Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

167 records were found.

Fachada do edifício escolar de 1 sala, de tipo indefenido, logradouro e muro de vedação realizado com pedras de granito.
Parecer relativo ao restauro dos quadros quinhentistas pertencentes ao côro de cima da Igreja do Convento da Madre de Deus e referência a ofício da Direcção-Geral da Fazenda Pública sobre a conservação do conjunto de azulejos do século XVIII existentes na parte do edifício onde se encontra instalada a secção do Asilo D.Maria Pia. Referências a: João Rodrigues da Silva Couto; António Luís Gomes; João de Almeida e Fernando Mardel.
O Diretor interino do Instituto Feminino de Educação e Trabalho, atendendo à diminuta gratificação dos presidentes de júris de exames, pede autorização para que os exames sejam presididos pelo pessoal afeto ao Instituto. Pedido deferido.
Edifício propriedade da Junta de Freguesia onde funcionaram quatro salas de aula no primeiro andar.
Fachada e entrada do edifício escolar de 1 sala, Tipo rural, do Plano dos Centenários, na sua envolvente paisagística. São também visíveis o muro de vedação do recinto escolar e a cortina de arvoredo existente por detrás da escola.
Contém o relatório anual de atividades, elaborado pelo Reitor do Instituto Odivelas.
Relatório enviado pelo Instituto de Odivelas, no que respeita a apreciação dos documentos: Projeto do Sistema Escolar e Linhas Gerais da Reforma do Ensino Superior. O relatório foi enviado ao Secretariado da Reforma do Ensino pelo ofício n.º 242/S (P.º 4, MJ.), datado de 30 de Abril de 1971, assinado pela respetiva diretora, Deolinda Santos. Inclui o ofício de receção e resposta por parte do Secretariado da Reforma Educativa.
Contém o parecer do relator Betâmio de Almeida, relativo ao pedido de Maria José Renda Guerreiro Cadete, que requer equivalência do curso de Formação Doméstica e Primeiros Socorros, do Instituto de Odivelas a habilitação correspondente do ensino liceal, para sequência de estudos.
Contém o relatório anual de atividades, elaborado pelo Reitor do Instituto Odivelas.
Contém o relatório anual de actividades, elaborado pelo reitor do Liceu Gonçalo Velho - Viana do Castelo.
Retificação do Curso Complementar de Formação Doméstica do Instituto de Odivelas. Contém parecer elaborado por dois inspetores (de nome ilegível) e uma informação dirigida ao Ministro da Defesa Nacional, elaborada pelo Diretor Geral acerca do projeto de reorganização do plano de estudos do Instituto de Odivelas.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo XXV - n.º 46. Vê-se a entrada da escola protegida por um alpendre suportado por duas colunas. É também visível o muro de fedação da escola.
Contém o relatório anual de atividades, elaborado pelo Reitor do Instituto Odivelas.
Pormenor do edifício escolar de 2 salas, tipo II A - Norte: painel de azulejo com a seguinte inscrição: "Respeita a velhice. Ela é a depositória da experiência".
Autorização para o funcionamento da escola de Casais do Júlio, no núcleo escolar de Geraldes, Atouguia da Baleia. Contém croquis do núcleo e memória descritiva; propostas de reajustamento da rede escolar no núcleo, em impressos próprios (da Direção-Geral do Ensino Primário); minutas de diplomas (portaria e despacho); exposição dos moradores de Casais do Júlio solicitando a criação do núcleo escolar, Ficha da situação escolar atualizada: mapa preenchido pelo Adjunto do Diretor Escolar, acompanhado por propostas de manutenção em funcionamento.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, 2 sexos, tipo Douro Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, logradouro separado ao meio por um muro. Avistam-se também duas crianças a brincar no recinto escolar.
Ampliação do edifício escolar de 2 salas, tipo rural, para 4 salas. Croquis do núcleo e memória descritiva do edifício; orçamento das obras complementares; correspondência vária trocada com a Câmara Municipal de Peniche e a Direcção Geral de Edifícios e Monumentos Nacionais.
Ofício n.º 260/48, da Junta Geral do Distrito Autónomo do Funchal, dirigido ao Presidente da 6.ª Secção da Junta Nacional de Educação, solicitando a deslocação à Ilha da Madeira dos Srs. Dr. Cayola Zagalo e do restaurador Fernando Mardel, com o fim de tomarem conhecimento de obras de restauro a realizar na Quinta das Cruzes; nomeadamente no que respeita à catalogação e fixação de quadros de elevado valor artístico.
