Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for ameixial and 447 records were found.

Nome do requerente: Malaquias José Cóias Estado: casado com Maria Cecília Tanganha Filiação: José Henriques Cóias e Joaquina da Conceição Naturalidade: freguesia de S. Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 30 de maio de 1905
Nome do requerente: José Francisco Pina Estado: casado com Rita da Graça Frade Filiação: Joaquim José Pina e Veríssima Margarida Calado Naturalidade: freguesia de S. Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 16 de dezembro de 1913
Nome do requerente: Italino da Conceição Cruz Estado: solteiro Filiação: Narciso da Cruz e Catarina de Jesus Cruz Naturalidade: freguesia de Santa Vitória do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 14 de outubro de 1912
Constam inquirições "de genere" que se fizeram nas freguesias do Canal, de São Bento do Ameixial e de Santa Vitória do Ameixial, todas do termo de Estremoz, na vila de Loulé e na cidade de Lagos, ambas do Bispado de Faro, e na inquirições "vita et moribus" que se fizeram na vila de Estremoz, por comissões e requisitória do Dr. José Cardoso Gião, provisor das justificações “de genere” do Arcebispado de Évora.
É inventariado Manuel António, que foi casado em 1.ª núpcias com Maria José ou Maria Gonçalves e em 2.ª núpcias com a inventariante Francisca da Conceição, genro de José Guerreiro, do sítio da Medronheira, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Contém em apenso os autos de inventário orfanológico (Processo do cartório do 5.º ofício/1890), em que é inventariado José Guerreiro, que foi casado com a inventariante Maria José, sogro de Manuel António, do sítio da Medronheira, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé.
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós maternos do habilitando, para ser promovido a ordens menores e sacras. Naturalidade do habilitando: Loulé, freguesia de Santo António do Ameixial Filiação: Antão Fernandes Palma, capitão, e Margarida Fernandes Naturais: Loulé, freguesia de Santo António do Ameixial Avós maternos: Silvestre Gonçalves e Catarina Fernandes Naturalidade do avô materno: Padrões, freguesia de Nossa Senhora da Graça Naturalidade da avó materna: Almodôvar, freguesia de Santa Cruz
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós maternos do habilitando, para ser promovido a ordens menores e sacras. Naturalidade do habilitando: Loulé, freguesia de Santo António do Ameixial Filiação: Antão Fernandes Palma, capitão, e Margarida Fernandes Naturais: Loulé, freguesia de Santo António do Ameixial Avós maternos: Silvestre Gonçalves e Catarina Fernandes Naturais: Padrões, freguesia de Nossa Senhora da Graça
Inventariado(a): José António Morada: Cerca, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 18-11-1849 Inventariante e cabeça de casal: Gertrudes Magna, viúva do inventariado Morada: Cerca, freguesia de São Bento do Ameixial Filhos: Maria Olimpia, solteira, de 22 anos Joana Augusta, de 18 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Joana do Carmo Morada: Monte dos Alfaiates, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 16-08-1848 Inventariante e cabeça de casal: Isaías José, viúvo da inventariada Morada: Monte dos Alfaiates, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos menores: Manuel de Jesus Maria Carolina Inácia Elisia da Conceição Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens da falecida e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): José Pires, viúvo de Maria da Cruz Morada: freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 16-03-1849 Inventariante e cabeça de casal: Antónia Rosa, filha do inventariado Morada: freguesia de São Bento do Ameixial Filhos: Antónia Rosa, de 27 anos Joana Maria, de 21 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos.
Autos cíveis de inventário e partilha amigável dos bens do casal da inventariada Custódia de Jesus, moradora que foi na freguesia de São Bento do Ameixial, que entre si fizeram os herdeiros dos mesmos. Contém o mapa de partilha dos mesmos. Inventariada: Custódia de Jesus Herdeiros: Valentim da Costa, marido da inventariada, morador na freguesia de São Bento do Ameixial Silvestre José da Costa, filho da inventariada, casado com Ana Vitória Alexandrina de Jesus, filha da inventariada, casada com José Joaquim de Mira
Inventariado(a): Maria de Jesus Morada: Horta das Lameiras, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 30-10-1848 Inventariante e cabeça de casal: João Silvestre Pernes, viúvo da inventariada, hortelão Morada: Horta das Lameiras, freguesia de São Bento do Ameixial Filhos: António Maria, solteiro, de 25 anos Antónia Vitorina, solteira, de 20 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens da falecida e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Francisca de Jesus Morada: Formosilho Grande, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 02-8-1845 Inventariante e cabeça de casal: José Joaquim Grilo, viúvo da inventariada Morada: Formosilho Grande, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Vitória, de 23 anos Joaquina, de 15 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens da inventariada e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Maria Filipina Morada: Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: agosto de 1851 Inventariante e cabeça de casal: José Joaquim Rosado, viúvo da inventariada Morada: Formosinho Grande, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Florinda, de 20 anos Bernarda, de 19 anos José, de 17 anos Contém, entre outros documentos, o inventário de descrição e avaliação dos bens da inventariada e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Angélica da Conceição (2ª mulher do cabeça de casal) Morada: Monte do Formosilho Grande, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 10-11-1851 Inventariante e cabeça de casal: José Joaquim Grilo, viúvo da inventariada Morada: Monte do Formosilho, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Catarina, de 8 anos Contém, entre outros documentos, o inventário de descrição e avaliação dos bens da inventariada