Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

324,103 records were found.

Ficha resumo da situação em 15 de Abril de 1975: situação em que se encontram as construções em 3 zonas - Ilha Bela-Vista, Leal, Lapa.
Memória descritiva : análise do bairro, expropriações, soluções, execução estimativa de custo.
Fichas-resumo da situação: análise do estado geral das operações SAAL em fase de construção em 31 de Agosto de 1975.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção das Antas. Tipologias: periódicos, informações, proposta de estatutos, correspondência, recibos, facturas, escritura, auto de recepção provisória, memória descritiva. Peças desenhadas: planta de localização, planta do perímetro de intervenção, planta do plano de urbanização existente, planta do estado actual, perfis, quadro tipológico.
Conjuntos de documentos heterogéneos de carácter geral, insuficientemente relevantes para se incluirem nos processos anteriores.
Fichas resumo de situação : tabela de organização de moradores. Nesta tabela estão representadas todas as fases: arranque, comissão provisória de moradores, comissão definitiva de moradores, propostas de estatutos, corpos gerentes eleitos, escritura notarial de constituição, relativas ao SAAL Norte.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção das Antas. Tipologias: cadernos informativos, revistas, boletim, montagens para a elaboração de um periódico.
Ficha-resumo de situação: avaliação e informação de uma fase do projecto e execução.
Contencioso para pagamento de salários em atraso da Brigada Técnica da Belavista. Contém folhas de pagamento, correspondência, ofício, nota de serviço, facturas mensais de honorários, certidões, relatório.
Ficha-resumo da situação: análise da estrutura da operação e planificação do serviço SAAL, para o projecto e execução.
Contém relatório de actividades, facturas de honorários, boletim itinerário, recibos, certidão.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção das Antas. Tipologias: contrato, proposta de renovação da brigada técnica, planeamento, despacho - tomada de posição, legislação publicada.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção da zona das Antas. Tipologias: jornais, caderno reivindicativo, convocatórias, comunicados, nomes dos elementos da associação, pedidos de intervenção, outros comunicados, estatutos-localização, mesa redonda, construção, folhas de secretaria, organização, documentos da legalização da casa, obras de emergência, comunicados-reuniões de inter-comissões, cadernos reivindicativos de inter-comissões, actas de brigada-associação.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção das Antas. Tipologias: estudos económicos, faseamentos, mapas, obras de emergência, pedidos de envio de desenhos, diversos, relatórios mensais, inquéritos, facturas de empreiteiros, orçamentos de empreiteiros, análise de facturas, acta de brigada.
Processo de brigada técnica da zona de intervenção das Antas. Tipologias: obras de emergência, conceito de zona degradada, Declaração de Utilidade Pública, tomadas de posse/avaliações, medidas cautelares, caderno de encargos, estatutos, regulamento de uso e habitação, infra-estruturas, matrizes do processo/directivas gerais, trabalhadores da brigada - reuniões, financiamento, empréstimo, fundo de pedido, caderno reivindicativo, rendas, folhas informativas, grupo de construção, tomada de petição dos trabalhadores do SAAL/Norte.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Projecto do sector 1 - implantação. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta : instalação de abastecimento de energia eléctrica (S1), 1º piso - tomadas de corrente. EScala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - sector 1. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - sector 1. Desenho nº1. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de energia eléctrica (S1), 2º piso. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de energia eléctrica (S1), 2º piso - tomadas de corrente. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta : instalação de absatecimento de energia eléctrica (S1), 1º piso. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de energia eléctrica (S1), 1º piso. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de energia eléctrica (S1) - 2º piso. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - pormenores de betão armado, grupo 1, s. reuniões. Escalas 1/100 e 1/20.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de água (S1) - sótão. Escala 1/100.
Perfil n.º 6 - Ilha da Bela Vista. Escala 1/100.
Perfil nº5 - Ilha da Bela Vista. Escala 1/100.
Perfis 3 e 4 - Ilha da Bela Vista. Escala 1/100.
Levantamento dos perfis E/F - Ilha da Bela vista. Escala 1/100.
Esquema de faseamento - Ilha da Bela Vista - exposto por 3 fases. Escala 1/500.
Perfil - Ilha da Bela Vista. Escala 1/100.
Esquema de implantação - Ilha da Bela Vista. Esquema que indica a zona de construção e a zona de terreno livre. Escala 1/500.
Perfil 1 - Ilha da Bela Vista. Escala 1/100.
Planta : piso 1 - cota 94.4, Ilha da Bela Vista . Escala 1/100.
