite de Verba, freguesia de Nariz, que [confrontava] a norte com vários consortes e a sul com Manuel Gonçalves Português, da Costa do Valado; uma leira de mato e seu terreno, sito no “[Orfo]”, limite das Quintãs de Oliveirinha, que [confrontava] a norte com José Campina e a poente com vários consortes; um prédio que se compõe de pinhal e mato com algumas marinhas de arroz, denominado o “pinhal do arroz”, sito nas Quintãs de Oliveirinha, que [confrontava] a norte com o mesmo José Campino, a nascente e sul com caminho público e uma leira de terra lavradia, sita às Almas, limite de São Bento, que [confrontava] a norte com José Loureiro, da Póvoa do Valado e a sul com Manuel Caetano Loureiro, da Costa do Valado. [A propriedade] paga de foro anual 3 litros e 5 decilitros de trigo e 15 reis em dinheiro, pagos a João Marques Mostardinha, de São Bento, freguesia de Oliveirinha. Foram testemunhas [presentes] António de Oliveira da Velha Júnior, casado, marítimo e Luís Carlos Bingre, casado, barbeiro, ambos residentes nesta vila de Ílhavo, Manuel Soares da Silva, solteiro, sapateiro e Alfredo José dos Santos, casado, alfaiate, ambos também residentes nesta vila.
Esta caixa contém: Doc. relativa ao Convento de Santa Clara de Moura (Ordem dos Frades Menores, Província dos Algarves). 1615. 1 doc. - Indulto do Papa Paulo V relativo ao Convento de Santa Clara de Moura (Ordem dos Frades Menores, Província dos Algarves). 1615. 1 doc.; perg. Doc. relativa ao Convento de São Francisco de Tavira (Ordem dos Frades Menores, Província dos Algarves. 1797. 1 proc. - Devassa do Convento de São Francisco de Tavira (Ordem dos Frades Menores, Província dos Algarves). 1797. 1 proc.; papel Doc. relativa à Ordem de Avis.1592. 1 doc. - Instrumento em pública forma com traslados de documentos relativos à propriedade Mata do Corvo. 1592. 1 doc.(10 f.); papel. Inclui carta de confirmação de aforamento, carta de aforamento, alvará régio, auto de medição, auto de posse da propriedade Mara do Corvo, no termo da vila de Benavente, e que pertencia à Ordem de Avis. Doc. relativa Jerónimo de Lemos Monteiro e outros familiares. 1848-1800. 6 doc., 1 cad. - Carta de mercê de D. João V do lugar de desembargador da Relação de Goa, no Estado da Índia, ao bacharel Jerónimo de Lemos Monteiro. 1748/03/16. 1 doc.; perg.. Tem selo pendente. - Carta de mercê de D. José I do lugar de desembargador dos Agravos da Casa da Suplicação ao Doutor Jerónimo de Lemos Monteiro. 1765/04/17. 1 doc.; perg. - Carta de arrematação da Herdade do Divor da Figueira, ao Juízo da Inconfidência por Simão Dias da Fonseca. 1770/08/20. 1 doc. (11 f.); papel. A herdade do Divor da Figueira, sita na freguesia de Nossa Senhora da Graça do Divor, termo de Évora, pertencera ao Colégio dos Jesuítas de Évora, e achava-se incorporada no Fisco e Câmara Real, sendo procurador de Simão Dias da Fonseca, Manuel de Oliveira Velho. - Carta de mercê de D. Maria I concedendo o título de seu Conselheiro ao Doutor Jerónimo de Lemos Monteiro, conselheiro da Real Fazenda.1778/08/19. 1 doc.: perg. - Carta de mercê de D. Maria I concedendo foro de fidalgo a Teodoro José da Fonseca Lemos. 1778/10/23. 1 doc.; papel. Teodoro José da Fonseca Lemos era filho do Desembargador Jerónimo de Lemos Monteiro, fidalgo da casa da rainha, pertencente ao seu Conselho e Conselheiro da Real Fazenda. Mau estado de conservação: rasgão e perda parcial do suporte. - Carta de mercê de D. João, príncipe regente, concedendo o lugar de Ouvidor da Alfândega ao bacharel António Joaquim de Lemos Monteiro. 1800/04/04. 1 doc.; perg. - "Advertências que José António da Fonseca faz a seu filho José Maria Sérgio principiando este o serviço de Sua Magestade no posto de capitão de Cavalaria do Regimento de Évora". 1 cad. (8 f.). José António da Fonseca figura como procurador do pai, Simão Dias da Fonseca, em carta de arrematação de propriedades em Évora, datada de 1770. Doc. do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra (Ordem dos Cónegos Regulares de Santo Agostinho).1700-1796. 2 mac., 1 doc. - Doc. sobre o pasto das manadas de éguas do Mosteiro em Montemor-o-Velho e Tentúgal. 1794-1796. 1 mac.; papel - Carta anulatória de José Borges de Barros (proto notário apostólico do Papa e prior da Colegiada de São João de Almedina) relativa a conflito jurisdicional com o Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra. 1700/12/03. 1 doc. papel. - Doc. impressos. 1717-1759. 1 mac. Inclui cartas pastorais do Bispo de Coimbra, indulgências, e sentença sobre o conflito entre a população de Verride e o Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra sobre a aplicação do foral. Latim, português. Esta documentação surge referenciada no Roteiro no nº 2512. Doc. do Mosteiro de São Vicente de Fora (Ordem dos Cónegos Regulares de Santo Agostinho). 1294-1779. 2 doc. - Título da igreja paroquial e abadia de Santa Maria de Oliveira da comarca de Valença a favor de D. Raimundo da Encarnação (cónego regular de Santa Cruz de Coimbra). 1779/07/31. 1 doc.; papel. Cota antiga: nº 6068 (a tinta vermelha) - Carta de "venda de [?] curral e campo em Benfica". 1294. 1 doc.; perg.. Mau estado de conservação: perda parcial de suporte, desvanecimento da tinta. Cota antiga: nº 8629 (a tinta vermelha) - capilhas de doc. do Mosteiro de São Vicente de Fora. 3 doc. Doc. relativa à Delegação do Tesouro de Bragança sobre a extinta Comenda de Algozo da Ordem de Malta. 1877. 1 mac. - Correspondência e outros doc. anexos dirigida ao Delegado do Tesouro do distrito de Bragança pela Repartição da Fazenda do concelho de Macedo de Cavaleiros ao Delegado do Tesouro de Bragança. 1877. 1 mac. Apontamento com a seguinte indicação: "Estava junto de um maço do Convento da Santíssima Trindade de Lousa, sem nº, que se localizava na S. 1, E. 5, P. 4". Doc. relativa à Ordem de Cister. 1575-1813. 7 doc. - Mapas do rendimento ordinário e das despesas do Mosteiro de São Dinis de Odivelas. 1811-1813. 3 doc. São apresentados como rendimentos: dízimos das igrejas do Lumiar e Frielas, pensão da igreja de Santarém, juro do Senado da Câmara, juros reais da Alfândega de Lisboa (Folha do Tabaco, Casa das Carnes, Três Casas, Almoxarifado de Santarém, Casa Índia, Ultramar, Portimão, Intendência, Casa de Bragança e novos empréstimos). - Declaração da abadessa do Mosteiro de Lorvão, D. Antónia de Albuquerque, sobre a entrega das chaves das casas do Botão. 1575/03/03. 1 doc.; papel. - Carta de venda de propriedade ao Mosteiro de São Paulo de Almaziva. 1770. 1 doc.; papel - Contas de certidões relativas a Cadima. Data não identificável.1 doc. - Lista de livros. Data não identificável. 1 doc. Assinada por Frei Lopo, referindo um "ordinário da nossa Ordem de Cister". Doc. relativa à Ordem da Santíssima Trindade para a Redenção dos Cativos. 1653. 1 cad. -"Index de todos os papéis que pertencem ao cativos assim de provisões dos reis antigos como dos modernos e informações feitas ao rei e à Mesa da Consciência e dos resgates do Padre Frei Paulino, Frei António da Assunção e Frei António da Cruz que resgatou D. Jorge e sua mulher e sues filhos e o bispo de Coimbra" .1653. 1 cad (9 f.). Este índice foi feito pelo Frei Manuel da Ressurreição. Doc. relativa à Ordem de São Jerónimo. 1789. 1 doc. - Acta da mesa de definidores reunidos no Mosteiro de Santa Maria de Belém. 1789/08/04. 1 doc. Doc. relativa ao Cabido da Sé de Lamego. 1576. 1 doc. - Contrato entre Gonçalo Gonçalves e sua mulher Maria Rodrigues, e Gonçalo Vaz e sua mulher Rodrigues, todos moradores em Carvalhais relativo a um casal da Sé de Lamego. 1576. 1 doc.; papel. Doc. relativa à Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho. 1618-1621. 2 doc - "Relatório dos castigos que Deus mandou sobre a cidade de Baçaim e seu distrito, mandado ao Rvdo. Pe. Fr. António da Graça, Pal. dos eremitas de Nosso Padre Santo Agostinho na Índia Oriental". 1618. 1 cad.(num. de 416 a 427). - "Relação da missão do Gorgistão e da Pérsia". post. 1627. 1 cad.(num. de 471 a 476). Doc. relativo à Companhia de Jesus. 1760. 1 doc. - Carta de Francisco Justiniano referindo o Padre António Vieira. 1760. 1 doc.; papel. Latim. Doc. em pergaminho. 1267-1490. 6 doc., 1 cad. - "Venda entre leigos de herdades na freguesia de São João de Arnóia entre Douro e Minho". 1301. 1 doc. Perg. Cota antiga: Gaveta 15, maço 13, nº 15. - "Doação dos bens de Verride que fez G[...] João ao Mosterio de Grijó (?), professando no dito mosteiro e sendo cónego dele. 1267. Cota antiga: Alm. 36, nº 4, maço 2; Maço 7, caixa V, nº 1. - Doc. não identificado. Data não identificada. 1 doc.; perg. Latim. Vestígios de selos pendentes. - Lista de propriedades. 1490. 1 cad..; perg. Tem os seguintes apontamentos feitos em Junho 1988: "1490. Tamarães. Estava na Pasta 36 de Santa Cruz de Coimbra da Sala 23". - "Venda de olival e vinha aos Portelas". 1318/03/26. 1 doc. perg. Tem os seguintes apontamentos: "Serra de Ossa, Mç. 1, nº 1. Valbom." - Carta de doação de Fernando [...] de umas propriedades situadas na Serra de Ossa, termo de Redondo e termo de posse. 1470/01/22. 1 doc. perg. Tem os seguintes apontamentos: "Serra de Ossa, Mç. 1, nº 18. Amieira" - Carta de venda de propriedades situadas de Almada. 1470/08/24. 1 doc. perg. Tem os seguintes apontamentos: "Serra de Ossa, Mç. 1, nº 22. Rosa" Fragmentos e doc. dispersos. 1359-1885. 1 mac. - Vales assinados pelos procuradores Valente de Matos, Soares Aranha. 1868-1885 - "Colóquio dos simples" de Garcia da Orta. 1 f. solto, Cólóquio 7, pag. 22. Apontamento com a seguinte indicação: "encontrado no contador do gabinete do Director 28/07/1974. - Cópia de emprazamento de casas que foram de José Fernandes Capela, junto à Igreja de São Pedro de Torres Vedras. 1359. 1 doc.; papel - Certidão do testamento de Manuel Bernardo da Silva Reboxo e mulher Cândida do Rosário da Silva Reboxo. 1841. 1 doc.; papel - Certidão de vistoria a um quintal na Travessa de São Bartolomeu, nº 6, feita pela Câmara Municipal de Lisboa. 1859. 1 proc.; papel. - Cópias de doc. 5 doc. Estão envoltos em capilha antiga com informações desactualizadas. - Fragmentos de capilhas e de doc. da Sé de Coimba. - "Sentença cível de arrematação passada a favor do arrematante António Alves". 1860. 1 proc.; papel. Foi extraída dos autos de execução por traslado em que é autora a Fazenda Nacional contra a Irmandade de Nossa Senhora da Encarnação, erecta na freguesia de São João da Praça. - Lista do conteúdo da "Caixa nº 116". A lista refere doc. em pergaminho dos anos de 1403 a 1499, relativos ao Mosteiro de São Jerónimo da Penha Longa, de São Vicente de Fora, de Cascais, de Alcobaça, de São Domingos de Frades de Santarém, etc. - Carta de António José de Mesquita. 1802/07/19. 1 doc. O destinatário é desconhecico. O remetente escreve de Lobrigos. - Tabuada de cadernos. 1504-1511. 2 doc. - Cópia de carta de emprazamento de propriedades do Mosteiro de de Jesus de Aveiro. - "A vida de fr. João de Santa Catarina. 1 f. - Estatutos da União Nacional. 1 cad. Contém recortes de jornais. - Fragmentos e partes de capilhas.