e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventário e partilhas amigáveis que entre si fizeram a mãe da inventariada e os primos e herdeiros universais do inventariado. Inventariados: José Lopes e sua mulher Vitória da Encarnação Moradores: Herdade da Torre do Bacoro, sita na freguesia de São Bento do Ameixial Testamentos: sem testamentos Data do óbito do inventariado: 23-08-1846 Data do óbito da inventariada: 09-10-1846 Filhos: não deixaram descendência Inventariante e cabeça de casal: Maria de Jesus, mãe da inventariada, viúva de Manuel da Mota Morada: Herdade da Torre do Bacoro, sita na freguesia de São Bento do Ameixial Interessados: 1º - Filhos de Laureana Maria, casada com Manuel da Costa, tia do inventariado: Joaquim da Costa, casado com Bernardina de Jesus, moradores na Herdade do Malpique Valentim da Costa, casado com Custódia de Jesus, moradores na Horta Nova, sita na freguesia de São Bento do Ameixial. 2º - Filhos de Nicolau José Vieira, já falecido, tio do inventariado: José Vieira, morador na Herdade do Monte da Vinha, sito na freguesia de Santa Vitória do Ameixial; Martinho José Vieira, morador na Herdade do Monte da Vinha, sito na freguesia de Santa Vitória do Ameixial
Contém: Petição, rol de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos justificantes, mandado de diligências. Filiação do contraente: filho de José Francisco e de Isabel Borralho Filiação da contraente: filha de João dos Santos e de Maria da Trindade
000 reais. Inserida a carta confirmada, feita em Estremoz, a 4 de Outubro de 1499, por João Martins, escudeiro do conde de Borba e público tabelião nessa vila, na presença de Rui Varela, escudeiro do rei, sesmeiro e de várias testemunhas no diploma referidas, depois da terra ter sido apregoada por Rui Gonçalves, porteiro, e de ninguém ver embargo algum dos éditos feitos na vila de Evoramonte (a 26 de Setembro de 1499, por Pascoal Martins, tabelião do lugar) e de Sousel (a 19 de Setembro de 1499, por Pero Fernandes, tabelião do lugar). El-rei o mandou por D. Pedro de Castro, do seu conselho e vedor da Fazenda. Luís Vaz a fez.
Contém: Petição,rol de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos justificantes, mandado de diligências, termo de Caução.... Filiação do contraente: filho de João Martins Leal e de Rosa Maria Filiação da contraente: filha de Fernando Martins Casco e de Maria Alvares Declaram ser primos em 2º e 3º graus Tipologia e suporte: papel e pergaminho
Proveniência: Bispado do Algarve Assunto: Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós paternos do justificante. Para ordens menores. Naturalidade do justificante: Lisboa Filiação: Jerónimo de Oliveira e Maria do Ó Naturalidade do pai: Serpa Naturalidade da mãe: São Bento do Ameixial A mãe era irmã de Manuel Rodrigues Galhardo, pai do padre Manuel Rodrigues, capelão das freiras de Santa Catarina Avós paternos: João Peres Musico e Engrácia de Oliveira (Grácia de Oliveira) Naturalidade do avô paterno: Serpa Naturalidade da avó paterna: Évora Avós maternos: Fernão Rodrigues, o "Galhardo" de alcunha (ou Fernando Rodrigues) e Ascensa Fernandes Naturais: São Bento do Ameixial
Proveniência: Bispado do Algarve Assunto: Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do avô paterno e da avó materna do justificante, para se ordenar de ordens menores. Naturalidade do justificante: Loulé Filiação: Domingos Dias e Isabel Baptista Naturalidade do pai: Ameixial (Loulé) Naturalidade da mãe: Loulé Avós paternos: Diogo Dias e Catarina Fernandes Naturalidade do avô paterno: Almodôvar Naturalidade da avó paterna: Ameixial (Loulé) Avós maternos: Manuel Rodrigues e Jacinta Martins Naturalidade do avô materno: Loulé Naturalidade da avó materna: Alcaria Ruiva (Mértola)
Proveniência: Patriarcado de Lisboa Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do habilitando, para ser promovido a ordens menores e sacras. Contém as inquirições “de genere” e as certidões de batismo do habilitando e dos avós paternos. Naturalidade do habilitando: Galveias Filiação: Manuel Nunes e Ana Josefa Carreiras Naturais: Estremoz, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Avós paternos: Manuel Nunes e Vitória da Conceição Naturalidade do avô paterno: Estremoz, freguesia de São Bento de Ana Loura Naturalidade da avó paterna: Estremoz, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Avós maternos: António Carreiras e Rosa Maria Naturais: Crato, freguesia da Flor da Rosa
Dispensa Matrimonial de Manuel Leandro e Isabel de Jesus, naturais da freguesia de Nª SRª da Encarnação do Vidigão, termo de Arraiolos. Filiação do nubente: filho de Zacarias José e de Liberata da Encarnação, naturais da freguesia de Santa Vitória do Ameixial, termo de Estremoz Filiação da nubente: filha de pai incógnito e filho natural de Leocádia da Conceição, natural da freguesia de Santa Vitória do Ameixial, termo de Estremoz Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Inventariado(a): José Vieira, solteiro Morada: Monte da Vinha, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: Inventariante e cabeça de casal: Martinho José Vieria, irmão do inventariado Morada: Monte da Vinha, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Herdeiros: Martinho José Vieira, solteiro, morador no Monte da Vinha, irmão do falecido Maria Joana, casada com Francisco Maria Maduro, moradores na Herdade da Defesa do Gato, freguesia do Vidigão, filha de Joana de Jesus, irmã do inventariado Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Maria Joaquina Morada: Monte dos Alfaiates, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 04-01-1860 Inventariante e cabeça de casal: João António Duro, lavrador, viúvo da inventariada Morada: Monte dos Alfaiates, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Francisco António, de 3 anos Catarina Joaquina, de 2 anos Joaquim Gomes, de 3 meses de idade Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens da inventariada, o mapa de partilha dos mesmos, uns autos cíveis de petição dos credores do casal inventariado para deliberação sobre as dívidas do mesmo, e certificados do registo predial e hipotecário de propriedades pertencentes aos menores.
