Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

1,365 records were found.

Estatutos do Grupo Coral Pro-Música Sacra da igreja de S. Paulo.
Livro de registo de casamentos das Igrejas de S. Paulo, Igreja de Jesus e Igreja de S. Pedro.
Atas da direção da União Cristã Evangélica: contém de 12 de julho de 1899 atas da comissão provisória, a partir de 22 de março de 1900 atas da assembleia geral e a 14 de novembro de 1901 atas da direção.
Contribuições mensais para a Junta Paroquial da igreja de S. Paulo.
A União Cristã Evangélica foi uma organização feminina, anexa à Igreja de S. Paulo em Lisboa, com estatutos e regulamento interno elaborados por Thomas Pope e Joaquim dos Santos Figueiredo. Em 1904 foram elaborados novos estatutos. Era constítuida pela Presidente, secretária, tesoureira, vogal e membros ativos. Existia ainda uma secçã infantil: membros dos 8 aos 15 anos.
Atas da direção da União Cristã Evangélica: contém de 12 de julho de 1899 atas da comissão provisória, a partir de 22 de março de 1900 atas da assembleia geral e a 14 de novembro de 1901 atas da direção.
Correpondência recebida da paróquia de S. Paulo.
Registos de donativos para a Igreja de S. Paulo.
Série composta por um livro de registo de assuntos Paroquiais de S. Paulo.
Atas da direção do Coro Evangélico Lusitano com menção a eleições para a sua consituição (presidente, secretária, tesoureira, 4 vogais e 1 vogal-ensaiador); organização de ensaios; cooperação em cerimónias religiosas.
Relatórios da direção do Coro Evangélico Lusitano: celebrações de serviços divinos, cultos da comunhão, Semana Santa, Natal e Vigília; localização do coro na igreja de S. Paulo; atividades de lazer; ensaios; visitas a outras igrejas lusitanas; associados do coro.
Secção constituída por documentos relativos à administração financeira da paróquia de s. Paulo.
Fundos Paroquiais da igreja de S. Paulo: trata-se de diversos fundos para fins específicos como o fundo dos pobres, fundo de obras, entre outros.
O coro evangélico lusitano foi criado por uma comissão de jovens da igreja de S. Paulo, sob a orientação de Leopoldo Figueiredo.
Livro de registo de óbitos da Igreja de S. Paulo. Contém registo de cidadãos alemães luteranos e ingleses.
Documentos de movimentos bancários da paróquia de S. Paulo. Contém contas da Pulvertaft.
Apólices de seguros e contratos da igreja de S. Paulo.
Correspondência de párocos da igreja de S. Paulo, paróquia de S. Pedro: Lauro Borba da Silva, Leopoldo Figueiredo.
Documentos de caixa da igreja de S. Paulo. Documentos de caixa com o registo da entrada e saída de valores.
Documentos de crédito e previdência da igreja de S. Paulo. Documentos de crédito e previdência da Caixa Geral de Depósitos.
Registos de celebrações litúrgicas, reuniões de membros, estudo bíblico da igreja de S. Paulo.
Balancetes do Fundo Paroquial da Igreja de S. Paulo: coletas, donativos, publicações, arrendamentos, compromissos pastorais, compromissos regulares, contribuições especiais.
Alvará de 9 de outubro de 1941, concedido pelo Ministério da Educação Nacional, Inspeção Geral do Ensino Particular para que funcionasse como instituição de ensino feminino, sendo diretora Lavínia Augusta de Figueiredo. Tem averbamentos.
Estatutos do esforço Cristão da Igreja de S. Paulo: - Da instituição e fins; - Dos sócios, suas categorias, direitos e deveres; - Da direção; - Da divisão da Sociedade em dois núcleos; - Da Assembleia Geral; - Da vigilância da Sociedade; - Das Sub-Comissões; - Das reuniões de revista; Das reuniões regulares; - Do regulamento interno.
Livro de receita e despesa da Escola do Prado.
Atas da Assembleia Geral da Associação dos Antigos Alunos das Escola do Torne e do Prado: - Eleições dos corpos gerentes (presidente; vice-presidente; primeiro secretário; segundo secretário; dois vogais; tesoureiro; suplentes; conselho fiscal); - Apresentação de relatórios de contas; - Quotizações.
Alvará de 9 de outubro de 1941 concedido pelo Ministério da Educação Nacional, Inspeção Geral do Ensino Particular para que funcionasse como instituição de ensino feminino, sendo a primeira diretora Lavínia Augusta de Figueiredo.
Produções recebidas dos jogos florais de 1952: quadras populares e outras poesias.