Olanta : piso 2 - cota 97.2, Ilha da Bela vista. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção Chaves de Oliveira. Planta estrutural do tecto, planta estrutural do 2º piso, planta estrutural do 1º piso. Pormenores de betão armado, grupo 2. Escalas 1/100 e 1/20. Desenho nº3.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque. Planta e alçado da Rua da Maceda, 177 a 184 e Tv. da Maceda. Alçado da Rua da Maceda, nº18 e 24.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque, Tv. da Maceda, nº89.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira-S. Roque. Planta - instalação de abastecimento de água (S1) - 2º Piso. Desenho nº2. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque-Chaves de Oliveira. Planta de instalação de abastecimento de água (S1), 1º Piso. Desenho nº1. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Chaves de Oliveira/S. Roque. Planta 2º Piso, sector 1, arruamentos. Escala 1/100. Desenho nº2.
Peça desenhda da zona de intervenção de Chaves de Oliveira/S. Roque. Planta dos 1ºs pisos, sector 1, arruamentos. Desenho nº1. Escala 1/100.
Peça desenhada : planta r/c, 1º andar, cobertura.
Peça desenhada : Rua da Maceda, nº6.
Peça desenhada da zona de intervenção de Maceda. Planta habitacional da Tv. de Cartes, nº131 e 133.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque, Tv. de Cartes, nº148.
Conjuntos de documentos heterogéneos de carácter geral, insuficientemente relevantes para se incluirem nos processos anteriores.
Fichas que contêm os seguintes dados: idades, profissões, areal total e área de construção de alguns bairros, zona de intervenção do Heroísmo.
Relatório da zona de intervenção da Arrábida: facturas de honorários, correspondência, certificado, proposta, recibos.
Gráfico onde estão representados os grupos etários da Ilha Zé Maria, Ilha Pem, Ilha Montes, Ilha Moreira e Ilha Bom Retiro.
Os processos de Brigadas Técnicas são formados por documentação relativa a uma zona de intervenção e respectiva Brigada Técnica. A tipologia documental é variada contemplando as diversas áreas de actuação da Brigada e os seus próprios elementos.
Quadro onde estão representados dados referentes à Ilha Moreira: idade e sexo, zona de intervenção do Heroísmo.
Publicação da associação de moradores da Arrábida, Ano 2, Nº12.
Quadro onde estão representados os seguintes dados estatísticos: idade e sexo, zona de intervenção do Heroísmo, Ilha Bom Retiro.
Contém relatórios, recibos de pagamentos, facturas de honorários, facturas, folhas de pagamentos e deslocações, notas de remessas.
Contém correspondência, relação de materiais existentes.
Trata-se de uma factura de pagamento ao empreiteiro, ou seja, o dono paga ao empreiteiro segundo os valores e processos de pagamento acordados na adjudicação (caderno de encargos). O pagamento é dividido em fatias do total. O auto de medição é passado mediante a factura apresentada pelo empreiteiro sobre uma ou mais fatias específicas. Antes de se realizar o pagamento o arquitecto ou fiscal tem de confirmar se o trabalho específico na factura foi efectivamente realizado de acordo com o caderno de encargos.
Processo da Brigada Técnica de Cândido dos Reis/Vila Nova de Gaia. Contém correspondência, recibos, facturas mensais de honorários, pareceres, notas de serviço.
Correspondência relativa à Associação de Moradores da Arrábida, Diário da República, abaixo assinado.
Memória descritiva, relatórios, acta, minuta, mapa da freguesia de Guifões, fotografias.
Processo de Brigada Técnica da zona de intervenção de Presa Velha/Formiga/China. Contém correspondência, relatórios, facturas de honorários, certificados, diplomas.
Processo da Brigada Técnica de Contumil. Contém relatórios, facturas, correspondência, notas de serviço.
Ficha resumo da situação em 15 de Abril de 1975, relativamente às zonas de intervenção de Cândido dos Reis, Guifões, Senhora da Hora e S. Mamede Infesta.
Programa do concurso e caderno de encargos, zona de intervenção da Lomba.
Ficha resumo da situação em 15 de Abril de 1975, relativamente às zonas da Bouça, Torrão, Carcavelos e Boavista.
Contém programa de concurso, condições jurídico-administrativas, condições especiais, memória descritiva.
Tabela com a descriminação das operações SAAL a nível, entre outros, de número de fogos construidos, Associações de Moradores existentes, estruturação das operações e verbas dispendidas.
Documentos diversos referentes à zona de intervenção de Carcavelos -Matosinhos, onde se destacam facturas mensais e recibos.