Processo de passaporte para a América do Norte de Manuel António Rita, natural da freguesia de Ameixial, concelho de Loulé, filho de António Rita e de Maria Angelina, levando em sua companhia sua mulher e sua filha. Contém termo de identidade, certidões de batismo, de casamento, certificados de registo criminal e caderneta militar.
É autor José de Aragão Barros, residente em Olhão e réus Augusto Firmino Teixeira, residente no sítio do Ameixial, concelho e comarca de Loulé e Manuel Gomes Sosa, residente em Olhão, todos comerciantes. Diz respeito ao pagamento de uma letra, protestada por falta de pagamento. Contém um apenso.
É exequente o Banco Espírito Santo e Comercial de Lisboa, sociedade anónima de responsabilidade limitada, com sede em Lisboa e executados Manuel Gomes Sosa, comissionista e sua mulher Maria Silvestre Castanho Ribeiro Gimenez Gomes, residentes no Ameixial, comarca de Loulé. Diz respeito ao pagamento de uma livrança em dívida.
É exequente Joaquim António Patinha Júnior, comerciante, residente em Olhão e executados Manuel Gomes Sosa, comerciante e sua mulher Maria Silvestre Castanho Ribeiro Gimenez Gomes, residentes no Ameixial, comarca de Loulé. Diz respeito ao pagamento de uma dívida, resultante de um empréstimo feito aos executados, com hipoteca de um prédio. Contém um apenso
É autor o Ministério Público, réu António João, também conhecido por António João Rodrigues, solteiro, proprietário e queixoso José Francisco, proprietário, como representante legal de sua filha menor Maria José, pelo crime de estupro, cometido na pessoa de sua filha, todos residentes no sítio da Pereirinha, freguesia de Ameixial, concelho de Loulé. Contém um apenso.
É autor o Ministério Público, queixosa Maria Gonçalves, viúva e transgressor Manuel António, por transgressão do Código de Posturas Municipais do concelho de Loulé, por deixar pastar algumas cabeças de gado vacum, numa propriedade pertencente à queixosa, no sítio da Medronheira, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé.
Proveniência: Bispado de Elvas Assunto: Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do avô paterno do justificante. Para se ordenar de ordens menores. Naturalidade do justificante: Filiação: Fernão Domingues e Catarina Álvares Naturalidade do pai: Olivença Avô paterno: Manuel Martins Mouzinho Naturalidade do avô paterno: Santa Vitória do Ameixial (Estremoz)
Autos de carta precatória para exumação e autópsia no cadáver de Manuel Estevão, exposto, que estava a cargo de Estevão Dias, residente no sítio do Monte do Mosteiro, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, declarações ao participante e inquirição de testemunhas, vinda do Juízo de Direito da Comarca de Ourique.
Execução de conciliação, em que é exequente Lourenço Viegas, lavrador, residente no sítio do Vale, freguesia de São Brás de Alportel, comarca de Faro e executado António Lopes Revez, residente na localidade do Ameixial, concelho de Loulé. Processo instaurado para pagamento de uma dívida.
Inventário e partilhas dos bens que ficaram por óbito de Francisco Guerreiro e sua mulher Maria Rodrigues, com quem foi casado em 2.ª núpcias, tendo sido casado em 1.ª núpcias com Maria Sebastiana, sendo inventariante Manuel Rodrigues, pai da inventariada, do sítio das Mestrinhas, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé.
É reclamante Isabel da Conceição, viúva de António Marques e reclamado seu filho mais velho Manuel, ambos residentes na freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido feito pela reclamante para que o seu filho seja dispensado do serviço activo, em virtude de ser o seu único amparo.
Pedido de redução a pública forma de testamento nuncupativo com que faleceu Francisco da Costa, que foi casado com Sebastiana Maria, sendo requerente seu pai Manuel da Costa Alves, viúvo, todos do sítio do Vale da Moita, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé.
Traslado do acrescido de uma carta precatória, vinda da comarca de Vila Nova de Portimão, para inquirição de testemunhas em corpo de delito [por crime de furto], em que é queixoso Jerónimo Travanca e réu José Joaquim, o "Ameixial", tendeiro ambulante.
É refractário Joaquim, filho de José Dias Lopes e Maria Lopes, natural e residente na povoação e freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, por não se ter apresentado no prazo legal, na secretaria da Câmara Municipal, para receber a guia de marcha, como recruta efectivo, do contingente do ano de 1884.
Inventário e partilhas dos bens que ficaram por óbito de José Coelho, viúvo de Maria Teresa, sendo inventariante sua filha Maria José, do sítio dos Reveses, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Contém apenso uns autos de petição para emancipação (1973; sem capa) de Benvinda Maria da Conceição, filha de José Coelho e Maria Teresa.
É autor o Ministério Público e denunciado Manuel António, reservista, soldado n.º 583 do 2.º batalhão de caçadores n.º 4, filho de Manuel António e Maria Antónia, natural e residente na freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, por ter faltado à revista de inspecção que teve lugar no concelho de Loulé.
É autor o Ministério Público e trangressores João Madeira, residente na localidade e freguesia do Ameixial, Luís Simões, residente na freguesia de São Sebastião de Loulé, António Martins Grade, residente na localidade e freguesia de Quarteira e outros, por terem faltado à revista de inspecção militar.
