Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for portimão and 1,690 records were found.

A mãe era solteira aquando do seu nascimento. El-rei o mandou pelos doutores Fernão Rodrigues, adaião de Coimbra, e Gonçalo de Azevedo, ambos de seu Conselho e Desembargo e seus desembargadores do Paço. Gaspar Fernandes por Francisco Dias a fez.
A mãe era solteira aquando do seu nascimento. El-rei o mandou pelos doutores Fernão Rodrigues, adaião de Coimbra e Gonçalo de Azevedo, ambos do seu Conselho e Desembargo e seus desembargadores do Paço. Gaspar Fernandes por Francisco Dias a fez.
A mãe era solteira aquando do seu nascimento. El-rei o mandou pelos doutores Fernão Rodrigues, adaião de Coimbra, e Gonçalo de Azevedo, ambos do seu Conselho e Desembargo e seus desembargadores do Paço. Gaspar Fernandes por Francisco Dias a fez.
Substitui nesse ofício Gonçalo Fernandes, falecido. El-rei o mandou por dom Martinho de Castelbranco, do seu conselho e vedor da fazenda. Diogo Vaz a fez.
El-rei o mandou pelo doutor Rui Boto, do seu conselho e chanceler-mor do reino. Álvaro Dias a fez.
El-rei o mandou pelo doutor Rui Boto, do seu conselho e chanceler-mor do reino. António Gomes a fez.
Os procuradores apresentam capítulos levados às cortes de Lisboa. Álvaro Fernandes a fez.
Contém ofícios recebidos e expedidos entre o Chefe de Secretaria da Presidência do Conselho e o Governador Civil do Distrito de Faro relativos aos terrenos necessários para a abertura das ruas e da praça no referido Bairro.
Contém ofícios recebidos e expedidos entre o Chefe de Gabinete da Presidência do Conselho e o Chefe de Gabinete do Ministro das Comunicações.
Apresenta o conteúdo dos maços 1 a 14. Contém uma breve descrição de cada documento contendo os seguintes dados: tipologia documental, autor, destinatário, assunto e ano.
Agente em Lisboa: E. Pinto Basto & C.ª. Estas relações contêm informações sobre: o número de passaportes, número e nome dos passageiros, nacionalidade, profissões, idade, estado civil, local de embarque, destino e títulos que os legitimam. Assinadas pelo agente Pinto Basto. A relação da entrada em Lisboa é assinada pelo capitão. A primeira lista foi feita num modelo impresso diferente das restantes, encontrando-se o nome da companhia de navegação riscado (The Pacific Steam Navigation Company).
Agente em Lisboa: E. Pinto Basto & Co. A relação do passageiros desembarcados no porto de Lisboa contém informações sobre: número e nome dos passageiros, nacionalidade, local de embarque e observações. Assina o comandante Drummond. Esta relação contém informações sobre: número de passaportes, número e nome dos passageiros, nacionalidade, idade, estado civil, local de desembarque e títulos que os legitimam. Assina o agente.
332 rs. e pelo que, em contentamento lhe doava, em dias de sua vida e de um filho, as seguintes rendas e direitos: A dízima do pescado de Alhandra e Alverca; o reguengo da coutada de Torres Vedras; a portagem da feira de S. Pedro - tiradas as despesas que se haviam de pagar à Casa da Renda, a portagem da feira de São Sebastião e o trigo, o vinho e a cevada das terras do Condado, tudo assim e pela maneira que a el-rei e à coroa do reino pertenciam. E mais haveria a dízima nova do pescado de Sines e de Milfontes, e o que estas rendas mais valessem além do que montava da judiaria de Coimbra. E quanto às rendas de Torres Vedras, que houvera em satisfação de certos direitos reais que tinha em Elvas, no conto da satisfação das ditas judiarias, que don Martinho deixara para el-rei as dar a Rui de Melo. E porquanto, também a requerimento del-rei, deixara a dízima de Sines e Milfontes para el-rei as dar a dom Vasco da Gama, sendo 60.000 rs. o preço que se achara que valiam, em satisfação lhe daria, desde o primeiro de Janeiro de 1500 em diante, a renda das madeiras e cortiça, segundo se arrecadava na portagem de Lisboa. A qual lhe dava em preço e quantia de 80.000 rs, que razoadamente valeria cada ano, e para cumprimento da qual deixara dom Martinho uma tença de 20.000 rs. graciosos, que tinha e el-rei aprouve meter no conto. E se tudo mais valesse seria para dom Martinho e para um seu filho, e se menos valesse, não seria el-rei obrigado a lho compor. Gaspar Rodrigues a fez.
