Type

Data source

Date

Thumbnail

Search results

You search for évora and 43,834 records were found.

Contém: livros ou cadernos de recenseamento eleitoral do concelho; Processos, atas e apuramento das eleições do Presidente da República, Processos, atas e apuramento das eleições da Câmara dos Deputados; Processos, atas e apuramento das eleições do Senado; Processos, atas e apuramento das eleições da Assembleia Nacional; Processos, atas e apuramento das eleições da Câmara Corporativa; Processos, atas e apuramento das eleições da Assembleia Constituinte; Processos, atas e apuramento das eleições da Assembleia da República; Processos, atas e apuramento das eleições do Parlamento Europeu; Processos, atas e apuramento das eleições Autárquicas e Judiciais (eleicões para a Junta Distrital, Câmara Municipal, Assembleia Municipal; Junta de paróquia/freguesia; Assembleia de Freguesia e Juízes de Paz); correspondência relativa aos procedimentos eleitorais.
Orientação s/ jurisd. oficiais d'aposent.
Arraiolos, Cabeção, Alcácovas, Azaruja, Borba, Estremoz
Alandroal, Aldeia do Mato, Águias
Montemor o Novo, Mora, Montoito, Monte do Trigo, Juromenha, Machete, Mourão
Santiago do Escoural, Santo António dos Arcos, Terena, Monsaraz, São Brás da Granja, Reguengos de Monsaraz
São Marcos do Campo, vendas Novas, Redondo, Portel, Paiva, Oreolas
Montemor o Novo, Mourão, Portel, Redondo, Viana do Alentejo, Vimieiro
Aspeto da praça do Giraldo.
Aspeto da galilé da igreja de São Francisco.
Aspeto de um aqueduto, com um dos pilares pousado sobre o meio de uma rua.
Aspeto do exterior de uma igreja arruinada.
Aspeto de um largo e de alguns edifícios adjacentes.
Aspeto do portal da Sé.
Fachada da igreja de Nossa Senhora da Graça.
Aspeto de uma anta pré-histórica num campo.
Homem a ordenhar ovelhas no interior de um cercado, no campo.
Manada de bovinos num campo.
Camponês a posar numa área arborizada do campo. À esquerda, em segundo plano, alguns porcos a fossarem.
Automóvel sendo puxado por carro de bois, numa zona relvada e paralela à estrada de rodagem.
Manada de bovinos a pastar num campo.
Automóvel sendo puxado por carro de bois, numa zona relvada e paralela à estrada de rodagem.
Um recanto do jardim Conde de Schomberg (dito jardim de Diana).
Paisagem campestre alentejana, com área muito arborizada.
Aspeto do templo romano (dito templo de Diana).
Aspeto do monumento ao dr. Francisco Barahona, no jardim Conde de Schomberg (dito jardim de Diana).
Aspeto do templo romano (dito templo de Diana).
Dois camponeses (homem e rapaz) numa área arborizada do campo. Ao fundo, alguns porcos a fossarem.
Vista aérea
Este Roteiro, Notas e Curiosidades da casa Pia de Évora foi realizado pelo secretário da Casa Pia de Évora em 1928 e contém informação sobre os 100 anos da existência da Casa Pia, 1836-1928 e trata de vários assuntos, contém imagens e um roteiro da Casa Pia de Évora, da Secção masculina do Colégio do Espírito Santo.
Ofício da Câmara Municipal de Évora informando o Governador Civil de Évora que já enviara os livros de recenseamento eleitoral ao Administrador do Concelho de Évora, conforme determinação do art.º 32 do Código Administrativo.
Assunto:Recibo do pagamento realizado pelo Reitor do Convento de São Domingos de Évora, ao procurador do Convento de São Paulo de Évora, Frei Francisco das Chagas.
Assunto:Informação da Abadessa D. Maria do Carmo Vidigal, para o Arcebispo de Évora, por ter sido eleita Abadessa do convento de São Bento de Cástris - Évora
Assunto:Relação das religiosas do Convento de São Salvador de Évora, enviada à Câmara Eclesiástica de Évora, pela escrivã Soror Maria de Santa Isabel.
Assunto:Mapa dos rendimentos do Convento de São Salvador de Évora, enviado ao Arcebbispo de Évora, pela Abadessa Soror Ana do Coração de Maria.