Escritura de partilhas amigáveis, feita na freguesia de Ílhavo, lugar de Vale de Ílhavo de Cima, residência de Rosa dos Santos, viúva de José Francisco Santo, entre esta, lavradora, aqui residente, e seus filhos, genros e noras: Luís Francisco Santo, viúvo, ferreiro, residente em Salgueiro, freguesia de Soza, concelho de Vagos, Maria dos Santos e marido José da Silva Gordo, lavradores, residentes neste lugar de Vale de Ílhavo de Cima, Manuel Francisco Santo, solteiro, lavrador, aqui residente, José Francisco Santo, ferreiro e mulher Maria Nunes Vidal, padeira, residentes no mesmo lugar, João José Santo, viúvo, lavrador, aqui residente, Francisco José Santo e mulher Maria Emília Nunes Vidal, lavradores, residentes neste lugar, e Rosa dos Santos e marido Alexandre António Santo, lavradores, residentes em Vale de Ílhavo de Cima. Foram feitas as partilhas por óbito de José Francisco Santo, marido, pai e sogro dos outorgantes, formando 2 meações iguais, uma para a viúva, como meeira do casal, e a outra subdividida em 7 quinhões iguais e distribuídos pelos herdeiros. Rosa dos Santos ficava com: o assento de casas, onde vivia com o falecido, abegoarias e eira, em Vale de Ílhavo, a confrontar do norte com rua pública, do sul com a viúva ou herdeiros de Luís Simões Diogo e do nascente com carril da azenha da Torre, sendo alodial; uma terra, na Lagoa do Sapo, da freguesia de Ílhavo, a confrontar do norte com Manuel da Silva Gordo, e do sul com padre Domingos Ferreira Jorge, de Ílhavo, sendo alodial; outra terra, no mesmo lugar, ao sul daquela, a confrontar do norte com António Marcelo, da Carvalheira, e do sul com o padre José António Morgado, de Ílhavo; outra terra lavradia, no Chão do Louro, próximo do Vale de Ílhavo, a confrontar do nascente com José Francisco da Silveira, dos Moitinhos, e do poente com herdeiros de Manuel Francisco da Silveira, de aí, e com herdeiros de Manuel da Rocha Braz, de Ílhavo; uma terra lavradia, nas Leiras da Santa Rita, próximo de Vale de Ílhavo de Cima, a confrontar do norte com José dos Santos Vidal Januário, e do sul com João dos Santos Grangêa, ambos deste lugar, sendo alodial; uma terra lavradia com um pequeno bocado de pinhal contíguo, na Quinta da Aurora, neste lugar, a confrontar do norte com Luísa, viúva de José Fernandes Teixeira, e do sul com Joaquim da Rocha Troloró, deste mesmo lugar, sendo alodial; uma terra lavradia, no Carvalheiro, ao sul deste lugar, a confrontar do norte com António Francisco Simões, e do sul com viúva de José dos Santos Vaqueiro, deste lugar, sendo alodial; outra terra lavradia, nas Bonças, atravessada por um carreiro público de pé, a confrontar toda do norte com herdeiros de João António Torrão, e com Ana, filha de João Simões Diogo, do sul com Luísa, viúva de José Fernandes Teixeira, do nascente com vala-matriz, pública, e do poente com servidão de vários consortes, sendo alodial; uma terra lavradia, no Silvado, limite da freguesia de Soza, concelho de Vagos, com um pequeno bocado de vessada contíguo, a confrontar tudo do norte com António Simões de Abreu, e do sul com Manuel Farinheiro, ambas desta lugar, sendo alodial; um bocado de terra baixa, na Ladeira, próxima ao Silvado, no mesmo limite, a confrontar do norte com Pedro Nunes Morgado, e do sul com João Nunes Vidal, ambos deste lugar, sendo alodial; outro bocado de terra baixa, na Quinta, limite da freguesia de Soza, a confrontar do norte com João da Silva Branco, e do sul com Josefa de Jesus Torrão, ambos deste lugar; um pinhal e seu terreno, na Amadora (o do nascente) limite de Vale de Ílhavo, a confrontar do nascente com herdeiros de Francisco Taboeira e do poente com Augusto Manata, da Quinta do Picado, sendo alodial; outro pinhal e seu terreno, no mesmo sítio (o do poente), a confrontar do nascente com António Padeiro e do poente com António dos Santos Romão, ambos da Ermida, sendo alodial; outro pinhal e seu terreno, na Cova dos Adobes, limite da freguesia de Soza, a confrontar do norte com herdeiros de João Francisco Esmerado, das Moitas, e do sul com José dos Santos Ribeiro, de Vale de Ílhavo, sendo alodial; outro pinhal, no Forno, no mesmo limite, a confrontar do nascente com João Nunes Perdigão, de Salgueiro, e do poente com caminho público, sendo alodial; outro pinhal, no Vale do Forno, no mesmo limite, a confrontar do nascente com prédio da casa Alcoforado da Maia de Alqueidão de Ílhavo, e do poente com vários consortes, sendo alodial; outro pinhal, na Ferradora, no mesmo limite, a confrontar do norte com João Migueis Dono e do sul com Manuel Nunes Bastião, ambos de Vale de Ílhavo, sendo alodial; outro pinhal, na Saboeira do Funtão, no mesmo limite, a confrontar do norte com Manuel Nunes Vidal o Januário, e do sul com prédio da família Maia de Alqueidão de Ílhavo, sendo alodial, onde se compreendiam também, em todos estes, os terrenos dos pinhais; um terreno de mato ao pé da fonte de Salgueiro, no mesmo limite, a confrontar do nascente com Joaquim da Rocha Bicho, do Salgueiro, e do poente com António Barros de Almeida, de Salgueiro, sendo alodial; um terrado de mato, nos Carvalhais, no mesmo limite, a confrontar do nascente com Manuel Moreira da Silva, do Salgueiro, e do poente com Maria Benavente, das Quintãs; outro terrado de mato, no Vale da Mula, no Cardal de Salgueiro, no mesmo limite, a confrontar do norte com Luís Nunes do Nascimento, das Quintãs, e do sul com Manuel Francisco Marcelino, de Salgueiro, sendo alodial; e uma junta dos bois. Luís Francisco Santo ficava com: um assento de casas de habitação, com aido, quintal, pátio e abegoarias, em Salgueiro, a confrontar do norte com António Francisco Bacalhau, do sul com Joaquim da Rocha Bicho, ambos de Salgueiro, do nascente com estrada pública, sendo alodial; uma terra lavradia, nas Almas da Lagoa do Sapo, limite de Vale de Ílhavo, a partir do nascente com Manuel Nunes Pinguelo Roldão, de Ílhavo, e do poente com João Migueis o Dono, de Vale de Ílhavo, sendo alodial; e a forja pertencente ao prédio das casas de habitação acima descritas. Maria dos Santos e marido ficavam com: uma terra lavradia, na Quinta do Badalo, próximo de Vale de Ílhavo, a confrontar do norte com Manuel Farinheiro, deste lugar, do sul com João Pequeno Mania, de Ílhavo, sendo alodial; quatro sétimas partes (as do lado nascente) de uma terra lavradia, no Chão dos Frades, limite de Soza, que confrontam do nascente com o Morgado de Ferminhão e do poente com as três sétimas partes restantes, atribuídas nesta escritura a Francisco José Santo e mulher, sendo alodial; metade de um pinhal e seu terreno, no Cabeço Branco, no mesmo limite, a confrontar do norte (todo o pinhal) com Luís Francisco da Picada, das Ribas, e do sul com caminho público, sendo alodial. Manuel Francisco Santo ficava com: uma terra lavradia, nas Almas da Lagoa do Sapo, a confrontar do nascente com João Vieira Resende, e do poente com Joaquim da Rocha Troloró, ambos deste lugar; outra terra, na Lagoa do Sapo, a confrontar do nascente com Tomé Burrica, de Ílhavo, e do poente com herdeiros do padre Carrancho, ex prior da Palhaça, e outros inquilinos, sendo alodial; uma pequena terra lavradia, na Quinta da Maia, próximo às Moitas, a confrontar do norte com a herdeira, filha de José Rodrigues Valente, e do sul com Luís Rodrigues Valente, ambos deste lugar, sendo alodial; metade de uma vessada (terra baixa), na Sardanica, limite de Vale de Ílhavo, próximo à Pedricosa, a confrontar toda do norte com Francisco Simões Diogo, e do sul com António Simões Diogo, ambos de Vale de Ílhavo, sendo alodial. José Francisco Santo e mulher ficavam com: uma terra, na Quinta da Maia, próximo às Moitas de Ílhavo, a confrontar do norte com Maria Curta, e do sul com José Roldão, aquela das Moitas e este da Legua de Ílhavo, sendo alodial; uma terra, na Lagoa do Sapo, a confrontar do norte com Manuel da Silva Gordo, da Lavandeira, e do sul com herdeiro de Paulo Nunes do Couto, da Carvalheira; metade de um pinhal e seu terreno, na Teigueira, limite da freguesia de Ílhavo, a confrontar todo do norte com caminho público, do sul com vala de água, do nascente com João Lelo, e do poente com José Migueis Dono, ambos deste lugar; metade de de um brejo, na Sardanica, limite de Vale de Ílhavo, a confrontar todo do norte com António Simões Diogo, do sul e poente com Alberto Ferreira Pinto Basto, e do nascente com caminho público, sendo alodial. João José Santo, ficava com: uma terra lavradia, no Atalho, limite deste lugar, a confrontar do nascente com vários consortes e do poente com José Remígio, do Passadouro, sendo alodial; outra terra lavradia, na Quinta do Badalo, a confrontar do nascente com Pedro Couceiro da Costa, de Ílhavo, e do poente com Domingos Badé, de Vale de Ílhavo, sendo alodial; outra terra (pequena) na Quinta da Branca, limite de Soza, a confrontar do norte com António Vieira Resende, e do sul com Luís de Oliveira Vidal, ambos de Vale de Ílhavo, sendo alodial; metade da vessada, na Sardanica, próximo à Pedricosa, mas no limite de Vale de Ílhavo de Cima, confrontada no quinhão de Manuel Francisco Santo; metade do brejo, na Sardanica, confrontada no quinhão de José Francisco Santo e mulher, sendo alodial. Francisco José Santo e mulher ficavam com: uma terra lavradia, na Calada, neste lugar, a menor, a confrontar do nascente com Luís Fernandes Samagaio, e do poente com Manuel Maneta, sendo alodial; outra terra lavradia, no mesmo local, ao poente daquela (a maior) a confrontar do nascente com Manuel Maneta, e do poente com António Vicente, ambos deste lugar; as três restantes sétimas partes (as do lado poente) de terra lavradia, no Chão dos Frades, limite de Soza, as quais confrontam do nascente com as quatro sétimas partes atribuídas a Maria dos Santos e marido, do poente com caminho público, do norte com o Morgado de Ferminhão, sendo alodial; metade do pinhal e seu terreno, no Cabeço Branco, limite de Soza, já todo confrontado no quinhão dos outorgantes Maria dos Santos e marido, sendo alodial. Rosa dos Santos e marido ficavam com: uma terra lavradia, na Quinta do Badalo, limite de Vale de Ílhavo, a confrontar do norte com herdeiros do padre José Resende, do sul com Manuel Simões Teles, de Ílhavo, sendo alodial; uma terra lavradia, na Gândara, limite de Soza, a confrontar do norte com Domingos da Silva Valente, de Vale de Ílhavo de Cima, e do sul com Mariana, viúva de Manuel Martelo, da Lavandeira, sendo alodial; metade do pinhal da Teigueira, limite da freguesia de Ílhavo, já todo confrontado no quinhão dos outorgantes José Francisco Santo e mulher. Foram testemunhas Manuel Francisco Simões, solteiro, lavrador, morador em Vale de Ílhavo, assinando pela viúva meeira, Francisco da Silva Resende, casado, lavrador, morador neste mesmo lugar, assinando por Maria dos Santos, Manuel António Torrão, por alcunha o Cabreiro, casado, mestre de farinha, aqui também morador, assinando por Maria Nunes Vidal, António Nunes Vidal Júnior, solteiro, lavrador, também moradores neste lugar, assinando por Maria Emília Nunes Vidal, Manuel Nunes Vidal Júnior, solteiro, lavrador, aqui também morador, assinando por Rosa dos Santos, Manuel Simões de Abreu, solteiro, lavrador, e António de Abreu Barra, casado, jornaleiro, ambos moradores em Vale de Ílhavo de Cima.