É infractor José, filho de João dos Santos e Maria Angelina, natural e residente no sítio da Figueirinha, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, recenseado para o recrutamento militar do ano de 1887, por não ter comparecido à inspecção da Junta de Revisão do distrito de Faro.
É autora a Câmara Municipal de Loulé e executado Manuel Dias Cavaco, na qualidade de rendeiro da Herdade da Ribeira, residente no sítio da Ribeira, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido de pagamento da importância das contribuições dos anos de 1836 a 1842.
É autora a Câmara Municipal de Loulé e réu Manuel Viegas Carrusca, residente na localidade e freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido de pagamento da importância das contribuições municipais, lançadas nos anos de 1840 1841 e primeiro semestre de 1842.
Inventário e partilhas dos bens que ficaram por óbito de Manuel Pereira, que foi casado em 1.ª núpcias com Maria Mestra e em 2.ª núpcias com a inventariante Maria Luísa, do sítio da Corte João Marques, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé.
É autora a Fazenda Nacional e réu José dos Santos ou José dos Santos Almocreve, residente na localidade e freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Diz respeito ao pagamento da sisa em dívida, referente a uma propriedade no sítio da Cabanita, freguesia de São Clemente de Loulé, comprada pelo réu a Inácia Teresa, por alcunha a Escanchadinha.
É exequente Maria Francisca da Luz Pinto de Barros, viúva de Manuel de Barros Vasco Contreiras, residente na vila de Loulé e executados Mateus Fernandes e sua mulher Antónia Teresa e José Lopes Revez, na qualidade de fiador e principal pagador, residentes na aldeia e freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido de pagamento da uma dívida.
É exequente Joaquim Marcelo Adelino Pereira, proprietário, residente na vila de Loulé e executado Manuel Viegas Santa Rita, residente no sítio do Pombal, freguesia de Querença, concelho de Loulé, na qualidade de fiador e principal pagador de Mateus Fernandes, residente no sítio da Corte do Ouro, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido de pagamento da uma dívida.
Autos de colação e confirmação, onde consta traslado de carta de mercê do rei D. Luis, informando o arcebispo de Évora, D. José António Pereira Bilhano, da nomeação do presbítero Marcos Gomes Rojão, para priorado da igreja paroquial de St.ª Vitória do Ameixial do concelho de Estremoz. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação, onde consta carta de mercê do rei D. Luis, informando o arcebispo de Évora, D. José António Pereira Bilhano, da nomeação do presbítero Miguel Augusto Mata, para priorado das igreja de Santa Vitória do Ameixial do concelho de Estremoz. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Registo de batismo de Francisca Fiiliação: Pai - Daniel António Mãe - Jerónima da Encarnação (Jesus) Neto Paterno:Joaquim Prates e de Faustina da Encarnação Neto Materno:Vicente da Silva e de Mariana Inês Padrinhos:Vicente da Silva (avô materno) e Narcisa do carmo Batizada pelo Pároco de São Bento do Ameixial, Padre José Emilio Rebocho Rebelo Pároco de Vidigão: Francisco José Rodrigues
Nome do esposo: Joaquim José da Conceição Covas Naturalidade: Vidigão (Arraiolos) Idade: 39 anos Filiação: José Maria, natural de Vidigão (Arraiolos) e Mariana da Conceição, natural de São Bento do Ameixial (Estremoz) Profissão: Cocheiro Nome da esposa: Joaquina Maria Pereira Naturalidade: Póvoa (Moura) Idade: 26 anos Filiação: José Pereira, natural de Pias (Serpa) e Maria de Nazaré, natural de Póvoa (Moura) Profissão: Doméstica
Inventariada: Felicidade de Jesus, casada com José Joaquim de Mira, moradores na Quinta do Ameixial, freguesia da Sé, termo da cidade de Évora. A inventariada não fez testamento. Data de óbito: 1866-01-03 Cabeça de casal: José Joaquim de Mira Tutor: José Joaquim de Mira Subtutor: Joaquim de Mira, morador na Quinta dos Pinas. Filhos:1-Maria, de 18 meses de idade.
Contém o parecer de Leonel Ribeiro, delegado no concelho de Cadaval, sobre uma lápide com inscrições "luso-ibérica", trazida da povoação do Tavilhão, freguesia do Ameixial, Loulé, para Lisboa, por um particular de nacionalidade espanhola, desconhecendo-se que destino teve a referida lápide
Auto de posse para o convento de Santa Clara de Portalegre, da renda de 30 alqueires de trigo anafil pertencentes ao quinhão da Herdade do Olival, no termo da vila do Ameixial, que foram do padre mestre Pedro Cardeira, fundador do convento de Borba
Sentença cível executiva das religiosas do convento de Santa Clara de Portalegre contra Isabel da Trindade, lavradora na Herdade dos Pedregais e moradora na Herdade da Granja do Ameixial, no termo de Estremoz. Insere autos de penhora de bens da executada e termos de pregão.