Livro para a cobrança da décima dos prédios urbanos da cidade de Évora, rubricado pelo Dr. Joaquim Sanches Xavier de Miranda, Desembargador, Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. O arruamento e o registo da cobrança da décima da cidade está organizada por 4 livros distintos possívelmente cada um dos livros pertencente a um bairro da cidade. Na fl. 2 consta o auto de juramento dos louvados, nomeados pelo Senado da Câmara, para a cobrança da décima. Organizacão do livro: Livro nº 1 - fl. 3; Livro nº 2 - f. 65; Livro 3º - fl. 150 vº; Livro 4º - fl. 234 vº.
Livro para a cobrança da décima dos prédios urbanos e rústicos das freguesias do termo da cidade de Évora, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. Na fl. 2 consta o auto de juramento dos fintores, nomeados pelo Senado da Câmara, para a cobrança da décima. Freguesias: Graça do Divor, Igrejinha, São Bento do Mato, São Miguel de Machede, Nossa Senhora de Machede, São Jordão, São Vicente de Valongo, São Vicente do Pigeiro, São Manços, Torre de Coelheiros, São Bento de Pomares, São Marcos da Abóbada, São Brás do Regedouro, Tourega, São Brissos, São Sebastião da Giesteira, Boa Fé, São Matias, Santa Sofia e Sé.
Livro para a cobrança da décima da cidade de Évora, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. O arruamento e o registo da cobrança da décima da cidade está organizada por 4 livros distintos possívelmente cada um dos livros pertencente a um bairro da cidade. Na fl. 2 consta o auto de juramento dos louvados, nomeados pelo Senado da Câmara, para a cobrança da décima. Organizacão do livro: Livro nº 1 - fl. 4; Livro nº 2 - f. 55 vº; Livro 3º - fl. 113 vº; Livro 4º - fl. 168.
Livro para a cobrança da décima dos prédios urbanos e rústicos das freguesias do termo da cidade de Évora, rubricado pelo Dr. António Joaquim Pinto, Desembargador e Corregedor das Comarcas de Évora e Estremoz. Na fl. 2 consta o auto de juramento dos louvados, nomeados pelo Senado da Câmara, para a cobrança da décima. Freguesias: Graça do Divor, Igrejinha, São Bento do Mato, São Miguel de Machede, Nossa Senhora de Machede, São Jordão, São Vicente de Valongo, São Vicente do Pigeiro, São Manços, Torre de Coelheiros, São Bento de Pomares, São Marcos da Abóbada, São Brás do Regedouro, Tourega, São Brissos, São Sebastião da Giesteira, Boa Fé, São Matias, Santa Sofia e Sé.
Diz o ofício não haver relação de passaportes na Provedoria de Évora. Contém 11 documentos das participações das pousadas e estalagens. O Provedor relata a ocorrência de um homem que foi assassinado nos coutos da cidade.
Diz o ofício que remete as relações de passaportes que foram passados na Provedoria de Évora não sendo nenhum apresentado para ser visado. Contém 12 documentos sobre as participações das estalagens e pousadas.
Diz o ofício que remete a relação de passaportes que foram passados na Provedoria de Évora não sendo nenhum visado. Contém 12 documentos sobre as participações das estalagens e pousadas.
Diz o ofício que remete as relações de passaportes que foram passados na Provedoria de Évora não sendo nenhum apresentado para ser visado. Contém 11 documentos sobre as participações das estalagens e pousadas.
Participação das estalagens e pousadas (8 docs.). Refere também o ofício uma rixa entre Manuel de Jesus e seus companheiros na Herdade do Álamo de que resultou ferimentos no indivíduo que teve curativos no hospital da cidade de Évora.
Outorga devida a petição efectuada pelo procurador e oficiais da Confraria de Évora, alegando a competência do referido mestre para substituir na referida confraria o anterior físico, falecido. André Lopes a fez.
Esta pasta contém a correspondência recebida pela Casa Pia de Évora referente aos anos de 1907 a 1925 e refere-se a oficios da Escola Industrial e Comercial de Évora e do Liceu Central de Évora.
