Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

3,270 records were found.

Catálogo de Produtos Veterinários dos Laboratórios da Farmácia Confiança, com Direção Técnica de A. Ribeiro Simões, contendo o nome de especialidades farmacêuticas veterinárias, descrição da sua composição, indicações de utilização, a dosagem e o modo de apresentação da mesma, em alguns caso apresenta ainda as precauções necessárias para com o manuseamento do produto. As especialidades referidas no catálogo são Zoodiose – coccidiostático, Minerocálcio, Cevatone, Desinfeclor – uso externo, Fosfo-Vita-Cálcio, Parasitovet, Zoopeeirol – uso externo, Zoopel, Zooccocidiol, Zoosoltrin, Zoosoltrin+Neomicina, Zoostress, Zoostress Plus, Zootosse, Zoovermil, Zoovita, Zoovitadec, Zoopeeirol Gel – uso externo, Zoobiótico e Zoomastil. No fim encontra-se a errata.
Fotografia com pormenor dos armários da Farmácia Cruz quando situada no Largo João Crisóstomo em Cantanhede.
Brochura dos Produtos Baldacci dos Laboratórios Químico-Farmacêuticos V. Baldacci - Pisa, de que M. Rodrigues Loureiro era concessionário em Portugal. Contém um texto onde retrata a qualidade do trabalho exercido nos laboratórios, no seu interior encontra-se uma listagem com o nome das especialidades farmacêuticas de marca Baldacci, o que continham, as indicações de utilização, a dosagem e o aspeto da embalagem. No fim contém uma ou listagem indicando o nome da especialidade e para que era indicada. Estão referidas nesta brochura especialidades como Iodarsolo, Aminoiodarsolo, Bromotiren, Ascorbistal, Balcortil, Balcortil C, Zimema, Zimema K, Aglicolo, Oristidal, Purpuren, Guaiacol Cálcio; indicando que estava em preparação a especialidade Dermoplasmina. Contém no seu interior um cartão do concessionário dos Laboratórios Baldacci, M. Rodrigues Loureiro.
Fotografia da zona de atendimento ao público da Farmácia Cruz em Cantanhede, na Rua Arcebispo Primaz N.º 14. Onde se podem ver os armários antigos, agora restaurados. No balcão encontra-se o neto do proprietário Nuno Cruz e Silva e uma familiar.
Rótulo de Xarope de Seiva de Pinheiro Marítimo, especialidade farmacêutica indicada para o tratamento das doenças do peito, como bronquites, asma, tosses nervosas e rebeldes e outras doenças respiratórias, especialmente útil no catarro pulmonar e nas doenças pulmonares crónicas, diminuindo e facilitando a expetoração. Apresenta instruções sobre o modo de uso e dosagem.
Folheto “Produtos dos Laboratórios Andrómaco, Lda.” contendo ilustração das especialidades e para que eram indicadas. Especialidades como Glefina, Lasa, Kuskus, Halibut e Halibut pomada, Fercobre e Clavitam.
Rótulo de Xarope de Phellandrio Composto segundo fórmula de Rosa (publicado no Diário do Governo), especialidade farmacêutica de origem vegetal, indicada para doenças dos órgãos respiratórios, como tosses rebeldes e convulsas, ataques de asma, tísicas incipientes, escarros sanguíneos, bronquites agudas e crónicas, defluxos. O rótulo apresenta indicações sobre a dosagem e modo de administração do xarope, preço (500 Réis) e indicação de que fora ensaiado com os melhores resultados nos hospitais de Lisboa e do Porto.
Rótulo de Cerveja Preta Medicinal, especialidade farmacêutica da Farmácia Medeiros de que era nesta altura Dir. Técnica e proprietária a Dra. Maria Alice Abreu Medeiros. A Cerveja Preta Medicinal era um tónico indicado para lesões internas consequentes de quedas e na falta de apetite.
Brochura de produtos “CIBA” para o tratamento de Afeções Alérgicas como Antistina - anti-histamínico e antialérgico, indicado para o tratamento de Asma Brônquica, Coriza e Asma dos Fenos, Urticária, Eczema, Eritema Nodoso, Nefrite, Dermatoses Pruriginosas, Nevrodermites, Prurido, Doença do Soro, Miocardite, Varicela, Choque Anafilático provocado pelos Antibióticos, Toxicoses da gravidez, Enxaqueca; Antistina-Privina – Antialérgico e vasoconstritor, indicado para o tratamento de Rinites Alérgicas, Conjuntivite da Corisa dos Fenos e Flictenular, Catarro Primaveril, Querato-Conjuntivite, Episclerite, Eczema e edema das Pálpebras e Picadas de insetos; e Piribenzamina – Anti-Histamínico e Antialérgico, indicado para o tratamento de Urticária, Dermatoses de origem alérgica, Prurido, Corisa e Asma dos Fenos, Asma Brônquica, Rinite Vasomotora, Eritema Nodoso, Alergias alimentares, hipersensibilidade aos medicamentos, Doença do Soro, Choque anafilático, entre outros.
Rótulo de Bálsamo Opodeldoc com Arnica, especialidade farmacêutica indicado para contusões, quedas, cãibras e distensões, dores reumáticas violentas. Com indicação de aplicação.
Brochura de produtos “CIBA”, contendo listagem de produtos e suas características. Produtos como Carbantren, Entero-Viofórmico, Formo-Cibazol, Antistina-Privina, Piribenzamina, Nupercainal, Coramina-Glucose, e nova fórmula de Fitina Líquida.