Nome do requerente: José de Jesus Sadio Estado: casado com Vicência de Oliveira Cardoso Filiação: José António Sadio e Luísa de Jesus Gaiola Naturalidade: freguesia de São Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 24 de outubro de 1906
Nome do requerente: José da Graça Mota Estado: casado com Petronila da Encarnação Damião da Silva Filiação: António Maria Mota e Joana Maria Graça Naturalidade: freguesia de S. Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 12 de dezembro de 1898
Freguesia de Monte da Pedra. Concelho de Crato. Distrito de Portalegre. Herdade dos Tabeliães, Herdade do Folga em Palha, Monte do Folga em Palha, Herdade da Cabeça de Águia, Ameixial Rio Sor, Ribeira da Sepilheira, Lagoas de Água Boa Cabeço Redondo
Cabeço de Vide. Freguesia de Cabeço de Vide. Concelho de Fronteira. Distrito de Portalegre. Horta da Tirana, Monte do Drago, Monte do Carrascal, Herdade de Santo Cristo, Monte de Santo Cristo, Tapada de Santo Cristo, Chancelaria, Ameixial Inclui duplicado da planta
Crime/Acusação: Judaísmo; Heresia; Apostasia Naturalidade: Arraiolos Situação Geográfica (Naturalidade): Arcebispado de Évora Morada: Ameixial-Estremoz Pai: Francisco Vaz Mãe: Maria Dias Estado Civil: Viúva Nome do Cônjuge: Diogo Fernandes, Carpinteiro Data da Prisão: 18/10/1642 Data da Sentença: 21/08/1644 Data do Auto de Fé: 21/08/1644 Outros Dados: EM 1644-09-24, FOI MANDADA PARA ARRAIOLOS ACABAR DE CUMPRIR A PENITÊNCIA; M.C.
Crime/Acusação: Impedimento do exercicío do santo ofício Naturalidade: F. de S. Bento do Ameixial Situação Geográfica (Naturalidade): Termo de Estremoz Morada: Monforte Pai: Domingos Perdigão Mãe: Maria Barroqueira Estado Civil: Casado Nome do Cônjuge: Maria Freire Data da Prisão: 05/03/1611 Data da Sentença: 19/02/1612 Data do Auto de Fé: 19/02/1612 Outros Dados: M.M.C; EM 1612-02-20, CUMPRIU O JURAMENTO DE SEGREDO.
Nome do requerente: José da Graça Mota Estado: casado com Petrolina da Encarnação Damião da Silva Mota Filiação: António Maria Mota e Joana Maria Graça Naturalidade: freguesia de S. Bento do Ameixial, concelho de Estremoz Data de nascimento: 12 de dezembro de 1898
Elvas, Estremoz, Aldeia das Ferrarias, São Bento do Ameixial, Herdade das Lameiras. José de Figueiredo, Vicente de Figueiredo, Manuel de Figueiredo, Maria de Figueiredo, Agostinho de Figueiredo, Josefa da Cruz, José Coelho, Manuel Martins Coelho, Testamento, auto de aprovação e termo de abertura.
Naturalidade do pai: Castelo Branco (Santa Maria) Naturalidade da mãe: Estremoz (Santa Victória do Ameixial) Avós paternos: José Rebelo e Ana Sanches Naturalidade dos avós paternos: Castelo Branco (Santa Maria) Avós maternos: António José Rebocho e Joaquina da Encarnação Naturalidade do avô materno: Casa Branca (Avis) Naturalidade da avó materna: Estremoz (Santa Victória do Ameixial) Constam: a provisão régia de licença para ser ordenado de ordens menores e ordens de subdiácono e diácono; as certidões de baptismo do habilitando, dos pais e dos avós maternos; o processo de património que contém, entre outros documentos, a carta de confirmação, passada a favor do habilitando, da tesouraria da Igreja de São Julião de Monte do Trigo, com o rendimento da qual constituiu património para ordens sacras; a provisão régia de licença para ser ordenado de ordens de presbítero.
Proveniência: Bispado de Elvas Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte do pai e avós paternos do habilitando, para ser promovido a ordens menores. Contém as inquirições “de genere”. Naturalidade do habilitando: Monforte, freguesia de Santo António de Vaiamonte Filiação: Álvaro José Mendes Murteira, sapateiro, e Justina Maria Naturalidade do pai: Estremoz, freguesia de São Tiago Naturalidade da mãe: Estremoz, freguesia Matriz Avós paternos: José Mendes, alvanéu, e Eufrásia Teresa Naturalidade do avô paterno: Estremoz, freguesia de Santo André Naturalidade da avó paterna: Estremoz, freguesia de São Tiago Avós maternos: Henrique José e Joana da Encarnação Naturalidade do avô materno: Estremoz, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Naturalidade da avó materna: Estremoz, freguesia de São Bento do Ameixial
Inventariado(a): José Lopes Profissão: pastor Morada: Casas Novas do Casqueiro, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 17-12-1831 Inventariante e cabeça de casal: Joana Rita, viúva do inventariado (casou em segundas núpcias com Manuel Lopes) Morada: Casas Novas do Casqueiro, freguesia de São Bento do Ameixial Filhos: Conceição, de 7 anos de idade Joaquim de 5 anos de idade Lourenço, de 3 anos de idade Mariana, de 1 ano de idade Tutor(es) dos menores: Joana Rita Subtutor(es) dos menores: Manuel Lopes Conselho de família: José Madeira, Inácio Madeira, Manuel Madeira (tios maternos) e Manuel Lopes Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido, o mapa de partilha dos mesmos e uns autos cíveis de petição para justificação e cobrança de dívidas, em que foi justificante Manuel Lopes, e justificado o casal do falecido José Lopes.