Associação dos Antigos Alunos das Escolas do Torne e do Prado. 1935-1980
A Assembleia Geral é a reunião de todos os sócios ativos. A sua mesa é constituída por um presidente, um vice-presidente, primeiro e segundo secretários e primeiro e segundo vice-secretários.
A direção é o corpo gerente da administração da associação. , composta por um presidente, um secretário, um tesoureiro e quatro vogais.
O conselho fiscal é constituído por três membros efetivos e dois suplentes, competindo-lhe dar o seu parecer sobre os atos da direção e contas da sua gerência.
Secção constítuida por documentos relativos ao funcionamento e regulamentação da Escola do Prado.
Copiador de correspondência enviada da Escola do Prado.
Contas e pareceres do conselho fiscal da Associação dos antigos alunos das Escolas do Torne e do Prado.
Secção constítuida pelas seguintes séries: SR LMF: Livros de matrícula e frequência SR CR: Correspondência
O fundo da Escola do Prado é constítuido pelas seguintes secções: Secção COR: Constituição, organização e regulamentação; Secção GE: Gestão Escolar; Secção GF: Gestão Financeira
Atas da direção da Associação dos Antigos Alunos das Escolas do Torne e do Prado.
Livros de registos de frequência escolar do Colégio Lusitano, anexo à Igreja de S. Paulo.
Estatutos da Associação dos Antigos Alunos das Escolas do Torne e do Prado (contém a ata nº 1 e o alvará): - Denominação e natureza da Associação, seus fins e sua receita; - Dos sócios sua admissão e classes; - Deveres dos sócios; - Direitos dos sócios; - Das penalidades; - Dos corpos sociais, disposições gerais; - Da Assembleia geral; - Da Direção; - Do Conselho Fiscal; - Da dissolução; - Disposições gerais e transitórias.
Registo de receita e despesa da Missão de S. Tiago: quotizações, coletas, donativos, despesas gerais e fundo dos pobres.
Relatórios de contas da Missão de S. Tiago apóstolo.
Secção constítuida pelas seguintes séries: REL: Relatórios de contas RD: Receita e despesa
Registo de membros da Missão de S. Tiago Apóstolo.
Livro de contas da Sociedade de Senhoras com os nomes dos membros, registo de quotizações e despesas.
Livro de contas da Sociedade de Senhoras da Missão de S. Tiago Apóstolo.
Livros de registo de culto da Missão de S. Tiago Apóstolo.
Secção constítuida pelas seguintes séries: SR LRC: Livros de registo de cultos SR RM: Registos de membros SR DC: Diplomas de confirmações SR AM: Atividades da Missão
Secção constítuida por documentos de receitas e despesas e registo de participantes da escla dominical da Missão de Santiago Apóstolo.
Registo de receita e despesa da Escola Dominical da Missão de S. Tiago Apóstolo.
Registo dos matrimónios celebrados na Capela da Propagação do Evangelho de Jesus. Este livro encontra-se incompleto, apenas temos a parte que se inicia no fl. 50 com o registo de casamentos e vai até ao fl. 60. Apenas os fls. 54, 55, 56 estão preenchidos. O primeiro e o segundo registos estão incompletos. No fl. 56 encontra-se uma tabela com os seguintes elementos: - Título: Matrimónio celebrado na cidade de Lisboa o dia quatro de Fevereiro do ano de 1842, segundo a forma estabelecida pela Igreja Anglicana - Número - Data - Nome dos contraentes - Estado - Profissão - Residência ao tempo do casamento - Nomes dos pais - Profissão destes Foi celebrado este casamento por Vicente Gómez y Tojar. As assinaturas são autógrafas No fl. 56v está a cópia da procuração dada por João José de Sousa Baptista a João Evangelista Cardoso, com sua licença à sua filha Maria Amália, com o padre Porfírio Carvalho e Mello, ministro anglicano.
Livro de atas da Assembleia Geral da Sociedade de Senhoras da igreja de Jesus. Tem termo de abertura assinado por Belarmino José Vieira Barata: "Este livro que se destina ao lanamento das atas da assembleia geral da sociedade de senhoras, anexa à igreja lusitana, evangélica de Jesus, vai por mim numerado e rubricado".
Contém artigos referentes à constituição, organização e administração da Igreja Lusitana, Regulamento Geral até ao cânone V.
Registos de confirmações realizados na igreja de Jesus; registos de celebrações litúrgicas; livros com o registo de membros da Igreja de Jesus; registos paroquiais.
Certificados de confirmações validados pelo Bispo Riley, do Vale do México e Lord Plunket.