Etiqueta de Soluto de Sublimado a 1:1000 gram., com timbre de José Augusto de Medeiros, farmacêutico e com indicação de que se tratava de um veneno e que era para uso externo.
Folheto publicitário da especialidade farmacêutica ”Fludilat”, dos Laboratórios Organon, sendo um fumarato hidrogenado de benciclan, específico para o aumento de sangue no foco isquémico. Contém calendário de 1978.
Rótulo de Sais de Frutos, Refrigerante Saudável, especialidade farmacêutica indicado para regular as funções do fígado, com efeito purgativo quando tomado de manhã. O rótulo contém ainda a indicação de que “evita a diarreia e purifica o sangue, dá vigor, agilidade e bem-estar. É útil nos casos de excitação do systema nervoso, abatimento moral, vertigens, dores de cabeça”. Apresenta indicações de toma e dosagem.
Folheto publicitário da especialidade farmacêutica “Bromotiren”, dos Laboratórios Químico-Farmacêuticos V. Baldacci – Pisa, de que M. Rodrigues Loureiro era concessionário em Portugal. Bromotiren era indicado para o tratamento de estados de excitação nervosa e para hipertireoses, nas doses terapêuticas não cria acidentes tóxicos. Indica as formas de apresentação do produto sendo em ampolas ou comprimidos.
Folheto intitulado “Guia para uso terapêutico da Gelu-cilina ‘Warner’, penicilinoterapia oral” dos Laboratórios William R. Warner & CO., Inc. Contém indicações de quando e como tomar penicilina por via oral, e um guia para uso terapêutico da Gelu-cilina ‘Warner”, que se tratavam de comprimidos de penicilina cálcica estabilizada. No guia encontram-se as indicações, a posologia e as precauções a observar. Esta especialidade era indicada para o tratamento da gonorreia; de infeções pneumónicas, estreptocócicas e estafilocócicas; e da profilaxia. No fim encontra-se uma listagem dos benefícios da toma de Gelu-cilina.
Rótulo de Vermífugo Medeiros, especialidade farmacêutica da Farmácia Medeiros em Avelar com agradável paladar para as crianças, indicado para a expulsão de vermes intestinais. Apresenta indicação da dosagem diária a tomar.
Rótulo do Xarope Martin, especialidade farmacêutica da Farmácia Medeiros em Avelar, específico para o tratamento da coqueluche, tosses rebeldes e fatigantes. Contém opinião do Dr. Odilon Martin sobre os seus componentes e indicação das dosagem diárias a tomar.
Cópia do requerimento do Dr. Fernando António da Cruz e Silva ao presidente do Conselho de Administração do Infarmed solicitando o cancelamento da direção técnica por cedência de quotas.
Cópia incompleta da exposição feita ao Diretor de Serviços de Farmácia e Medicamentos de Lisboa, pelos Srs. Maria Leonor Soares Trindade Vidaurre, da Farmácia Central; Fernando António da Cruz e Silva, da Farmácia Cruz; e Eduardo Mendes Lucas, da Farmácia Seixo, contestando a abertura de uma quarta farmácia na vila de Cantanhede, justificando essa objeção confrontando o número reduzido de habitantes por farmácia.
Documentos sobre o fecho do Posto farmacêutico da Cordinhã, contendo minuta do anúncio de fecho do posto farmacêutico da Cordinhã dactilografado pelo Dr. Fernando António da Cruz e Silva onde comunica que o posto será encerrado, deixando de assumir responsabilidades pelo mesmo, e o Jornal Boa Nova N.º 2265 de 14 de fevereiro de 1984 que contém o mesmo anúncio em formato oficial.
Conjunto de documentos relacionados com a mudança de instalações da Farmácia Cruz em Cantanhede, nomeadamente minuta da carta enviada pelo Dr. Fernando António da Cruz e Silva ao Diretor Geral dos Assuntos Farmacêuticos solicitando vistoria das novas instalações no Largo D. João Crisóstomo em Cantanhede, com aviso de receção respetivo da carta enviada ao Diretor Geral dos Assuntos Farmacêuticos; e a cópia do contrato de arrendamento do local onde se situavam as novas instalações com o prazo de um ano.
Etiqueta de Acidez do Azeite, Soda Titulada, com nome da Farmácia Medeiros, Direção Técnica de Maria Alice Abreu Medeiros, Avelar.
