Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

34,344 records were found.

Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Vista panorâmica da Volta do duche e do Rio do Porto com o Palácio Valenças, a pensão Nova Lisboa e o edificio dos Paços do Concelho.
Pátio do Gil à rua de S. Bento local de nascimento de Alexandre Herculano. Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Tanque na quinta de Vale de Lobos de Alexandre Herculano. Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Fotografia de Herculano, tirada em 1854, na Hospedaria do Paraíso da cidade do Porto, durante a sua visita de inspeção aos arquivos. Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Marquês de Sá da Bandeira, grande herói e Político em muitos ministérios. "O português mais ilustre do nosso século". A. Herculano - Janeiro 1876. Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978".
Vista parcial do Parque da Pena aquando do nevão.
Relatório da Actividade do Instituto de Sintra nos anos de 1954 a 1955
Miradouro e cruzeiro na quinta da Penha Verde.
Caminho de acesso ao castelo dos Mouros.
Lago com pateira num dia de nevoeiro. Fotografia concorrente na categoria A.
Vista parcial da Lagoa Azul. Fotografia concorrente ao III Salão de Arte Fotográfica de Sintra.
Vista parcial da serra de Sintra e do castelo dos Mouros com céu nublado.
Jardineiro varrendo um caminho de um dos parques de Sintra. Fotografia concorrente ao III Salão de Arte Fotográfica de Sintra.
Entrada e arco da quinta da Penha Verde na estrada de Monserrate. Menção honrosa no IV Salão de Arte Fotográfica de Sintra.
Exposição do centenário de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Fotografia da estátua erigida no Cais do Sodré em memória do Duque da Terceira. Exposição centenária de Alexandre Herculano em Queluz de 6 a 16 de Julho de 1978.
Fotografia da estátua erigida em memória do Marechal Duque de Saldanha na cidade de Santarém em 1909.
Trabalhadores rurais no Instituto agricola na quinta Regional da Granja do Marquês.
Contém orçamentos de receita e despesa da Junta de Paróquia de São João Degolado da Terrugem para os anos económicos de 1883 e 1884.
Inclui desenhos a tinta da china, lápis de carvão e desenhos aguarelados.
Vista parcial do Palácio Nacional de Sintra.
Rio da Várzea de Colares com vista para a ponte e Serra de Sintra.
Vista geral do Palácio Nacional de Sintra com as casas do almoxarifado e da guarda da Rainha demolidas após a implementação da República.
Vista geral da vila de Sintra com o castelo dos mouros e o convento hieronimita de Nossa Senhora da Pena.
Perspetiva da vila e do Palácio nacional de Sintra vista da atual calçada de São Pedro.
Vista Geral do Paço de Sintra com as antigas casas do Almoxarifado, da guarda da Rainha e a Porta de Armas em frente à atual praça da República.
Perspetiva do Palácio Nacional de Sintra vista da atual calçada de São Pedro..
Vista geral do Palácio Nacional da Pena.
Perspetiva da Serra de Sintra vista do rio da Várzea de Colares.
Caminho das cruzes para o Convento de Santa Cruz da Serra vulgarmente conhecido por Convento dos Capuchos.
Perspetiva da vila de Sintra com a igreja de Santa Maria, a quinta do Saldanha e o palácio Nacional de Sintra vista da atual calçada de São Pedro.
Rua do Briamante na vila de Sintra com a igreja de São Martinho.
Vista geral do Palácio Nacional da Pena e do templo das colunas.
Vista geral do palácio Nacional de Queluz com pessoas em traje de passeio.
Vista parcial do Palácio de Monserrate com a fonte do Tritão.
Representação do Canto XVIII da Divina Comédia de autoria de Dante Alighieri.
Vista geral do Palácio Nacional de Sintra com as casas do almoxarifado e da guarda da Rainha demolidas após a implementação da República.
Vista parcial do Castelo dos Mouros e do Mosteiro Hieronimita de Nossa Senhora da Pena.
Ponte sobre o rio da Várzea de Colares.
Cerimónia de inauguração do caminho de ferro de Sintra junto à Torre de Belém.