Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

377 records were found.

Fotografias do Encontro dos antigos alunos da Escola do Torne, realizado em 2012.
Em 11 de Novembro de 1957, o Sínodo Diocesano (de que António Ferreira Fiandor era presidente desde 1939) elege-o bispo da Igreja. Foi sagrado em 22 de JUnho de 1958, na Catedral de São Paulo, em Lisboa. Foram bispos sagrantes D. Plínio Simões (Igreja Episcopal BRasileira), Norman Nash (Igreja Episcopal dos EUA) e James McCann, da Igreja da Irlanda.
Francisco Venâncio de Oliveira nasceu a 4 de agosto de 1911. Antigo aluno do colégio de ensino primário anexo à igreja de S. Paulo (Lusitano), foi recebido em comunhão e ali preparado pelo reverendo Eduardo Moreira. Instituído diácono em 1954 pelo bispo do Minesota, Rev. Keeler, foi coadjutor em S. Paulo e depois nas paróquias do Espírito Santo e Cristo. Foi ordenado presbítero em Novembro de 1961 pelo bispo D. António Ferreira Fiandor e tornou-se coadjutor das paróquias do Salvador do Mundo e do Bom Pastor, em Vila Nova de Gaia. Para além de todo este labor, a partir de 1961, desempenhou o cargo de tesoureiro diocesano até final de 1985.
Fotografias de António Ferreira Fiandor que correspondem à sua adolescência, idade adulta e velhice, em diferentes momentos da sua vida pessoal e institucional.
Coleção de fotografias do arquivo fotográfico da Igreja Lusitana composta por fotografias da Igreja de Jesus (Lisboa), fotografias de D. António Ferreira Fiandor, galeria de ministros da Igreja Lusitana, fotografias do aniversário dos 115 anos da paróquia do Salvador do Mundo (Prado, Vila Nova de Gaia) e fotografias da sagração do Bispo D. Jorge de Pina Cabral. Collection of photographs from the photographic archive of the Lusitana Church composed of photographs of the Church of Jesus (Lisbon), photographs of D. António Ferreira Fiandor, gallery of ministers of the Lusitana Church, photographs of the 115th anniversary of the parish of Salvador do Mundo (Prado, Vila Nova de Gaia) and photographs of the consecration of Bishop D. Jorge de Pina Cabral.
Série composta por 35 fotografias de ministros da Igreja Lusitana, de várias paróquias. Archival Serie composed of 35 photographs by ministers of the Lusitanian Church, from various parishes.
Francisco Mário Varela da Silva era natural da freguesia da Sé - Porto onde nasceu em 30/11/1916. Profissão: técnico de contas Percurso religioso: - Ordenado diácono em 15/03/1964 - Foi nomeado Ministro auxiliar em 29/09/1989 - Foi ordenado presbítero em 11/10/1990 Exerceu funções na paróquia de S. João Evangelista, Vila Nova de Gaia, e na Missão de S. Tiago Apóstolo, Gondomar.
José Pereira Ferreira Martins nasceu na freguesia da Vitória da cidade do Porto. Percurso religioso: - Tornou-se pregador licenciado da Igreja Lusitana em 1903, estudante do curso teológico dirigido pelo Dr- John Harden (1903-1905) - Foi ordenado diácono em 1905 - Foi ordenado presbítero em 1910. Durante 5 anos foi ministro da Igreja Lusitana do Espírito Santo, em Setúbal, desde 1907 a 1952. Organizou e paroquiou a Igreja de Cristo Remidor em Alcácer do Sal, e igualmente a Missão dos Mártires da Fé, em Évora. Chegou a ser vereador da Câmara Municipal de Setúbal e procurador da antiga Junta Distrital de Lisboa. Foi um dos mensários dos jornais «A Luz e Verdade» do Porto, o «Bom Pastor» do Candal, e dirigiu desde 1905 a 1910 0 «Arauto Cristão» de Setúbal.