Livro Copiador de Receituário da Farmácia Confiança em Viseu referente ao período de 17 de maio de 1949 a 8 de maio de 1951, com 7039 registos. Composto por tabela com número de ordem da receita e sua data, fórmula e nome do médico que a prescreveu, o seu custo e, por fim, o nome e morada do doente. Destaca-se a prescrição de Ácido fénico, Acidogéneos, Antipirina, Antipirina, Aspirina, Becozime, Beladona, Benerva, Benzonaftol, Cafeína, Citronitrina, Cloreto de Quinino, Cloridrato de Cocaína, Coaguleno, Colargol, Dermatol, Dinamol, Elkosina, Felamine, Fenacetina, Fumorroidal, Gadicina Sigma, Halibut, Hepatodinamol, Laudano, Neo-Hexestrol, Óleo de Rícino, Optalidon, Pantopon, Penicil, Peptopancreasi, Permanganato de Potássio, Piramido, Poção de Bourget, Poção de Riviere, Poção de Todal, Procilina, Quina, Salipirina, Saltratos Rodel, Soluto de Oxicianeto de Mercúrio, Sulfato de estricnina, Teobromina, Urotropina, Xaropes, Solutos, Vinhos, Pomadas, Óleos, Tinturas, Essências, Extratos, Balsamos, Pastilhas e Vacinas. Neste copiador estão inseridas prescrições dos seguintes profissionais de saúde: A. César Anjo, A. Pinto Leite, A. Veloso de Pinho, Abel Nogueira Martins, Abreu Vasconcelos, Adelino Dias Arede, Agostinho Coutinho, Agostinho Fontes, Albertino Correia Loureiro, Alberto Lobo, Almeida Ferreira, Almeida Henriques, António da Costa Pais, António José Lúcio, António Melo, António Moreira Seabra, António Santos, António Vasconcelos, António Vitorino Namorado, Armindo Crespo, Arnaldo Almeida, Artur Leitão, Augusto Vaz Serra, Aureliano da Fonseca, Aurélio Gonçalves, Bandeira Ribeiro, Bernardo Pais de Almeida, Bissaia Barreto, Cardoso Pessoa, Carlos Amaral, Carlos Henriques, Carlota Múrias, Casimiro Vasconcelos, Celestino Maia, César Gonçalves, Costa Andrade, Cruz Ferreira, Custódio Azevedo, David Almiro, Dionísio Vidal Coelho, Eduarda Josefina Santos da Costa Pais, Eduardo Leal Loureiro, Esteves Correia, Fernando Pinheiro, Ferreira Costa, Francisco Alves Bandeira, Francisco Santana Coutinho, Frutuoso de Melo, Genésio da Cruz, Gilberto Ramos, Henrique Arriaga de Aragão, Henrique Machado, Herberto Ruas, Hermínio Faro, Horácio Ramos, Ismael Gambôa, J. da Costa Silva, Jacinto de Almeida, Jaime Carvalho Homem, Jaime de Matos Leitão, Jaime Delgado, João de Alarcão, João Ferrari Almeida, João Rocha Santos, José Gonçalves Pais, José Rodrigues Correia, Luís Raposo, Luiz Vale, Manuel Cardoso Pessoa, Manuel Henriques Ribeiro, Maria Celestina Marques, Mário Miranda, Mário Trincão, Martins Gardette, Melo Santos Pereira, Miguel Ribeiro, Novais e Sousa, Oliveira Martins, Pessoa de Amorim, Piedade Guerreiro, Ponces Carvalho, Prospero dos Santos, Quintino Guimarães Correia, Ribeiro Saraiva, Rogério Leitão Cardoso, Rui Puga, Silva Júnior, Silvino Martins, Simões Pina, Tavares, Teixeira Pascoal, Trajano Lima, Vasco Tito da Cunha, Xavier de Sá.
Etiqueta de Álcool Puro, com nome da Farmácia Medeiros, Direção Técnica de Maria Alice Abreu Medeiros, Avelar.
Livro de Registo de Saídas de Mercadorias N.º 3 referente ao período de 2 de setembro de 1975 a 30 de setembro de 1976, com 2116 registos. Constituído por uma tabela com número de ordem de registo, número e data de saída do documento, para vendas em conta firme de mercadorias próprias ou outras saídas indica o valor líquido da fatura, objetivos da transação ou natureza da operação, número de registo do adquirente ou destinatário, para vendas de mercadorias em consignação indica o número de registo do consignante e do adquirente, a tabela termina com local para registo de observações. Este livro inclui termo de abertura e encerramento assinados no dia 27 de maio de 1975 pelo chefe de repartição e indicando que pertence à firma Armando Ribeiro Simões.
Etiqueta do Remédio Efficaz, específico para curar impigens, feridas dartrosas e mais doenças da pele. Apresenta indicação do preço por caixa 120 reis.
Etiqueta de Pílulas de Protiodeto de Ferro inalterável, sem cheiro nem sabor de ferro ou iodo, preparadas segundo o Processo de Blancard, contém indicação de que o frasco teria 50 pílulas.
Etiqueta de Óleo Castor, o melhor Laxativo, suave, sem gosto, contendo indicações sobre a dosagem para adultos e crianças e instruções para toma.
Livro de Registo de Saídas de Mercadorias N.º 9 referente ao período de 10 de novembro de 1981 a 14 de março de 1983, com 2200 registos. Constituído por uma tabela com número de ordem de registo, número e data de saída do documento, para vendas em conta firme de mercadorias próprias ou outras saídas indica o valor líquido da fatura, objetivos da transação ou natureza da operação, número de registo do adquirente ou destinatário, para vendas de mercadorias em consignação indica o número de registo do consignante e do adquirente, a tabela termina com local para registo de observações. Este livro inclui termo de abertura e encerramento assinados no dia 3 de dezembro de 1981 pelo chefe de repartição e indicando que pertence à Farmácia Confiança.
Etiqueta de Acidez do Azeite, com indicador de Revelador, com timbre de J. A. de Medeiros farmacêutico, Avelar, secção de análises e reagentes
Etiqueta de Tintura de Iodo, com timbre de J. A. de Medeiros, farmacêutico, Avelar.
Etiqueta de Acidez do Azeite, Revelador, com nome da Farmácia Medeiros, Direção Técnica e propriedade de Maria Alice Abreu Medeiros, Avelar.