Inventariado(a): João Gonçalves e sua mulher Rosária Maria Morada: ao pé da Igreja, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito do inventariado: 08-04-1848 Data do óbito da inventariada: 01-04-1848 Cabeça de Casal: Manuel da Conceição, lavrador e morador na Herdade dos Estudantes, freguesia de São Bento do Ameixial Filhos do 1º matrimónio do inventariado com Maria de Jesus: António Maria, solteiro, de 29 anos Rita do Carmo, casada com José Joaquim Filhos do 2º matrimónio: José Gonçalves, de 4 anos Maria do Rosário, de 3 anos Tutor dos menores: Manuel da Conceição Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e os mapas de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Bernardo José Morada: Monte dos Ferreiros, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: com testamento Data do óbito: 26-06-1859 Inventariante e cabeça de casal: Balbina de Jesus, viúva do inventariado Morada: Monte dos Ferreiros, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Carolina de Jesus, de 34 anos, solteira Maria do Rosério, casada com João António Leão, moradores no Monte dos Ferreiros Mariana Amália, de 28 anos, solteira Joana Rita, casada com Vicente Balbino, moradores no Monte dos Ferreiros Maria Filipa, já falecida, casada que foi com José Rosado, morador no Formosinho Grande Netos, filhos de Maria Filipa: Florinda, de 20 anos, solteira Bernarda de Jesus, de 18 anos, solteira José Rosado, de 15 anos Contém, entre outros documentos, a cópia do testamento de mão comum do inventariado e de sua mulher, o inventário de descrição e avaliação dos bens do inventariado e o mapa de partilha dos mesmos.
É inventariado José Gonçalves, que foi casado com a inventariante Maria do Rosário, do sítio dos Cavalos, freguesia de Ameixial, concelho de Loulé e por incidente o inventário entre menores por óbito de Maria Joaquina, casada com José da Costa, do sítio da Ladeira ou Besteiros, freguesia de Salir, concelho de Loulé, com o fim de se apurar a quota hereditária que pertence ao inventariado José Gonçalves, nos bens que ficaram por falecimento de Maria Joaquina.
É autor o Ministério Público e denunciado José António, reservista, soldado n.º 215 do 1.º batalhão de caçadores n.º 4, filho de António da Costa e Maria Teresa, natural e residente na freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, por ter extraviado artigos de uniforme que devia conservar para o serviço militar e por não ter apresentado o capote, na revista de inspecção que teve lugar no concelho de Loulé.
É suplicante Manuel Rodrigues, solteiro e suplicados seus pais António Rodrigues e mulher Maria Teresa, todos residentes no sítio do Monte da Pereirinha, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé. Pedido feito pelo suplicante, para que lhe seja suprido o consentimento de seus pais, que se opõem, sem justa causa, ao seu casamento com Felicidade Francisca, filha de André Guerreiro e Francisca Maria, residentes no sítio do Monte dos Corvos, freguesia de Santa Cruz, concelho de Almodôvar.
É queixoso José Martins Sancho, proprietário, residente no sítio da Campina, freguesia e concelho de São Brás de Alportel e arguidos Manuel Pires, residente no sítio do Vale Luís Neto, freguesia de Salir, concelho de Loulé e Francisco Luís, residente no sítio de Pero Ponto, freguesia do Ameixial, concelho de Loulé, pelo roubo de uma porção de cortiça, numa propriedade de que o queixoso é rendeiro.
roveniência: Arcebispado de Lisboa Requisitória para se proceder a diligências de visita e avaliação das fazendas do património, com que se dotou o habilitando, na freguesia de Nossa Senhora da Glória e na freguesia de Santa Vitória do Ameixial, termo de Estremoz, para ser ordenado de ordens sacras. Naturalidade do habilitando: freguesia de Santo André, Lisboa Filiação: António de Lemos de Figueiredo e Luísa Inês de Brito Pimentel
Processo de casamento de Manuel do Rosário e Joaquina de Jesus Idade do noivo: 25 Naturalidade do noivo: Torre dos Coelheiros (Évora) Filiação do noivo: António Joaquim, natural de Santa Vitória do Ameixial (Estremoz) e de Perpétua de Jesus, natural de São Jordão (Évora). Profissão: Trabalhador Idade da noiva: 20 Naturalidade da noiva: Évora (Sé) Filiação da noiva: António Maria, natural de Évora (Sé) e de Catarina de Jesus, natural de Igrejinha (Arraiolos). Profissão: Doméstica
Proveniência: Bispado do Algarve Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós maternos do habilitando, para ser promovido a ordens menores e sacras. Contém as inquirições “de genere”. Naturalidade do habilitando: Alcoutim, freguesia de Martim Longo Filiação: Manuel Lourenço, capitão, e Bárbara da Silva Avós paternos: Baltazar Lourenço e Maria Mestre Naturais: Loulé, freguesia de Ameixial Avós maternos: Amaro Guerreiro Varela e Águeda Mestre Naturais: Almodôvar
Processo de casamento de Luís Pinto e Emiraldina de Jesus Idade do noivo: 24 Naturalidade do noivo: São Bento do Mato (Évora) Filiação do noivo: Francisco Pinto e Maria Escolástica, naturais de São Bento do Mato (Évora). Profissão: Trabalhador Idade da noiva: 41 Naturalidade da noiva: São Bento do Mato (Évora) Filiação da noiva: José Maria, natural de Santa Vitória do Campo do Ameixial (Estremoz) e de Mariana de Jesus, natural de São Bento do Mato (Évora). Profissão: Doméstica
Autos de colação e confirmação, em que consta carta-patente recebida do Rei D. Pedro II, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Luis da Silva, de António Dias Fidalgo, frei professo da ordem de S. Bento de Avis, para capela curada de S. Bento do Ameixial do termo da vila de Estremoz. Beneficio que vagou por promoção de Pedro Gomes Cidade. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação, em que consta carta-patente recebida do Rei D. Pedro II, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Luis da Silva, de Pedro Gomes Cidade, frei professo da ordem de S. Bento de Avis, para capela curada de S. Bento do Ameixial no termo da vila de Estremoz. Beneficio que vagou por promoção do frei Lourenço Mendes Gançoso. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação onde consta carta-patente, recebida do Rei D. João, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Miguel de Távora, de Martinho Marques Nunes, frei professo da Ordem de S. Bento de Avis, para beneficio curado da Igreja de S. Bento do Ameixial do termo da vila de Estremoz Beneficio que vagou por aposentadoria de Manuel da Costa Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação, em que consta carta-patente recebida do Rei D. João, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Simão da Gama, de Manuel da Costa, frei da Ordem de S. Bento de Avis, para capela curada de S. Bento do ameixial, do termo da vila de Avis Benefício que vagou por falecimento do último possuidor, António Dias Fidalgo Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação onde consta carta-patente recebida do Rei D. José, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Frei Miguel de Távora, deGerardo da Rosa Banha, freire professo da Ordem de Avis, para capela curada de São Bento do Ameixial do termo da vila de Estremoz Beneficio que vagou por falecimento de Martinho Marques Nunes Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação onde consta de carta-patente da Rainha D. Maria, que faz apresentação ao Arcebispo de Évora, D. João Cosme da Cunha, de Diogo José Simões, freire conventual da Ordem de S. Bento de Avis, para capela curada de S. Bento do Ameixial da vila de Estremoz Beneficio que vagou por falecimento do último possuidor, Gerardo da Rosa Banha Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Autos de colação e confirmação onde consta carta-patente do Rei D. João VI, para apresentação ao Arcebispo de Évora, D. Patricio da Silva, de Lucas da Cunha, freire professo da Ordem de S. Bento de Avis, para capela curada de São Bento do Ameixial, pertencente à mesma Ordem. Beneficio que vagou por desistência do último possuidor, Bento Dias Azedo. Neste processo existem também outros documentos inerentes à confirmação desta nomeação.