Os periódicos a que se refere esta série são os periódicos de bairro produzidos das diferentes zonas de intervenção do SAAL. Trata-se na maior parte dos casos, de edições artesanais com número limitadíssimo de exemplares. Estas publicações periódicas dão-nos a conhecer determinadas realidades vividas na época, tais como críticas ao sistema, reivindicações e sugestões bem como o estado e andamento das operações SAAL. Os recortes de imprensa, que obedecem a um propósito funcional de gerir informação, são extraídos de imprensa local e nacional.
Tabela identificativa do utente, proprietário do terreno e proprietário da casa, relativas às construções efectuadas em Gondomar nas subzonas 1, 2, 3. Folha nº26.
Processo da brigad técnica de Massarelos. Contém nº de parcela, nº de polícia, proprietário e respectiva morada.
As propostas a que se refere esta série eram elaboradas pelas Brigadas Técnicas e assinadas pelo arquitecto responsável pela zona de intervenção que lhe diz respeito. O conteúdo refere a memória descritiva com dados gerais da intervenção, caracterização do "estado actual" do terreno, proposta de renovação e peças desenhadas.
Tabela com a descriminação das operações SAAL a nível, entre outros, de números de fogos construidos, Associações de Moradores existentes, estruturação das operações e verbas dispendidas.
Tabela com a descriminação das operações SAAL a nível, entre outros, do número de fogos construídos, Associações de Moradores existentes, estruturação das operações e verbas dispendidas.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque/Porto, Rua do Pinheiro Grande, núcleo nº39-45 - planta de cobertura. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque, Rua do Pinheiro Grande, núcleo nº39-45. Planta dos 1ºs andares e sotãos, altura de pé direito. Escala 1/100.
Peça desenhada da zona de intervenção de Maceda - S. Roque. Planta da Tv. da Maceda, nº153.
Peça desenhada da zona de intervenção de S. Roque/Porto - Rua do Pinheiro Grande. Planta do rés-do-chão e quintais. Altura do pé direito das casas nº3, 4, 6 e 7. Escala 1/100.
Peça desenhada - núcleo 58.
Peça desenhada : Tv. da Maceda, nº100, R/C, 1º andar, cobertura.
Contém documentos manuscritos com tópicos de reuniões. Actas e reuniões. Periódico - Boletim informativo.
Os mapas de planeamentos eram elaborados pelas Brigadas Técnicas depois de uma prévia discussão com as Associações de Moradores. As operações são representadas através de um cronograma que refere o orçamento a custo perdido e o empréstimo concedido, o valor total previsto e por fim os relatórios de actividades. Os mapas de planeamentos resultam na apresentação destes cálculos com justificações dos pedidos de verbas feitas.
Contém manuscritos, convocatórias, propostas, pareceres.
Mapa de planeamentos : quadro onde está representada a calendarização das obras e respectivos custos, zona de intervenção do Heroísmo.
Contém fichas de resumo da situação, relatórios mensais, correspondência, circulares e normas de serviço internas, projecto de funcionamento do SAAL, memória descritiva, dados e elementos sobre a zona de intervenção, registo de reuniões e actividades, matriz das fases do processo técnico do SAAL/Norte, ordens de trabalho.
Mapa de reuniões do mês de Fevereiro.
Contém peças desenhadas. Envelope com o símbolo da Associação de Moradores da Boavista.
Mapa de reuniões do mês de Dezembro.
Mapa de reuniões do mês de Março.
Mapa de reuniões do mês de Outubro.
Mapa de reuniões do mês de Janeiro.
Peça escrita da zona de intervenção da Boavista. Tipologias: documento informativo da análise do processo de actividades, comunicação do 2º encontro do curso de Arquitectura da Escola Superior de Belas Artes do Porto, correspondência, proposta, documentos onde estão inscritos todos os responsáveis das brigadas técnicas. Monografia: inquérito e análise relâmpago sobre o Fundo de Fomento da Habitação.
Mapa de reuniões do mês de Setembro.
Planta de Declaração de Zona Degradada da zona de intervenção da Boavista. Escala 1/1000.
Fazem parte desta série _ peças desenhadas _ todo o tipo de desenhos que o arquitecto cria e que não fazem directamente parte dos projectos de arquitectura das habitações a construir, ou seja, que não apresentam associação a qualquer processo.
Planta de projecto II - parte Oriental pertencente ao plano de Declaração de Utilidade Pública da zona de intervenção da Boavista/Porto. Desenho 4-B. Escala 1/1000.
Planta de projecto I - parte Ocidental , pertencente ao plano de Declaração de Utilidade Pública referente à zona da Boavista/Porto. Escala 1/1000.
Planta de projecto I para a zona de intervenção da Boavista. Desenho nº4-A1. Escala 1/1000.