Livros de Matriz da contribuição industrial, pessoal, predial, de renda de casa e sumptuária. Livros de escrituração da receita eventual pela contribuição de registo por título oneroso; Livros de escrituração da cobrança da receita dos diversos rendimentos eventuais; Livro da escrituração do movimento de valores selados da Tesouraria da Fazenda Pública; Livro de conta da responsabilidade do recebedor em documentos de cobrança, estampilhas de imposto de selo, impressos selados e receita eventual; Livro da conta em dinheiro e papeis de crédito; Livro de escrituração de que trata o artº 143º, do regulamento da administração da Fazenda Pública de 4 de Janeiro de 1870; Livro de escrituração dos bens imóveis e rendas dos conventos de religiosas suprimidos depois da lei de 4 de Abril de 1861; Livro dos bens e rendimentos de Próprios Nacionais, pelo modo prescrito no regulamento de 28 de Janeiro de 1850, artº 76º; Autos de execução fiscal administrativa em que é executante a Fazenda Nacional; Livros do cofre de Évora e contas da Repartição da Fazenda do Distrito de Évora com a agência do Banco de Portugal em Évora;Livros de despesa dos ministérios; Legislação; Livros da Cadeia Civil de Évora. Tipologia e suporte: Livros, maços, folhas e capilha em papel.
Registos de recenseamento militar do concelho de Évora. Contém, no geral, o nome do mancebo, a filiação, a idade, a naturalidade, a morada, o estado civil e a profissão do mesmo. Contém apenas a freguesia de São Vicente do Pigeiro (Vendinha).
O livro não está datado. Cópia do livro do recenseamento dos eleitores do Concelho de Évora que podiam votar nas eleições da Assembleia Nacional. Constam as freguesias, o nome dos eleitores, a morada, a idade, o seu estado civil, a profissão e os fundamentos da inscrição.
Contém pareceres do relator Henrique Gomes da Silva sobre o processo enviado pela Câmara Municipal de Évora, relativo à modificação do prédio sito na Rua da Freiria de cima, nº4 a 6, a levar a efeito por José Joaquim Bacharel e relativo à prorrogação do prazo de execução desta obra.
Contêm livros de registo civil de nascimentos, casamentos e óbitos do concelho de Évora, em conformidade com a Lei de 18 de Fevereiro de 1911, que entrou em vigor a 1 de Abril do mesmo ano. Contém livros de extratos de registo de nascimentos, casamentos e óbitos, em conformidade com a Lei de 10 de Julho de 1912.
Conjunto de pareceres do Vogal Henrique Gomes da Silva (sendo que o último é favorável) relativamente ao requerimento de António França Godinho, o qual pretende proceder à transformação das portas do estabelecimento de que é proprietário, sito na Rua João de Deus, n.ºs 42 e 44, em Évora.
Contém, em triplicado, o parecer do relator Henrique Gomes da Silva sobre o projecto de modificação do prédio sito na Travessa da Caraça, em Évora, dentro da área de protecção do Convento da Graça que António Joaquim Tavares petende levar a efeito.
Parecer favorável do Vogal Diogo de Macedo à proposta da D.G.E.M.N., no sentido de se proceder à classificação como Imóvel de Interesse Público da Igreja de Brotas, exemplar de arquitectura religiosa do século XVII, sita no Concelho de Mora, Distrito de Évora.
Parecer do Vogal Henrique Gomes da Silva relativo à construção de dois estabelecimentos comerciais no Largo do Machado, em Évora, a levar a efeito por Adelino Ferreira da Silva. O relator pronuncia-se desfavoravelmente num primeiro parecer, mas aguarda posterior parecer da Direcção-Geral dos Serviços de Urbanização, para que a J.N.E. se pronuncie, então, em última instância.
O arcebispo em questão é D. Diogo de Sousa, arcebispo de Évora entre 1671 e 1678.
Sentença dada sobre redução de legados pios da Venerável Ordem Terceira de S. Francisco de Évora, erecta na freguesia de S. Pedro de Évora.
Parecer do relator Damião Peres sugerindo o envio para o Museu Numismático - para classificação e possível aquisição - de um pequeno número de moedas encontrado junto à Praça do Giraldo, em Évora. No rosto da capa do processo, sob Assunto, encontra-se o seguinte texto: "Comando da Polícia de Segurança Pública do Distrito de Évora. (...) Achado de treze moedas numa escavação feita junto à Praça do Giraldo, em Évora, por virtude da construção do edifício destinado à Agência do Montepio Geral."
