Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

33 records were found.

Documentos relativos ao Sínodo de 1987: alocução do bispo diocesano; nº 11 da agenda; c+opia de recomendação ao sínodo; cópia da ata da reunião da comissão permanente; ponto nº 10 da agenda - atividade social da Igreja - Escolas; cópia de circular do bispo; cópia do controlo do plano quinquenal; ponto nº 12 da agenda - procedimentos a adoptar como disciplina para administração; ponto nº 13 da agenda - "O novo despertar" relatório ao sínodo diocesano; relatório de atividades diocesanas no período compreendido entre os sínodos de 1986 e 1987; ponto nº 7 da agenda - aprovações do sínodo de 1987; ponto nº 7 da agenda - paróquia de S. Jerónimo e Igreja da Sagrada Família; relatório de atividades do departamento da juventude - DJIL; proposta do programa geral.
Mapas do movimento da Sociedade de Senhoras da igreja de S. João Evangelista com o registo da receita e da despesa.
Esboço da Fé Cristã, vulgarmente chamado catecismo: A natureza humana; Deus-Pai; A antiga Aliança; Os Dez mandamentos; Pecado e Redenção: Quem é o Messias; Deus-Filho: A Nova Aliança; Os Credos; Que é o ; Que é o ?; O Espírito Santo?; As Sagradas Escrituras; Que são so Apócrigos?; A Igreja; Qual a missão da Igreja; O Ministério; Oração e Culto; Os Sacramentos; O Batismo; A Eucaristia; Outros ritos sacramentais; A Eucaristia Cristã;
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 2 a 4 de dezembro de 1880 constitui a primeira ata da Igreja lusitana. Os assuntos tratados foram os Cânones da Igreja. Estiveram presentes Thomas Pope (presidente), Henrique Ribeiro, Cândido de Sousa (secretário), Diogo Cassels e Gregório Baudoin.
Relatório de atividades diocesanas no período compreendido entre os sínodos de 1987 e 1989.
O Sínodo é o órgão máximo da Igreja Lusitana que superintende todas as paróquias e missões. É convocado pelo Bispo que é a autoridade máxima da Igreja; é uma assembleia que reúne leigos e presbíteros.
Correspondência enviada ao Sínodo Diocesano: carta de José Pereira Martins ao Presidente do Sínodo Joaquim dos Santos Figueiredo sobre o divórcio; Conference the Lambeth - law of the divorce; pedido de carta de pregador licenciado a Alfredo de Carvalho; carta da Igreja do Redentor com pedido para pregador leigo; Cópia de carta de Frederic Flower ao Arcebispo de Armagh; cartas sobre o Primeiro Congresso da Igreja Lusitana; carta testemunhal de Ayres Serrano e Silva; requerimento de José dos Santos ao Sínodo para ser evangelista da Igreja de S. Pedro; requerimento de Júlio Gomes dos Santos para ser evangelista na Igreja do Salvador do Mundo; requerimento de Henrique Gama para ser pregador licenciado; requerimento de António Peres Júnior para ser evangelista na igreja do Salvador do Mundo; declaração formal de obediência canónica de John Mason Harden.
Convocatórias para reuniões do Sínodo da Igreja Lusitana.
Cópias de cartas de Joaquim dos Santos Figueiredo, presidente do Sínodo, sobre o memorial a enviar a Lambeth.
Joaquim dos Santos Figueiredo escreve a André Cassels com as suas razões para o não envio do memorial a Lambeth.
Joaquim dos Santos Figueiredo escreve carta a André Cassels sobre o memorial a enviar a Lambeth.
Carta de Joaquim dos Santos Figueiredo a Diogo Cassels sobre as suas discordâncias acerca do memorial a enviar a Lambeth.
Joaquim dos Santos Figueiredo escreve carta aos membros da Igreja Lusitana sobre convocação da Comissão Permanente.
Atas do Sínodo Diocesano da Igreja lusitana: eleições, regulamentos, relações institucionais, cânones.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 20 de dezembro de 1882: eleições, regulamento geral.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 4 de junho de 1883: eleições corpos gerentes, conselho dos bispos, Diogo Cassels eleito presbítero de Vila nova de Gaia, novo livro e Oração Comum.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 5 de novembro de 1897: esforços para que o reverendo Thomas Poppe fosse reconhecido bispo da Igreja Lusitana.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 27 de dezembro de 1884: eleições.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 29 de dezembro de 1898: candidatos às ordens sacras, transferência de imóveis para a empresa Pulvertaft.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 27 de novembro de 1893: determina-se oficialmente que o sínodo reúna uma vez por ano.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 8 de março de 1880: visita do bispo Riley a Portugal; organização da Igreja Episcopal Reformada em Portugal; eleições; regulamento geral da Igreja Lusitana.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 29 de junho de 1894: visita de um representante da igreja do Redentor no Porto, discussão em torno da necessidade da Igreja Lusitana ter um bispo.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 2 a 4 de dezembro de 1880: nomeações para a comissão permanente, cânones da Igreja.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 08 de março de 1892: Sociedade Auxiliadora de Londres, preparação da visita do arcebispo de Dublin, Lord Plunket.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 10 de maio de 1892: decisão de que os membros do sínodo serão os mesmos da comissão permanente.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 6 de dezembro de 1880: considerada extraordinária, devido a erros da anterior.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 28 de novembro de 1890: discussão sobre uma nova capela em Lisboa.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 2 de março de 1891: visita dos representantes da igreja do Bom Pastor em Vila Nova de Gaia.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 9 de janeiro de 1886: eleições, congregação de S. Pedro, Lord Plunket torna-se membro provisório do conselho de bispos.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 7 de dezembro de 1897: substituições nas congregações.
Ata do Sínodo da Igreja Lusitana de 28 de dezembro de 1889: abertura do colégio evangélico lusitano em Lisboa.