Duas fotografias da fachada do edifício escolar de 2 salas, construido de acordo com o projeto tipo XXV - n.º 46, da Repartição das Construções Escolares. Da fachada, destaca-se a entrada protegida por um alpendre suportado por duas colunas.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural, do Plano dos Centenários. São também visíveis o logradouro e o muro de vedação da escola bem como o seu enquadramento paisagístico.
Criação/ampliação do Museu de Arte Sacra do Funchal e respetiva instalação no Solar de D. Mécia, na cidade do Funchal (Ilha da Madeira). Inclui, igualmente, informação sobre o restauro e conservação de obras de Arte que se destinam ao referido museu. Do processo faz igualmente parte um conjunto de pareceres, propostas e comunicações com especial referência a: Manuel Almeida Zagalo; Paulino Montez; Fernando Mardel; Henrique Gomes da Silva; António Luís Gomes; João Couto; Fernão Manuel de Ornellas Gonçalves (Presidente da Câmara Municipal do Funchal; João Abel de Freitas (Presidente da Delegação de Turismo da Madeira); Álvaro Figueira (Delegado da Delegação de Turismo da Madeira); D. António (Bispo do Funchal); Cónego Francisco Fulgêncio de Andrade (Professor do Seminário do Funchal); Henrique Schreck (Delegado da Junta Geral do Distrito do Funchal) e Elmano Vieira (Jornalista e representante do Sindicato Nacional dos Jornalistas da Ilha da Madeira).
Fachada do edifício escolar de 4 salas, simples, tipo Beira Litoral - Cantaria, do Plano dos Centenários. No logradouro da escola, ladeado de árvores, está um balouço.
Fachada e entrada do edifício escolar de Tipo Rural, o Plano dos Centenários. À frente da entrada, avista-se uma carreta o que faz supor que a fotografia foi tirada aquando da conclusão das obras de construção da escola.
Parecer do Vogal João Couto relativo a uma série de pequenos retábulos pertencentes à Capelinha de Quelimane das Missões Franciscanas que, por sugestão do Escultor Diogo de Macedo, a Comissão de Obras Públicas de Lourenço Marques, mandou para a Oficina de Restauro do Estado. O relator é de opinião que: "O seu merecimento não justifica que a beneficiação se faça por conta de verba especialmente destinada a satisfazer os encargos da oficina." O orçamento junto ao processo, assinado por Fernando Mardel (responsável pela Oficina de Beneficiação da Pintura), esclarece que a importância total a despender com o trabalho requisitado é de Esc.: 27.500$00 (vinte e sete mil e quinhentos escudos).
Fachada do edifício escolar de 4 salas, tipo Granito Douro. No primeiro plano de uma das provas, vê-se a arborização plantada à frente da vedação da escola. Edifício construído ao abrigo do Plano dos Centenários.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, Tipo Rural, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, vê-se parte do logradouro da escola.
Contém o relatório e respetivo parecer do relator Diamantino Soares à cerca do requerimento de Maria Filomena Ladeira da Costa que solicita a equivalência das suas habilitações (4.º ano do Curso Geral de Comércio e Primeiros Socorros e 4.º ano do Curso de Esteno-dactilografia e Primeiros Socorros do Instituto de Odivelas) ao 2.º ciclo liceal, para fim de sequência de estudos.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, tipo Minho Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, vê-se o muro de vedação, em pedras, da escola.
Fachada do edifício escolar de 2 salas para 2 lugares masculinos e 2 lugares femininos, do tipo XXVIII - n.º 50.
O Instituto Feminino da Educação e Trabalho, em Odivelas, envia convite ao Senhor Diretor-Geral do Ensino Industrial e Comercial, para assistir à comemoração da sua fundação.
Contém o relatório anual de atividades, elaborado pelo Reitor do Instituto Odivelas.
Contém o relatório anual de atividades, elaborado pelo Reitor do Instituto Odivelas.
Contém exemplares das provas de exames, exemplares de pontos de exames de admissão de vários distritos do país, exemplares de pontos de exames de transição do Ensino Técnico para o Ensino Liceal do Liceu Infante de Sagres (Portimão) e mapas estatísticos dos exames do Instituto de Odivelas, etc.
Fernando Mardel de Araújo importou quatro peças de cerâmica de Saxe. Para a sua aquisição solicitou a isenção de direitos. O Vogal relator, Armando de Lucena, dá parecer positivo a esta pretensão.