John Mason Harden nasceu na Irlanda e foi educado no Trinity College, em Dublin. Instalou-se em 1903 em Vila Nova de Gaia, Coimbrões, para reger o curso teológico do qual sairam alguns presbíteros da Igreja Lusitana como o reverendo Armando Pereira de Araújo, o reverendo António Ferreira Fiandor, o reverendo José Maria Leite Bonaparte, o reverendo Júlio Bento da Silva. Foi o primeiro ministro do Prado, em 1905-1907, sucedeu-lhe Leite Bonaparte até 1908. Quando regressou à Irlanda tornou-se Bispo de Tuam, Killala e Achonry entre entre 1927 e 1931.
Octávio Guedes Coelho nasceu a 10/11/1910 na Marinha Grande Habilitações literárias: - Licenciado em Teologia Reformada em 06/06/1956 Percurso religioso: - Foi confirmado em 24/03/1963, na paróquia de S. Paulo da Igreja Lusitana - Instituído Diácono em 21/04/1963 - Ordenado Presbítero em 04/08/1963 - Em 1963 tornou-se diácono da paróquia do Bom Pastor - Entre 1963/1967 foi pároco da paróquia do Espírito Santo - Entre 1971-1972 foi pároco da paróquia do Salvador do Mundo - Entre 1967/1974 foi pároco da paróquia do Bom Pastor - Em 1970 foi pároco paróquia de S. João Evangelista - Em 1984 tornou-se cónego da cátedral de S. Paulo, Arcipreste do Norte e Vigário-Geral
Frederic William Flower aderiu à Igreja Lusitana em 1894 como pregador licenciado, em 1901 tornou-se diácono e presbítero em 1910.
Percurso religioso: Júlio Bento da Silva aderiu à Igreja Lusitana em 1902 onde foi aluno do Curso Teológico do Dr. Harden, na Paróquia do Salvador do Mundo. Em 1907 foi instituído diácono, em 1911 foi ordenado presbítero da Congregação da Santíssima Trindade em Rio de Mouro, Sintra. Depois da Igreja de Jesus ser reconstituída como missão, reorganizando-se de novo como paróquia em 1909, então na Rua do Rato, ficou sob a liderança do Rev. Júlio Bento da Silva, que a dirigiu até à sua morte, em 1937.
Este acervo é composto por diversas publicações da Igreja Lusitana: História da Igreja Lusitana, Jubileu da Igreja Lusitana, Liturgia, Jubileu da Igreja Lusitana, Confirmações, Relatório do jornal "O Cristão Lusitano" e Relatórios gerais da Igreja Lusitana. Ecclesia. Trimestrário interprete do pensamento cristão orgânico. Orgão oficial da Igreja Lusitana, Católica, Apostólica, Evangélica. This collection consists of several publications by the Lusitanian Church: History of the Lusitanian Church, Jubilee of the Lusitanian Church, Liturgy, Jubilee of the Lusitanian Church, Confirmations, Report of the newspaper "O Cristão Lusitano" and General reports of the Lusitanian Church. Ecclesia. Quarterly interpreter of organic Christian thought. Official body of the Lusitanian, Catholic, Apostolic, Evangelical Church.
Discurso de abertura das comemorações do aniversário da paróquia do Salvador do Mundo, proferido pelo reverendo Sérgio Alves.
Discurso de abertura das comemorações dos 115 anos da paróquia do Salvador do MUndo (Prado), pelo presidente da câmara de Vila Nova de Gaia Eduardo Vítor Rodrigues.
Fotografia de António Ferreira Fiandor tirada por Miss Doris Bushby à porta da igreja do Bom Pastor, no domingo, 14 de Junho de 1953, na reunião fraternal da Igreja Lusitana no norte.
Discurso do vereador da Cultura, da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Delfim Sousa na apresentação o livro sobre a Igreja e Escola do Prado.
Fotografia de António Ferreira Fiandor oferecida por Noémia Ferreira Moreira com dedicatória: "ofereço ao reverendíssimo bispo da Igreja Lusitana como prova de amizede e carinho. Noémia Ferreira Moreira. No domingo das confirmações na Igreja do Redentor - Porto.
Áreas geográficas e topónimos: Prado (lugar, Vila Nova de Gaia, Portugal) • Assuntos: Aniversário.
Áreas geográficas e topónimos: Prado (lugar, Vila Nova de Gaia, Portugal) • Assuntos: Aniversário.
Coleção de fotografias de D. António Ferreira Fiandor que fazem parte do Arquivo Fotográfico da Igreja Lusitana.