Etiqueta de Soluto de Argirol, com nome da Farmácia Medeiros, Direção Técnica de Maria Alice Abreu Medeiros, Avelar.
Sebenta de Trajano C. Pinheiro, dactilografado por A. da Silva em Coimbra, o Volume II com o título “Lições de Clinica de Moléstias Infecciosas, Doenças Exantemáticas”, contém o nome da moléstia e sua descrição, as suas causas, o resultado da ação de alguns agentes na moléstia, o contágio, o mecanismo de infeção, a sua sintomatologia, as formas clínicas, possíveis complicações, diagnóstico, prognóstico e tratamentos, descreve temas como a Escarlatina, o Sarampo, Noções de Hidroterapia, a Rubéola, a Doença de Dukes-Filatoff ou “Quinta Doença", Exantema Repentino ou “Sexta Doença”, a Varicela, o Rash, a Varíola, a Vacina e o Tifo Exantemático. No Volume III com o título “Lições de Clínica de Moléstias Infecciosas – Tuberculose” Trajano C. Pinheiro descreveu a Tuberculose, as suas causas, as fontes de contagio e vias de infeção, as suas principais infeções, a evolução da tuberculose, a sua sintomatologia, o começo, as formas anatomoclínicas da Tuberculose, a Tuberculose fibrosa, as complicações da Tuberculose Pulmonar, associações mórbidas complicando a Tuberculose Pulmonar, a terapêutica, a colapsoterapia, a conduta a seguir no decurso do Pneumotórax, as complicações, o valor e as formas do Pneumotórax, a Pleuroscopia e secção de aderências, o Oleotórax, a Frenicectomia, a Apicólise e a Toracoplastia. Contém Bibliografia e Índice dos três volumes.
Esboço da História da Sociedade Farmacêutica Lusitana, terceira parte, por J. A. Saraiva Canejo, edição da Ordem dos farmacêuticos, de 1988: retrato da evolução da farmácia desde o início dos tempos até à altura, com particular enfoque na criação da Sociedade Farmacêutica Lusitana, contendo o rosto de vários números do Jornal da Sociedade, e retrato de fundadores como António Feliciano Alves de Azevedo e José Tedeschi, inclui imagem do diploma de membro no Montepio Farmacêutico e do seu presidente em 1838, Gregório Sousa Pereira.
Conjunto de Documentos doados pela Farmácia Confiança, com temas distintos, nomeadamente o Ofício “Manifesto Geral de Gados e Animais de Capoeira” que iria servir para avaliar a riqueza pecuária do pais, seguindo os Tramites legais do Decreto N.º 24206 de 21 de julho de 1934, neste manifesto seria indicado o concelho e a freguesia a que este correspondia, a quem pertenciam os animais e qual a rua morada, seguido de uma Tabela com as diferentes espécies pecuárias como Cavala, Muar, Asinina, Bovina (não leiteira e leiteira), Ovina (não leiteira e leiteira), Caprina, Suína e animais de capoeira como Galos, Patos, Perus, Pombos e Coelhos; no final seria datado e assinado pelo proprietário; contém um destacável que depois de preenchido pelo Regedor seria entregue ao proprietário. Esta pasta inclui também o Cartão da Associação de Amizade Portugal-Cuba N.º 605, pertencente a Paulo Armando de Oliveira Ribeiro Simões do Distrito de Viseu, este encontra-se assinado pelo Presidente do Conselho Diretivo, da Associação de Amizade Portugal-Cuba contem também um pedido de pagamento de quotas. Por fim encontra-se o Programa Provisório do VIII Congresso Mundial de Farmacêuticos de Língua Portuguesa de 31 de maio 2 de junho de 2006 a realiza-se em Angola.
Fotografia das traseiras da Farmácia Cruz em Cantanhede, na Rua Arcebispo Primaz N.º 14, onde se situava o Laboratório da Farmácia, Com pormenor para a bancada e armários. Ao centro encontra-se um amigo do proprietário.
Placa da Farmácia Cruz com indicação de que Fernando António da Cruz e Silva era Diretor Técnico da Farmácia Cruz.
Brochura com os Estatutos da Associação Nacional das Farmácias de 22 de julho de 1980, com indicação de alteração dos estatutos, contendo os artigos que sofreram alterações. No final contém o índice de capítulos.
Brochura com os Estatutos da Associação Nacional das Farmácias de 15 de agosto de 1984, com indicação de alteração dos estatutos, contendo apenas os artigos que sofreram alterações. No final contém o índice de capítulos.
Brochura do Montepio Nacional das Farmácias que contém um leque variado de perguntas e respostas que dão explicações sobre a necessidade de criar a instituição, o que representava, e como se tornar sócio. Esta brochura termina com a síntese dos planos previdenciais do Montepio Nacional das Farmácias.
Brochura com Regulamentos dos Planos de Benefícios e Regulamento Interno do Montepio Nacional das Farmácias de 1986, contendo os planos previdenciais e nestes incluem-se tabelas ilustrativas do que se pretendia com a criação deste organismo, e no final encontra-se o regulamento interno do Montepio Nacional das Farmácias.