Recortes de Imprensa do mês de Julho de 2004: Contém os seguintes artigos: - Municipalizar o socorro - uma utopia?; in Bombeiros de Portugal de julho; - Ponte sobre o zêzere em Constância reabre em julho; in Abarca de julho; - Comemorações do Dia Mundial da Criança; in Abarca de julho; - Apresentação da revista zahara e lançamento de livro de Carlos Garrido em Sardoal; in Abraca de julho; - Noticias de Constância; in Abarca de julho; - O fim do serviço militar obrigatório; in O Ribatejo de julho; - Negócio da água; in Avante de 1 de julho; pág. 13; - António Mendes reclama nova ponte sobre o Rio Tejo em Constância; in Primeira Linha de 1 de julho; - Segredos militares; in O Mirante de 1 de julho; - O Ultimo juramento de bandeira; in O Mirante de 1 de julho; - Incêndios no quartel; in O Mirante de 1 de julho; - TorreShopping á conquista de Torres Novas; in O Almonda de 2 de julho; - Identificação de árvores e arbustos e fotografia da natureza; in jornal de Abrantes de 2 de julho; - Constância recebe balcão móvel provisório da segurança social; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Festival de Folclore do rancho de Malpique; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Livros e outros materiais de futebol em Constância: golos nas balizas duma biblioteca; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Interescolas 2004 no Parque Ambiental de Santa Margarida; in Expresso do Centro de 2 de julho; - Ponte de Constância poderá reabrir em Julho; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Constância adere ás águas do centro; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Torneio infantil de Verão em Constância; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Edital N.º31/2004 - Alienação de sucata; in Noticias do Entroncamento de 2 de julho; - Pilar da prevenção primária; in O Primeiro de Janeiro de 3 de julho; pág. 18; - E se o seu autarca lhe baixasse o IRS?; in Expresso de 3 de julho; pág. 3/4; - É bom ter autaracas a governar; in Correio da Manhã de 5 de julho; pág. 23; - Autarquias e infraestruturas; in Diário Económico de 7 de julho; pág. 3; - Projectos Natura avança para topografia florestal; in Diário Económico de 7 de julho; pág. 13; - Municipios investem em transportes e comunicações; in O Primeiro de Janeiro de 8 de julho; pág. 17; - Transportes e comunicações levam dinheiro ás autarquias; in A Capital de 8 de julho; pág. 18; - Câmaras investem sobretudo no sector dos transportes e comunicações; in Público de 8 de julho; pág. 55; - Sede do Núcleo de arquitetos é em Abrantes; in O Templário de 8 de julho; - Campo de Férias em Constância; in Eco Regional de 8 de julho; - Mação apresentou UrbCom; in Eco Regional de 8 de julho; - Fábrica Tupperware - Engenheiro Quimico; in O Ribatejo de 8 de julho; - Férias em Constância; in Primeira Linha de 8 de julho; - Campo de férias em Constância; in O Mirante de 8 de julho; - Nùcleo da ordem dos arquitetos; in O Ribatejo de 8 de julho; - O último juramento de bandeira no Campo Militar; in Nova Aliança de 8 de julho; - Curso de fotografia da natureza em Constância; in Eco Regional de 8 de julho; - TorreShopping abre no dia 1 de Dezembro; in O Templário de 8 de julho; - O Serviço Militar pode ser uma garantia de futuro; in Primeira Linha de 8 de julho; - Centro de dia e ATL de Montalvo deverão tornar-se realidade em 2005; in Noticias do Entroncamento de 9 de julho; - Constância sem espaço internet; in Noticias do Entroncamento de 9 de julho; - Fotografia da Natureza em Santa Margarida; in Noticias do Entroncamento de 9 de julho; - Não vim privatizar as águas; in Expresso de 10 de julho; pág. 6/7; - 75 municípios nacionais têm baixos niveis de qualidade de vida; in Diário de Noticias de 11 de julho; pág. 24; - Organismos do estado e Câmaras Municipais que não paguem a horas devem ser objeto de penhoras; in Jornal de Negócios de 12 de julho; pág. 35; - Autarcas pouco atentos ao ambiente; in Diário de Noticias de 12 de julho; pág. 21; - Autarquias á margem do desenvolvimento sustentável; in Público de 12 de julho; pág. 44; - Autarcas do século XXI estão á margem da agenda 21 local; in Público de 12 de julho; - Gestão privada para as empresas multimunicipais; in Diário de Noticias de 12 de julho; pág. 13; - As autarquias têm de exigir garantias de qualidade e segurança; in Revista da Qualidade de 12 de julho; pág. 24/26; - IMI engorda câmaras; in Correio da Manhã de 12 de julho; pág. 23; - Impostos geram caos urbanístico; in Diário de Noticias de 13 de julho; pág. 24; - Menos obras licenciadas; in Correio da Manhã de 13 de julho; pág. 22; - Obras licenciadas pelas câmaras cairam 12.2% em Maio; in Diário de Leiria de 13 de julho; pág. 22; - Câmaras licenciam menos obras; in Diário de Noticias de 13 de julho; pág. 34; - Pelouros que Portugal mais deve ter em conta; in Diário de Noticias de 13 de julho; pág. 13; - Chamas feriram bombeiros na face; in Jornal de Noticias de 13 de julho; pág. 30; - Fotografia a preto e branco no Posto de Turismo; in Entrecidades de 13 de julho; - Núcleo do Médio Tejo da Ordem dos Arquitetos já tem sede; in Entrecidades de 13 de julho; - TorreShopping abre em Dezembro; in Entrecidades de 13 de julho; - Mudanças no abastecimento requer "pinças"; in O Primeiro de Janeiro de 14 de julho; pág. 18; - As autarquias não querem continuar a apertar o cinto; in Focus de 14 de julho; pág. 18; - "Água deveria ser gerida fora dos municipios"; in Jornal de Noticias de 14 de julho; pág. 16; - Fatura global da água e saneamento vai aumentar; in Jornal de Negócios de 14 de julho; pág. 5/6; - Ponte sobre o zêzere reabre hoje ao trânsito; in Jornal de Noticias de 14 de julho; pág. 30; - Abandono das terras agrícolas preocupa Sevinate Pinto; in Público de 15 de julho; pág. 22; - Municipios vão ter mais meios; in A Capital de 15 de julho; pág. 44; - Contra o desordenamento urbano; in Avante de 15 de julho; pág. 8; - Torneio de futebol infantil; in O Almeirinense de 15 de julho; - Reabre ponte no zêzere; in 24 horas de 15 de julho; pág. 19; - Ponte sobre o zêzere em Constância já reabriu; in Primeira Linha de 15 de julho; - Constância investe em água; in O Ribatejo de 15 de julho; - Ponte de Constância reabre ao trânsito; in O Mirante de 15 de julho; - Ponte sobre o zêzere reaberta; in O Ribatejo de 15 de julho; pág. 15; - Torneio de Verão de Futebol Infantil em Constância; in O Ribatejo de 15 de julho; pág. 31; - Ponte sobre o zêzere reaberta; in O Ribatejo de 15 de julho; - Fogo ameaçou picadeiro em Constância; in O Mirante de 15 de julho; - Ponte centenária de Constância reabriu ao trânsito; in Público de 15 de julho; pág. 62; - Pelos caminhos de Portugal - á beira Tejo; in O Almonda de 16 de julho; - Esgotos e água pública renovados em Constância; in Noticias do Entoncamento de 16 de julho; - Água não é igual para todos; in Tal e Qual de 16 de julho; pág. 15; - Ministro disponibiliza 84 milhões para prevenção de fogos; in Seminário Económico de 16 de julho; pág. 26; - Ponte sobre o zêzere em Constância reabriu; in O Almonda de 16 de julho; - Parque Ambiental de Santa Margarida regista crescente adesão ás suas actividades; in Noticias do Entoncamento de 16 de julho; - Ficha técnica da habitação publicada; in Público de 17 de julho; pág. 23; - Decréscimo nas obras licenciadas pelas câmaras; in Lusitano de 17 de julho; pág. 18; - BI das casas com 16 páginas; in Correio da Manhã de 19 de julho; pág. 20; - Governo reduz impacte da reforma da tributação dos imóveis urbanos; in Público de 20 de julho; pág. 19; - Autarquias vistas á lupa; in Correio da Manhã de 20 de julho; pág. 19; - Áreas classificadas na mão das autarquias; in Público de 20 de julho; pág. 24/25; - Arquitetos do privado nas câmaras; in Diário de Noticias de 21 de julho; pág. 20; - Ficha técnica de habitação já é obrigatória na escritura dos imóveis; in Público de 21 de julho; pág. 3; - Metro quadrado em Lisboa vale entre 840 e 1800 euros; in Diário Económico de 21 de julho; pág.3; - Ponte de Constância já reabriu; in O Riachense de 21 de julho; - Segunda etapa da volta a Portugal percorre o distrito de Santarém; in O Mirante de 22 de julho; - Carros de cidade para vigiar a floresta; in O Mirante de 22 de julho; - Ruas pede fim dos "sacrificios"; in Diário As Beiras de 22 de julho; pág. 21; - Autarquias não querem ser mais castigadas; in O Primeiro De Janeiro de 22 de julho; pág. 13; - Autarquias contra o apertar do cinto; in Correio da Manhã de 22 de julho; pág. 24; - Fernando Ruas pede ao novo Governo que deixe de impor sacrificios; in O Dia de 22 de julho; pág. 10; - Fernando Ruas pede ao novo Governo menos sacrificios; in Diário Económico de 22 de julho; pág. 8; - Finanças já podem aplicar o novo sistema de avaliação de imóveis; in Público de 22 de julho; pág. 22; - Ponte sobre o zêzere reabriu; in Nova Aliança de 22 de julho; - Obras no concelho; in Nova Aliança de 22 de julho; - Obras no concelho beneficiam o ambiente; in Expresso do Centro de 22 de julho; - António Mendes apela á defesa da floresta e do ambiente; in Primeira Linha de 22 de julho; - ...e Centro Náutico de Constância em construção; in Primeira Linha de 22 de julho; - Obras nas freguesias de Constância em bom ritmo; in Primeira Linha de 22 de julho; - O escultor José Coelho; in O Ribatejo de 22 de julho; - Águas das fontes perigosa; in Semanário de 23 de julho; pág. 22; - Água imprópria para consumo; in Correio da Manhã de 23 de julho; pág. 4/5; - Estamos a beber água estragada; in A Capital de 23 de julho; pág. 12; - Águas de fontes contaminadas com batérias e metais pesados; in Público de 23 de julho; pág. 31; - Ponte de ferro sobre o Zêzere reabriu ao trânsito; in Cidade de Tomar de 23 de julho; - Para um melhor ambiente Constância promove obras no concelho; in Jornal de Abrantes de 23 de julho; - Campo militar com prémio ambiental; in Noticias Do Entroncamento de 23 de julho; - Campanha da cal em Constância; in Noticias Do Entroncamento de 23 de julho; - Alunos de Constância premiados na literatura; in Noticias Do Entroncamento de 23 de julho; - Valtejo muda face das frentes ribeirinhas de Abrantes a Benavente; in Público de 23 de julho; - Ponte do zêzere em Constância deixou de ter semaforização; in Noticias Do Entroncamento de 23 de julho; - Ambiente quer mexer nos prazos de aprovação dos PDM; in Público de 24 de julho; pág. 39; - Intervenção em ponte pode demorar meio ano; in Jornal de Noticias de 24 de julho; pág. 32; - Centro Náutico de Constância continua em construção; in Gazeta do Tejo de 26 de julho; - Ponte de ferro sobre o rio Zêzere em Constância já reabriu; in Gazeta do Tejo de 26 de julho; - Autarquias sem limites para se endividar; in Jornal de Negócios de 26 de julho; - O Fim da Austeridade; in Jornal de Negócios de 26 de julho; pág. 31/37; - "Santana sempre foi reividincativo"; in Correio da Manhã de 26 de julho; pág. 22; - O primeiro Shopping do Médio Tejo; in Gazeta do Tejo de 26 de julho; - Construção de reservatórios de água em Constância e Montalvo; in Gazeta do Tejo de 26 de julho; - Ponte de Ferro já reabriu; in Entrecidades de 27 de julho; - Câmara Municipal De Constância - Aviso; in Correio da Manhã de 27 julho; - Câmaras acusadas de gerirem mal os fundo comunitários; in O Dia de 27 de julho; pág. 6; - Câmara Municipal De Constância - Aviso; in Correio da Manhã de 27 julho; pág. 120; - Santarém em Renovação; in Correio da Manhã de 27 julho; pág. 1/23; - O projeto é credivel. Há conteúdo. É para isso que trabalhamos; in Gazeta do Tejo de 27 de julho; - Governo alarga limites ao endividamento autárquico; in Diário Económico de 28 de julho; pág. 6; - Autarquias rejeitam exagero em infra-estruturas; in Diário de Noticias de 28 de julho; pág. 35; - Autarcas e federações com Sócrates; in Correio da Manhã de 28 de julho; pág. 24; - José Cesário defende simbolismo de Coimbra; in Jornal de Noticias de 29 de julho; pág. 12; - Constância; in Primeira Linha de 29 de julho; - Espaço Internet de Constância atribui diploma em tecnologias de informação; in Primeira Linha de 29 de julho; - Constância vai ter centro náutico; in O Templário de 29 de julho; - Anúncio de abertura de procedimento; in Diário de Noticias de 29 de julho; - Caracterização da população residente, com 15 ou mais anos de idade, nos concelhos da Zona de influência do primeira linha, quanto ao estado civil; in Primeira Linha de 29 de julho; - O distrito de novo a arder; in O Ribatejo de 29 de julho; - E de quem é a culpa?; in Independente de 30 de julho; pág. 22; - Viaturas destruidas; in Correio da Manhã de 30 de julho; - Constância - Competências básicas em Tecnologias da Informação; in O Almonda de 30 de julho; - Montalvo vai receber casa mortuária ainda em 2004; in Noticias do Entroncamento de 30 de julho; - Agenda - destaque; in Noticias do Entroncamento de 30 de julho; - Ponte sobre zêzere em Constância reabriu ao trânsito no dia 14 de julho; in Jornal de Abrantes de 30 de julho;
