Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

444 records were found.

VII Passeio de Confraternização. Visita à Fábrica Oliva, concelho de S. João da Madeira, distrito de Aveiro.
VI Passeio de Confraternização. Pinheiro Manso, Vale de Cambra, Distrito de Aveiro.
V Passeio de Confraternização. Visita à Fábrica de Fiação e Tecidos da Caldeiroa, concelho de Guimarães, distrito de Braga.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
V Passeio de Confraternização. Almoço na Penha, concelho de Guimarães, distrito de Braga.
Partida para um passeio junto à Fábrica da Boémia.
V Passeio de Confraternização. Almoço na Penha, concelho de Guimarães, distrito de Braga.
VII Passeio de Confraternização. Visita à Fábrica Oliva, concelho de S. João da Madeira, distrito de Aveiro.
VI Passeio de Confraternização. Pinheiro Manso, Vale de Cambra, Distrito de Aveiro.
V Passeio de Confraternização. Almoço na Penha, concelho de Guimarães, distrito de Braga.
VI Passeio de Confraternização. Pinheiro Manso, Vale de Cambra, Distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
VI Passeio de Confraternização. Pinheiro Manso, Vale de Cambra, Distrito de Aveiro.
V Passeio de Confraternização. Almoço na Penha, concelho de Guimarães, distrito de Braga.
Moinho de mandíbulas produzido no Centro Vulcano.
Tambor de torrar mandioca produzido no Centro Vulcano.
Tambor de torrar mandioca produzido no Centro Vulcano.
Moinho de uvas produzido no Centro Vulcano.
Moinho de mandíbulas produzido no Centro Vulcano.
Moinho de uvas produzido no Centro Vulcano.
Moinho de uvas produzido no Centro Vulcano.
Tambor de torrar mandioca produzido no Centro Vulcano.
Máquina de fabrico da palha de madeira para embalar os vidros, produzida no Centro Vulcano.
Torno mecânico produzido no Centro Vulcano.
Máquinas de lapidar vidro produzidas no Centro Vulcano.
Furadora radial produzida no Centro Vulcano.
Furadora radial produzida no Centro Vulcano.
Prensa produzida no Centro Vulcano.
Furadora radial produzida no Centro Vulcano.
Furadora radial produzida no Centro Vulcano.
Prensa para lagares produzida no Centro Vulcano.
Máquina de triturar plástico produzida no Centro Vulcano.
Máquina de triturar plástico produzida no Centro Vulcano.
Exposição de peças de vidro produzidas pelo Centro Vidreiro.
Máquina de lapidar produzida no Centro Vulcano.
Molde para vidro produzido no Centro Vulcano.
Máquina manual de injeção de plástico produzida no Centro Vulcano.
Balancé produzido no Centro Vulcano.
Torno produzido no Centro Vulcano.
Torno mecânico produzido no Centro Vulcano.
Moinho de uvas produzido no Centro Vulcano.
Torno mecânico produzido no Centro Vulcano.
Máquina manual de injeção de plástico produzida no Centro Vulcano.
Balancé produzido pelo Centro Vulcano.
Máquina de triturar plástico produzida no Centro Vulcano.
Máquina de fabrico da palha de madeira para embalar os vidros, produzida no Centro Vulcano.
Sala de exposições onde os clientes podiam ver as peças produzidas pelo Centro Vidreiro.
Inauguração da Exposição Internacional de Vidro Manual, em 1972, na Fundação Gulbenkian. A exposição reúne as peças participantes num concurso internacional de design. O evento contou com a presença do Presidente da República Américo Tomás, dirigentes do Grémio Nacional de Indústria Vidreira, presidente da Fundação Gulbenkian, secretários de Estado, membros do corpo diplomático, artistas plásticos e industriais ligados ao setor.
Inauguração da Exposição Internacional de Vidro Manual, em 1972, na Fundação Gulbenkian. A exposição reúne as peças participantes num concurso internacional de design. O evento contou com a presença do Presidente da República Américo Tomás, dirigentes do Grémio Nacional de Indústria Vidreira, presidente da Fundação Gulbenkian, secretários de Estado, membros do corpo diplomático, artistas plásticos e industriais ligados ao setor.
Palestra na Fundação Gulbenkian no âmbito da inauguração da Exposição Internacional de Vidro Manual.
Refeitório da Fábrica de La Salette
VI Passeio de Confraternização. Pinheiro Manso, Vale de Cambra, Distrito de Aveiro.
V Passeio de Confraternização. Visita ao Santuário do Bom Jesus de Braga.
VII Passeio de Confraternização. Visita ao Castelo da Feira, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro.
Exposição que decorreu em Lisboa e onde esteve representado o Centro Vidreiro.
Visita da Associação Cultural Amigos do Porto.
Visita da Associação Cultural Amigos do Porto.
Visita da Associação Cultural Amigos do Porto.
Visita da Associação Cultural Amigos do Porto.
Visita da Associação Cultural Amigos do Porto.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria.
Visita do Subsecretário de Estado da Indústria