Brochura da Associação Nacional das Farmácias de novembro de 1989, onde é divulgada a estrutura da Associação e dos seus serviços. Começa com um texto informativo de João Cordeiro apelando a um maior empenho por parte de todos em melhorar a Associação. É dado a conhecer o organigrama interno da Associação Nacional das Farmácias a 1 de outubro de 1989, seguido de um texto ilustrativo da história da Associação e da imagem da fachada da sua sede. Esta brochura encontra-se dividida por vários capítulos como órgãos centrais, regionais e distritais; serviços e instituições. Neste último capítulo contém breves indicações históricas das instituições apoiadas pela Associação Nacional das Farmácias como o Centro de Documentação e Informação de Medicamentos, o Montepio Nacional das Farmácias, a Cooperativa de Informática das Farmácias e a Cooperativa Nacional das Farmácias.
Brochura com os Estatutos do Montepio Nacional das Farmácias de 1986, e indicação de alteração dos estatutos, contendo apenas os artigos que sofreram alterações. Contém no fim o índice de capítulos e respetivos artigos.
Reprodução de xilogravura de Johann Grüninger de 1500 retratando uma farmácia de época. A xilogravura foi inserida na obra literária "Medicinarius" de Hieronymus Brunschwig, Estrasburgo 1505.
Reprodução de escultura representando um médico a observar um enfermo.
Reprodução de uma escultura representando uma senhora desmaiando.
Reprodução de uma escultura representando um casal.
Decreto-Lei N.º 31283 de 24 de maio de 1941, pelo Presidente da República António Óscar de Fragoso Carmona, e publicado no Diário do Governo N.º 119 de 24 de maio de 1941, Série I, p. 459-460, que insere várias disposições atinentes a ampliar a isenção de selo sobre as especialidades farmacêuticas destinadas ao consumo em estabelecimentos de beneficência e à distribuição gratuita por parte dos serviços de saúde pública, e dá nova redação ao N.º 1 do artigo 6.º do Decreto N.º 162 de 14 de outubro de 1913, que aprova o regulamento do imposto do selo das especialidades farmacêuticas.
Decreto-Lei N.º 40462 de 27 de dezembro de 1955, promulgado pelo Presidente da República Francisco Higino Craveiro Lopes, e publicado no Diário do Governo N.º 283 de 27 de dezembro de 1955, Série I, p. 1307-1308, que cria na Direcção-Geral de Saúde a Comissão Permanente da Farmacopeia Portuguesa.
Decreto-Lei N.º 29537 de 18 de abril de 1939, promulgado pelo Presidente da República António Óscar de Fragoso Carmona, e publicado no Diário do Governo N.º 89 de 18 de abril de 1939, Série I, p. 279-280, que promulga várias disposições sobre instalações de futuros laboratórios de produtos farmacêuticos, bem como a reabertura dos que tiverem paralisado a sua laboração durante períodos superiores a dois anos.
Decreto-Lei N.º 30356 de 5 de abril de 1940, promulgado pelo Presidente da República António Óscar de Fragoso Carmona, e publicado no Diário do Governo N.º 79 de 5 de abril de 1940, Série I, p. 461-462, que regula a aposição das estampilhas nas especialidades farmacêuticas, nacionais ou estrangeiras. Anexo vem o modelo de requisição em triplicado.
Decreto-Lei N.º 23422 de 29 de dezembro de 1933, promulgado pelo Presidente da República, António Óscar de Fragoso Carmona, publicado no Diário do Governo N.º 297 de 29 de dezembro de 1933, Série I, p. 2225-2226, que determina que os diretores técnicos das farmácias sejam seus proprietários, no todo ou em parte, e obriga todas as farmácias a possuir, passados três anos, os utensílios constantes da lista a que se refere o § 2.º do artigo 15.º do Decreto n.º 17636 de 19 de novembro de 1929.
Decreto-Lei N.º 24876 de 9 de janeiro de 1935, promulgado pelo Presidente da Republica António Óscar de Fragoso Carmona, e publicado no Diário do Governo N.º 7 de 9 de janeiro de 1935, Série I, p. 45, que manda publicar o projeto da Farmacopeia Portuguesa aprovado pelo Conselho Superior de Higiene, para ser usada oficialmente em substituição da Farmacopeia Portuguesa de 1876.
Correspondência expedida pelo Sindicato Nacional dos Farmacêuticos ao farmacêutico José Avelar Almeida Ribeiro relativa à devolução das publicações periódicas por este requisitadas à Biblioteca.
Decreto-Lei N.º 44204 de 22 de fevereiro de 1962, promulgado pelo Presidente da República Américo Deus Rodrigues Thomaz, e publicado no Diário do Governo N.º 40 de 22 de fevereiro de 1962, Série I, p. 164-166, que regula a atividade farmacêutica hospitalar.
Decreto-Lei N.º 46997 de 7 de maio de 1966, promulgado pelo Presidente da Republica Américo de Deus Rodrigues Tomás, e publicado no Diário do Governo N.º 108 de 7 de maio de 1966, Série I, p. 735-744, que aprova o Estatuto do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos.
Decreto-Lei N.º 42824 de 28 de janeiro de 1960, promulgado pelo Presidente da República Américo Deus Rodrigues Thomaz, e publicado no Diário do Governo N.º 22 de 28 de janeiro de 1960, Série I, p. 190, que permite que sejam editadas, em folhas soltas, adendas à Farmacopeia Portuguesa, aprovada pelo Decreto-Lei N.º 24876 de 9 de janeiro de 1935.