Nome do esposo: Francisco da Palma Naturalidade: São Bento do Ameixial (Estremoz) Idade: 31 anos Filiação: Pedro Joaquim da Palma, natural de Beja (Santa Maria) e Eduarda Augusta da Ascensão, natural de Lisboa (São Roque) Profissão: Carreiro Nome da esposa: Maria Joana Naturalidade: Graça do Divor (Évora) Idade: 36 anos Filiação: João Ferreira, natural de Oliveira do Bairro e Joana Rosa, natural de Graça do Divor (Évora) Profissão: Doméstica
Dispensa Matrimonial de João Martins e Maria José, naturais da matriz de Estremoz. Filiação do nubente: filho de José Martins e de Gertrudes de Jesus, naturais da matriz de Estremoz Filiação da nubente: filha de Joaquim António, natural da matriz de Estremoz e de Teresa de Jesus, natural da freguesia de S. Bento do Ameixial, termo de Estremoz Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Francisco Prates Godinho, viúvo que ficou de Catarina Augusta, natural da freguesia de S. Bento em Avis e Jacinta Balbina, natural da matriz de Sousel. Filiação da nubente: filha de Manuel de Jesus natural da freguesia Santa Vitória do Ameixial, termo de Estremoz e de Mariana Rita, natural da matriz de Sousel Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Dispensa Matrimonial de Manuel Joaquim e Ludovina Rosa, naturais da freguesia de Santo Estevão, termo de Estremoz. Filiação do nubente: filho de Jerónimo Rodrigues, natural da freguesia de Santa Vitória do Ameixial, termo de Estremoz e de Maria José, natural da matriz de Estremoz Filiação da nubente: filha de Policarpo José e de Joana do Carmo, naturais da freguesia de Santo Estevão, termo de Estremoz Contém: Petições, rol de testemunhas, sumários de testemunhas, apresentação de comissão, depoimento dos suplicantes, mandados de diligências.
Inventariado(a): Inácio José, viúvo de Vicência Joaquina (1º matrimónio) Morada: Monte do Forinho, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 30-04-1847 Inventariante e cabeça de casal: Leonor Maria (ou Leonor Vitória), viúva do inventariado (2º matrimónio) Morada: Filhos do 1º matrimónio: Maria Vitória, solteira, de 18 anos de idade Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o auto de sorteio e partilha dos mesmos.
Crime/Acusação: Judaísmo,heresia e apostasia Naturalidade: Estremoz Pai: Pero Vaz Mãe: Graça Rodrigues Estado Civil: Solteiro Outros Dados: APRESENTADO EM 1649-01-18.POSTO EM LIBERDADE EM 1649-01-19.POR SER MENOR FOI SEU CURADOR FERNÃO DE ÀLVARES,SOLICITADOR DA INQUISIÇÃO.DECLAROU TEREM SIDO SEUS AVÔS E SEUS TIOS A INICIAREM-NO NA PRÁTICA DO JUDAÍSMO QUE ELE REPUDIOU.O PROCESSO TRAZ NA CAPA A NOTA DE QUE O RÉU FALECEU NO HOSPITAL DE ESTREOMZ NA OCASIÃO DA BATALHA DO AMEIXIAL.
Inventariado(a): José Madeira, lavrador Morada: Monte Branco, freguesia de São Bento do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 14-11-1853 Inventariante e cabeça de casal: Manuel Lopes, cunhado do inventariado Morada: Monte Branco, freguesia de São Bento do Ameixial Herdeiros: Joana Rita, viúva do mesmo, demente Irmãos do inventariado: Inácio Madeira, casado, morador no Casqueiro Manuel Madeira, viúvo, morador no Sobral Joana Rita Madeira, casada com Manuel Lopes, residente no Casqueiro Maria Joana Madeira, casada com Manuel de Sousa, moradores na Aldeia da Sé Jacinta de Jesus Madeira, casada com Inocêncio Pereira, moradores no Montinho do Negrão Sobrinhos do inventariado: Manuel Vieira, casado com Isabel Angélica, filho de Lourenço Madeira, já falecido José António Cabaço, casado com Genoveva de Jesus, Inocêncio Madeira e Joaquim António, solteiros, todos filhos de João Madeira, já falecido, moradores em Santa Vitória do Ameixial Francisco José Marchante, solteiro, e Manuel Joaquim Marchante, casado com Maria Joana, filhos de Ana Madeira, já falecida Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos.