Fachada da Sala da Associação de Socorros Mútuos onde funcionou o 2.º lugar misto do Ciclo Complementar. Três crianças encontrma-se fora, à porta da ""escola"".
Parecer favorável do Vogal João Couto relativamente ao requerido por Alberto Iria, Director do Arquivo Histórico Colonial, de providenciar o restauro do óleo "Madeira Cidade" - existente naquela entidade - na Oficina de Beneficiação da Pintura Antiga. A avaliação efetuada por Fernando Mardel, baseia o custo da intervenção em Esc.: 1.500$00 (Mil e quinhentos escudos).
Contém portaria assinada pelo Ministro das Obras Públicas, mandando a Junta das Construções para o Ensino Técnico e Secundário fazer a entrega do edifício, mediante auto, ao Ministério da Educação Nacional. Contém auto de entrega e cessão do edifício.
O Diretor do Instituto Feminino de Educação e Trabalho convida O Diretor-Geral do Ensino Industrial e Comercial a assistir à "Festa das Flores" e à exposição dos trabalhos executados.
Contém portaria assinada pelo Ministro das Obras Públicas, mandando a Junta das Construções para o Ensino Técnico e Secundário fazer a entrega dos edifícios, mediante autos ao Ministério da Educação Nacional. Inclui autos de entrega e cessão dos edifícios. Contém ainda um caderno com a capacidade dos alunos, cursos ministrados e a área do terreno do Instituto Industrial do Porto.
Fachada do edifício escolar de 2 salas,Tipo Rural, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, avista-se a vedação de alvenaria do recinto escolar e parte do arranjo paisagístico dado aos espaços livres da escola.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural, com três janelas e uma hasta de bandeira apoiada num suporte. Na fotografia, são ainda visíveis os orifícios por onde se faz a ventilação da escola. Projeto adaptado do do arquiteto Manuel Fernandes de Sá.
Parecer informativo dado pelo pintor-restaurador Fernando Mardel, responsável pela Oficina de Beneficiação da Pintura Antiga, acerca do restauro dos painéis e demais pinturas existentes no Recolhimento de Santos-o-Novo.
Fachada do edifício escolar de 1 sala,Tipo Douto - Granito, do Plano dos Centenários.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, gémeo, tipo Rural, do Plano dos Centenários; logradouro da escola em terra batida, fechado por um muro de vedação de pedras.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, 2 sexos, tipo Douro Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, campo agrícola contíguo à escola. È visível o muro de vedação construído em pedras para proteger o recinto escolar
Parecer favorável referente ao requerimento de Maria Helena Santos Amador, a qual, habilitada com o Curso de Formação Doméstica do Instituto de Odivelas, solicita equiparação das suas habilitações literárias ao 2.º ciclo liceal, para o efeito de provimento em cargos públicos.
Fachada do edifício escolar de 4 salas dois sexos, tipo Douro Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, muro de vedação do recinto escolar e logradouro onde se encontra uma criança.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, gémeo, do Plano dos Centenários, e arranjo paisagistico do recinto escolar. À esquerda da fotografia, vêm-se duas árvores em vaso colocados numa das duas portas de entrada da escola.
Fachada e entrada do edifício escolar de 2 salas, de Tipo Rural, do Plano dos Centenários, na sua envolvente paisagística.
Fachada do edifício escolar de tipo indefinido. Da imagem, destacam-se a chaminé, construída em xisto, bem como o enquadramento paisagísto da escola.
Fachadas das escolas primárias masculina (ou escola n.º 1) e feminina (ou escola n.º 2) de Anta, de tipo indefinido.
Vista de conjunto do edifício escolar de 4 salas, 2 sexos, tipo Urbano, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, vê-se o jardim contíguo à escola. No fundo, a paisagem envolvente.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural, do Plano dos Centenários.
Frente do edifício escolar de 1 sala onde funcionou o ciclo complementar: pormenor da porta protegida por um alpendre e de janela.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Douro Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, logradouro amenizado por plantas e algumas árvores. Na fachada da escola, cresce uma videira.
Fachada principal do edifício escolar de 2 salas, gémeo, tipo Douro - Granito, do Plano dos Centenários.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, vê-se a estrada à beira da qual foi construída a escola. Vê-se o muro de vedação, feito de pedras, interrompido por um portão.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural, do Plano dos Centenários. São também visíveis o logradouro e o muro de vedação da escola bem como o seu enquadramento paisagístico.