Decreto-Lei N.º 43724 de 7 de junho de 1961, promulgado pelo Presidente da República Américo Deus Rodrigues Thomaz, e publicado no Diário do Governo N.º 132 de 7 de junho de 1961, Série I, p. 683-684, que permite a instalação de postos de medicamentos nos locais situados a mais de 5 km da farmácia mais próxima.
Correspondência expedida pelo Sindicato Nacional dos Farmacêuticos à farmacêutica Maria Beatriz da Silva Ramos Lopes relativa à devolução das publicações periódicas por esta requisitadas à Biblioteca.
Correspondência expedida pela Secção do Porto do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos para a Direção Nacional relativa ao envio para esta Secção dos recibos e impressos em falta. A correspondência encontra-se assinada pelo Tesoureiro da Secção do Porto do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Arnaldo Vieira Reis e pelo Secretário Cândido Silva.
Correspondência remetida ao Sindicato Nacional dos Farmacêuticos pela Direção Geral de Saúde – Exercício de Farmácia e Comprovação de Medicamentos relativa à alteração de nome de Farmácias e das sociedades proprietárias de Farmácias. Nesta correspondência encontram-se registadas as seguintes alterações: a Farmácia Leitão de Sucessor Almeirim passou a denominar-se Farmácia Barreto; Farmácia Costa de Sucessor de Gonçalves passou a denominar-se Farmácia Belém; Farmácia Cogulense de Trancoso propriedade da farmacêutica Marta de Sousa Macedo passou a denominar-se Farmácia Macedo Crespo; Farmácia Monteiro de Angra do Heroísmo passou a denominar-se Farmácia Pimentel; e a Sociedade J. A. Baptista d’Almeida, proprietária da Farmácia Universal de Lisboa, foi modificada por falecimento do farmacêutico José António Baptista de Almeida, ficando a fazer parte dela os farmacêuticos Maria Sara Alves Portugal Baptista de Almeida e João Baptista de Almeida.
Correspondência remetida ao Sindicato Nacional dos Farmacêuticos pela farmacêutica Maria Cecília Nogueira, sócia do Sindicato com a Carteira Profissional n.º 2343, relativa alteração de morada, bem como sobre a falha no envio do “Jornal dos Farmacêuticos”. Esta correspondência encontra-se assinada pela farmacêutica Maria Cecília Nogueira.
Decreto-Lei N.º 169/71 de 27 de abril, promulgado a 12 de abril de 1971 pelo Presidente da República Américo Deus Rodrigues Thomaz, e publicado no Diário do Governo N.º 98 de 27 de abril de 1971, Série I, p. 577-587, que aprova, para ratificação, a Convenção para o Reconhecimento Mútuo das Inspeções Relativas ao Fabrico de Produtos Farmacêuticos (e Notas Explicativas), concluída em Genebra em 8 de outubro de 1970.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o Instituto Nacional do Trabalho e Previdência relativa à isenção do horário de trabalho do auxiliar da Farmácia César de S. João da Madeira. Contém rascunho da carta enviada pelo Sindicato, escrita em papel com o timbre “Farmácia Moz Teixeira”. Esta correspondência encontra-se assinada pelo Secretário da Secção do Porto do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Cândido Silva e pelo Subdelegado do Instituto Nacional do Trabalho e Previdência Luís Valente da Silva.
Decreto-Lei N.º 274/71 de 22 de junho, promulgado a 11 de junho de 1971 pelo Presidente da República Américo Deus Rodrigues Thomaz, e publicado no Diário do Governo N.º 145 de 22 de junho de 1971, Série I, p. 933, que altera o quadro tipo a que se refere o Decreto-Lei N.º 44204 relativamente ao pessoal técnico e auxiliar dos serviços farmacêuticos dos estabelecimentos hospitalares oficiais dependentes do Ministério da Saúde e Assistência.
Correspondência remetida ao Sindicato Nacional dos Farmacêuticos pelas Escolas-Oficinas de São Carlos e por Guilhermina Amélia Costa relativa ao envio de fundos para causas diversas por parte deste Sindicato.
Decreto-Lei N.º 435/70 de 12 de setembro, promulgado a 12 de agosto de 1970 pelo Presidente da Republica Américo de Deus Rodrigues Tomás, e publicado no do Diário do Governo N.º 212 de 12 de setembro de 1970, Série I, p. 1289-1316, que aprova, para ratificação, a Convenção Única de 1961 sobre os Estupefacientes, concluída em Nova Iorque em 31 de Março de 1961.
Decreto-Lei N.º 379/78 de 5 de dezembro, promulgado a 16 de novembro de 1978 pelo Presidente da República Interino Teófilo Carvalho dos Santos, e publicado no Diário da República N.º 279 de 5 de dezembro de 1978, Série I, p. 2561, que suspende a liquidação da Comissão Reguladora dos Produtos Químicos e Farmacêuticos.
Folheto de divulgação do II - Curso Prático de Farmácia Galénica realizado pela Escola de Farmácia da Universidade de Coimbra nos dias 25 e 29 de outubro de 1960, composto por descrição do programa com designação de abertura, conferências, lições e professores do curso, bem como indicações diversas relacionadas com a inscrição e alojamento. No final do folheto apresenta listagem dos colaboradores do curso: Prof. Dr. Ramos Bandeira, Prof. Dr. José Cardoso do Vale, Dr.ª Maria Serpa dos Santos, Dr. António Pinto-de- Brojo, Dr. A. Proença da Cunha, Dr. J. Nogueira Viegas e Dr. Gastão Larish.