Áreas geográficas e topónimos: Prado (lugar, Vila Nova de Gaia, Portugal) • Assuntos: Aniversário.
José Nunes Chaves (1828-1893) era um ex-padre católico que abjurara em 1876 e ex-capelão da igreja da colónia italiana do Loreto. Nesse mesmo ano funda a Missão Episcopal, na Rua de S. Marçal, em Lisboa. Foi também o fundador em 1877 da Igreja de Jesus, em Lisboa. Em 1889 deixa a Igreja Lusitana e ingressa na Presbiteriana. Joaquim dos Santos Figueiredo, ex-sacerdote católico, tornou-se pastor da igreja presbiteriana de Lisboa, substituindo o Rev. José Nunes Chaves.
João Joaquim da Costa e Almeida aderiu à Igreja Lusitana em Novembro de 1879, abjurara a Igreja Católica Romana em 1870 onde era presbítero e foi o fundador e ministro da Congregação da Santíssima Trindade. Faleceu a 4 de Novembro de 1897.
Cândido Joaquim de Sousa nasceu no Porto, em Março de 1855. Conheceu o Evangelho na Igreja Metodista e foi professor numa das escolas desta comunhão. Em 1877 veio do Porto para Lisboa e, ao mesmo tempo que exercia o lugar de professor do Colégio Evangélico Lusitano, recebia lições de teologia do reverendo Thomas Godfrey Pope. Foi ordenado em 1880, sendo colocado na Igreja Lusitana de S. Paulo com oseu presbítero. Mais tarde foi nomeado ministro da igreja de S. Pedro, no Largo das Taipas. Quando faleceu o cónego Pope em 1902, o Sínodo Diocesano elegeu-o seu Presidente. Dirigiu o jornal "O Evangelista", órgão da Igreja Lusitana. Faleceu em 1905.
Augusto Ferreira Torres nasceu em Lisboa em 1863. Aos 10 anos era um dos assíduos ouvintes na Congregação, de que era pastor o bispo D. Angel Herreros de Mora. Recebeu lições bíblicas e de Hermenêutica Sagrada, não só do reverendo Mora, mas também do reverendo José Nunes Chaves. Em 1881 pregou o seu primeiro sermão na Igreja Lusitana de S. Paulo, da qual era ministro o reverendo Cândido Joaquim de Sousa. Foi instituído diácono em 1889 e seria ordenado presbítero em 1892. Também foi professor do Colégio Evangélico Lusitano de S. Paulo, ajudava o reverendo Cândido como evangelista e recebeu as ordens de presbítero em 1892. Quando o reverendo Cândido Sousa foi pastorear a Igreja Evangélica de S. Pedro, o Sínodo nomeou o reverendo Torres ministro da Igreja Lusitana de S. Paulo. Colaborou no jornal "A Reforma" e foi redator do jornal "O Evangelista", sendo os seus artigos muitos apreciados. Faleceu no ano de 1898.
Josué Ferreira de Sousa foi instituído leitor em 1899 e ordenado diácono no mesmo ano. Em 1895 foi ordenado presbítero.
António Pinto Ribeiro Júnior foi instituído pregador liceniado em 1927, ordenado diácono em 1933 e presbítero em 1935. Estudou no Curso Teológico de Madrid.
Nasceu em Vila Franca de Xira em 1908. Em 1932 após estudos em Lisboa, licenciou-se em Medicina. No ano de 1948 ingressa na Igreja Lusitana como pregador licenciado, é instituído diácono na Catedral de S. Paulo, pelo Arcebispo de Armagh em 1949 e a 8 de Outubro de 1950 é ordenado presbítero. Foi Bispo da Igreja Lusitana entre 1962 e 1981.
Esta edição da Liturgia da Igreja Lusitana foi publicada na Festa de S. Pedro e S. Paulo a 29 de Junho de 1991, no bispado de D. Fernando da Luz Soares e é composta por: - Calendário e instruções gerais; - Ofícios; - Santa Eucarístia; - Próprias do Tempo; - Baptismo de crianças; - Confirmação; - Baptismo e confirmação de adultos; - Casamento; - Ministério aos enfermos; - Ritos fúnebres; - Salmos.