Livro Copiador de Correspondência Geral Expedida do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos, desde 1 de julho a 30 de setembro de 1940, correspondente ao 3º trimestre, encontra-se organizado cronologicamente e contém 466 registos datilografados, numerados de 911 a 1377, de cópias dos ofícios, telegramas e cartas expedidas por este Sindicato na generalidade a sócios e entidades várias sobre diversos assuntos nomeadamente sobre revalidação de carteiras profissionais, informações/dados sobre sócios/farmacêuticos, projeto de estatutos da futura Ordem dos Farmacêuticos, queixas/reclamações de farmacêuticos, cobrança/pagamento de quotas, envio de recibos, selagem das especialidades farmacêuticas, envio/pedido de documentos relativos à inscrição de sócios, agendamento de reuniões, Comissão de Revisão do Regimento dos Preços dos Medicamentos, instalação/abertura de farmácias, exemplar da obra “Grandeza da Farmácia”, colaboração para o jornal do Sindicato, demissão de Comissões, suspensão do jornal do Sindicato, direção técnica de farmácias, proposta de comissão administrativa para secção distrital, disposições relativas às secções distritais, art.º 8 do decreto nº 12210 [de 24 de agosto de 1926], arrendamento de farmácia, competências do Sindicato, impressos relativos ao movimento de estupefacientes, verificação de diplomas, auxilio do pagamento de quotas a sócio com dificuldades diretor técnico da farmácia da Misericórdia de Crato, contribuição dos farmacêuticos estabelecidos em Lisboa para Grémio dos Proprietários dos Farmacêuticos, licença de porta aberta, passagem de diplomas, respostas a dúvidas/questões de sócios, tomada de posse de comissão administrativa da secção distrital do Porto, convites para integrar comissões, sobre o título de “farmacêutico”, alteração de preços de produtos, pedido de pareceres a comissões, inutilização/carimbagem das estampilhas/selos de especialidades farmacêuticas, questionário para as secções distritais relativo ao jornal do Sindicato, fabrico em Portugal de produto estrangeiro designado “Fortamin”, parecer relativo à fórmula do emplastro “Theriacol”, licenças de comércio e indústria, estatísticas corporativas, legalização da secção distrital de Coimbra, nomeação/aprovação de comissões administrativas das secções distritais do Sindicato, preço das especialidades estrangeiras, preparados da farmacopeia portuguesa, inscrição de sócios no Grémio do Comércio do distrito de Beja, III curso de férias de farmácia, alterações de residência, projeto de aditamento ao decreto-lei nº 23422, especialidades farmacêuticas estrangeiras, envio de envelopes vazios a sócios, assinatura do boletim “Anuário Comercial do Porto”, questionário acerca da farmacêutica Alice Augusta Bentosinho proprietária da farmácia Central em S. Martinho do Porto, voto de pesar pela morte de João Augusto Simões sócio da Sociedade Farmacêutica Lusitana, assembleias gerais consideradas ilegais, parecer relativo à cultura de Nicociana, ante projeto dos estatutos da Associação Portuguesa para o progresso das Ciências, frequência do curso de farmácia, fiscais privativos/consultores jurídicos, horário de trabalho/abertura de farmácias, transferência/assistência de farmácia, aprovação da constituição da secção distrital de Coimbra por despacho de 16 de agosto de 1940, projeto de bandeira para as secções distritais, legislação farmacêutica alemã, aumento do preço dos anúncios no jornal do Sindicato, projeto de decreto destinado a alterar o disposto na alínea d) do artigo 1º do decreto nº 23422, datas de conclusão de cursos/grau académico, vistoria a farmácias, produtos dentários para Marrocos, venda ilegal de medicamentos/especialidades farmacêuticas em drogarias, projeto de um Código Deontológico, despedimento de farmacêuticos. Na sua maioria, os ofícios contidos neste livro são assinados por Manuel Rodrigues Loureiro, Mário Augusto Azevedo da Costa Santos, Gerardo Rodrigues Maria da Matta, Armando Gonçalves Ramos e Joaquim Pedro de Alcantara Ferreira e Costa, presidente, vice-presidente, 1º secretário, consultor técnico e fiscal privativo da Comissão Administrativa do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos. O registo 978/40 possui o carimbo do Sindicato. O final do livro apresenta um índice de ordem alfabética não preenchido. Entre os destinatários encontram-se Adolfo Aníbal da Veiga Teixeira, Adosinda Rodrigues Junqueira, Adriano Alves da Silva, Agostinho Moutinho, Albertina Fernandes da Silva Nobre Machado, Alberto Fialho Janes, Alberto Luís Ferreira, Alfredo de Sá Correia de Araújo, Alfredo Lopes, Alice da Glória Miranda de Morais, Alice Rodrigues Lourenço, Alice Vaz Tecedeiro, Aluísio Marques Leal, Amadeu Barreiros, Amadeu Francisco Castanheira, Amândio Vilar, Américo Varela Geraldo, Ana Vieira, André Blanc, André Martins Rebocho Pais, Ângelo Queiroz da Fonseca, Antero dos Reis Gomes, António Caeiro Cunha, António Cunha de Assunção, António da Silva Lobato, António de Jesus Pires, António de Sousa Vieira, António Dias da Silva, António dos Santos Seixo, António Duarte Coelho, António Ferreira, António Fortunato da Rocha Quaresma, António Fortunato Soares, António Gusmão Correia, António J. Gonçalves, António José da Silva, António Monteiro da Mota, António Rocha da Torre, António Simões de Oliveira Malta, António Vieira, António Xavier Franco, Armando Gonçalves Ramos, Arménio Baptista, Armindo de Sousa Lima, Arnaldo José Ferreira da Costa, Arnaldo José Miranda de Barros, Arthur Lopes Soares, Artur Maldonado de Freitas, Augusto Casimiro Silva, Barros e Cunha, Bernardino de Pinho, Bernardino Leite Ribeiro, Biblioteca da Faculdade de Ciências de Lisboa, Boletim da Legião Portuguesa, Caixa Sindical de Previdência da Indústria de Lanifícios, Cândido António da Silva, Carlos Avelar Pereira de Jesus, Carlos Cândido Coutinho, Carlos Martins de Carvalho e Costa, Carlos Rodrigues de Sousa, Carlota de Seixas Serra, Carmina Patrício, Casa dos Pescadores de Portimão, César Dinis de Carvalho, Chancelaria Consular da Legação da Alemanha em Lisboa, Comissão de Assistência aos Pobres de São Martinho do Porto, Comissão de Turismo de São Martinho do Porto, Comissão Reguladora dos Produtos Químicos e Farmacêuticos, Comissões do Sindicato (Técnica de Farmácia, Deontologia História e Legislação Farmacêutica, Química, Bacteriologia e Biologia, Interesses Profissionais, Redação do Jornal), Companhias Reunidas de Gás e Eletricidade de Lisboa, Custódio Maldonado de Freita, Daniel Lucas de Carvalho, Direção Geral das Contribuições e Impostos, Direção Geral de Saúde, Domingos Correia Arouca, Domingos Martins Caro, Domingos Neto Afonso, Duarte Braga Correia Mendes, Edmundo Afonso de Matos Boavida, Eduardo Frederico de Melo Garrido, Eduardo Gomes Guimarães, Elisa dos Anjos Lopes da Fonseca, Elísio de Sousa Vasconcelos, Elísio Rodrigues de Moura, Emílio da Cunha Mora, Ernestina Augusta Guimarães Vieira, Ernesto de Castro, Ernesto Pio de Vasconcelos Peixoto Morais, Escola Superior de Farmácia de Coimbra, Escola Superior de Farmácia de Lisboa, Eugénio Brandão Pereira de Melo, Eugénio Evangelista Carvalhal, Ezequias Isaías Duarte, Faculdade de Ciências de Coimbra, Faculdade de Ciências de Lisboa, Faculdade de Ciências do Porto, Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, Faculdade de Farmácia de Lisboa, Faustino dos Santos Pereira, Felipe Gracia Dorado, Fernanda Barreiros Maymone, Fernando Bettencourt dos Santos, Fernando Correia, Fernando Mamede, Firma Fragoso e Mira, Francisco Augusto Alvim, Francisco de Paula Baptista, Francisco Ferreira Pinharanda, Francisco Joaquim da Costa, Francisco R. dos Santos Costa, Frederico José da Cunha, Frederico Josino Garcia Secades, Georgina Henriques Santos, Geraldo da Silva Brito, Germano Justiniano de Sousa, Graziela da Silva Franco, Grémio Distrital dos Proprietários de Farmácia (Lisboa), Grémio do Comércio (Beja, Esposende), Grémio dos Armazenista de Drogas e Produtos Químicos e Farmacêuticos, Grémio Nacional dos Industriais de Especialidades Farmacêuticas, Guilherme Francisco Dias, Guilherme Rocha de Macedo, Hélia Pereira Viegas, Herculano da Fonseca, Hernâni Pastor Barreto, Hospitais Civis de Lisboa, Hospitais da Universidade de Coimbra, Hospital Escolar de Lisboa, Hospital Geral de Santo António do Porto, Humberto João Estorrenho Valentim, Inspeção do Exercício Farmacêutico, Instituto Nacional de Estatística, Instituto Nacional do Trabalho e Previdência, Ismael Soares da Silva Ribeiro, Jaime Redondo da Costa, Januário Pereira, João Afonso Ferreira Dinis, João Alves da Silva, João Augusto Silveiro Carapeta, João Batista Pereira de Barros, João Carvalho de Oliveira, João da Costa Simplício, João Francisco de Jesus, João Maldonado de Freitas, João Manuel da Luz Chambel, João Maria da Fonseca e Pinho, João Pereira, Joaquim Alves Batista, Joaquim António Gonçalves, Joaquim Augusto Monteiro, Joaquim Fiel Figueiras, Joaquim Gadanho Serra Júnior, Joaquim Mendes Ribeiro, Joaquim Teotónio Segurado Faria, Jorge Calado, Jornal A Acção Farmacêutica, Jornal Diário da Manhã, Jornal Diário de Lisboa, Jornal Diário de Notícias, Jornal Eco Farmacêutico, Jornal O Monitor de Farmácia, Jornal O Recorte, José Agostinho Gramaxo Rebelo, José António Costa, José Arsénio da Fonseca Júnior, José Avelar de Almeida Ribeiro, José Constantino Correia Rosa, José de Barahona Fragoso e Mira Lda., José de Figueiredo Paixão, José Dias dos Reis, José Dias Hipólito Parente, José Ferreira Afonso Silva, José Ferreira do Vale Serrano, José Fialho Polido, José Firmino Ribeiro da Cunha, José Gambini, José Gomes Moreira, José Gonçalves Bandeira, José Henriques Pereira Júnior, José Joaquim Ribeiro, José Martinho Nunes Júnior, José Martins de Abreu, José Nunes da Costa Nogueira, José Nunes de Chaves, José Pedro Dias, José Rodrigues Ferreira Malva, José Rosa, José Simão Junior, José Vitorino Pires, Judite da Silva Gonçalves, Júlio de Carvalho, Júlio José de Brito, Junta de Freguesia de Alfeizerão, Laura