Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

131,896 records were found.

Quitação que dá Manuel da Costa Barrosa ao Convento de Santo Agostinho de Leiria.
Doação que fez Francisco de Araújo, negociante, ao Convento de Santo Agostinho do Porto, passada por António de Paiva Aguiar, tabelião.
Emprazamento de um casal chamado da Chamega, com foro de 5 500 reis que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a João de Figueiredo de Barros, de Vila Nova de Pussos, passado por António Vaz, tabelião.
Escritura de 3000 cruzados a juro que deu o Colégio de Nossa Senhora do Pópulo de Braga, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Francisco de Araújo Barros, tabelião.
Escritura de 5 500 cruzados a juro que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Maria Madalena de Mendonça, viúva do licenciado Simão Pacheco de Sá, de Lisboa, passada por Domingos de Carvalho, tabelião.
Escritura de emprazamento de uma propriedade no sitio do Carvalho, limite da Fonte Velha, com foro de 8 alqueires de trigo, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel Vieira, lavrador e mulher Joaquina Maria, da Rebolaria, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de renovação de um prazo que consta de casas terreas, de sobrado e quintal, logradouros, sitas na Batalha, com foro de 800 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Luisa Joaquina, viuva e sua filha Jeronima Teresa de Jesus, da Batalha, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento do Casal dos Montes, com foro de 2 alqueires de trigo e uma galinha, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel da Silva e mulher Josefa Maria, do Alquiedão da Serra, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de desistência de um prazo no sitio da Candosa, na Ribeira de Baixo, de Porto de Mós, que fez o Dr. Rodrigo Gomes de Gois e mulher Ana Teresa Joaquina da Silveira, de Alenquer ao Convento de São Domingos da Batalha, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de um pedaço de chão que foi olival, na Jardoeira, com foro de uma galinha e uma franga ou 300 reis que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Cristovão da Silva, lavrador e mulher, Ana Joaquina, de Alvados, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de um pedaço de mato com foro de 240 reis e uma franga ou 100 reis por ela, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Fernando José, sapateiro e mulher Joana Maria, das Palmeiras, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de fiança que deu Miguel de Matos Frazão, do lugar da Fornalha a Manuel da Silva Carvalho, dos Golfeiros, sobre um foro de um prazo foreiro ao Convento de São Domingos da Batalha, passada por Jacinto da Rosa Pegos, tabelião.
Escritura de aforamento de uma propriedade,que foi vinha, no sitio O Vale ou Loureira, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel de Sousa, da Quinta do Sobrado, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de um pedaço de chão, sito no Outeiro, Batalha, com foro de 2 galinhas ou 200 reis por cada uma delas, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a João de Oliveira, da Batalha em 1690-02-08, na Batalha, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de aforamento de uns pardieiros, também chamadas Casas dos Vidraceiros, com foro de 500 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Contém quatro escrituras: Uma de 30 de Maio de 1710 de um aforamento e emprazamento com foro de 750 reis que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a José Carreira, mercador, de Leiria, passado por João Moreira da Fonseca, tabelião. Outra de 7 de Abril de 1763 de um reconhecimento que fez Manuel Rocha, de Leiria de um prazo foreiro ao referido Convento. Outra de 29 de Julho de 1777 de uma compra que fez José Francisco dos Santos, do Vidigal, Leiria, a José Francisco Dominguinhos e sua mulher, do mesmo lugar. Outra de 26 de Janeiro de 1819 de um aforamento em três vidas que fez o referido Convento, a Joaquim Lopes que ficou de Manuel Lopes, já falecido e de Maria Ferreira, do Vidigal.
Declaração de venda de um pedaço de chão no sitio da Feteira, limite da Ponte das Ferrarias, que fizeram Manuel Dias e mulher Margarida Francisca, da Cachieira, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria.
Aforamento de uma terra no Casal da Baralha, com foro de 4800 reis que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a António da Silva, do Moínho de Papel, de Leiria, passada por João Moreira da Fonseca, tabelião.
Contém quatro escrituras: Uma de 11 de Fevereiro de 1710 de um aforamento de uma terra na lezíria de São Pedro, limite da Gândara dos Olivais, com foro de 50 alqueires de milho grosso, quatro alqueires e quatro galinhas que fez o Convento de Santo Agostinho a João Francisco e João Gaspar, ambos da Gândara dos Olivais, passado por João Moreira da Fonseca, tabelião. Outra de 30 de Outubro de 1740 aforamento e novo emprazamento em vidas que fez o referido convento a António Francisco Abraul e a Maria Francisca, da Gândara, passada por Domingos Pereira pimentel, tabelião. Outra escritura de 26 de Abril de 1743 de trespassação de prazo e desistência e aceitação entre o Convento e Manuel Lopes Gaspar, de Regueira de Pontes, passada por Domingos Pereira Pimental, tabelião. Outra de 23 de Março de 1816 de redução de foro e novo emprazamento em três vidas que faze o Convento a D. Joana Policena oe Vale Gamboa, passada por Luís Francisco de Almeida Vidal.