Inventariado(a): Martinho José Vieira Morada: Monte da Vinha, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: Outubro de 1856 Inventariante e cabeça de casal: José Rodrigues da Mata Morada: Mouchão Novo, freguesia de Casa Branca Herdeiros - Filhos de Flamina de Jesus, já falecida, tia materna do inventariado: Bárbara de Jesus, mulher do cabeça de casal, moradores em Santa Vitória do Ameixial José Rodrigues Borralho, viúvo, morador em Santa Vitória do Ameixial - Filhos de Custódia, já falecida, tia materna do inventariado: Josefa Benedita, viúva, residente em Mouchão, Casa Branca - Filhos de Rita de Jesus, já falecida, tia materna do inventariado: Gertrudes Maurícia, casada com José Ribeiro, moradores em Santo Amaro Antónia de Jesus, casada com Vicente Ferreira, moradores em Mouchão, Casa Branca Francisco Joaquim, casado com Ana de Jesus, moradores nos Arcos Maria Rita, viúva, moradora na Fonte Couçada - Filhos de Maria Joana, já falecida, e de Francisco Maria Maduro, sobrinha do inventariado, filha de sua irmã Joana de Jesus, já falecida: Joaquim, de 10 anos, morador no Monte da Cavaleira José, de 5 anos, morador no Monte da Cavaleira Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido, o mapa de partilha dos mesmos e uns autos cíveis de justificação de dívidas por parte dos credores do casal inventariado.
Inventariado(a): Luís António da Mota Morada: Monte da Palhavã, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Testamento: sem testamento Data do óbito: 10-07-1848 Inventariante e cabeça de casal: Maria do Carmo, viúva do inventariado Morada: Monte da Palhavã, freguesia de Santa Vitória do Ameixial Filhos: Catarina, de 6 anos Contém, entre outros documentos, o inventário descritivo dos bens do falecido e o mapa de partilha dos mesmos. Apensos: 1- Autos cíveis de reunião do Conselho de Família, para deliberar acerca da pretensão de António da Mota, irmão do inventariado, e devedor ao casal do mesmo, para ficar com determinada quantia de dinheiro a juro, pertencente à orfã Catarina, filha do inventariado; 2- Autos cíveis de reunião do Conselho de Família, para deliberar acerca da pretensão de João António Duro, para ficar com determinada quantia de dinheiro a juro, pertencente à orfã Catarina, filha do inventariado; 3- Autos de petição para reunião do Conselho de Família, a requerimento de António da Mota, lavrador da Herdade dos Correias, freguesia de Santa Vitória do Ameixial, como devedor ao casal do inventariado; 4- Autos cíveis de reunião do Conselho de Família, para deliberar acerca da solicitação de José Maria da Costa, curador da orfã, sobre o dinheiro que ainda está em falta em caixa, pertencente à orfã Catarina, filha do inventariado.
Contém o processo de património. Recebeu uma doação de Frei António da Costa, seu irmão. Constam traslados de uma carta de D. Filipe I, dando quitação da meia anata a Frei António da Costa, e de uma dispensa dada pelo Papa Júlio II, no ano de 1504, aos cavaleiros e freires da Ordem de Avis para poderem testar. No final do processo constam uns autos que correram contra o Padre Bento da Costa, clérigo de missa do Hábito de São Pedro, no ano de 1609, devido a uma queixa que fez Pedro Dias, morador em Santa Vitória do Ameixial, relativa ao baptismo de um filho.
O pai era natural da Aldeia da Casa Branca, termo de Avis, e a mãe natural da freguesia de Santa Victória do Ameixial, termo de Estremoz. Neto paterno de Francisco Vaz, natural da Aldeia da Casa Branca, termo de Avis, e de Cecília Maria, natural da freguesia de São Domingos de Bembelide, termo de Avis. Veto materno de Vicente Gomes Ratão, natural da vila do Cano, e de Catarina Bernarda, natural da Aldeia da casa Branca, termo de Avis. Constam as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, dos avós paternos e dos avós maternos.
Os pais eram naturais da freguesia de Santo André de Estremoz. Neto paterno de Vicente Ferreira e Maria Teresa, naturais da freguesia de Santo André de Estremoz. Neto materno de António da Rocha, natural da freguesia Matriz de Vila Viçosa, e de Nárcisa da Encarnação, natural da freguesia de São Bento do Ameixial, termo de Estremoz. Constam os autos de justificação da fraternidade da mãe do habilitando com o Padre Gaspar da Rocha;as certidões de baptismo do habilitando, dos pais, e dos avós paternos. Não possui o processo de património.
Proveniência: Bispado de Elvas Assunto: Requisitória para se proceder a diligências "de genere" por parte dos avós maternos do justificante. Para se ordenar de ordens menores e sacras. Filiação: Francisco Sanches e Isabel Rodrigues Moradores: Olivença Avós paternos: Apolinário Luís e Joana Sanches Naturalidade do avô paterno: Felgar (Moncorvo) Naturalidade da avó paterna: lugar de Loureira, termo da vila de Moncorvo Avós maternos: Miguel Fernandes e Esperança Rodrigues Naturalidade do avô materno: São Pedro de Évora Monte Naturalidade da avó materna: São Bento do Ameixial (Estremoz)