de Almeida Leite, Leão Rodrigues de Almeida Correia, Leontina Gomes Santiago, Lúcio da Silva Ribeiro, Luís Leão Soromenho, Luís Marcel Heftlen, M. Marques dos Santos, Magna Máxima Múrias, Manuel António Abrunhosa, Manuel Carolino, Manuel Coelho de Oliveira Gomes, Manuel de Sá Leão Pimentel, Manuel Dórdio de Matos Coelho, Manuel Ferreira Lago, Manuel França Vigon, Manuel Joaquim da Silva Agra Júnior, Manuel Joaquim de Paiva, Manuel José da Fonseca Faria, Manuel José Gomes Coelho, Manuel Lopes da Mota Capitão, Manuel Luís Rocha da Torre, Manuel Maria Taborda Rodrigues da Costa, Manuel Peres, Manuel Razoilo Cristiano, Manuel Rodrigues Loureiro, Manuel Vilela de Barros, Margarida Machado, Maria Andrade Lobo Varela Simões, Maria do Carmo Pires Seita Paulo, Maria Henriqueta Sarabando, Maria Luísa Dias da Fonseca, Maria Luísa Setas, Maria Murta de Carvalho, Maria Natércia Miranda de Barros, Mário Barbosa dos Reis Colares, Mário Veiga, Medeiros Galvão, Miguel Capistrano de Amorim, Miguel Fadon Lizaso, Ministério da Educação Nacional - Instituto para a Alta Cultura, Ministério do Interior, Nataniel Pedro, Ordem dos Médicos, Pompeu Faria de Castro, Raul Artur Catalão Pereira, Raul Pancada, Reinato Pimentel de Almeida, Roberto Pereira Vellez, Rodrigo Gonçalves Bentes, Roque dos Reis Branco, Rosa Neto Rebelo Pinto, Rosa Pinto, Rui Pinto Ferreira Alves, Santa Casa da Misericórdia de Benavente, Serafim da Conceição Martins Vasco, Saúl Alírio Pereira, Sebastião Rego, Secções Distrital do Sindicato (Porto, Santarém, Braga, Viseu, Aveiro, Évora, Coimbra), Sertório Ferreira, Silvério Gomes da Costa, Silvina Augusta Fontoura de Carvalho, Sindicato Nacional dos Ajudantes de Farmácia, Sindicato Nacional dos Vendedores de Jornais, Subsecretariado de Estado das Corporações e Previdência Social, Trigo de Negreiros, Túlio Augusto de Morais da Mota, Vergílio Pereira Barreto Barbosa, Victor Vairinho, Virgílio Augusto de Medeiros Botelho. Nomes referidos na correspondência que não constam da lista de destinatários: Acácio Aníbal de Almeida Mota, Aida de Melo Brito, Alberto Coelho Nogueira, Amador da Conceição Veríssimo, Amarino Pereira Castilho, Aníbal Pais Esteves, António de Melo Pereira Pinto de Azevedo, António de Sousa Macedo, António Duarte Coelho, António Monteiro de Almeida, Augusto Veloso Cortesão, Caetano de Figueiredo Ferreira, Cesário Teixeira, Eduardo Ribeiro, Francisco Rodrigues Cardoso Júnior, Guilherme Dias, Hernâni Pastor Barreto, Irene Ferreira de Carvalho, Irene Licínia Nunes Graça, João Maldonado de Freitas, João Pinto Bessa, Joaquim Faria de Castro Barros, Joaquim P. Rosendo, José de Jesus Pereira e Silva, José Henrique Pereira Júnior, José Joaquim da Silva Lobato, José Júlio Fernandes Pinto, Júlio José Barreiros, Manuel Baptista da Costa, Manuel das Dores Tello da Fonseca, Manuel Joaquim Félix, Maria de Lourdes Abranches Lemos Menezes, Mário Homem Correia Teles de Vasconcelos, Miguel Sá da Bandeira, Rafael Gagliardini Graça, Rosado Silva, Tito Lívio Pinto da Costa Cameira, Victorino Leitão, Vitorino Vieira Marques.
Livro contendo listagem de farmacêuticos estabelecidos no Continente, Ilhas e Colónias, apresentados por concelhos organizados por ordem alfabética. Contém informação do concelho, nome do farmacêutico e morada. Concelho de Abrantes: Albino de Sousa Pires, António da Silva Forte, António José Pereira da Silva, Henrique Calado Mendes, João Godinho, José António dos Santos, Manuel Duarte Ferreira, Manuel Ferreira da Mota Ferraz, Sebastião Pimentel, Sociedade de Socorros Mútuos Soares Mendes. Concelho de Águeda: Alfredo Dias Franco, Eduardo de Melo Alvim, Mateus de Lemos Ala. Concelho de Alandroal: João Maria de Matos, Joaquim Nicolau Cavaca, José Romão Caeiro. Concelho de Albergaria-a-Velha: Francisco Marques de Lemos & Filha, João Pedro Ferreira, João Pereira Serrano. Concelho de Albufeira: António Honorato Alves de Sousa, Francisco Alexandre da Piedade, Francisco de Paula Baptista. Concelho de Alcácer do Sal: Adelino Simões da Guia, Jaime de Bastos Romano Baptista, João Celestino Pereira, Manuel Augusto de Matos. Concelho de Alcobaça: Cândido Carril Barbosa, Carlos Pereira Campeão, Epifânio da Franca, José Alves, José Maria Carrilho, José Marques da Silva, Manuel José Alves. Concelho de Alcochete: Fortunato Freire Gameiro, José Martinho Nunes. Concelho de Alcoutim: Augusto Carlos Xavier Caimoto. Concelho de Aldeia Galega do Ribatejo (atual Montijo): António Duarte Maneira, José Augusto Simões da Cunha, Manuel Ferreira Geraldes, Manuel Guerreiro Crespo. Concelho de Alenquer: António Gonçalves de Castro, Avelar & Irmão, Carlos Júlio Martins Pereira, Eduardo Augusto Marques Perdigão, Fernando Martins Pereira, João José Machado, Luís Pereira da Silva, Marques Ferreira & Filhos. Concelho de Alfândega da Fé: António Manuel Vilares, Carolino Augusto Trigo, Luís Artur de Oliveira. Concelho de Alijó: Alfredo Ildefonso da Silva Monteiro, Carlos Augusto Alves Ribeiro Richter, Casimiro Eugénio de Sousa Cabral, Elísio Alves Lopes, Ezequiel Correia de Araújo, Ildefonso Augusto da Silva Monteiro, José Tomás Teixeira Martins, Luís António Monteiro. Concelho de Aljezur: Celso Guerreiro França. Concelho de Aljustrel: João Celestino de Faria Pereira, Joaquim Gadanho Serra Júnior, José Augusto de Moura, Veríssimo Gonçalves. Concelho de Almada: Alfredo José Gonçalves Fino, Augusto Inácio Sesinando, João Celestino Cerqueira Afonso, José Alves Leite, Rafael Miranda, Tavares & Comandita. Concelho de Almeida: João Monteiro dos Santos Teles, João Pereira da Silva, José Luís Esteves Delgado, Manuel Nunes Morgado. Concelho de Almeirim: Abílio Freire Gameiro, António Chainça, António Maria da Costa, Florêncio de Matos Coutinho, José Borges, Rodrigo Alves de Carvalho. Concelho de Almodôvar: José Bastos Costa, Manuel Evangelista. Concelho de Alter do Chão: Francisco Inácio Coelho, Joaquim Augusto Risques, José António Aparício, José Arsénio da Fonseca, Mário Marques Namorado. Concelho de Alvaiázere: Joaquim José Rodrigues, Serafim Curado Borges da Gama. Concelho de Alvito: Augusto Peres de Figueiredo, Firminiano M. de Oliveira Gonçalves. Concelho de Amarante: Francisco Alves Gomes, José da Silva Costa, José Pereira da Silva, Silvestre Peixoto Meireles. Concelho de Amares: Augusto Justiniano Fernandes Rego. Concelho de Anadia: Abílio Ruivo de Figueiredo, António Augusto de Freitas, António Joaquim Cardote, Basílio Henriques Pereira, Carlos Joaquim Pires, César Henrique Seabra Rangel, Fernando Ferreira Jorge, Fernando Miranda, José da Costa Simões, Júlio Maia, Óscar Alvim, Rodrigues da Silva. Concelho de Angra do Heroísmo (Açores): Cunha & Lemos, Francisco Lúcio Fagundes Júnior, João da Rocha Lemos, Teotónio Alberto Mendes. Concelho de Ansião: Abílio da Costa Duarte, Adelino Marques de Oliveira, Alfredo Teodoro Simões Manso, José Augusto de Medeiros. Concelho de Arcos de Valdevez: Aníbal Gomes de Almeida, Artur José Barreiros, Camilo Pereira Sampaio, Farmácia Central, José de Magalhães. Concelho de Arganil: Benjamim Fernandes Neves Tavares, Francisco Torres Dias Galvão, João Torres Neves Carneiro, José Augusto Serra Campos, Quaresma & Filho. Concelho de Armamar: Evaristo de Carvalho, Joaquim dos Santos Monteiro, José Custódio Fernandes. Concelho de Arouca: Alberto Pereira Nunes Delgado, António A. de Oliveira, Augusto Galvão, José Agostinho Gomes de Pinho. Concelho de Arraiolos: João Gomes Coelho de Oliveira, José Augusto Janeiro, José Vieira Lizardo Júnior. Concelho de Arronches: António dos Reis Delicado. Concelho de Arruda dos Vinhos: António Bernardo de Miranda. Concelho de Aveiro: Alfredo César de Brito, António Simões, Aristides Dias de Figueiredo, Arnaldo Ribeiro, Avelino Dias de Figueiredo, Francisco António de Moura, Francisco da Luz & Filho, João Bernardo Ribeiro Júnior, João Pinto Rodrigues Valas, Joaquim Maria Ala, José de Castro Cerqueira Vidal, José Tavares de Castro, Manuel dos Santos Costa. Concelho de Avis: João Velez da Trindade, Joaquim Mendes Lopes Coelho, Mário Coutinho de Figueiredo. Concelho de Azambuja: João Rodrigues de Noronha Júnior, Joaquim Alves Cristóvão, José Bernardo Alves, Luís Augusto da Ascensão, Manuel Crisóstomo Ferro. Concelho de Baião: António Barbosa de Queiroz Júnior. Concelho de Barcelos: Avelino Aires Duarte, Delfino Pereira Esteves, João Cândido da Silva, Joaquim de Assunção Ferreira Vale, Pais Moreira & Vieira Ramos. Concelho de Barrancos: António Reganha Xarama, Manuel António Monteiro. Concelho de Barreiro: Crispim José dos Santos Júnior, João Dias Correia Pimenta, João Gregório Ferreira, José Luís da Costa. Concelho de Batalha: Joaquim F. de Carvalho, José Teodoro de Sousa. Concelho de Beja: António Joaquim Moreira Júnior, António Vieira, João A. Alves, João Afonso Pacheco, José António Segurado, José Lúcio Correia da Fonseca. Concelho de Belmonte: António Gonçalves Amoreira, António Manuel Alves, Francisco Costa. Concelho de Benavente: Gonçalves, João Cândido Ferreira Barros, Joaquim Pedro Simões da Cunha, Rafael José Dias Ferreira. Concelho de Borba: Carlos Miguel Pinto Semedo, Ernesto Augusto de Moura Gomes, Francisco Sales da Guerra. Concelho de Boticas: Acácio Augusto Martins. Concelho de Bouças (atual Matosinhos): Afonso da Veiga Faria, António Guerreiro de Aboim, Falcão, Gramacho & Fernandes, Joaquim Guilherme Ferraz, José Ferreira Soares, Lopes Veloso, Manuel Matos, Manuel Tavares Coutinho, Teixeira Neves. Concelho de Braga: Adelino José da Silva, António Cunha, António Domingos Alvim, Domingos José de Sousa Gomes, Domingos Martinho Lopes Correia, Ernesto Pio de Vasconcelos/Morais & Irmão, Francisco José Gomes, Henrique José Alves, João Cardoso Guimarães, José Fernando de Macedo, Manuel Gomes Coelho, Manuel Joaquim de Paiva, Manuel Soares Correia, Pipa & Irmão, Rodrigues. Concelho de Bragança: Acácio Augusto Mariano, Álvaro Moz, António Guilherme Furtado, Carolino Abel Rodrigues Serrano, Francisco Avelino Ferreira, Francisco Falcão, Sebastião dos Reis Messias. Concelho de Cabeceiras de Basto: Francisco Luís de Castro Maia, Francisco Maio, Franklin Vaz, João António Moutinho, M. Barros & Companhia. Concelho do Cadaval: Adelino Augusto Pereira Bahia, António Braz Branco. Concelho de Caldas da Rainha: Acelino Augusto Lopes, Artur Apolinário Ferreira da Silva, Farmácia do Hospital Real, Gerardo Ferreira, José Henrique da Silva, José Patrocínio de Oliveira, Júlio Carril Barbosa. Concelho da Calheta (São Jorge - Açores): Alfredo Augusto Moreira Vaz. Concelho de Caminha: Frederico António da Cunha, Ilídio José de Caldas, Júlio José de Brito, Lúcio Rodrigues da Conceição, Manuel Rodrigues Pires, Maria Ermelinda Torres. Concelho de Campo Maior: Boaventura de Lima Sanches, Francisco A. Matos Mendes, Francisco José da Rosa Correia. Concelho de Cantanhede: António de Vasconcelos, Elísio Augusto Maria Andrade, Evaristo Augusto Carolino, Frederico Josino Garcia Secades, José António Liberal, José da Costa Neves, José das Neves Pereira da Cruz, José Francisco Paulo Júnior, Raúl Leito Braga. Concelho de Carrazeda de Ansiães: Antero Albano Soares Veiga, José Baltazar de Lima. Concelho de Carregal do Sal: Aníbal Pais Esteves, António da Costa Ramos e Lemos, João Baptista de Abreu, José Borges Dinis, José Maria Rodrigues & Filho, José Marques Rodrigues. Concelho do