Aforamento de uma terra na Várzea do Vidigal, com foro de 750 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Domingos Francisco, do Vidigal, passado por João Moreira da Fonseca, tabelião.
Escritura de 120 000 reis a juro que deu Manuel Homem, de Leiria, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Manuel Rodrigues Neto, tabelião.
Contém escrituras diversas lavradas pelo notário José Gomes Pereira Coutinho.
Aforamento de umas casas de sobrado na Rua Direita de Leiria, com foro de 3500 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, ao Dr. Tomás da Fonseca Ferreira, de Leiria, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos.
Escritura de 25 000 reis a juro que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Isabel Dias, viúva, do lugar de Riba de Aves, Leiria, passada por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Distrate e quitação que deu Francisco de Sousa e Castro de São Paio de Arcos, de Braga, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Manuel Macedo Varela, tabelião.
Escritura de 200 000 reis a juro que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria ao Convento de Nossa Senhora da Piedade de Lamego, passada por Domingos de Carvalho, tabelião.
Obrigação de duas missas quotidianas para o todo o sempre que o Convento acordou pelas almas do Tenente General do Reino de Angola, Belchior Grácia de Gois e mulher Águeda Pereira para o que reservam 6000 mil cruzados a juro.
Escritura de emprazamento de fazendas no Casal da Candoso, com foro de 8 alqueires de trigo e 2 galinhas, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Bernardo Ferreira e mulher Maria Benta, do Carqueijal, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de uma terra no sitio da Candosa, com foro de 12 alqueires de trigo e 3 galinhas velhas e gordas ou 200 reis por cada uma delas, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel João e mulher Maria Teresa, do Tojal, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de uma terra no Casal da Candosa com foro de 2 alqueires e meio de trigo, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a José Rodrigues e mulher Maria de Jesus, da Fornaria de Alcandas, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de um arneiro, no sitio da Candosa, com foro de 2 alqueires de trigo e 3 frangos ou 40 reis por cada um deles, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel Carvalho e mulher Joana Maria, das Piedosas, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de fiança e hipoteca a um foro de 15 alqueires de trigo para o património do filho de António dos Santos Coelho, que fez Luis Coelho, de Porto de Mós ao Convento de São Domingos da Batalha, passado por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de fazendas do Casal da Candoso, sito na Ribeira de Baixo e um pedaço de mata, com foro de 7 alqueires de trigo, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Susana Maria, viúva, dos Moinhos de Reismeu (?), passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de doação que fez o Rei D. José ao Convento de São Domingos da Batalha da Bula Apostolica que a confirmou, passada por Domingos Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de um pedaço de mata, que fica n limite da Ribeira de Baixo, com foro de 400 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Luis José Ferreira, reverendo prior de São Pedro de Porto de Mós, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de um prazo no Vale do Sanguinho, limite das Garruchas, que consta de vinha com testada de mato e carvalhos, com foro de um alqueire de trigo e uma galinha, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a José Francisco e mulher Maria da Silva, das Garruchas, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento de uma vinha, chamada a Ponte do Couto com foro de 2400 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha, a Ana da Graça, solteira, da Batalha, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 600 000 reis que Manuel da Costa Barbosa emprestou ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Domingos Ventura, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 600 000 reis a juro que deu o Convento de Nossa Senhora da Graça de Lisboa, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento e novo emprazamento de um bocado de chão com casas, junto ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, com foro de 533 reis, que fez o referido Convento, a Ana Maria, viúva, do Moinho de Papel, passado por Manuel de Oliveira Freitas e Silva.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de cinco terras nos lugares de Canoeira e Azoia, com foro de um moio de trigo e outro de cevada, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Manuel da Silva, da Canoeira, passado por Manuel Abreu da Silva, tabelião.
Escritura de 200 000 reis a juro que deu António Leite, de Leiria, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria.
Aforamento de um pedaço de chão no sitio do Moinho do Papel, com foro de 700 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria a Felix Gomes da Quinta do Lagar d'El-Rei, Leiria, passado por Manuel de Oliveira de Freitas, tabelião.
Escritura de 50 000 reis a juro que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria a José Pereira e mulher Josefa da Conceição, do Sobral de Cima, passada por Manuel de Oliveira de Freitas, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de uma serrada no Bairro de Santo Agostinho de Leiria com foro de 200 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a João Ferreira, de Leiria, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de um pousio no lugar da Codiceira com foro de 500 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria a José de Sousa, de Alcogulhe, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento e emprazamento de um pedaço de terra junto à calçada que vai para a Igreja da Senhora da Encarnação com foro de 705 reis, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Mariana Pereira, mulher de Manuel Carreira, moradores no Bairro de Santo Agostinho, passado por Manuel de Oliveira Freitas e Silva.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 15 000 reis a juro que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Manuel José e mulher Maria Josefa e Bento José e mulher Quitéria Maria, todos da Brigieira, passada por Francisco Vieira da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Instituição de uma capela de missa quotidiana, no Convento de Santo Agostinho e três oitavários de missas perpétuas, que faz o cónego penitenciário, Manuel Ribeiro da Penha, da Baía, Brasil, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Domingos de Carvalho, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 300 000 reis a juro que deu o Colégio de Nossa Senhora do Pópulo de Braga, ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por Domingos de Carvalho, tabelião
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Composição e transacção de bens, que fizeram Domingos Henriques Pacheco e irmã Maria da Encarnação, que herdaram de sua mãe Catarina Henriques, passada por José Leitão de Figueiredo, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 60 000 reis a juro que deu o Convento de Santo Agostinho a Manuel João e mulher Josefa Maria, de Vale do Horto, passada por José António, tabelião.