Registo dos matrimónios celebrados na Capela da Propagação do Evangelho de Jesus
Correspondência recebida pela Junta Paroquial da Igreja de Jesus. Contém gráficos de 1941 e 1942 de assitência aos cultos e gráficos de distribuição de receitas, estatísticas, relatórios.
Registos de batismos celebrados na Missão de Lisboa (Igreja da Promulgação do Evangelho, sita na rua do Almada).
Correspondência recebida pela Junta Paroquial da Igreja de Jesus.
Exposição apresentada por Belarmino José Vieira Barata à Junta Paroquial da Igreja Jesus sobre o encerramento da igreja e escola. Contém resposta da Junta Paroquial declarando concordar com as razões apresentadas.
Balancetes do Esforço Cristão da Igreja de Jesus, Sociedade de Esforço Cristão Infantil, Comissão da Escola Dominical, Comissão e Melhoramentos, Comissão de Estudos, Comissão de Beneficência.
Registos de alunos, do sexo masculino e feminino, da Escola Dominical da Igreja de Jesus.
Livros de atas da Junta Paroquial da Igreja de Jesus: eleições e distribuição de cargos para a Junta Paroquial; quermesses; gestão financeira, religiosa e patrimonial da paróquia.
A Junta Paroquial tem como função a gestão financeira da paróquia, tendo a seu cargo o denominado Fundo Paroquial (aplicado para a manutenção da igreja, aquisição de livros de registos, atas e outros encargos.
Recibos de honorários de professores: professores Teófilo Santos, Josué Ferreira.
Livros com o registo de membros da Igreja de Jesus com indicação do nome, da data de nascimento, naturalidade, filiação, data de batismo, admissão como membro, confirmação, profissão, estado civil, residência, data de falecimento e observações. No fim do livro há um índice.
A Sociedade de Esforço Cristão Infantil era composta por uma direção (presidente, secretário, tesoureiro e vogal), embora e caráter honorário.
Comissão de Estudos da Secção de Esforço Cristão da Igreja de Jesus.
Série composta por uma pasta com listagens de alunos que frequentavam as aulas de português, inglês e francês.
Diploma de mudança de nome da Missão que ocorreu em culto especial celebrado pelo Reverendo Agostinho Arbiol.
Livro de registo de caixa da Comissão Organizadora do Congresso da Igreja Lusitana.
Livro de registos de óbitos da Igreja de Jesus.
Livro de registos de batismos da igreja de Jesus com termo de abertura: Este livro que há-de servir para nele lançar os assentos de batismo, vai por mim numerado e rubricado com a minha rubrica - Chaves, e no fim leva termo de encerramento para constar que folhas tem. Lisboa, 1 de junho de 1879. José Nunes Chaves.
Livro de registo de óbitos da igreja de Jesus.
Livro de registos de batismos da Congregação da Santíssima Trindade, denominada também de igreja episcopal reformada.
À semelhança de outras paróquias e missões da Igreja Lusitana, a Missão de S. Tiago Apóstolo de Valbom tinha uma Sociedade de Senhoras que se reunia para organizar trabalhos sociais e cujos fundos reverteriam para a Missão.
Relatórios de atividade da paróquia do Espírito Santo.
Cartas de André Cassels sobre a construção do Templo de Setúbal trocada com diversas personalidades da Igreja Lusitana. Thomas Pulvertaft, ao Reverendo Martins, a António Ferreira Fiandor.
A Junta Paroquial da Congregação da Santíssima Trindade, tal como as outras congregações da Igreja Lusitana, regia-se pelo Regulamento Geral e Cânones.
Documentos produzidos pela Igreja Lusitana relacionados com a sua História.
A obra "Esboço da História da Igreja Lusitana", da autoria do reverendo Eduardo Henriques Moreira fo ieditada pelo Sínodo em 1949. Ainda hoje é fonte para o conhecimento da génese e desenvolvimento da Igreja Lusitana Católica Apostólica Evangélica.
O caderno "A Missão da Madalena", da autoria de Júlio Duarte, foi uma publicação da Igreja Lusitana referente à paróquia do Bom Pastor à qual pertenceu esta missão.
Documento comemorativo da Igreja Lusitana, cuja data de fundação é admitida como 1930, salientando a sua fundação em Lisboa e dando a data de 1880 (Vila Nova de Gaia) como a data da restauração. Atualmente, a data oficial é o dia 8 de Março de 1880. Neste documento são descritos diversos eventos comemorativos.
Registo de óbitos da igreja de S. João Evangelista.
Livro de registo de óbitos da igreja de S. João Evangelista.
Livro de registo de óbitos da Igreja Evangélica Espanhola Reformada.