Cartaxo: Abílio Augusto de Albergaria Guerra, António Rodrigues Areosa Feio, Francisco José Pereira, Francisco Marques Ferreira da Cunha e Silva Júnior, Joaquim Calisto da Silva Guedes, José Henriques Melageiro, Manuel de Sousa Sales. Concelho de Cascais: Custódio Heitor, Ferreira & Fazenda, João Mendes Lopes, Joaquim Teotónio Segurado, Miguel Rodrigues dos Santos. Concelho de Castelo Branco: Adelino Pereira Correia, Afonso Augusto Gomes de Barros, António Ferreira Baptista, José Joaquim Rodrigues, José Pedro Xavier Rodrigão, José Vaz de Oliveira, Viriato Nunes Lopes Russo. Concelho de Castelo de Paiva: António da Silva Gouveia. Concelho de Castelo de Vide: Eduardo Alegria Gasalho, Joaquim Saramago, José António do Nascimento, José de Assunção Mimoso. Concelho de Castro Daire: João Maria da Fonseca, Julião Maria da Fonseca, Manuel Correia de Oliveira e Castro. Concelho de Castro Marim: Ildefonso Valério Mendes. Concelho de Castro Verde: José Baltazar, José Alves da Costa. Concelho de Seia: Adriano de Almeida Melo, Herculano Rodrigues de Gouveia e Silva, José Alves Rodrigues, José Augusto de Oliveira Santos, José Elísio Mendes Alves, José Joaquim Correia de Carvalho, Lucas da Rocha Santos. Concelho de Celorico de Basto: António Alves Dias. Concelho de Celorico da Beira: Alexandre Alves Henriques de Sousa, António Alves de Oliveira, Manuel Luís Salvador, Manuel Tavares Ferreira. Concelho de Sertã: Abílio da Paz Medeiros, Emídio de Sá Xavier Magalhães, Olímpio Amaral, Zeferino Lucas de Moura. Concelho de Sesimbra: Augusto Morujão, Lopes & Irmão. Concelho da Chamusca: António Vicente Trincão, João Teodoro da Silva Monteiro, José Joaquim Duarte Imaginário, Luís Augusto Garcia da Silva, Manuel Maria Serra. Concelho de Chaves: Alfredo Ferreira, António Joaquim Gonçalves, Eugénio Carvalhal, Francisco José Coelho, Francisco Marcelino Fontoura, Frederico Borges, José Lopes Moura, José Soares Pereira, Luís Sampaio Mariz, Manuel António Fernandes. Concelho de Sintra: Agostinho José de Almeida Ferreira, Alfredo Dias Antunes, António Malheiro, António Mendes dos Santos, Francisco Canuto da Rocha, João António Carretas, João José de Oliveira, Joaquim José de Miranda Sarmento, Jorge de Mendonça, José Maria Pereira Ferraz, José Martins da Costa, Manuel dos Santos Pereira Brazão, Paulo Gomes de Amorim, Viúva Malheiros & Filhos. Concelho de Coimbra: Adelino Rodrigues Saraiva, Albano Neves, Alfredo Martinho da Fonseca, Arnaldo de Moura, Augusto Liberato de Figueiredo Gersão, Augusto Mendes Leite, Aureliano José dos Santos Viegas, Benjamim Craveiro, Cândido Rodrigues Correia, Francisco Maria Rego, Francisco Miranda de Assis, Gonçalo Baptista da Costa Nazareth, João Brandão de Carvalho, João dos Santos Donato, Joaquim da Cruz e Silva, Joaquim Vieira de Sousa, José Augusto Carolino, José Augusto Pereira de Figueiredo, José Falcão de Gouveia, José Raimundo Alves Sobral, Justiniano de Sousa Gonzaga, Manuel António da Costa Nazareth, Manuel Fernandes Costa, Manuel Nunes, Rodolfo de Figueiredo Vasco, Rodrigues Dinis, Victor da Silva Feitor. Concelho de Condeixa-a-Nova: António Joaquim Paiva, Fortunato Rocha da Fonseca, João Maria da Silva Pinheiro, Olímpia César Bandeira. Concelho de Constância: António Luís Pereira da Natividade de Silva, João Lopes Godinho. Concelho de Coruche: Alfredo V. Sales Horta, João José de Oliveira, Joaquim Evaristo de Almeida, Virgílio dos Santos Lopes de Carvalho. Concelho da Covilhã: Afonso Pais Esteves, Agostinho Rodrigues da Silveira Franciscão, António de Sousa Pedroso, Guimarães & Filho, Joaquim Augusto Jorge da Silva, Pedro Tadeu. Concelho do Crato: António Satiro Xavier de Castro, Cassilda da Conceição Dias Pais, José Dias Pais, José Velez Caroço. Concelho de Cuba: António Cândido de Oliveira Franco, Farmácia da Misericórdia, Joaquim Bento Pereira. Concelho de Elvas: Adriano Rufino Lasco da Cruz, António Cândido de Assunção Nunes, António Joaquim Rosado e Silva, Farmácia da Misericórdia, Farmácia do Hospital Militar, Júlio Albano Mouta, Nazareth Calado Mendes. Concelho de Espinho: Alberto Delgado, José António Pires de Resende, Manuel Augusto Pires de Resende. Concelho de Esposende: Alberto Lamas Zagalo Gomes Coelho, João Cândido da Silva Ramalho. Concelho de Estarreja: António de Abreu Campos, António Dias Figueiredo, António José da Silva Guerra, Delfim da Silva Valente, Francisco Luciano Barbosa da Silveira, Júlio Ferreira Baptista, Manuel Joaquim da Silva Vigário, Manuel Maria Leite, Severo José Pereira. Concelho de Estremoz: António da Silva Lobato, António Xavier Franco, Carapeta & Irmão, Francisco José Gomes Caramelo. Concelho de Évora: António Fernandes Marques Ferro, António Ferreira de Sousa, António Jacinto Belém Garcia, Cândido Ferreira da Mota, João Simões da Costa e Costa, José Ferreira de Almeida, Manuel António de Oliveira & Filho. Concelho de Fafe: Augusto Moreira Castro, João Soares de Oliveira, José de Moura e Silva. Concelho de Faro: António Afonso Lopes, António Martins Paula, Bandeira & Ramos, Farmácia Lusitana, João Basílio Correia, João dos Santos Eusébio, José da Encarnação Vieira Júnior, José de Matos Casaca, José Francisco Simões, José Pereira da Machada Júnior, Virgílio J. Rodrigues de Passos. Concelho de Feira (Santa Maria da Feira): Alberto Dias Milheiro, Domingos Augusto de Sousa, Farmácia Pedrosa, Joaquim Ferreira Pinto dos Reis, Joaquim Gil Mendes da Rocha, José dos Santos Lemos, M. Balduíno Gomes dos Santos. Concelho de Felgueiras: Armindo de Sousa Lima, Deolindo F. de Melo, Guimarães & Companhia, Joaquim Augusto de Medeiros, José de Araújo Ribeiro, Manuel José Antunes. Concelho de Ferreira do Alentejo: José Joaquim Moreira, Manuel Luís Arantes. Concelho de Ferreira do Zêzere: Aires Marques Simões, António Soeiro, Fernando das Neves Ribeiro. Concelho de Figueira de Castelo Rodrigo: Áurea Palmira de Paiva Rua, Eduardo Augusto de Almeida, Francisco Pereira da Silva, José Falcão de Mendonça. Concelho da Figueira da Foz: Adolfo Augusto Rodrigues, Alexandre Rodrigues de Moura, Alfredo Nunes, António Augusto da Cruz, António da Costa e Silva, António Marques Murta, Elísio Ferreira da Silva Carvalho, Elísio Rolinho, Francisco Augusto de Oliveira, Gervásio Augusto de Oliveira, Joaquim de Jesus Cardoso e Sousa, Joaquim Gomes Simões, Joaquim Maria da Silva Nobreza, Lino Alberto Santa Clara, Luís de Almeida, M. J. da Fonseca Faria, Manuel de Oliveira Pinto, Rodrigo de Campos Costa, Silvestre Simões Ferreira, Sotero Simões de Oliveira, Victor Hugo Franco. Concelho de Figueiró dos Vinhos: Alfredo Correia de Frias, António de Azevedo Lopes Serra. Concelho de Fornos de Algodres: Evaristo Alves Rodrigues. Concelho de Freixo de Espada à Cinta: Adelino Serra Varejão. Concelho de Fronteira: Domingos José Monteiro, Francisco Joaquim da Costa, João Marques Namorado. Concelho do Funchal (Madeira): Farmácia Central, Farmácia Dois Amigos, Farmácia Nascimento & Filhos, Farmácia Popular. Concelho do Fundão: Alberto dos Reis Tavares, Almeida Victória, Belarmino Barata, Eugénio Campos, Feliciano Castilho de Almeida, João Afonso de Matos, Joaquim dos Santos Taborda, José Valente. Concelho de Gavião: José da Silva Fortes. Concelho de Góis: António da Cunha Frias, Egídio da Silva, Ernesto Rodrigues dos Santos. Concelho da Golegã: António Maria Frazão, Emídio Franco de Figueiredo, Fernando Garcia Mendes de Abreu, Victoriano Leitão. Concelho de Gondomar: Agostinho Silvestre Cardoso, António Augusto de Miranda, António Dias Gonçalves Correia, Beatriz E. de Sousa Pinto, Guilherme Augusto Madureira, Júlio Vieira Ramos, Leonardo Augusto Sampaio. Concelho de Gouveia: António Bernardino Lopes, António Martins Ribeiro, João Alves Saraiva, José Monteiro de Sousa, Morais Pereira & Companhia. Concelho de Grândola: José Baptista Limpo, José Rodrigues Pablo. Concelho da Guarda: Júlio de Almeida, Leal Carvalho & Companhia, Marques dos Santos. Concelho de Caldas das Taipas (atual freguesia de Caldelas - Guimarães): Francisco Pereira Silveiro, José Joaquim Pereira Monteiro. Concelho de Guimarães: A. T. Machado, António Joaquim de Sousa Mourão, Dias Machado, Farmácia Lemos, Farmácia Pombeiro, Francisco António Alves Mendes, Francisco José Barbosa, Gaspar da Silva Ribeiro, Joaquim Justino Leão Monteiro, Rodrigo José Leite Dias. Concelho da Horta (Açores): António Francisco Goulart da Silveira, Francisco Cardoso Aires Pinheiro, Humberto da Cunha Correia, Joaquim Cardoso Aire Pinheiro, Pedro Maria Lecoq. Concelho de Idanha-a-Nova: Álvaro Rodrigues da Costa, Ângelo Abrantes Pereira Mourão, António Pedrosa Barreto, Lúcio da Silva Ribeiro. Concelho de Ílhavo: Augusto Cândido Figueira, Carlos Celestino Pereira Gomes, Dinis Gomes, Manuel Ferreira da Cunha. Concelho de Lajes das Flores (Açores): Cristina Elisa Aires Malheiros. Concelho de Lagoa: Carlos Samora Pimentel, João António Cardoso Ferreira, Joaquim Fiel Figueiras, Luís Marques. Concelho de Lagoa (Açores): José da Silva Simões. Concelho de Lagos: António Joaquim de Sousa, Francisco de Jesus Gomes, José Ribeiro Lopes, Manuel José Barbosa. Concelho de Lamego: Ângelo Tristão, António C. Soares, António da Silva Lopes, Graça & Aragão, João António Mendes Benquerença, João Cardoso, Joaquim Monteiro da Fonseca, Manuel Castro. Concelho de Leiria: Aníbal Guedes Pedrosa, Farmácia do Hospital da Misericórdia, Farmácia Montepio Leiriense, Gaudêncio Pires de Campos, João Ferreira Dias, Joaquim de Sampaio Teles Paiva & Irmão, Lino António da Conceição, Natividade & Comandita, Rodrigo Teles de Sampaio Rio, Sebastião Lopes Pessoa de Oliveira. Concelho de Loulé: Alexandre João do Nascimento Santos, António Maria Pinto Pontes, Artur Baptista Sequeira, Augusto Maria, David dos Santos Januário, Manuel dos Santos Pinheiro Júnior. Concelho de Loures: Alexandre Gomes do Souto, António Saraiva, Augusto Herculano Moreira Feio, Henrique António Martins, João Pedro de Menezes, José Maria Duarte, Júlio Bruno Pereira, Manuel Rodrigues Machado. Concelho da Lourinhã: Alfredo Manuel Candeira, António Ferreira Pinto. Concelho de Lousã: António Cortez da Fonseca, Bernardino Henriques Lopes, José Freire do Vale Serrano, José Simões Cortez. Concelho de Lousada: António Júlio Alves Ribeiro, António Teles de Menezes, Manuel Moreira, Maria José Pacheco Pereira da Cunha, Mário Ventura Teixeira Pinto da Fonseca. Concelho de Mação: Francisco Dias da Silva, Isidro Marques Baptista, Manuel de Matos Roseiro Maia. Concelho de Macedo de Cavaleiros: António Rodrigues Valente, Cândido Alberto de Morais. Concelho de Machico (Madeira): Luís Adriano da Silva, Martinho Augusto Camacho. Concelho de Macieira de Cambra (atual Vale de Cambra): Camilo Tavares de Matos. Concelho de Mafra: Abílio F. Simões, Adelino Simões Pires, Eduardo José Migueis, José Freire de Andrade Pimentel, Leandro Cirilo dos Anjos Galvão, Serafim da Paz Medeiros. Concelho da Madalena (Açores): João de Menezes. Concelho da Maia: José Maria Augusto da Costa, Rosa Cândida Rebelo. Concelho de Mangualde: António de Almeida Feliz, José Henriques Pereira. Concelho de Manteigas: António da Costa Monteiro. Concelho de Marco de Canavezes: Abílio Pinto Soares de Miranda, Alfredo Vieira de Sousa Magalhães, Artur de Miranda, Francisco Vieira Carneiro. Concelho de Marvão: António Gomes Leão. Concelho da Mealhada: Abel Godinho Lopes