Aforamento de uns moínhos e terra, que chamam a Nogueira limite de Leiria, com foro de 9000 reis que deu o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Matias Lopes Cardoso, Capitão de Leiria, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Escritura de 3 000 cruzados a juro que deu o Colégio de Nossa Senhora da Graça de Coimbra ao Convento de Santo Agostinho de Leiria.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Escritura de 3 000 cruzados a juro que deu a Irmandade de Nossa Senhora da Oliveira do Adro de São Julião, ao Convento de Maria da Ordem de Santo Agostinho, passada por Manuel Gomes de Carvalho, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Venda de quatro oliveiras no lugar da Codiceira, que fizeram Francisco Pires e mulher Antónia Lopes, ao Brogal, a Manuel Rebelo, de Leiria, passada por Manuel Gaspar.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de um olival com testada de mato e pinhal, no sitio do Landal, com foro de 600 reis, que fez Francisco Lopes da Silva, de Leiria a José Carvalho de Almeida e sua mulher, Maria Josefa, do Vidigal, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de uns moinhos e terras anexas, em Ribeira de Litém, com foro de vinte alqueires de trigo e dois alqueires de milho, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria a Manuel Gaspar e mulher Maria Lopes, dos Claros, Leiria, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Aforamento de uma terra no sitio da Palhaça, com foro de três alqueires de trigo, que fizeram António Francisco e mulher Maria Gameira, da Palhaça, Leiria ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passado por José António, tabelião.
Escritura de emprazamento de várias propriedades, com foro de 1000 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Luís António e mulher Maria Josefa, de São Jorge, de Porto de Mós, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de um pedaço de chão, no lugar da Rebolaria, com foro de 120 reis, que fez o Convento São Domingos da Batalha a João Francisco Carnide e mulher da Rebolaria, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento em fateusim de um olival, nos vales, da Faniqueira, com foro de 3 galinhas ou 240 reis por cada uma, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel de Figueiredo e mulher Cecilia Maria, da Faniqueira, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de aforamento de um talho de terra, no sitio do Brejo do Poço, limite da Faniqueira com foro de 300 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a António de Matos, Ferreiro, solteiro da Faniqueira, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de aforamento de uma propriedade que está no Arneiro, onde chamam O Feijoal, com foro de 120 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel Francisco, solteiro, da Faniqueira, passadapor Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de aforamento de um olival, junto onde o foreiro vive, com foro de 300 reis, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a João de Sousa, trabalhador, do Casal dos Vales, limite da Faniqueira, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de aforamento de um pedaço de chão com mato, junto à moita serrana, com foro de 960 reis e uma galinha, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a José de Sousa, dos Casais dos Ledos, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de um olival, chamado "O da Mata", no sitio dos Vales, limite da Faniqueira, com foro de uma galinha ou 240 reis por ela e um frango ou 40 reis por ele, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Inácio da Silva, solteiro, da Faniqueira, passada por Domingos de Sá Correia, tabelião.
Escritura de emprazamento de uma terra no sitio da Seixeira, termo de Porto de Mós, com foro de 2 galinhas e 2 frangos, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Manuel Jorge, sapateiro e mulher, dos Casais do Garridos, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Escritura de emprazamento em fateusim de um olival, no Casal da Faniqueira, com foro de 2 galinhas boas, que fez o Convento de São Domingos da Batalha a Micaela Maria, víuva da Manuel Francisco, do casal da Faniqueira, passada por Manuel Vieira de Azevedo, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Contém testamentos lavrados pelo notário Augusto Faustino dos Santos Crespo.
Aforamento de umas terras e matos no sitio da Bajouca, com foro de nove alqueires de milho, que fez o Convento de Santo Agostinho de Leiria, a Manuel Domingues e mulher da Bajouca de Cima, passado por Manuel de Abreu da Silva, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Ricardo Mariz Coelho.
Venda de uns talhos de mato sitos no Outeiro do Casal e uma terra, sita na Colheira, que fazem Manuel de Oliveira, dos Ferreiros, João Francisco, do Souto do Sirol de Baixo e Manuel Ferreira Neto, do Campo Amarelo ao Convento de Santo Agostinho de Leiria, passada por José António, tabelião.
Contém testamentos lavrados pelo notário Augusto Faustino dos Santos Crespo.