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós maternos do justificante, para se ordenar de ordens menores. Naturalidade do justificante: Portimão Filiação: Domingos Moreira Forte e Maria das Candeias Naturalidade do pai: Portimão Naturalidade da mãe: Vila Nova de Milfontes (Odemira) Avós paternos: André Nunes Moreira e Isabel Carvalho Naturalidade do avô paterno: Lagos Naturalidade da avó paterna: Portimão Avós maternos: António Afonso Cota e Catarina Estaço Naturais: Vila Nova de Milfontes (Odemira)
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós paternos do justificante, para se ordenar de ordens menores e sacras. Naturalidade do justificante: Portimão Filiação: Francisco Gonçalves Rocha e Maria Jaques Naturalidade do pai: Serpa Naturalidade da mãe: Portimão Avós paternos: Francisco Gonçalves Rocha e António de Oliveira Naturais: Serpa Avós maternos: Manuel Jaques de Paiva e Isabel Fernandes Naturais: Portimão
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do avô materno do justificante, para se ordenar. Naturalidade do justificante: Portimão Filiação: António Luís Pargana e e Constança Pereira Naturais: Portimão Avós paternos: António Fernandes e Brázia Fernandes Naturais: Portimão Avós maternos: André Gonçalves e Leonor da Cruz Naturalidade do avô materno: Melides (Santiago do Cacém) Naturalidade da avó materna: Lagos
Estatuto social: cristã-velha Idade: 42 anos Crime/Acusação: bigamia Naturalidade: Portimão Morada: Portimão Pai: Manuel Dias Calafate, cristão-velho Mãe: Domingos Dias, cristã-velho Estado civil: casado Cônjuge: João Gonçalves, cristão-velho, marinheiro Data da prisão: 17/11/1615 Sentença: auto-da-fé de 12/02/1617. Abjuração de leve, degredo para fora de Portimão, por três anos, penitências espirituais, pagamento de custas. A ré casou a segunda vez com João Gonçalves, moleiro.
Estatuto Social: Mareante Crime/Acusação: Judaísmo,hereisa e apostasia Naturalidade: Vila Nova de Portimão Morada: Vila Nova de Portimão Pai: Afonso Fernandes Mãe: Branca Rodrigues Estado Civil: Casado Nome do Cônjuge: Maria Gonçalves Data da Prisão: 09/05/1592 Data do Auto de Fé: 31/05/1592 Outros Dados: CONTRA ELE FORAM EXTRAÍDAS CULPAS DOS PROCESSOS DE SUAS PRIMAS.EM 1592-08-31,FOI MANDADO PARA PORTIMÃO DEPOIS DE LHE TER SIDO TIRADO O HÁBITO PENITENCIAL
Crime/Acusação: Judaísmo,heresia e apostasia Naturalidade: Vila Nova de Portimão Morada: Vila Nova de Portimão Pai: Mestre Lopo Mãe: Violante Lopes Estado Civil: Viúvo Nome do Cônjuge: João Lopes,Mercador Data da Prisão: 25/03/1586 Data do Auto de Fé: 02/08/1587 Outros Dados: O PAI DA RÉ ERA CIRURGIÃO.NEGOU CULPAS,DECLARANDO TER SIDO SEMPRE BOA CRISTÃ.POR ISSO,FOI ATORMENTADA EM 1587-05-27.EM 1587-11-04,FOI MANDADA EM PAZ PARA PORTIMÃO,SOB CONDIÇÃO DE NÃO SAIR DO REINO SEM LICENÇA DA INQUISIÇÃO.
Crime/Acusação: Judaísmo,heresia e apostasia Naturalidade: Portimão Morada: Portimão Pai: Pedro Fernandes Mãe: Graça Lopes Estado Civil: Solteiro Data da Prisão: 09/05/1592 Data da Sentença: 12/06/1594 Data do Auto de Fé: 12/06/1594 Outros Dados: CONTRA ELA FORAM EXTRAÍDAS CULPAS DOS PROCESSOS DE SEU PAI,DE SUAS IRMÃS,ETC.EM 1594-08-11,FOI MANDADA PARA PORTIMÃO ACABAR DE CUMPRIR A PENITÊNCIA.EM 1604-04-28,FOI MANDADA EM PAZ,SOB CONDIÇÃO DE NÃO SAIR DO REINO SEM LICENÇA DA INQUISIÇÃO. M.M.C.
Crime/Acusação: Judaísmo; Heresia; Apostasia Naturalidade: Portimão Morada: Portimão Pai: Pero Fernandes, o Branco Mãe: Grácia Lopes Estado Civil: Solteiro Data da Prisão: 09/05/1592 Data do Auto de Fé: 12/06/1594 Outros Dados: ENTRE OS DENUNCIANTES DA RÉ, CONTAM-SE OS PAIS E VÁRIOS PARENTES; APRESENTOU ARTIGOS DE DEFESA E CONTRADITAS; FOI MANDADA SAIR DE ÉVORA EM 1594-08-11, PARA IR ACABAR DE CUMPRIR A PENITÊNCIA EM PORTIMÃO; M.M.C. E UMA PARTE TRUNCADA.
Crime/Acusação: Apostasia,heresia e judaísmo Naturalidade: Vila Nova de Portimão Morada: Vila Nova de Portimão Pai: Àlvares Dias Mãe: Graça Gonçalves Estado Civil: Casado Nome do Cônjuge: Miguel Gomes -Sirgueiro Data da Prisão: 16/07/1589 Data do Auto de Fé: 31/03/1591 Outros Dados: NEGOU AS CULPAS SENDO,POR TAL MOTIVO,SENTENCIADA A TORMENTO,O QUAL SOFREU POR 2 VEZES,EM 1591-06-19,FOI MANDADA PARA PORTIMÃO ACABAR DE CUMPRIR A PENITÊNCIA,SOB CONDIÇÃO D NÃO SE AUSENTAR SEM LICENÇA DA INQUISIÇÃO
Processo deJosé Joaquim Castão Farto, natural de Portimão, filho de Alexandre Lopes Farto e de Ana Gertrudes Peregrina do Céu. Ordens menores 1777; subdiácono 1781.
A Igreja matriz, ou Igreja do Divino Salvador, de Alvor, está classificada como imóvel de interesse público. Alvor é uma freguesia portuguesa do concelho de Portimão.