Carreira, Abílio Luís Rodrigues, António Ruivo de Figueiredo, Fernando Pimenta, Joaquim da Silva Gomes, José Augusto da Costa Sales, José Cerveira Júnior, Luís Pinto de Miranda. Concelho da Mêda: António José de Carvalho, César Augusto da Silva, Joaquim Rodrigues da Costa. Concelho de Melgaço: Domingos Ferreira de Araújo, Francisco Rodrigues Barreiros, José Augusto Pires. Concelho de Mértola: José Monteiro, Manuel Valente Marques. Concelho de Mesão Frio: Manuel Correia da Silva, Manuel Victorino de Queiroz. Concelho de Mira: Albino Tavares Mendes Vaz, João Maria de Miranda Roldão, João Maria Ribeiro Dias. Concelho de Miranda do Corvo: António da Silva Bastos, José Firmino Ribeiro da Cunha, Maria José dos Santos. Concelho de Miranda do Douro: Albino José de Oliveira. Concelho de Mirandela: Arnaldo Mendo, Francisco de Melo Alvim, Frederico de Araújo Leite, José Teixeira Mendes Bragança. Concelho de Mogadouro: Afonso Machado & Vaz, José Bernardino Calejo. Concelho de Moimenta da Beira: António Ferreira de Almeida. Concelho da Moita: Henrique Rodrigues Soeiro, José Pereira de Moura. Concelho de Monchique: José Joaquim Rafael, Kneipp. Concelho de Mondim de Basto: Bernardino de Oliveira. Concelho de Monforte: Henrique Augusto de Oliveira Macedo. Concelho de Monção: José Figueiredo, Manuel Luís Fernandes Barreto, Joaquim José Barbeitos, José Gregório Duarte, José Gomes Ferreira. Concelho de Montalegre: Albino José de Miranda, António Luís Fernandes, Francisco José Morais Caldas, José Joaquim Morais Caldas. Concelho de Montemor-o-Novo: Augusto Ferreira, Bernardino Sena, João Quintino Mendes de Mira, Joaquim Marques dos Santos, José Justo Leão, José Sameiro, Raúl Fonseca. Concelho de Montemor-o-Velho: Alfredo Gomes Ferrão, António Brandão Pereira de Melo, António José de Araújo, Carlos A. Dinis de Abreu, Francisco Antunes, Guilherme José da Silveira, Joaquim Esteves de Barros, Júlio Ferrão de Carvalho, Manuel Baptista da Costa, Manuel Jorge da Silva. Concelho de Mora: Aníbal Dias Saraiva, António Barata de Figueiredo Taborda. Concelho de Mortágua: Albano Abel Fernandes de Abreu, António José Gonçalves, Manuel Francisco do Amaral. Concelho de Moura: António Coelho Baleiro, Francisco Ferreira da Costa, Francisco Fialho Mendes, Joaquim Pascoal de Faria. Concelho de Mourão: José António de Carvalho, Marcos Nunes Ribeiro. Concelho de Murça: José Alves de Freitas, José Augusto da Fonseca. Concelho de Nelas: Albano Tavares Correia, António Augusto Dias de Sousa e Silva, António Marques Pinto, Evaristo Guilherme Fauchier Faure, Manuel Tavares Correia. Concelho de Nisa: Bartolomeu Dinis de Almeida, José da Cruz Frack, Mariana da Conceição Correia da Silva. Concelho de Óbidos: Albino de Castro, Francisco Miguel Marques do Couto, P. Mendonça, Florêncio pereira Garcia. Concelho de Odemira: Adelino Lopes do Rego, António Inácio Piçarra, João Maria da Costa Barbosa, Maria Adelaide dos Anjos Piçarra. Concelho de Oeiras: João do Amaral, Luís António Teixeira de Vasconcelos. Concelho de Oleiros: Alfredo Cardoso. Concelho de Olhão: António Augusto Carvalho Pessoa, José António Calapez, Lázaro do O. Oliveira, Pedro Alexandrino Freire Pires. Concelho de Oliveira de Azeméis: Augusto da Cunha Leitão, Durbalino Alves da Silva Laranjeira, Ismael da Silva Ribeiro, José Ferreira da Silva Guimarães, Pais Morais. Concelho de Oliveira do Bairro: Albino Pinto de Miranda, António Tavares de Araújo Castro, Manuel Augusto de Sousa. Concelho de Oliveira de Frades: Alexandre Pereira, Baltazar da Costa, José Coelho Pessoa. Concelho de Oliveira do Hospital: Abílio Tavares de Brito, José de Melo Alves Brandão. Concelho de Ourique: José Pedro Dias, Ricardo Aires de Oliveira. Concelho de Ovar: António Carmindo de Sousa Lamy, Carlos Baptista, Delfim José de Sousa Lamy, Ernesto Augusto Zagalo de Lima, Isaac Júlio Fonseca da Silva, Isidoro Elisuarte Lobo, Manuel Joaquim Rodrigues Baldaia Zagalo, Pedro Lopes Barbosa. Concelho de Paços de Ferreira: Bernardo Carreiro Nunes, José Maria da Costa Vilela, Manuel Augusto Pinto de Barros, Miguel Araújo Soares de Abreu. Concelho de Pampilhosa (Mealhada): Arnaldo da Silveira Franciscão. Concelho de Paredes: Alberto Homem Pinto da Costa Cabral, Belmiro Augusto de Oliveira, Felícia Pereira de Vasconcelos, Luís José de Lima, Moisés Amadeu Rodrigues da Ponte. Concelho de Paredes de Coura: António Joaquim Fernandes Braga, Justino Ribas. Concelho de Pederneira (atual Nazaré): António Gomes Ascenso, António Matias Silvério, Hermenegildo Marques de Sousa, Jacinto Bento de Paiva, João Duarte Vieira. Concelho de Pedrogão Grande: Manuel Simões Castanheira, Albino Inácio Rosa. Concelho de Penacova: Augusto Ferreira de Carvalho, Henrique Freire de Oliveira Garcez, José Augusto Monteiro Júnior, Manuel Rodrigues Correia da Silva. Concelho de Penafiel: Adolfo Pinto Soares de Miranda, Albino Cândido de Sousa Barreto & Irmão, António Joaquim de Carvalho, Casimiro Sequeira de Sousa Rebelo, Francisco Maria de Vasconcelos Corte Real, José Marques de Carvalho. Concelho de Penalva do Castelo: António Augusto Teixeira, José Joaquim Claro Lopes de Araújo. Concelho de Penamacor: António da Gama Godinho, João António da Fonseca. Concelho de Penedono: José Maria Gonçalves Vanter. Concelho de Penela: Albano Duarte, António Joaquim Freire, António Manuel Freire de Andrade, Laura Júlia Dias, Salvador Alves Dias. Concelho de Peniche: Filipe Proença, José Acúrcio Nunes rego de Carvalho. Concelho de Peso da Régua: Anastácio Pereira da Silva, António Lopes de Castro, Faustino José Gonçalves, Gabriel António dos Santos Gouveia, João Gomes Carcarejo, Joaquim de Pinho Valente, José de Oliveira Meireles, José João Gomes, José Osório Almeida Santos, Júlio Augusto Teixeira Lopes. Concelho de Pinhel: Alfredo Freire Ruas, Augusto da Ressurreição Aleixo, Joaquim Martins da Silva Teixeira, José Augusto de Carvalho, José Pires da Cunha Marques. Concelho de Pombal: António Jacinto da Silva, Artur Marques Cardoso, João Neto de Oliveira, Joaquim Ferreira Dâmaso, José Alves de Oliveira, José Luís Henriques Martins, José Pinto Assalino Gonçalves Marinha, José Rodrigues Beja, Lino Nunes de Barros, Varela & Pessoa. Concelho de Ponta Delgada (Açores): Amâncio Júlio Cabral, Ernesto Augusto de Medeiros Suc., João Joaquim da Costa, João Leocádio de Oliveira, Manuel Botelho de Sousa, Silva Morais & Irmão, Teotónio Ernesto da Silva e Câmara. Concelho de Ponte da Barca: João de Amaral Sarmento, Pedro Cardoso de Amaral Sarmento. Concelho de Ponte de Lima: Bruno da Silva Lomba, João E. Gonçalves Ferreira. Concelho de Ponte de Soure: Augusto Máximo Prates, Francisco G. Mota, Manuel do Livramento Pires. Concelho de Portalegre: António Maria Curvelo, António Maria de Matos, João Manuel da Luz Chambel, Marta Pires Caldeira, Silvestre Maria Lopes. Concelho de Portel: Elísio Rodrigues Moura, João Gualberto Correia Souto. Concelho de Porto: Abílio António da Fonseca Branco, Albano de Sousa Saraiva, Alberto Arnaldo Oliveira, Alberto Cândido, Alberto Luís Ferreira, Alberto Pereira Fernandes / Farmácia Rebelo, Alfredo Faustino de Andrade, Alfredo Tomás de Brito, Alírio Baptista de Barros, António Amorim de Carvalho / Laboratório Homeopático Portuense, António Augusto Henriques, António Augusto Vaz Teixeira Peixoto, António Baptista Gonçalves Dias, António Correia de Figueiredo, António da Costa Lino, António de Carvalho, António Fernandes, António Ferreira de Campos, António Joaquim Ribeiro, António José Ribeiro Júnior, António Pedro de Alcântara Ferreira e Costa, António Pereira Barbosa / Farmácia Nº 1 da Liga das Associações de Socorros Mútuos, António Pereira Rebelo / Farmácia Lusitana, António Pinto de Oliveira, António Vasques de Carvalho, Areosa & Nascimento, Arnaldo Amorim de Carvalho, Augusto Botelho, Bento António de Freitas Guimarães, Bento Augusto Morais Sarmento, Bento Marino Pereira Maciel, Bernardo Birra Suc., Camila Alves, Camilo José de Carvalho, Cândido Augusto Correia Alves, Constantino da Silva Cristo, Cosme Carmo Cardoso, Eduardo Rodrigues Ferreira Carvalho, Ilídio Vieira Cosme, Ernesto Canavarro, F. A. Gomes Carneiro, Falcão Arsénio & Vieira, Farmácia da Ordem Terceira da Trindade, Farmácia Portuense, Ferreira Mendes Suc. / Farmácia Oriental, Francisco Alves Peixoto / Farmácia Luso Brasileira, Francisco Ferreira da Silva, Francisco J. Tavares de Magalhães, Francisco José de Amorim, Francisco Oliveira e Sousa Pombeiro, Gil Mont’Alverne Brou, Gomes Sucessor, Gonçalo Augusto Teixeira Guedes da Veiga Cabral Pinto Pereira de Sampaio, J. Martino de Oliveira, João Alves da Silva, João António Correia Pontes / Farmácia União, João Maria Gonçalves Reis, João Simões Pereira Xavier da Cunha, João Simões Pereira Xavier da Cunha, Joaquim Augusto de Sá, Joaquim de Almeida Cunha, Joaquim Pereira da Silva, José Agostinho Gramaxo Rebelo, José António da Silva Azevedo / Farmácia do Terreiro, José Bernardo Soeiro, José de Oliveira Pinto, José L. Zagalo Pestana / Farmácia Nº 4 da Liga das Associações de Socorros Mútuos, José Manuel Magalhães, José Maria da Costa Miranda, José Pereira Brandão, José Pinto de Oliveira, José Rodrigues de Melo Júnior, Josefino Augusto Gonçalves, Lemos & Filhos, Lima & Ramos Suc., Lúcio da Fonseca, Luís dos Santos Pinto Pereira, Luís Pinto de Magalhães, Magna Múrias, Manuel Augusto de Barros, Manuel Augusto Ivo de Oliveira, Manuel das Dores Tello da Fonseca, Manuel de Sá Leão Pimentel, Manuel de Sousa Lima, Maximiano Claudino Rica, Mendes & Castro / Farmácia Nacional, Pereira Vilaça / Farmácia Normal, R. Moreno, Ramos Júnior & Cª, Ricardo Luís de Abreu, Rodrigues & Ferreira, S. Domingos, Sá Castro & Cª / Farmácia Internacional, Salgado Lencart Suc., Teixeira & Irmão, Tito Lívio Cameira / Farmácia Nº 3 da Liga das Associações de Socorros Mútuos. Concelho de Porto de Mós: Cardoso, Pinto. Concelho de Póvoa de Lanhoso: José Baptista Vieira, Luís João do Vale Rego, Malheiro & Filhos, Manuel Inácio de Matos Vieira. Concelho de Póvoa de Varzim: António de Faria Barros, Farmácia Cardoso, Farmácia Costa, Farmácia da Misericórdia, Farmácia Faria, Farmácia Gonçalves, Farmácia Rainha, Farmácia Veloso, Farmácia Vieira, José Gomes da Silva Ramalho. Concelho de Povoação de São Miguel (atual Povoação - Açores): João Joaquim Costa Sénior, Rui Lopes. Concelho de Praia da Vitória (Açores): João Baptista Mendes, Luís Gomes da Silva. Concelho de Proença-a-Nova: António Pereira de Almeida, Francisco Martins da Silva Roda, Francisco Pires Correia. Concelho de Redondo: Jerónimo da Cruz Marruz, João Augusto Marques Fonseca. Concelho de Reguengos de Monsaraz: Caeiro & Ramalho, Jacinto Fernandes Palma, Joaquim Fernandes Paulitos, Joaquim Saramago, Ramolho & Casco. Concelho de Resende: António Lameiro da Fonseca, Gonçalves e Castro. Concelho de Ribeira Grande (Açores): Farmácia da Misericórdia, João C. de Oliveira. Concelho de Ribeira de Pena: Joaquim José da Costa, Manuel António de Noronha. Concelho de Rio Maior: António Bernardes Coelho, António de Almeida Oliveira Malta, Francisco Cândido Barbosa, João Augusto da Cunha & Irmão, José Dâmaso de Almeida. Concelho de Sabrosa: Alfredo Correia de Oliveira. Concelho de Sabugal: Alfredo José de Carvalho, Aníbal Esteves, Augusto Antunes de Pina, Aurélio dos Santos Barreiros, Joaquim Gonçalves Canaveira, José L. da Silva