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram passados não sendo nenhum apresentado para ser visado.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram passados, não havendo nenhum apresentado para ser visado.
Parecer favorável do Vogal Armando de Lucena no que concerne à fixação da zona de protecção do Chafariz da Praça do Geraldo, em Évora.
Parecer favorável do Vogal João Couto relativo ao achado das pedras que faltavam para reconstituição do friso do Templo Romano da cidade de Évora.
Alvará. Rendimento da 4ª parte das sisas do ano de 1641, se empregue em pão e se faça um celeiro na vila de Évora Monte.
Fez testamenteira Francisca de São Caetano. A testadora é veleira no Convento de Santa Mónica de Évora. Notário: Faustino Xavier da Rosa
Regulamento Interno da Casa Pia de Évora de 1912 que estipula o funcionamento da Secção de alunos, da Secção de alunas (Convento Novo) e o Asilo de Cegos.
Este livro contém o registo dos capitais que se pagavam à Casa Pia de Évora, oriundos do estabelecimento de caridade extinto - Recolhimento de Nossa Senhora da Piedade.
Livro das rendas e foros da Casa Pia de Évora, que contém o valor pago, a data e o nome da pessoa que arrendou.
Fichas de identificação dos sócio do Sindicato Dos Operários da Construção Civil e Ofícios Correlativos dos distritos de Évora, Beja e de Portalegre
Este livro serviu para inventariar os capitais da Casa Pia de Évora. Contém registos anteriores à fundação da Casa Pia, nomeadamente do Recolhimento de Nossa Senhora da Piedade.
Contém documentação referente a orçamento, compromisso, reforma de compromisso, e uma acta de sessão da Confraria do Senhor dos Jesus dos Aflitos da freguesia de Évora.
Contém informação sobre aprovação dos Estatutos da Associação Comercial de Évora, aprovados pelo Alvará passado pelo Ministério das Obras Públicas Comercio e industria, para registo no Governo Civil.
Livro para se lançarem os Novos Direitos do ano de 1799 do distrito da cidade de Évora, rubricado pelo Desembargador e Provedor das Comarcas de Évora e Estremoz, Miguel Teotónio dos Reis Rocha, e serviu de tesoureiro José de Carvalho. No final consta o auto de contas da receita e despesa dos Novos Direitos do ano de 1799, que tomou o Dr. Joaquim José de Carvalho, Provedor das Comarcas de Évora e Estremoz, a 14 de Janeiro de 1800. No f. 17 consta o auto de examinação e visita que fez o Dr. Luís Manuel de Évora Macedo, auditor do exército e visitador da província do Alentejo, a 3 de Fevereiro de 1821.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram apresentados e vistos, não sendo nenhum conferido.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram passados, não sendo nenhum apresentado para ser visado.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora não enviou a relação de passaportes que foram passados, porque nenhum foi conferido nem apresentado para ser visado.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram passados, não havendo nenhum apresentado para ser visado.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora não envia a relação de passaportes e vistos porque nenhum foi conferido ou apresentado para ser visado.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora remete a relação de passaportes que foram apresentados e vistos na qual nenhum foi passado ou conferido.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora não remeteu as relações dos passaportes porque nenhum foi passado nem apresentado para ser visto.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora não remete as relações dos passaportes porque nenhum foi passado nem visto nesta Provedoria.
Diz o ofício que a Provedoria de Évora não remete a relação dos passaportes porque nenhum foi passado nem apresentado para ser visto.
Contém os nomes de Vasco José Nunes, José Gomes e Domingos Freire, naturais respetivamente de São Miguel de Machede (Évora), Espanha e Cinco Vilas (Figueira de Castelo Rodrigo).
Contém os nomes de Joaquim Pedro Duarte, António de Jesus, António José de Carvalho e Castro e Belchior da Mata, naturais respetivamente de Évora, Braga, Lisboa e Arraiolos.
Contém os nomes de Valério António dos Santos, Lourenço da Rosa e António Manuel Tormenta, naturais respetivamente de Montemor-o-Novo, Montargil e Évora.
Contém os nomes de José Peres, Joaquim José da Silva e José Alves, naturais respetivamente de Vila Frade (Chaves), Évora e São Marcos do Campo (Reguengos de Monsaraz).