Decreto-Lei N.º 103-A/84 de 30 de março, promulgado a 29 de março de 1984 pelo Presidente da República António Ramalho Eanes, publicado no Diário da República N.º 76 de 30 de março de 1984, 2º Suplemento, Série I, p. 1084-(17) - 1084-(26), que cria no âmbito do Ministério da Saúde a Direcção-Geral de Assuntos Farmacêuticos.
Correspondência expedida pelo Sindicato Nacional dos Farmacêuticos aos jornais “Diário de Lisboa”, “Jornal Diário Popular” e “República” requerendo que nestes se publique uma notícia relativa a uma Sessão cultural dedicada aos farmacêuticos.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a Revista “Afinidad”, órgão da Associacion de Químicos del Instituto Químico de Sarria, relativa ao envio regular da Revista “Afinidad”, bem como sobre o endereço do jornal “Notícias Farmacêuticas”.
Decreto Regulamentar N.º 7/90 de 24 de março, promulgado a 6 de março de 1990 pelo Presidente da República Mário Soares, publicado no Diário da República N.º 70 de 24 de março de 1990, Série I, p. 1471, que dispensa a utilização dos livros de receitas especiais para os preparados farmacêuticos que tenham menor capacidade de gerar dependência e altera o Decreto Regulamentar N.º 71/84 de 7 de setembro.
Correspondência remetida ao Sindicato Nacional dos Farmacêuticos pela Companhia Europêa de Seguros oferecendo os seus serviços quanto à obrigatoriedade da prestação de caução pelos funcionários. Anexo dirigem ao Sindicato um exemplar da proposta para esta modalidade de seguro.
Jornal "Boletim do Grémio Nacional de Farmácias", Ano I, Nº 6 de maio de 1941. Esta publicação teve como temas principais “O Grémio, organismo corporativo da farmácia", algumas relíquias, “o regulamento e os armazenistas”, a propriedade industrial e o regimento de preços.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano II, N.º 19 de junho de 1942. Esta publicação teve como temas principais “Regularidade”, “Distribuição de produtos”, “Alterações a preços do Regimento”, “Contribuição industrial”, “Abastecimento das Farmácias de serviço”, “Alterações de preços em especialidades”, “Produtos Gimenez-Salinas”, “Momento Grave” e propriedade industrial.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano II, N.º 13 de dezembro de 1941. Esta publicação teve como temas principais “No limiar do 2.º ano”, “Sejamos dignos”, falecimento de Thebar de Oliveira, Fiscalização às drogarias, o serviço noturno de farmácias e assuntos de interesse geral.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias", Ano II, N.º 27 de fevereiro de 1943. Esta publicação teve como temas principais “Insistindo – Medicamentos”, “Informações Fiscais”, “Obrigatoriedade do Serviço Noturno”, “A ciência e a bondade dão-se as mãos”, “Contrato escrito”, “Medicamentos Especializados”, “Propriedade industrial”, “Os preços dos medicamentos”, “Uma fábrica de quinina no Congo Belga” e Grémio Nacional de Farmácias.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a farmacêutica Mécia Cândida das Neves Marques, diretora técnica da Farmácia Central do Cadaval, relativa à situação em que se encontrava a Farmácia Cristóvão da mesma localidade. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pela farmacêutica Mécia Cândida das Neves Marques.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias", Ano II, N.º 28 de março de 1943. Esta publicação teve como temas principais “Relatório de gerência – 1942”, “Pedido de abertura de nova farmácia”, balanço e resultado da gerência de 1942, “Medicamentos Especializados”, “Insistindo – a propósito…” e “o problema do abastecimento”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o farmacêutico Adelino de Oliveira Torres, diretor técnico da Farmácia Barros em Pombal, relativa à inscrição no Sindicato e à revalidação da Carteira Profissional N.º 107. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo farmacêutico Adelino de Oliveira Torres.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano II, N.º 29 de abril a maio de 1943. Esta publicação teve como temas principais “Uma grande jornada corporativa”, “o problema do abastecimento”, “Medicamentos Especializados”, “Sindicato Nacional dos Farmacêuticos”, “Exemplo a registar” e “Desfazendo confusões”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a Direção Geral do Trabalho e Corporações relativa ao envio dos elementos identificativos de todo o pessoal ao serviço do Sindicato e ainda correspondência relativa à aprovação das taxas contributivas dos Sindicatos Nacionais. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo Chefe de Repartição da Direção Geral do Trabalho e Corporações Afonso de Carvalho.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano II, N.º 30 de junho de 1943. Esta publicação teve como temas principais “A Homenagem à Associação dos Farmacêuticos de Portugal”, “Comissão corporativa dos Ajudantes de Farmácia”, “O problema do abastecimento”, “Linhaça Falsificada”, “Desfazendo confusões”, “Um remédio maravilhoso – as Sulfamidas”, “A fiscalização do regimento de preços”, “Drogas Hipoglicemiantes – Dr. José do Souto Teixeira”, “Medicamentos Especializados”, “Os nove preceitos Lascott” e “A grande jornada corporativa do Porto”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o farmacêutico Armando Alonso Janes, diretor técnico da Farmácia Moderna em Reguengos, relativa à revalidação da Carteira Profissional e a comprovativo de Sindicalização para remeter à Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho para que possa ser sócio da mesma. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo farmacêutico Armando Alonso Janes.