Sampaio, Luís Maria da Silva Azevedo. Concelho de Salvaterra de Magos: Albano Gonçalves, António Jorge de Carvalho, Henrique José Ferreira Martins, José Pereira de Sousa Júnior. Concelho de Santa Comba Dão: Alfredo P. Silva, Caetano de Figueiredo Ferreira, Pedro Cardoso Pereira. Concelho de Santa Cruz (Madeira): Farmácia da Misericórdia. Concelho de Santa Cruz das Flores (Açores): Alfredo José Malheiros. Concelho de Santa Cruz da Graciosa (Açores): Filipe de Andrade. Concelho de Santa Marta de Penaguião: Pedro Alves Pereira. Concelho de Santarém: Álvaro Alves de Araújo Pinto Leite, António Ferreira da Silva Segurado, António Joaquim Soares, Augusto da Silva Frias, Germano dos Santos, Gilberto Dionísio, Guilherme Pereira, João Augusto dos Santos, João Costa, João Valentim Gomes, Joaquim da Conceição Carvalho, José António Salgado, José António Salgado, Júlio José Barreiros, Justiniano Joaquim de Abreu, Manuel Duarte, Manuel Ferreira da Silva, Pinto Bastos, Rodrigo da C. Álvares. Concelho de Santo Tirso: Aires Mendonça Balsemão, Domingos de Freitas Lima, Farmácia Barreto, José Pereira de Faria, Manuel da Silva Castro, Vicente Gonçalves Borges. Concelho de São João da Pesqueira: Cândido Luís Pereira, João Maria Cardoso, Joaquim Augusto de Figueiredo Júnior, José Bernardo Taveira da Silva, Manuel António Abrunhosa. Concelho de São Pedro do Sul: Antero Silva, António Jorge, Borges & Dias, Joaquim Fernandes Teixeira, Victor Manuel Monteiro da Silva. Concelho de São Roque do Pico (Açores): Joaquim Pinheiro de Freitas. Concelho de São Tiago do Cacém (atual Santiago do Cacém): A. Z. Pita, António Manuel Freire de Andrade, Augusto Costa, Farmácia Operária, José P. Costa Lança, José Pedro Durães, Luís Augusto da Gama. Concelho do Sardoal: Francisco Dionísio, Jacinto Milheiriço, Pedro Barreto Nogueira. Concelho de Sátão: Agostinho Pinto de Figueiredo, Francisco de Oliveira C. e Figueiredo. Concelho do Seixal: António Augusto Louro, António Pinto Leão, José António Rafael Júnior, José Juvenal Pinto Soromenho. Concelho de Sernancelhe: António Joaquim de Figueiredo. Concelho de Serpa: João de Deus Camacho Pimenta, José Maria Rogado, Manuel Baptista Salta Júnior, Manuel Francisco Charraz, Manuel Teotónio Faria, Rodrigo Gonçalves Bentes. Concelho de Setúbal: Abel Marques, António Júlio Correia da Cunha, César Romano Baptista, Emílio da Graça Curado de Oliveira, Francisco António Marques, Francisco Godinho de Matos, Francisco Lopes Pereira, Inácio Augusto Bastos Cruz, José Vieira de Abreu, Leonardo da Apresentação Gomes, Lúcio António Rocha da Anunciada, Rosado Pinto, Viúva Nascimento. Concelho de Sever do Vouga: João Martins Henriques. Concelho de Silves: Associação João de Deus, Domingos Ribeiro, Francisco Bernardo Martins, João Domingos Alves, João J. Duarte, João José Freire, Joaquim Vieira da Silva, Lino José Duarte, Manuel Correia. Concelho de Cinfães: Abílio Florido, Alexandre Mendes de Araújo, César Augusto de Oliveira Correia, Manuel Marques de Carvalho, Victorino Vieira Marques. Concelho de Sobral de Monte Agraço: João Afonso da Silva e Sousa, Manuel da Costa. Concelho de Soure: António Luís de Paiva Júnior, Emídio Cardoso Pinheiro, Francisco Amaro Rodrigues Pereira, José Rodrigues Ferreira Malva, José Tavares de Castro, Manuel Pedro Nogueira, Virgílio da Silva. Concelho de Sousel: António de Lemos Cardoso, António Filipe Fernandes, José Dórdio Rebocho Pais, Manuel C. Carmo Cruz. Concelho de Távoa: António Maria Simões Ferreira, António Nobre Correia de Brito, Arnaldo Vieira das Neves, Francisco da Costa Carvalho, João Dinis de Abreu, José Cândido Borges da Cunha. Concelho de Tabuaço: Artur Ribeiro Osório, Luís Barradas. Concelho de Tarouca: João Jaime de Oliveira Barros, Silvestre Roque Massa. Concelho de Tavira: Farmácia Compromisso Marítimo, Heitor da Silva Ramos, João A. Cunha, João da Costa Simplício, Maria Aboim, Montepio Artístico. Concelho de Terras de Bouro: Túlio da Mota. Concelho de Tomar: António Ferreira Figueiredo e Silva, António Gonçalves da Silva, Farmácia da Santa Casa da Misericórdia, João Torres Pinheiro, José Augusto Oliveira Baptista. Concelho de Tondela: António de Matos, António Dias da Silva, Eduardo Moura, Joaquim Henriques Soares, Manuel Veloso. Concelho de Torre de Moncorvo: Alberto Guerra, Alexandre Joaquim Gabriel, António Joaquim Vieira Barros, Braz António Vieira Saraiva, Emílio de Sousa Araújo, Hospital D. Amélia. Concelho de Torres Novas: Alberto Leitão, António Cardoso, António Maria Ribeiro, Carlos Mogo, Emílio de Figueiredo, Herculano Mendes, Jácome da Silva Ramalho, José António Gonçalves, José Jorge Calado. Concelho de Torres Vedras: Alberto Magalhães, Álvaro Rodrigues, Amadeu Gomes Lopes, António José do Amaral, César Simões, David Simões, Joaquim José de Oliveira e Castro, José Maria de Miranda, Manuel Joaquim Monteiro. Concelho de Trancoso: António Augusto de Figueiredo, Clementino Alves de Oliveira. Concelho de Vagos: António Nunes, Edmundo Martins Rosa, Francisco dos Santos Victor, José de Almeida Barreto. Concelho de Valença: Augusto Alberto de Carvalho, João Seixas. Concelho de Vale Passos: (atual Valpaços): António José Pimentel, Manuel Maria Mendes. Concelho de Valongo: António Lopes da Silva Júnior, Joaquim José Machado do Vale, Joaquim Marques dos Santos, José Maria Ferreira de Matos, Justiniano Alves Carneiro. Concelho de Velas (Açores): Vasco de Lemos. Concelho de Viana do Alentejo: Farmácia da Misericórdia. Concelho de Viana do Castelo: Alberto da Cunha Mourão, Duarte Pereira Dias Ribeiro, Gaspar Simões Viana, João Almeida Sousa Júnior, Manuel Lopes A. Ferreira, Viana & Viana. Concelho da Vidigueira: Luís António da Costa, Sebastião Fialho Polido. Concelho de Vieira (atual Vieira do Minho): Alberto Pereira da Cruz, Avelino de Freitas, Luís António da Costa Moreira, Zeferino José da Silva Rego. Concelho de Vila do Conde: Adelino Cândido Teixeira Alvão, António Antunes de Azevedo, António Inácio dos Santos Flores, António José da Costa Júnior, Farmácia Central, Jorge de Sousa Ramos, Manuel Joaquim da Silva A. Júnior, Manuel V. de Pinho, Narciso Campos, Tomé Marques de Lima. Concelho de Vila Flor: Agostinho Ramos, Antero A. Teixeira, António Almeida Morais, Augusto dos Santos Morais, José Joaquim Trigo Valente. Concelho de Vila Franca do Campo (Açores): Alfredo Machado da Silva. Concelho de Vila Franca de Xira: Artur César Pereira, Bento César Pereira, João Maria Pereira Boto, Manuel José Pereira Júnior, Manuel Maria Cardoso, Manuel Maria Vieira. Concelho de Vila Nova da Barquinha: João Rodrigues Correia, José Nunes de Magalhães, Raúl Pereira. Concelho de Vila Nova de Cerveira: Joaquim José do Carmo Torres, Ramos & Cerqueira. Concelho de Vila Nova de Famalicão: António Ferreira de Carvalho, Jaime Valongo, João António Lopes, Manuel Vieira de Araújo Braga, Rodrigo Ferreira de Carvalho. Concelho de Vila Nova de Foz Côa: António Augusto Rafael Teixeira, Armando Victor G. Saraiva, Herculano Pimenta, João António de Abrunhosa, José Augusto Salvador, Luís Joaquim C. Cavalheiro. Concelho de Vila Nova de Gaia: Adélia Augusta Pereira, Adelino Gonçalves Gomes, Agostinho Soares de Moura, Alberto Cardoso da Cruz, Alfredo Machado Pereira Barroso, Américo Augusto Ribeiro Gonçalves, Augusto Teixeira Mendes de Abreu, Belchior Fernandes da Fonseca Suc., Belmira da Fonseca Cepeda, Cândido Augusto Ribeiro Gonçalves Suc., Carolina da Costa Monteiro, Eduardo Pinto de Magalhães, Florindo Alves de Castro, Fortunato A. Felinto V. Coutinho, Gustavo dos Santos Pinto, Henrique Teles de Vasconcelos, Higino António da Silva, Higino Augusto de Sá e Castro, Joaquim da Costa Portela, Joaquim José Pereira Júnior, José António da Rocha, Luís Augusto de Oliveira Teles, Manuel da Mota Pinto, Manuel Monteiro Gonçalves Loureiro, Manuel Soares Pinto & Cª, Martinho António de Magalhães, Moreira & Castro, Sebastião Alves de Castro, Virgínia Eugénia de Sousa Couto. Concelho de Vila Nova de Ourém (atual Ourém): Alfredo Viana Sousa Leitão, António Joaquim Sousa Leitão, Carlos de Faria e Almeida, Juvêncio Gomes de Figueiredo, Luís Ribeiro da Silva e Sousa. Concelho de Vila Nova de Paiva: Júlio dos Santos. Concelho de Vila Nova de Portimão (atual Portimão): António Dias, Farmácia 1º de Maio, Farmácia 8 de Dezembro, Farmácia Compromisso Marítimo, Francisco de Sousa Gomes, Joaquim Gualdino Pires, José Dias dos Reis, Virgílio Quintanilha. Concelho de Vila Nova de Poiares: Augusto Gramaxo Rebelo de Oliveira, Fernando Pedroso de Lima. Concelho de Vila do Porto (Açores): Henrique Augusto Rodrigues Paz. Concelho de Vila Pouca de Aguiar: Francisco José Rodrigues Chaves, Joaquim de Magalhães Heleno. Concelho de Vila Real: António Correia de Almeida, Farmácia do Hospital, João António Cardoso Baptista, Luís Teixeira Pinto da Nóbrega, Manuel Gonçalves. Concelho de Vila Real de Santo António: João António Carrilho, José Vicente do Carmo. Concelho de Vila de Rei: José Martins Aparício, José Rodrigues de Matos e Silva. Concelho de Vila Velha de Ródão: António da Cruz Pinto, Jaime Miguéns de Oliveira, José Passos. Concelho de Vila Verde: Alberto Joaquim da Costa Vilela, João José da Mota, João José Pereira Leal, Manuel Antunes de Araújo Lima, Manuel Januário de Sousa Barbosa Medeiros. Concelho de Vila Viçosa: Augusto César de Paiva Monteiro, João B. da Mota, Joaquim Lourenço Torrinha, Victor Germano da Fonseca Santos. Concelho de Vimioso: João José Vaz Pinto, José Agostinho de Macedo. Concelho de Vinhais: Eduardo Augusto Lopes, Francisco Gomes Almendra. Concelho de Viseu: Albino Ribeiro, Alfredo Vasconcelos Loureiro, Augusto da Costa Pais de Figueiredo, Cândido Augusto dos Santos Pais, Farmácia do Hospital, Fernando Ribeiro de Sousa, Francisco Roque Coelho Suc., Joaquim Vaz Agostinho. Concelho de Vouzela: Cesário Teixeira, João de Almeida Sousa & Filho. Ilha de São Tiago - Cidade da Praia (Cabo Verde): Duque & Companhia, José António Queiroz. Cabo Verde: António Duarte Silva, Eduardo Martins da Fonseca, Filipe Gomes Vieira. São Tomé e Príncipe: Américo Augusto Mendes, Caetano Tavares Pimenta, José Avelino da Costa Faria, José Inácio, Pereira de Miranda, Viúva Pinto & Filhos. Luanda (Angola): António de Oliveira Neves, Antunes Ferreira & Companhia, Dantas & Valadas, Eduardo Mendes & Comandita, Norberto Pais Mamede, Sebastião Alves da Costa. Benguela (Angola): Álvaro Nunes Vidal, Carlos Monteiro Torres, F. Morais Leite, José Epifânia da Fonseca, José Luís Neves Tarana, Rafael Baptista, Tenente Quintão. Cabinda (Angola): J. J. Ribeiro. Lunda (Angola): Correia Mendes, Pimentel Teixeira, Tito Lívia Ferro Beça. Bolama (Guiné-Bissau): Farmácia Carvalho, José Hipólito de Aguiar, Manuel Joaquim Mouta, Ricardo Augusto de Campos. Lourenço Marques (atual Maputo - Moçambique): Alcino Barbosa / Farmácia Nobreza & Barbosa, Alice Fernandes / Farmácia A. Fernandes, António Fernandes Monteiro / Farmácia Central, Gonzaga & Couto / Farmácia Internacional, João da Costa Júnior, José Maria da Costa Veiga / Farmácia Veiga. Moçambique: Albino Fernandes, Alfredo Graça, António de Carvalho Saraiva, Farmácia Militar Celestino Monteiro, Farmácia Militar José Canavarro, Farmácia Missão de Boroma, Manuel Joaquim da Nazareth. Nova Goa (atual Pangim - Índia): Farmácia Azevedo, Farmácia Gonçalves, Gonzaga & Couto, Sousa & Figueiredo.