Fachada do edifício escolar de 6 salas, de tipo Indefinido. No primeiro plano, vê-se o muro de vedação da escola, em pedra e ferro, bem como uma fila de árvores plantadas no logradouro.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, Tipo rural, do Plano dos Centenários, e muro de alvenaria para vedação do recinto escolar.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Xisto, do Plano dos Centenários, na sua envolvente paisagística.
Fachada da Sala de Espectáculos do Salão Paroquial onde funcionam o 3.º lugar feminino e o 2.º lugar masculino de Anta.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, Tipo Beira litoral - Tijolo, do Plano dos Centenários.
Pormenores da passagem coberta aberta na fachada principal do edifício escolar do Tipo Conde de Ferreira: paines de azulejos e portão de ferro forjado.
Fachada do edifício escolar de 4 salas, gémeo, tipo Urbano, com aplicação de tijolo. Vê-se também parte do logradouro da escola bem como a sua vedação. Avista-se ainda um alpendre construído na fachada posterior da escola. Edifício construído ao abrigo do Plano dos Centenários.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, tipo Beira Litoral, do Plano dos Centenários.No primeiro plano, vê-se o lograduro de terra batida da escola.
Fachada lateral do edifício escolar do Tipo Conde de Ferreira: pormenores do corpo central (porta e portão da escola).
Fachada do edifício escolar de 2 salas, gémeo, Tipo Rural, envolvido por um logradouro árido: chão de terra batida com caminhos cimentados. Veem-se crianças no recreio. Edifício construído ao abrigo do Plano dos Centenários.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, 2 sexos, tipo Indefinido. No primeiro plano, logradouro da escola onde se encontram três crianças. Neste recinto escolar, fora construído uma cruz (calvário).
Fachada do edifício escolar do tipo Adães Bermudes: 2 salas de aula e 2 residências para professores (ao centro). Escola construída no ângulo de duas ruas, sem logradouro. No degrau de uma das portas de entrada da escola, esté de pé uma criança.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, tipo XXV - n.º 46; logradouro e muro de vedação.
Fachada do edifício escolar de 4 salas, tipo Douro - Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, vê-se o arranjo paisagísto dado ao lagradouro da escola.
Fachada principal do edifício escolar de tipo indefenido, com enquadramento paisagístico.
Fachada do edifício escolar do tipo indefinido. Fachada parcialmente escondida pela vegetação envolvente e plantas hortícolas.
Fachada lateral do edifício escolar à frente da qual se vê uma outra construção inacabada.
Fachada, cortada, do edifício escolar de 1 sala, de tipo indefenido, do Plano dos Centenários.
Vista de conjunto do edifício escolar de 2 salas, tipo II A - Norte. Obras complementares: muro de vedação.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Xisto. No primeiro plano da fotografia, vê-se o logradouro da esola. No fundo, avista-se a paisagem em que se insere a escola. Edifício construído ao abrigo do Plano dos Centenários. Projeto adaptado do do arquiteto Manuel Fernandes de Sá.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, gémeo, tipo Rural, do Plano dos Centenários. Edifício envolvido por um logradouro árido: chão de terra batida com caminhos cimentados.
Vista de conjuno do edifício de 3 salas, tipo Beira Litoral - Tijolo, do Plano dos Centenários. Edifício parcialmente escondido por arvores plantadas no logradouro da escola. Vêm-se ainda parte do alpendre da fachada posterior e o muro de vedação da escola.
Corpo central da fachada principal do edifício escolar do tipo Conde de Ferreira, no qual foi aberta uma passagem coberta.
Fachada do edifício escolar de tipo indefenido. São também visíveis o logradouro e muro de vedação da escola.
Fachada do edifício escolar de tipo indefenido. Destaca-se a entrada principal da escola protegida por um alpendre suportado por duas colunas. Destaca-se ainda a inscrição ""Escola Primária Quinta do Loureiro"", colocada por cima das janelas da fachada. No primeiro plano, logradouro ajardinado da escola.
Fachada do edifício escolar de 1 sala, tipo Rural. Muro de vedação em granito. Edifício construído ao abrigo do Plano dos Centenários.
Fachada principal do edifício escolar de 1 sala, do tipo XXV - n.º 46; muro de vedação do recinto escolar.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, 2 sexos, tipo Minho Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, uma das duas portas de entrada da escola, ladeada por floreiras inutilizadas.
Fachada do edifício escolar de 2 salas, 2 sexos, tipo Douro Granito, do Plano dos Centenários. No primeiro plano, um taxi (carro Mercedes) estacionado à beira da estrada onde se encontra a escola; logradouro amplo com o espaço de brincar amenizado por plantas e algumas árvores.