Correspondência remetida pelo Sindicato Nacional dos Farmacêuticos à Revista de Farmácia e Odontologia, sita no Rio de Janeiro, rogando relativa ao envio para este Sindicato dos números indicados nas cartas relativos à Revista. Esta correspondência encontra-se assinada pelo Diretor do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Aluisio Marques Leal.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano II, N.º 31 de julho de 1943. Esta publicação teve como temas principais “A fiscalização em marcha”, “A jornada corporativa do Porto”, “Regimento de preços”, “A situação angustiosa da Farmácia”, “Fornecimento às farmácias de serviço”, “Medicamentos Especializados”, “Linhaça falsificada” e “O problema do abastecimento”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o farmacêutico Arnaldo Ribeiro relativa a pedido para reunião com o Presidente deste Sindicato, bem como sobre os impostos de colocação de letreiros no interior e exterior das farmácias. Contém rascunho de cartas enviadas e ainda dois exemplares de um documento denominado ”Em defesa de uma classe – Acima de tudo teem de prevalecer a atenção e o respeito pelas leis do país”. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo farmacêutico Arnaldo Ribeiro.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias", Ano III, N.º 34 de novembro a dezembro de 1943. Esta publicação teve como temas principais “Acção e organização farmacêuticas”, “Sindicato dos ajudantes de Farmácia”, “Comissão reguladora dos produtos químicos e farmacêuticos”, “O problema do abastecimento”, “A franca e leal colaboração na classe farmacêutica”, “Medicamentos Especializados” e “Queixa injusta”.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano III, N.º 35 de janeiro a fevereiro de 1944. Esta publicação teve como temas principais “Relatório da gerência de 1943”, “Medicamentos Especializados”, “O problema do abastecimento”, “O aniversário do Grémio e do Boletim” e “O Grémio e os interesses da classe”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a farmacêutica Amália Brito Pina relativa à revalidação da Carteira Profissional bem como sobre a obrigatoriedade ou não de pagamento do imposto profissional por parte dos farmacêuticos. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pela farmacêutica Amália Brito Pina.
"Boletim do Grémio Nacional de Farmácias" Ano III, N.º 36 de março de 1944 Esta publicação teve como temas principais “Um grave problema para a Farmácia”, “Medicamentos Especializados”, “Distribuição de produtos”, “O problema do abastecimento” e falecimento de “Joaquim Pedro de Morais”.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a farmacêutica Maria Augusta Curvo Semedo, diretora técnica na Farmácia Pinheiro Manso em Amares, relativa à ligação da farmacêutica com Farmácia Duarte em Monção propriedade de Alberto Gonçalves, à mudança de morada e ainda pedido de segunda via da carteira profissional. Contém o Oficio n.º 272 da Direção Geral de Saúde reencaminhando a Carteira Profissional da sócia Maria Augusta Curvo Semedo por esta ser sido indevidamente recebida naquele serviço. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pela farmacêutica Maria Augusta Curvo Semedo e pelo Inspetor do Exercício Farmacêutico Manuel Godinho de Matos Júnior.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o Conselho Superior da Previdência Social relativa a alterações a efetuar ao abono de família e ainda referente à nomeação de Aurélio Gonçalves, Presidente do Sindicato Nacional dos Empregados de Escritório do Distrito de Lisboa, para o cargo de Delegado dos trabalhadores da delegação portuguesa para a Conferência Internacional do Trabalho. Contém rascunho de carta enviada pelo Sindicato. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo Secretário do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Aluisio Marques Leal.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a Caixa Sindical de Previdência do Pessoal da Indústria e Comércio de Produtos Químicos e Farmacêuticos relativa à inscrição neste Sindicato do farmacêutico Augusto Sampaio da Silva Lobato, contudo neste Sindicato Nacional dos Farmacêuticos apenas existe o Francisco Sampaio da Silva Lobato Diretor Técnico da Farmácia Castro em Lisboa. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo presidente da Caixa Sindical de Previdência do Pessoal da Indústria e Comércio de Produtos Químicos e Farmacêuticos António Cândido Osório Júnior.
Formulário de Subscrição de quota mensal para auxílio da obra "Dispensário Anti-Tuberculoso de Coimbra" preenchido e assinado pelo Dr. José da Cruz dos Santos Viegas, com a quota mensal de três escudos. Este Formulário contém o nome do diretor do Dispensário, que era o Dr. Armando Gonçalves; local onde se situava, que era no Pátio da Inquisição; um pequeno texto sobre o papel deste dispensário para com os doentes pobres; e, por fim, uma listagem de médicos que lá trabalhavam, como Dr. Costa Mota, Dr. Luís Raposo, Dr. José Bacalhau, entre outros.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e a farmacêutica Maria Wanda Consolado Esteves, diretora técnica da Farmácia Esteves em Rio de Moinhos, relativa aos descontos para a Caixa de Previdência. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pela farmacêutica Maria Wanda Consolado Esteves.
Correspondência trocada entre o Sindicato Nacional dos Farmacêuticos e o seu Fiscal Francisco da Silva e Sousa relativa a pedidos de presença e ausência do Fiscal na Sede do Sindicato. Contém rascunho de carta enviada pelo Sindicato. Esta correspondência encontra-se em parte assinada pelo Fiscal do Sindicato Nacional dos Farmacêuticos Francisco da Silva e Sousa.